i

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Novos membros do Conselho Municipal de Assistência Social são empossados

Aconteceu na manhã desta segunda-feira (28), nas dependências do Centro Integrado da Cidadania – CIC na sala dos conselhos, a solenidade de posse dos membros titulares e suplentes do Conselho Municipal de Assistência Social do Município de Ipanguaçu (CMAS).

A solenidade contou com a presença dos novos membros e da secretária de Assistência Social, Maria Cristina de Melo Oliveira, que esteve também representando o prefeito Leonardo Oliveira.

Segundo a secretária da pasta, Cristina Oliveira, o conselho tem uma grande importância dentro das ações do governo municipal, cujo papel é formular e controlar a execução de políticas da assistência social, inclusive com aspectos econômicos e financeiros.

O Conselho Municipal de Assistência Social é criado pela Lei municipal nº 32/1999, é um órgão deliberativo, de caráter permanente, consultivo e orientador em todos os níveis da política de Assistência Social do Município. 

O CMAS é formado por representantes governamentais e não governamentais, composto por 8 conselheiros titulares e de igual número de suplentes, nomeados pelo prefeito municipal.
A portaria de nomeação nº135/2011 publicado no Jornal Oficial no dia 18 de fevereiro trás com a seguinte composição: I – SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL: Membro Titular: Ayllana Araújo Pinto; Membro Suplente: Nilda Maria dos Santos Rodrigues. II – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: Membro Titular: Gicely Assunção de Oliveira, Membro Suplente: Jacira Fernandes de Farias Lopes; III – SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE: Membro Titular: Tony Emerson da Silva Teófilo, Membro Suplente: Humberto Borges de Morais; IV – SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO: Membro Titular: Manuela Simone dos Santos Oliveira, Membro Suplente: Raimundo Nonato da Silva Júnior; V – SINDICATO RURAL: Membro Titular: Etelvina das Dores da Silva Teófilo, Membro Suplente: Luciene Maria Fonseca de Alcântara; VI – IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL: Membro Titular: Francisco Raniere Siqueira, Membro Suplente: Maria do Socorro Guimarães França; VII – IGREJA CATÓLICA: Membro Titular: Jane Cleide Fonseca dos Santos, Membro Suplente: Maria Concebida Fonseca de Oliveira; VIII – ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DE PEDRINHAS: Membro Titular: Emanuela Barbalho, Membro Suplente: Adomicio Ricardo de Oliveira Filho.


Na solenidade também foi escolhida como presidente a representando do sindicato rural, Etelvina das Dores da Silva Teófilo, vice-presidente a representante da Secretaria Municipal de Administração, Manuela Simone dos Santos Oliveira e como secretária do conselho a representante da Secretaria Municipal de Assistência Social, Ayllana Araújo Pinto.

Para a representante do sindicato rural e presidente titular do conselho, Etelvina Teófilo, o conselho é uma ferramenta de controle social das políticas públicas de Assistência Social.

Os conselheiros serão os responsáveis pela gestão de todas as políticas públicas de Assistência Social que envolve o município, os membros têm um mandato com duração de dois anos. Todos os participantes receberam copias da portaria e o Plano Plurianual da Assistência Social 2011 a 2012.

Matriculas para o Programa PETI em Ipanguaçu estão abertas até sexta-feira

Antigos alunos devem realizar as inscrições para fazer parte das atividades do programa social. O Programa é responsável por retirar crianças e jovens de situação de trabalho infantil.

Durante toda esta semana, o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) de Ipanguaçu está com renovação de matrículas para os alunos que já participaram do programa no ano passado. As inscrições estão sendo realizadas nas escolas dos pólos, de Serra do Gado, Pedrinhas e Picada das 7h às 11h e das 13h às 17h.

As inscrições para os alunos do Programa estão abertas desde o último dia 24 de fevereiro e segue até sexta-feira, dia 04. Os responsáveis devem se dirigir aos pólos para a atualização de dados. 

Conforme a coordenadora do programa, Valéria Faustino, os pais ou responsáveis devem se dirigir a um dos pólos para a atualização do cadastro portando registro de nascimento da criança ou adolescente, número do NIS do responsável familiar, identidade, CPF, titulo de eleitor e a declaração da escola que a criança ou adolescente estuda. 

Os programas oferecem atividades culturais, artísticas e de lazer com a proposta de enriquecer o universo de informações dos participantes e o seu desenvolvimento na comunicação, sociabilidade e habilidade para a vida, fortalecendo a auto-estima e a relação com a família. O PETI tem capacidade de atender 220 crianças e adolescentes, no contraturno escolar.

A MÁSCARA QUE ESCONDE A VERGONHA DOS COVARDES

A máscara nem sempre é sinônimo de anonimato, camuflagem, disfarce. Ela pode representar o bem ou ter o status do mal. Da antiguidade ao nosso tempo, nas mais variadas culturas, ela tem servido a diversas manifestações.
No artigo 5º, IV,  da Constituição do Brasil, está expresso como um direito fundamental que “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”. Simplificando: eu, você, nós podemos – em tese e conforme a lei – nos pronunciar sobre o que pensamos, mas desde que às claras, sem uso de artifícios como nome/endereço falso.
Cada um deve responder por eventuais excessos na forma da lei.
“Persona” era o nome da máscara que atores do teatro grego usavam. A palavra é derivada do verbo personare (“soar através de”). Cada persona dava uma identidade própria ao artista e o ajudava até na formatação da fala. Entretanto os gregos não têm o privilégio dessa invenção.
As máscaras remontam há cerca de 30.000 A.C. Tinham e possuem inúmeras utilidades até hoje. No Egito antigo eram obrigatórias. Ajudavam os faraós e sua família na passagem à vida eterna.
Romanos as colocavam em cerimônias religiosas. Na China serviam para afastar maus espíritos. O mesmo sempre ocorreu entre povos indígenas em todos os continentes, com seus líderes religiosos as usando em cerimônias de culto aos deuses, casamento, rituais de cura ou convocação à guerra.
Na Itália medieval e renascentista, virou Pierrot, Colombina e Arlequim. Passou a ser uma marca multissecular de Veneza, símbolo do carnaval no século XV. Um pulo para chegar ao Brasil do século XX, ganhando as ruas e clubes, com graça ou forma de crítica política e social.
Entre tribos africanas, a máscara sempre teve forte conotação religiosa, como símbolo de uma sociedade e força espiritual, encantando o explorador europeu.
No imaginário infanto-juvenil, a máscara lembra herois. Pode ser o Zorro, em permanente defesa da liberdade, com capa e espada. O Capitão América, nascido em plena Segunda Guerra Mundial, como ícone da propaganda patriótica norte-americana.  
Verdugo
Mascarados, eles tinham no anonimato uma forma de segurança à sua própria luta contra o mal. Anonimato justificável, voltado para o interesse coletivo.
“Anonimato” vem do grego: significa “sem nome”. Em alguns países é permitido ao cidadão ocultar sua própria identidade. É uma forma de fazer valer o direito à privacidade, desde que não seja usado para ações ilegais.
No Brasil e em outras partes do mundo, há quem consiga até mudar de nome e rosto, como garantia à própria preservação física, depois de colaborar como depoente em cruzadas contra o crime organizado. Outra boa razão para se esconder, que se diga.
Mas o que justificaria pessoas com espaços na imprensa, meios financeiros consideráveis, poder institucional, pleno conhecimento da lei, boa formação familiar e inserção social, utilizarem uma máscara na Internet? Por que fazer uso do anonimato para agredir outras pessoas, promover linchamento moral e expor até mesmo criança recém-nascidas à ridicularização? 
Em períodos  de exceção, o anonimato sempre foi uma arma letal para enfrentar o arbítrio, em necessário combate. Contudo em épocas de normalidade democrática, esse artifício nem sempre tem um papel decente. Há quem o transforme num crime que mistura deslealdade com canalhice.
Degrada vítimas, mas sobretudo revela a baixa estatura moral de seus autores.
O verdugo que acionava a guilhotina na França, para cortar o pescoço de desafetos dos donos do poder, não tinha um capuz sobre a cabeça por vergonha do seu trabalho como destacado “servidor público”. Era à sua própria proteção. Precisava guardar o anonimato.
Quem cria e produz uma página na Internet, sem identificação, para manifestar seus distúrbios psicossociais, nem carrasco consegue ser. Sua primeira vítima é a própria identidade, que desonra por não se sentir bem sendo o que é: um covarde. Vergonha para a própria família.
Leia também AQUI, um artigo anterior sobre o mesmo tema.
Blog de Carlos Santos

Leonardo Oliveira: exemplo de simplicidade

Quem vai até a casa do prefeito Leonardo Oliveira, sai de la impressionado com a maneira simples com que o mesmo trata a todos. Apesar das dificuldades e dos problemas de cada um, Leonardo procura do seu jeito ouvir as reivindicações de cada um e tenta solucionar quando possível. Não sai da sua casa para a prefeitura antes de conversar com cada um. Além da sua humildade sua esposa Cristina completa esse atendimento maravilhoso ao povo que vai até a sua casa. Leonardo disse ao repórter do bem ter feito o máximo para governar para todos, principalmente os mais humildes. Esse repórter lembra que antes em Ipanguaçu se governava para poucos, por isso que o prefeito vem conquistando o carinho de todos os Ipanguaçuenses.

Correios, uma dor de cabeça estadual

A atuação dos Correios é motivo de reclamação em todo o Brasil. No Rio Grande do Norte, a situação não é diferente. É fácil encontrar um cidadão com alguma reclamação contra os Correios em todos os municípios do Estado.

Para confirmar a péssima relação entre os Correios e os usuários, a reportagem do DE FATO pegou a estrada e visitou alguns municípios das regiões do Vale do Açu e Costa Branca.

E a constatação não foi outra: os Correios têm dificuldade para entregar as correspondências em dia em todos os lugares, seja o município grande, médio ou pequeno.

O município de Assú, por exemplo, tem mais de 53 mil habitantes - de acordo com o Censo 2010 - e os Correios não conseguem atender a contento nem mesmo à população urbana.

O trabalhar rural Antônio Alves mora no bairro Parati 2000 (zona urbana de Assú), mas não tem acesso ao serviço de entrega de correspondência. Todos os meses, ele tem de ir até a agência dos Correios pegar os documentos que lhe são enviados. "É muito chato fazer essa viagem todos os meses, quando eu deveria receber tudo em casa", reclamou Antônio, lembrando que o bairro Parati 2000 já existe há mais de 10 anos.

Na mesma cidade, os Correios já chegaram ao bairro São João, mas também recebe reclamações.

As correspondências até chegam ao bairro São João, mas o problema é que quase sempre chegam atrasadas. "No mês passado, eles (Correios) atrasaram a entrega da fatura do cartão e eu tive que tirar o documento pela internet para não pagar juros", relatou o funcionário público Edson Campelo.

A resposta para a má qualidade do serviço poderia estar no tamanho de Assú, mas isso não é verdade.

Ipanguaçu tem menos de 14 mil habitantes e, mesmo assim, a população também tem dificuldade para receber as correspondências. "Aqui ninguém fica esperando carteiro não. Vai logo pegar a papelada na agência mesmo", revelou o comerciante Francisco Sales.
Na realidade, o grande problema dos Correios é a falta de pessoal, especialmente carteiros para ir até a casa do consumidor.

Em Assú, são apenas seis carteiros para atender a mais de 53 mil pessoas. Uma média de quase nove mil pessoas por carteiro. "Não tem como dar conta da demanda", observou o carteiro temporário Paulo Cesar.

Em Ipanguaçu, existe apenas um carteiro para atender a toda a população de quase 14 mil pessoas. Detalhe: o carteiro está de licença atualmente.
Em Areia Branca, cidade com mais de 25 mil habitantes, apenas três carteiros são responsáveis pelo serviço de entrega.

Sem se identificar, funcionários dos Correios reconheceram que é quase impossível manter a entrega em dia. "Precisamos de pelo menos mais um carteiro para tentar fazer a coisa andar bem", reconheceu um funcionário.

Segundo a assessoria de imprensa dos Correios, o Rio Grande do Norte conta, atualmente, 518 carteiros na ativa, muito pouco para um Estado que tem mais de três milhões de habitantes.


Correios e Conselho Tutelar juntos em Porto do Mangue
Além do déficit de carteiros e servidores em geral, os Correios também apresentam problemas em sua estrutura física. Em muitas cidades o prédio onde funciona o atendimento ao público é pequeno, e tem até o caso do município de Porto do Mangue, onde os Correios funcionam no mesmo "prédio" do Conselho Tutelar. Uma sede minúscula para atender a gregos e troianos.

Em Ipanguaçu e Carnaubais, as sedes também são pequenas, apresentando estrutura melhor apenas em Assú e Areia Branca.

Nesses municípios, também não existe transporte para fazer a entrega das correspondências. "Aqui não tem carteiro e a entrega é feita, às vezes, por um funcionário dos Correios a pé", contou o funcionário público Toni Martins, de Carnaubais.

Outro ponto incomum dos Correios nos pequenos municípios é o fechamento na hora do almoço.

Por conta disso, a reportagem do JORNAL DE FATO não conseguiu falar com os funcionários da Empresa em Carnaubais e Porto do Mangue.

Além da estrutura local insuficiente, os Correios no Rio Grande do Norte também sofrem com problemas que atingem o Brasil inteiro. Um exemplo é a dificuldade que a Empresa enfrenta para contratar linhas aéreas para levar e trazer encomendas. "Muitas vezes, a correspondência chega à agência local com a data vencida ou próxima do vencimento", esclareceu um funcionário dos Correios de Areia Branca.


Fonte: MAGNOS ALVES da Redação do Jornal de Fato 


domingo, 27 de fevereiro de 2011

Vereadores faltam ao trabalho no 2º dia de sessão da Câmara em Ipanguaçu

Na noite de sexta-feira (25), estava marcada para acontecer à segunda sessão ordinária na câmara dos vereadores de Ipanguaçu, mas a sessão não aconteceu.

O motivo da não realização dos trabalhos do legislativo foi porque apenas quatro vereadores apareceram para a casa, entre eles, Ruan Montenegro, Doel Soares da Costa, José Antonio de Souza e o presidente da casa Tunefis Morais, estivem presentes.

Nenhuns dos vereadores presentes não souberam informar o porquê dos outros vereadores não terem aparecido na Casa. Entre os vereadores que não compareceram foram, Vaerton Bertoldo, Thalita Cosme, Josimar Lopes, João Batista Pinheiro Lopes, Francisco Romão Rodrigues.

Em contato por telefone com o vereador Ruan Montenegro, ele disse que a sessão só pode ser realizada mediante a presença de no mínimo cinco vereadores. Como só apareceram quatro, os trabalhos não puderam ser iniciados.

As sessões acontecem duas vezes a ao mês, a próxima sessão ficou marcado para o dia 18 de março. A sociedade aguarda a presença de todos os vereadores que compõe a Câmara.

Prefeito de Ipanguaçu destaca projetos em andamento para vários setores da administração

O Prefeito do município de Ipanguaçu, Leonardo Oliveira (PT), está buscando apoios e parcerias importantes para o desenvolvimento de projetos que estão sendo pleiteados por sua gestão em varias áreas da administração. Essa semana, Leonardo Oliveira, esteve em Natal, a convite da direção estadual do SEBRAE, participando de um evento promovido pela instituição em parceria com a FEMURN e a CNM, onde foram apresentadas experiências positivas vivenciadas em outras cidades e que podem ser aproveitadas como exemplos positivos de gestão. A parceria com o SEBRAE segundo o prefeito Leonardo, já é uma realidade no município de Ipanguaçu, e um fato positivo dessa ligação tem sido o formalização de vários empreendedores na nova lei do empreendedor individual, que após esse feito, deixaram a informalidade.  Falando sobre o setor da agricultura, o prefeito Leonardo Oliveira, destacou a parceria do município com a Petrobras e o Governo do Estado, através da Emater, na realização do programa Terra Pronta já em andamento nas comunidades rurais. Na educação o prefeito Leonardo Oliveira, defende que tem procurado oferecer aos alunos do município, uma escola capaz de fornecer um ensino que prepare seu alunado para uma concorrência de igual pra igual com escolas de outros centros, dando aos alunos condições de crescimento educacional e ingresso nas universidades. Leonardo destacou o investimento na capacitação dos professores, nas condições do transporte escolar e na estrutura montada na escola do Presidente Lula, onde cada aluno matriculado receberá um computador. Outro setor da sua administração destacado pelo prefeito Leonardo Oliveira na entrevista foi à saúde que segundo o próprio depois da sua chegada a prefeitura teve uma melhora de mais de 100% comparando com o que era oferecido em gestões passadas. Por fim, o prefeito de Ipanguaçu, falou sobre a realização do 1º Carnaval do Município, destacando que na abertura do evento, entregará a comunidade do Porto e a população em geral, um Terminal Turístico, construído com recursos próprios.

Fonte: Rádio Princesa do Vale

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Campeonato de Blocos de futsal em Ipanguaçu chega as quartas de finais

Tem continuidade nesta segunda, dia 28, o primeiro Campeonato de Blocos de Futsal de Ipanguaçu. Nesta segunda acontece o inicio das quartas de finais do campeonato, os jogos seguem partir das 19h30min no ginásio Poliesportivo José Araújo Filho, o bloco Os Indomáveis disputa a vaga para a semi final com o bloco Ariba de Pataxó, no segundo jogo ainda na noite os Novilhas na Faixa disputa também a vaga com os indomáveis.
Na terça-feira (01), segundo e ultimo dia das quartas, o bloco X9 joga contra os Trairás, e o Requebra disputa contra os Pikas. Os vencedores dos jogos garantirão a vaga para a semifinal que acontece na quarta-feira, dia 02.

Segundo o secretário de Esporte e Lazer, Marcos Antônio Oliveira, a competição esteve reunindo dez equipes que disputam a premiação em um total de 1.500 reais, com R$ 800 (1º Lugar), R$ 500 (2º Lugar), R$ 200 (3º Lugar), mais troféus e medalhas para os três principais blocos carnavalescos da cidade.

Os jogos Têm como objetivo promover o esporte amador, através de jogos que envolvam os blocos da cidade, dando oportunidade de participação a todos e despertando o gosto pela prática do esporte, proporcionando também uma previa carnavalesca com a competição.

O Secretário disse ainda que o ginásio poliesportivo vem lotando a cada partida, “A participação da comunidade é expressiva, os jogos vem atraindo as famílias nas noites durante a semana” destaca o secretário, Marcos Antônio.

Prefeitura paga servidores públicos nesta segunda-feira

Os servidores públicos municipais de Ipanguaçu recebem nesta segunda-feira (28) o pagamento do salário referente ao mês de fevereiro. Todos os funcionários vão começar a semana com dinheiro no bolso. De acordo com a Secretaria Municipal de Administração, nesta semana a Prefeitura também realizará os pagamentos das empresas que prestam serviço ao órgão municipal.

Para o prefeito Leonardo Oliveira, o pagamento em dia demonstra organização financeira da administração e da sua equipe de governo. "O pagamento em dia faz parte da política de valorização do servidor municipal. Desde o início do nosso trabalho à frente da prefeitura estamos honrando com todos os pagamentos e em dia” disse o prefeito, Leonardo.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Moradores de Ipanguaçu recebem atendimento oftalmológico gratuito

Aconteceu nesta última quarta-feira (23), no Centro de Saúde Tiburcio Freire da Silveira, a campanha de saúde ocular promovida pela Prefeitura de Ipanguaçu, através da Secretaria Municipal de saúde em parceria com Hospital Geral de Oftalmologia Clínica -HGO.

Os moradores da cidade de Ipanguaçu puderam participar da campanha de atendimento oftalmológico gratuito.

Mais de 70 pessoas foram atendidas pelos profissionais da saúde, conforme a secretária de saúde, Sumaira Fonseca, os pacientes que apresentarem a necessitam de tratamento clínico ou cirúrgico serão encaminhados para o inicio de tratamento, através do SUS.

O check-up dos olhos inclui também mapeamento de retina para identificar possíveis deslocamentos, glaucoma e alterações causadas por doenças como diabetes e hipertensão arterial. Os exames acontecem periodicamente conforme a solicitação da secretaria dos municípios.Além do exame, os médicos avaliaram doenças como miopia, astigmatismo, hipermetropia e catarata. 

Escolas entram na campanha de combate a dengue

As Escolas publicas e privadas do município de Ipanguaçu, entram no combate contra a dengue, o Jardim Escola Elia Ribeiro de Oliveira é mais uma que se une ao grupo para o combate ao Aedes Aegypti.

A escola tem realizado um trabalho importante de combate a dengue na cidade, campanha intitulado por “Cho Dengue”. O público alvo da campanha são os alunos de toda a escola, que estão recebendo várias palestras sobre como se deve combater à doença.

No ensino infantil as crianças aprendem a combater o mosquito por meio das histórias, fantoches, pintura, corte e colagem, que está sendo desenvolvida pela professora, Dulcilia Karisa.

Segundo ela, este trabalho de orientação e combate a dengue está acontecendo com todos os alunos da escola. “Ao chegar em casa as crianças podem informar os pais, as maneiras de combater a dengue. Criando formas de prevenção” explica a professora.

Um dos parceiros das escolas são os profissionais da Secretaria de Saúde que está ampliando a campanha de combate ao mosquito transmissor da dengue.

Na ação os profissionais da saúde explicam os locais ou objetos onde podem abrigar o Aedes aegypti: nas tampinhas de garrafa, latinhas, saquinho plásticos, copos descartáveis, garrafas pet e de vidro, pratinhos de vasos de plantas dentro e fora da escola.


SEBRAE visita municípios para levantar demandas e potencialidades


O escritório regional do SEBRAE com sede no município do Assu tem feito um trabalho de cadastramento das novas demandas empresarias da região e pra isso vem realizando visitas técnicas em vários municípios da região. O trabalho segundo o gestor regional do escritório Fernando Antonio de Sá Leitão Moraes, tem por objetivo conhecer melhor as necessidades existentes em cada cidade, para em seguida junto com essa classe empresarial realizar um trabalho de desenvolvimento das potencialidades de cada município. Fernando de Sá Leitão informa que essa semana, uma equipe do SEBRAE esteve na cidade de Guamaré onde foi feito um trabalho nesse sentido e também o cadastramento de novos empreendedores individuais. Hoje, segundo Fernando de      Sá Leitão o SEBRAE estará presente no município de Angicos, na região central do estado, onde junto com a CDL daquela cidade estará promovendo uma capacitação para o empresariado local. Hoje também, sendo que na cidade do Assu, o município estará recebendo a presença do Diretor Técnico do SEBRAE no Rio Grande do Norte, Dr João Helio, que fará uma visita ao Centro de Serviços do Município, empreendimento que está sendo criado pela prefeitura municipal. Para essa visita, explica Fernando de Sá Leitão, o SEBRAE será recepcionado pelo Secretário de Ciência e Tecnologia e Desenvolvimento Econômico da prefeitura do Assu, Paulo Moraes.

Fonte: Rádio Princesa do Vale

RN inaugura unidade de energia eólica em Guamaré

Foi inaugurado ontem em Guamaré a Usina Eólica Alegria I. A unidade faz parte do projeto do Centro Tecnológico de Energia Eólica, que será implantado pelo Governo do Estado e treinará 10 mil trabalhadores. "Precisamos juntar energia e saber para promover o desenvolvimento do RN", propôs a governadora para quem a capacitação técnica será reconhecida no mundo inteiro.


"Quero dar ao Centro esse caráter internacional, trazendo também experiências dos Estados Unidos e da Alemanha, especialistas neste tipo de energia renovável", adiantou Rosalba, que já levou o projeto ao conhecimento dos ministros da Ciência e Tecnologia, Aloísio Mercadante, e Educação, Fernando Haddad, além da presidenta Dilma Rousseff.


Para a governadora, a eólica movimentará a economia e a educação, através da formação dos trabalhadores. "Essa será a década do desenvolvimento", conceituou Rosalba, dizendo estar mais motivada com os investimentos do setor que devem chegar a R$ 8 bilhões, pouco menos que o orçamento do Estado - R$ 9,4 bi.


Antes do discurso, a governadora ouviu do presidente do Banco do Nordeste, Roberto Smith, que a instituição espera que o RN produza muito mais do que os 150MW das usinas Alegria I, inaugurada ontem, e Alegria II, em construção.  


Os investimentos para Alegria I foram de aproximadamente R$ 330 milhões. O BNB financiou R$ 250 milhões. O banco está investindo R$ 4,4 bi no RN, sendo R$ 3,5 bi para energia eólica. Existem outros projetos na área industrial para o Estado.


O vice-presidente da Usina Eólica, Hugo Seabra, disse que a posição do grupo no Estado é de longo prazo. "Certamente teremos outros investimentos além de Alegria I e II", observou, anunciando que há uma cadeia produtiva com fornecedores estrangeiros se instalando no RN, a exemplo do que ocorre no CE e BA.         


Acompanharam a governadora na solenidade de inauguração os deputados estaduais Vivaldo Costa, Leonardo Nogueira e Gustavo Fernandes, e os secretários Esdras Alves (Articulação com os Municípios) e Benito Gama (Desenvolvimento Econômico).


Fonte: O  mossoroense

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Secretaria de Finanças e Tributação convoca moradores da zona urbana para atualização do cadastro imobiliário

A Prefeitura Municipal de Ipanguaçu através da Secretaria de Finanças e Tributação do município, informa a todos os cidadãos do município que possuem imóveis cadastrados ou pendentes de cadastro imobiliário, que procurem o setor de tributação, sala 03, na sede da Prefeitura Municipal, a fim de atualizar o cadastro de seu imóvel dentro da zona urbana.
Segundo o secretário de Finanças e Tributação, Washinton Fonseca, informa que a necessidade da atualização do cadastro imobiliário, devido à obrigatoriedade imposta pela lei complementar nº045 de 29 de dezembro de 2005, que dispõe sobre o sistema tributário municipal.

O secretário de finanças ainda ressalta, que com essa atualização dos cadastros dos imóveis situados na zona urbana, ira resolver de vez o impasse dos cidadãos do município em ficar impossibilitado de receber na sua residência todas as correspondências que são enviadas, pois como se sabe os serviços de correios necessita para entrega das correspondências com o devido endereço atualizado.

“Tal medida facilitará o lançamento de impostos como, IPTU, ITBI entre outros, conforme faz a exigência da lei de responsabilidade fiscal” frisa o secretário.

Que ainda indaga da importância da execução do que determina as leis fiscais, pois só desta forma o cidadão estará também contribuindo com o desenvolvimento do município, tanto social como econômico. “Tal obrigação evitará por parte dos possuidores destes imóveis multas desnecessárias e até mesmo dificuldades na obtenção de certidões por parte do poder publico municipal” explica.

Bairos que compreendem a zona urbana como, Bairro Frei Damião, Veneza, Manoel Bonifacio, Ubarana, Olho D’água, Maria Romana, Coabh e Centro, todas as pessoas que possuem imóveis nestes bairros devem procurar o setor de finanças e tributação munidos de RG, CPF do proprietário do imóvel, a fim de informar o número do imóvel e sua localização, para atualização do cadastro do imóvel e posteriormente obtenção de declaração fornecida pelo poder municipal ratificada aos novos endereços junto a órgão como correio, Cosern, Caern e etc, explica o secretário Washinton Fonseca.

Secretaria Municipal de Assistência Social de Ipanguaçu realiza colônia de férias do Programa PETI

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Ipanguaçu através do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) realizou durante os dias 19 e 23 de fevereiro, a segunda colônia de férias com o tema “Vivendo a Infância”, para os participantes do PETI.

A colônia de féria tem o objetivo de integrar e valorizar as atividades desenvolvidas em equipe, mas também desenvolver os aspectos físicos, mental, afetivo-emocional, sócio-cultural, e ensinar a lidar com as emoções em situações de perdas ou ganhos, obedecer a regras pré-estabelecidas, além de exercitar a criatividade e as mais variadas formas de raciocínio.

Para isso, os alunos do PETI dos pólos de Pedrinhas, Serra do Gado e Porto, participam de atividades como dança, banho de piscina, visita a praia percorrendo algumas praias do pólo costa branca, e também gincanas e passeio ecológico pela barragem Armando Ribeiro Gonçalves.

Conforme a coordenadora do PETI, Valéria Faustino, as atividades do programa são ininterruptas, mas a colônia realiza algumas atividades extras para sair da rotina, deixando o programa ainda mais prazeroso. “Esse público considerado especial e que vive em situação de vulnerabilidade, precisa estar em constante atividade e a colônia de férias, além de divertir, também desenvolve outras habilidades nos nossos alunos, fora da sala de aula”, explica Valéria Faustino.

Durante a realização da colônia de férias, realizou-se a segunda edição do “PETI Folia”, evento que comemora o carnaval, onde ouve a escolha da rainha e sambista 2011 do carnaval Petiano. “Resgatar a infância dessas crianças é um dos nossos principais focos. Muitas vezes essas crianças não têm como sair de suas casas para conhecer esses pontos, com essas atividades elas desbravam culturas e o dia a dia de outras cidades” argumenta à coordenadora.

Fotos:


















George Soares faz seu primeiro pronunciamento na AL e promete trabalhar pelo Vale do Assu


Foto: Moraes Neto
O deputado George Soares(foto) fez seu primeiro pronunciamento no plenário da Assembléia Legislativa nesta quarta-feira(23).
O parlamentar do PR agradeceu aos eleitores os votos recebidos e disse que vai trabalhar com seriedade na Assembléia visando contribuir para o desenvolvimento do Estado.
“O primeiro sentimento que me conduz a esta tribuna é o de gratidão aos 36.952 norterio-grandenses que manifestaram confiança ao meu projeto. Tenho gratidão especial aos meus familiares, amigos e ao Vale do Assu. Espero corresponder às expectativas dos que em mim confiaram essa missão”, afirmou George.
O deputado disse que fará um mandato propositivo com destaque especial para a região do Vale do Assu.
Em seu discurso, George Soares também falou da tradição política de sua família, que remonta aos tempos do Império.
“Este mandato é muito sonhado pelo Vale do Assu, que há dez anos não tem um legítimo representante nesta Casa. Quero destacar também o relevante papel que foi desempenhado por membros da minha família. O exemplo deles serve de modelo para minha atuação política”, enfatizou o parlamentar.
George foi aparteado pelos colegas Leonardo Nogueira (DEM), Ezequiel Ferreira (PTB), Gustavo Carvalho (PSB), Hermano Moraes (PMDB), Walter Alves (PMDB), Dibson Nasser (PSDB), Getúlio Rêgo (DEM), Gustavo Fernandes (PMDB), Larissa Rosado (PSB) e Fábio Dantas(PHS).
Todos enalteceram a importância de um representante da região do Vale do Assu na Assembléia.
Fonte: Oliveira Wanderley

Eleito o novo coordenador do conselho tutelar


Francinaldo Gonzaga novo coordenador em 2011.

Foto: Blog O Anjo Voador
O Conselho Tutelar de Ipanguaçu têm um novo coordenador, Francinaldo Gonzaga Bento, que assume o cargo pelo período de 01 ano.

A escolha aconteceu ontem (23), através de eleição interna entre os conselheiros. Em 2010, George das Neves foi escolhido o coordenador.

Particaram da eleição George das Neves Varela, Claudineide Lopes dos Anjos, Naílde Nunes, Rodney Carlos Frutuoso e Francinaldo Gonzaga Bento, que decidiram que neste ano de 2011 o conselheiro Francinaldo Gonzaga será o novo coordenador.

Rodeio agita Ipanguaçu neste fim de semana ‎

Rodeio em São Rafael. Foto: Blog "Top 5 de São Rafael"

Começa nesta sexta-feira (25) e vai até o domingo (27), a 1ª edição do Rodeio em Ipanguaçu. O evento, que ocorrerá próximo ao estádio de futebol, Joacy Fonseca, reunirá diversos tradicionalistas da região para torneios de laço, montaria e provas de rédeas, do cepo e chasque. A entrada é de oito reais. 

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Abertas as inscrições para o ProJovem adolescente em Ipanguaçu

O ProJovem Adolescente é destinada a jovens de 15 a 17 anos pertencentes a famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família ou em situação de risco social.

A Prefeitura de Ipanguaçu a traves da Secretaria Municipal de Assistência Social abriu as inscrições para os interessados em participar do Programa ProJovem Adolescente/2011. O projeto de âmbito federal, sob coordenação do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, é desenvolvido no município pela Secretaria de Assistência Social e o Centro de Referência da Assistência Social - CRAS.

O programa é voltado para o público com idade entre 15 a 17 anos, onde os adolescentes têm oportunidade de participar de atividades como esporte, teatro, informática básica, artesanato, música e campanhas socioeducativas, sendo que essas atividades são coordenadas por um orientador social.

A assistente de Programas Especiais, Rayane Ribeiro, disse que o objetivo é trabalhar temas como cultura, meio ambiente, direitos humanos, saúde, esporte e lazer, direcionar o jovem ao mercado de trabalho entre outros. “Este programa visa proporcionar oportunidade aos jovens de participar de atividades culturais, esportivas e de lazer. Todos participam de supervisões semanais para troca de experiências sobre as atividades realizadas”, ressaltou Rayane Ribeiro.

No município estão disponíveis 32 vagas. As inscrições estão sendo realizadas no CRAS, na Avenida João Baulo II nº68, no período da manhã e tarde. Para o ato da inscrição é necessário estar portando os documentos como RG, Cartão do Bolsa Família e comprovante de residência.

Carnaval do Povo é Carnaval no Porto

Concluído relatório das áreas de risco

A Comissão Estadual de Defesa Civil (Codec) encerrou, praticamente, a série de visitas aos municípios pólos do interior do Rio Grande do Norte, com a finalidade de levantar as áreas de risco que podem sofrer com eventuais inundações,  caso se configurem as previsões dos meteorologistas de que este ano choverá na média ou acima da média, que é de 500 milímetros na maioria dos municípios.

O secretário estadual de Justiça e Cidadania, Thiago Cortez apresentou o relatório da inspeção feito entre os dias 2 e 16 de fevereiro nos municípios de Mossoró e Pau dos Ferros, na região Oeste, e de Caicó, no Seridó, que apresentam as mesmas situações encontradas em outros municípios.

Thiago Cortez admitiu, ontem à tarde, que não existe tempo hábil para a tomada de todas as providências que foram levantadas até agora, mas disse que, caso se confirme o inverno mais rigoroso, “a Defesa Civil está pronta para agir e atender os municípios”.

Cortez afirma que a Defesa Civil está realizando um trabalho preventivo, mas muitas dessas medidas que vierem a ser adotadas, prescindem da agilidade dos municípios em apresentarem projetos, porque recursos existem no governo federal para serem liberados em ministérios, como o da Integração Nacional ou das Cidades.

Segundo Cortez, tudo o que foi levantado “está sendo notificado” para os  órgãos, nos três níveis de governo, tidos como responsáveis para recuperar equipamentos públicos ou executar ações que possam evitar consequências maiores à população em caso de inundações de áreas de risco.

Somente em Mossoró a inspeção da Codec, que contou com o apoio técnico do  Corpo de Bombeiros Militar do RN, constatou situações de riscos em pelo menos nove bairros da cidade, inclusive com a construção de casas em áreas ribeirinhas: Ilha de Santa Luzia, Alto da Conceição, Pereiros, Santo Antonio, Redenção, Dom Jaime Câmara, Pintos, Paredões e Barrocas.

Já em Caicó, os riscos de inundações existem nos bairros Castelo Branco, João XXIII, João  Paulo II , Barra Nova/Walfredo Gurgel , Recreio e  no próprio centro da cidade, onde existe uma ponte sobre o rio Seridó.

Em Pau dos Ferros, se o inverno for rigoroso pode haver inundações de residências construídas às margens do açude Ligeirinho, rio Apodi-Mossoró, açude 25 de março.

Um dos problemas detectados, segundo o coordenador de Defesa Civil, Josenildo Acioly, é que em muitos municípios do Estado não existe sequer coordenadorias municipais de Defesa Civil, embora em Mossoró exista uma certa estrutura e em Caicó e Pau dos Ferros praticamente nada.

Segundo Acioly, por conta dessas inspeções, alguns municípios já manifestaram interesse em  ter uma parceria com o Corpo de Bombeiros, como são os casos de Extremoz, Porto do Mangue e Serrinha e Upanema.

Prefeitos não acreditam em soluções a curto prazo

Às vésperas do início da quadra chuvosa, prefeitos das áreas mais atingidas pelas enchentes de 2008 e 2009 não acreditam mais em soluções de curto prazo. “Apenas São Pedro pode ajudar nesse momento”. comentou ontem Benes Leocádio, prefeito de Lages e presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn). 

“É uma situação preocupante porque, infelizmente, os municípios continuam desaparelhados, despreparados e sem uma solução imediata para o problema das enchentes”, acrescentou Leocádio. 

Enquanto a Defesa Civil do Rio Grande do Norte anuncia para o  dia 10 de março o início de uma grande mobilização contra nova possível cheia na região do Vale do Açu, os prefeitos da região olham qualquer iniciativa com ceticismo. “Essas providências já deveriam ter iniciado na prática há muito tempo”, criticou o prefeito Eider Medeiros, de Alto do Rodrigues, cujo município foi poupado de conseqüências mais sérias durante as cheias de 2008, mas não escapou delas em 2009, quando as águas acumuladas nas várzeas invadiram 30% da cidade. 

Leonardo Oliveira, prefeito de Ipanguaçu, um dos municípios mais atingidos pelas enchentes de 2008, chegou a criar um dossiê historiando todas as razões que levam a município a sofrer com a sangria da barragem Armando Ribeiro Gonçalves. “O que posso dizer que o dinheiro federal para reparar os prejuízos das enchentes de 2008 chegou, mas não foi bem aplicado”, denunciou. 

Entre os problemas registrados por Leonardo Oliveira, os recursos chegaram para a construção de 70 casas quando a demanda era para 350. “E, mesmo assim – diz o prefeito – o dinheiro gasto para levantar duas casas nós teríamos construído uma terceira”. Para o presidente da Femurn, Benes Leocádio, depois de 2008/2009 houve apenas uma desburocratização das medidas para que os municípios pudessem acessar recursos federais, como a decretação do estado de calamidade pública. 

Fonte: Tribuna do Norte

Quase sete mil têm Bolsa Família cancelados

Beneficiários que não atualizaram seus dados até 31 de dezembro perderam o Bolsa Família neste mês. Foram cancelados 6.916 benefícios no pagamento de fevereiro no Rio Grande do Norte, de um total de 28.232 de famílias que precisaram passar pela revisão cadastral em 2010. A atualização das informações no Cadastro Único, promovida pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) em parceria com os municípios alcançou um percentual de 76% do público envolvido nesse processo, no ano passado.


A cada dois anos, os beneficiários do programa de transferência de renda do Governo Federal necessitam ir à prefeitura do município em que moram e confirmar ou alterar suas informações cadastrais. 



Neste ano, mais 1,3 milhão de famílias têm que fazer a renovação de seus cadastros em todo o Brasil. Mudança de endereço ou de renda, localização da escola dos filhos para acompanhamento da frequência escolar e composição familiar são informações que precisam ser apresentadas.

Para continuar a receber os valores do programa, além da atualização de dados, os beneficiários precisam manter os filhos na escola e a agenda de saúde em dia.

Fonte: Jornal de Fato

Secretaria de Recursos Hídricos indica Bacia Piranhas-Açu para ser estudada pelo Banco Mundial

Os projetos hídricos do Nordeste do Brasil estão sendo avaliados pelo Banco Mundial como possíveis alvos de estudo para os próximos dezoito meses em relação às variações climáticas. No Rio Grande do Norte, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) recebeu ontem a comissão do banco e apresentou a Bacia Hidrográfica Piranhas-Açu como projeto hídrico que poderá ser piloto para estudo de mudanças climáticas em situações extremas.
A Bacia Hidrográfica Piranhas-Açu é localizada nos estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba, com divisão em seis trechos e possui 43 mil quilômetros de extensão e 47 reservatórios.

A Bacia foi indicada pela Semarh pela diversidade em situações de seca e enchentes e mudanças econômicas e sociais no abastecimento dos estados, além de ser uma das vias da transposição do rio São Francisco.

A apresentação técnica do projeto foi feita pela coordenadora de Gestão de Recursos Hídricos, Joana D`arc Freire que explicou os detalhes da Bacia, como a segurança hídrica.

"Os eventos extremos como seca e enchentes na região da Bacia são os pontos mais importantes de discussão: temos que garantir o abastecimento de água para consumo humano e ao mesmo tempo evitar que os períodos chuvosos criem situações de enchentes, prejudicando o setor econômico do Estado", explica.

De acordo com a coordenadora, as situações extremas de secas ocorrem mais na região Seridó do Estado e as enchentes, no Vale do Açu, afetando a produção da fruticultura irrigada, uma das principais atividades econômicas do Estado.

Durante a reunião, o secretário-adjunto, Jader Torres destacou a melhoria na estrutura da Bacia Piranhas-Açu com as obras complementares como a Barragem de Oiticica, assegurada pela presidenta Dilma Rousseff como prioridade.  

Os representantes do Banco Mundial questionaram a demanda de investimentos na Bacia e informações técnicas como hidrologia, previsões climáticas e gestão dos recursos hídricos para os estados. O especialista em recursos hídricos do Banco Mundial, Erwin De Nys, solicitou ainda um modelo de custos e benefícios para a região e disse que a Bacia Piranhas-Açu atende as demandas necessárias ao estudo.

A equipe do Banco Mundial vai conhecer hoje a estrutura da Bacia Piranhas-Açu no território potiguar. Se escolhido, o projeto piloto será executado pelos pesquisadores do banco até o final de 2012 e servirá de base para novos projetos hídricos em todo o mundo.  O benefício para o Estado será contar com as informações para nortear as políticas públicas voltadas ao desenvolvimento de recursos hídricos.

Fonte: Jornal O mossoroense

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Prefeitura anuncia a programação do carnaval 2011

A programação prevê os quatro dias de carnaval com a inauguração do complexo turístico rural.

A Prefeitura de Ipanguaçu através da Secretaria de Cultura e Turismo, concluiu nesta semana, a programação de carnaval 2011 no município.

A programação apresentada pelo secretário de Cultura e Turismo, Fernando Neto, prevê festividades os quatro dias de carnaval, de 05 a 08 de março, na comunidade do porto, com o tema “Carnaval do povo é carnaval no Porto”, e a inauguração do complexo turístico.

Segundo o secretário da pasta, Fernando Neto, na alegria e no calor desse povo brasileiro que faz desse país o a maior festividade, Ipanguaçu não poderia ficar de fora. Por isso o resgate dessa cultura que todos buscam virar realidade, pois esse ano será realizado o maior carnaval de todos os tempos no município.
“Esse evento deve fazer parte agora do calendário oficial do município. Um dos objetivos do carnaval é resgatar a tradição local, valorizando os espaços naturais promovendo o turismo e o desenvolvimento sócio-cultural do município” destaca o secretário de Cultura e Turismo, Fernando Neto.

A realização do carnaval em Ipanguaçu, também prevê a inclusão das comunidades rurais no plano de desenvolvimento do município, fazendo conhecer as belezas existentes nos mais distantes recantos.

O evento se justifica pelo incentivo que o prefeito, Leonardo Oliveira, vem implantando na comunidade com a construção do complexo turístico, como forma alternativa de geração de renda natural que acontecerá com a construção e a realização da festa.

No primeiro dia de carnaval, dia 05 (sábado), acontecerá às 10hs a inauguração do completo turístico do Porto, e o inicio das comemorações do carnaval com a realização do “Carnaval da Melhor idade” com a animação de Pode Balançar Elétrico ás 12h, e a banda Deixe Cum nós Elétrico ás 20h; no domingo (06) de carnaval a folia ficará por conta da banda A’Rapaziada e Almir dos Teclados; no terceiro(07) dia a festa as apresentação das bandas continuam com as bandas Arte do Samba e Deixe Cum nós elétrico, para encerrar o último dia de carnaval a banda Impressão Digital e Almir dos teclados conclui a programação de carnaval.

PROGRAMAÇÃO:

05.03.2011 – Sábado
• 10h – Inauguração do Complexo Turístico do Porto;
• 11h – Carnaval da Melhor idade;
• 12h – Animação: Pode Balançar Elétrico;
• 20h – Animação: Banda Deixe Cum Nós Elétrico.

06.03.2011 – Domingo
• 12h – Banda A’Rapaziada;
• 20h – Almir dos Teclados.

07.03.2011 - segunda-feira
• 12h – Banda Arte do Samba;
• 20h – Banda Deixe Cum Nós Elétrico.

08.03.2011 - terça-feira
• 12h – Banda Impressão Digital;
• 20h – Almir dos Teclados.