i

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Crianças de até 2 anos devem tomar vacina contra meningite

A aplicação da vacina nas crianças nessa faixa etária esta acontecendo nos postos de vacina em Ipanguaçu.

Pais ou responsáveis por crianças com idade entre três meses e dois anos são convidados a procurar a sala de vacina na unidade de saúde do município para imunizar seus filhos contra a Doença Meningocócica tipo C, considerada a meningite mais grave.

A vacina vem sendo aplicada desde novembro de 2010, no posto de saúde Tiburcio Freire da Silveira, no centro de Ipanguaçu, os pais devem procurar a unidade de saúde para vacinar os filhos.

A coordenadora da sala de vacina, Maria Sulinete, frisa que há uma grande procura por parte dos pais, isso mostra que a preocupação por parte deles em ver seus filhos bem.

Maria Sulinete explica que a meningite é considerada um agravo de grande representatividade no Brasil, podendo se originar de vírus, bactérias, fungos e parasitas. Os sorogrupos que mais frequentemente causam a doença são: A, B, C, Y e W135. A transmissão da Doença Meningocócica ocorre geralmente pelo contato íntimo com um portador assintomático ou um doente, e ainda por contato direto com secreções respiratórias.

“Essa doença pode atingir pessoas de qualquer idade, mas a maior prevalência é em crianças menores de dois anos”, revela a coordenadora da sala de vacina.

Matricula continua em todas as escolas publicas municipais de Ipanguaçu

Seguem em toda rede municipal de ensino as matrículas para o ingresso de alunos nas escolas púbicas municipais de Ipanguaçu.

Os alunos novatos que pretendem entrar no ensino podem procurar um dos dez estabelecimentos municipal de ensino de Ipanguaçu para efetuar a matrícula para o ano letivo de 2011.

Os estudantes novatos devem estar munidos do original do histórico escolar, cópia do RG, CPF e fotos 3x4. As matrículas vão até o dia 10 de fevereiro, com previsão do início do ano letivo para 14 de fevereiro.

Segundo a secretária de Educação, Jeane Dantas, os pais devem procurar uma das escolas no período estabelecido e fazer as matrículas dos seus filhos para evitar transtornos. As matrículas são feitas nas secretarias das escolas nos horários da manhã e tarde. “A oferta é de que este ano a Secretaria de Educação ofereça mais de 2.500 (duas mil e quintas vagas) neste ano letivo de 2011” conclui a secretária de Educação, Jeane Dantas.

Dnocs trabalha na Armando Ribeiro

Itajá/Caraúbas - O engenheiro João Guilherme, do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), informou ontem que os trabalhos para recuperar o paredão da Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, em Itajá, devem ficar prontos nos próximos trinta dias. Havia enormes erosões no paredão da barragem geradas nos invernos de 2008 e 2009.

O Dnocs está concluindo também a recuperação do açude de Apanha-Peixe, em Caraúbas. Esse açude, que tem capacidade para armazenar 23 milhões de metros cúbicos de água, estava com a parede desgastada, devido aos invernos de 2004, 2005, 2008 e 2009. Segundo o prefeito de Caraúbas, Ademar Ferreira, esse açude nunca havia passado por reforma na parede.

A Barragem Armando Ribeiro, inaugurada em 1983, tem capacidade para armazenar até 2,4 bilhões de metros cúbicos de água. Está com mais de 80% de sua capacidade e já começou a receber água. Apesar de as crateras serem grandes, o engenheiro João Guilherme explicou que não havia risco e que a manutenção está sendo feita para evitar aumentar.

O paredão da Armando Ribeiro, na base, tem 220 metros de largura. É o maior reservatório do Estado. Já, quanto ao açude de Apanha-Peixe, a questão era mais urgente. Segundo Ademar Ferreira, a erosão destruiu quase completamente a parede do açude. No inverno de 2009, o açude por pouco não transbordou. Faltou pouco mais de um metro.

Com os recursos do Dnocs, a Prefeitura reforçou a parede e construiu proteção em diversos pontos para evitar erosão. O mesmo está sendo feito na Barragem Armando Ribeiro. As erosões estão sendo fechadas com material de piçarra e pedras. Segundo João Guilherme, essas erosões só se abriram porque os canais de alvenaria construídos para escoar a água das chuvas se quebraram.

Fechadas as erosões, o trabalho será de construir essas galerias para a água escoar. O engenheiro reconhece que, se o inverno de agora em diante for muito forte, o trabalho será prejudicado. 

PRECISA DE MANUTENÇÃO

Além da Barragem Armando Ribeiro e Apanha-Peixe, também precisa de manutenção a Barragem de Umari, em Upanema. No inverno de 2009, a sangria da barragem levantou enormes blocos de cimento na parte de apoio do paredão de concreto. O trabalho de recuperação deveria ter sido feito pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Fonte: Jornal de Fato