i

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Consórcio Vale Unido se reúne nesta 4ª feira

Prefeito Luizinho, presidente do G12 será anfitrião de encontro, às 16h.

Os prefeitos dos municípios que compõem o G12 voltarão a se reunir nesta quarta-feira, 30, em Carnaubais. O Consórcio Intergestores Vale Unido, força criada em março de 2009, foi uma inovação para unificar o Vale do Açu no enfrentamento dos desafios comuns ao desenvolvimento dos municípios. Integram o grupo hoje: Assu, Afonso Bezerra, Alto do Rodrigues, Carnaubais, Guamaré, Macau, Ipanguaçu, Itajá, Pendências, Porto do Mangue, Serra do Mel e São Rafael. O tema central do encontro do colegiado, no entanto, será: Avaliação sobre encaminhamentos da última reunião realizada em Alto do Rodrigues, asfaltamento da RN-016 que liga Carnaubais a Serra do Mel, projetos sociais da Petrobrás e outros assuntos internos do consórcio.

Fonte:  Toni Martins 

TSE mantém decisão que impede subdivisões em coligações regionais

Isso quer dizer que os partidos que têm apenas um candidato a governador não podem se subdividir para lançar mais de dois candidatos a senador.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve nesta terça-feira (29) a decisão que impede que as coligações estaduais lancem mais de dois candidatos ao Senado. Isso quer dizer que os partidos que têm apenas um candidato a governador não podem se subdividir para lançar mais de dois candidatos a senador.

Um caso que será atingido pelo entendimento é o do candidato ao Senado pelo PRB do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella. PT e PMDB, que firmaram aliança no estado e irão lançar os candidatos Lindemberg Farias (PT) e Jorge Picciani (PMDB), ficariam impedidos de se coligarem com o PRB caso o partido mantenha a candidatura de Crivella.

A consulta foi feita pelo deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em solicitação semelhante à feita pelo senador Francisco Dornelles (PP-RJ) anteriormente. O voto do relator Hamilton Carvalhido estava caminhando para a liberação da subdivisão, pois houve um erro na interpretação da consulta. Com o pedido de vista da ministra Cármen Lúcia, a situação foi esclarecida e os ministros votaram negativamente na nova consulta.

A ministra relatou em seu voto que a Constituição afirma que a coligação regional não precisa seguir a nacional, mas que isso não quer dizer que está permitida duas coligações regionais diferentes para cargos diversos.

terça-feira, 29 de junho de 2010

SECRETARIA REALIZARÁ ARRAIÁ DA MELHOR IDADE



A Secretaria Municipal de Assistência Social de Ipanguaçu realizará nesta quarta-feira (30), o “Arraiá da Melhor Idade” na comunidade de Pataxó, a festa acontecerá no largo da igreja às 16hs.
O Arraiá da Melhor Idade reunirá idosos da comunidade de Pataxó e do Grupo de Convivência da Melhor Idade entre outros. O objetivo da festa é proporcionar um intercâmbio entre o grupo de maneira espontânea e prazerosa. Os idosos do grupo de convivência se apresentarão com a quadrilha na comunidade.

MAIS DE 130 PACIENTES FAZEM EXAMES DE GLAUCOMA




A Secretaria Municipal de Saúde realizou na ultima quarta-feira (23), exames de vista e triagem de glaucoma no Posto de Saúde de Picada e no Centro de Saúde Tiburcio Freire da Silveira, mais de 130 pacientes foram atendidos. 


Cerca de 52 pessoas foram atendidas na comunidade de Picada e 80 no posto de Saúde Tiburcio Freire da Silveira. Os exames foi oferecido a população bastaria ir aos pontos de exames portando xerox dos documentos.  

PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA DA FESTA DE SÃO PEDRO EM PATAXÓ


As festividades alusivas a São Pedro padroeiro do distrito rural de Pataxó no município de Ipanguaçu que teve início no ultimo dia 26 de junho, teve encerramento da parte religiosa hoje 29 com missa e procissão.

A missa contou com a presença da comunidade de Pataxó e fieis de São Pedro. A missa foi presidida por Pe. Galvão Cel, Pe. José Irineu da Silva e Pe. Valberto.

A parte religiosa teve fim hoje (29), mas a parte sócio cultural continua, com 30/06, com o Arraia dos Idosos no largo da igreja com os Traquinas do Forró a partir das 17hs,  e no 03/07  as 23:00 hs, o tradicional São João de São Pedro na Praça de Pataxó com a animação do Forrozão Pode Balançar,  Forró com H, Forró da Pegação onde acontecerá o fim da programação cultural.

ROCK GOSPEL NO ALTO DO RODRIGUES

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO REALIZA FORMAÇÃO SOBRE ACORDO ORTOGRÁFICO E PROERD


A Secretaria Municipal de Educação realizou nesta segunda e terça-feira na Escola Municipal Francisco Soares da Costa, na comunidade de Pedrinhas, o 1º encontro de formação sobre o Acordo Ortográfico e o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), a formação contou com a participação de professores da educação infantil, Ensino Fundamental, Brasil Alfabetizado, PETI, diretores e secretários escolares.

Segundo há Secretária de Educação do Município de Ipanguaçu, Jeane Dantas, os professores devem se adapta ao acordo ortográfico que será trabalhado integralmente nos novos livros didáticos de 2011, e ainda este ano os alunos devem ver o que mudou na língua portuguesa, para que possam ter ideia quando for trabalhado em sala de aula.

 

No encontro esteve presentes mais de 150 profissionais ligados a educação. No dia 28 a palestra sobre o acordo ortográfico ficou por conta das professoras Poliana Rocha e Aloma Dayane, que contam que algumas modificações foram feitas no sentido de promover a união e proximidade dos países que tem o português como língua oficial: Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal.
Após a palestra das professoras, os professores se dividiram em 5 grupos para discutir mais sobre o tema.
No dia 29 o assunto foi voltado ao Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), que contou com a participação de Policias Militares de Natal, que são instrutores do programa.


Segundo o sargento Adrian, o objetivo é envolver a polícia, a escola, a família e a comunidade na problemática das drogas e da violência, assim desenvolvendo uma ação pedagógica de prevenção ao uso indevido de drogas e a prática da violência nas escolas.

Durante o encontro foi entregue matérias para as escolas para o inicio dos trabalhos.

PARTE DA PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA DA FESTA DE SÃO PEDRO EM PATAXÓ TERMINA HOJE

 
 
29/06 - Terça-feira
09:00 h.  Missa solene
16:00 h.  Missa e procissão de Encerramento
              Arreamento da bandeira
              Cel. Pe. José Irineu da Silva
                     Pe. Edson Galvão
 


PROGRAMAÇÃO SÓCIO-CULTURAL


30/06 - Quarta-feira
- Arraia dos Idosos
- Animaçã: Os trakinos do Forró.
-Local: Praça de São Pedro, a partir das 17:00 h.

03/07 – Sábado
23:00 h. - Tradicional Festa de São Pedro
               - Local: Praça de São Pedro - Pataxó - Ipanguaçu/RN
              -Animações: Forrozão Pode Balançar
                                       Forró com H
                                    Forró da Pegação

APOIO: Prefeitura de Ipanguaçu, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Cultura e Turismo, Vice-prfeita Vera Lúcia, Vereador Josimar, FM 104,9, Comunidade de Pataxó.

Sem acordo, DEM e PSDB tentam definir vice de Serra nesta terça

Cúpulas dos partidos da aliança se reuniram nesta segunda.
PSDB fez 'mea culpa' no processo de escolha do vice.

O PSDB e o Democratas esperam chegar a um acordo sobre a definição do vice na chapa do candidato à presidência José Serra nesta terça-feira (29). Entre a noite desta segunda (28) e a madrugada de hoje, as cúpulas dos dois partidos se reuniram na casa do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) para discutir a questão, mas não houve consenso.

O imbróglio a respeito da definição do vice teve início na última sexta feira (25), quando o presidente do PTB, Roberto Jefferson, anunciou por meio do Twitter que os tucanos haviam indicado o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) como candidato a vice. O DEM, que reivindica a vaga, reagiu ao anúncio. Alguns líderes do partido chegaram a defender o rompimento da aliança com o PSDB caso os tucanos não cedam.

Em entrevista após a reunião, o presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PSDB-PE) fez uma espécie de “mea culpa” em relação à forma como foi definido e divulgado o nome de Dias. “Fizemos uma avaliação sobre o que aconteceu, os erros e acertos da nossa campanha. E amanhã (terça), vamos começar a trabalhar no campo dos acertos”, disse o tucano.

Questionado sobre quais seriam os erros, ele afirmou que a negociação sobre o vice talvez pudesse ter sido feita antes e que “faltou um pouco de diálogo”. Guerra relatou aos jornalistas que não houve mudanças nas posições defendidas por tucanos e democratas: o PSDB insiste na indicação de Álvaro Dias e o DEM reivindica a vaga na chapa.

Além de Guerra, estiveram no encontro o presidente do DEM, Rodrigo Maia, o presidenciável José Serra e outros líderes dos dois partidos: João Almeida (PSDB-BA), Cícero Lucena (PSDB-PB), Jorge Bornhausen (DEM-SC) e José Agripino (DEM-RN). Segundo o presidente do PSDB, Serra se colocou “à disposição de todos para encontrar a solução”.

Sobre a manutenção do nome de Dias, o presidente do PSDB afirmou que não se trata de “recuar ou avançar”. “A gente vai chegar no dia da convenção do DEM com essa solução consensual”, afirmou. Essa quarta (30) é o último dia do prazo para que os partidos realizem convenções e definam seus candidatos.

O senador aproveitou para reafirmar a unidade da aliança. “Somos uma força só. O Democratas, nós do PSDB e outros partidos que estão conosco. Não há possibilidade de ficarmos divididos”, ressaltou.

Concursados devem ser nomeados até sábado ou só em 2011

Candidatos aprovados em concursos vivem dias de expectativa. Por causa das restrições impostas pela legislação eleitoral, futuros servidores só podem ser nomeados até 3 de julho — três meses antes da disputa nas urnas. Com a proximidade da data fatal, as atenções se voltam para o Diário Oficial da União. Os nomes que não forem publicados dentro do limite permitido terão de esperar 2011 para ser convocados ao trabalho. Atualmente, 48 seleções públicas(1) abriram ou prometem abrir 10,8 mil vagas.

Apesar do ano atípico e de todo o suspense causado pelas eleições, quem já se acostumou com a rotina de estudos mantém a preparação. As salas de cursos preparatórios estão lotadas, mesmo durante os fins de semana e feriados. “Estou fazendo um cursinho de 10 meses para ter uma base forte, sem pegar nenhuma matéria específica. Deixei meu emprego há uns seis meses só para estudar para concurso”, disse a economista Dirla Casari, 31 anos, que decidiu trocar a iniciativa privada pelo setor público. “Vou torcer para que demore bastante o edital do MPU (Ministério Público da União). Vai dar tempo de me preparar melhor.”

Há 38 concursos abertos. Nas próximas semanas, mais 10 vão iniciar inscrições. São certames com exigências variadas, de ensino médio ao superior. No Distrito Federal, a Secretaria de Planejamento e Gestão encerra o prazo para os candidatos que pretendem concorrer a uma das 400 vagas para nível superior. Os salários variam de R$ 1,3 mil a R$ 3,7 mil. Um dos concursos mais procurados, no entanto, é o do Tribunal de Contas da União (TCU): são 20 vagas — todas para Brasília — com salário de R$ 10 mil. As provas ocorrem em 14 e 15 de agosto e as inscrições terminam em 11 de julho.

Para os que desejam ingressar em uma carreira pública, mas não concluíram um curso universitário, entre as 48 seleções (veja o quadro), há opções. A

Aeronáutica, por exemplo, está com uma concorrência aberta para candidatos de ensino fundamental. São 215 vagas e as inscrições vão até 7 de julho. A taxa para participar da seleção é de R$ 50.

Exceção
A Lei Eleitoral (Lei nº 9.504/97) veda admissões de servidores nos três meses que antecedem a eleição até a data da posse dos eleitos. A exceção são os cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República. A nomeação dos aprovados em concursos públicos homologados até o início do prazo fatal também é permitida. Porém, por precaução, a administração não deverá chamar os candidatos ainda que a relação oficial dos chamados tenha sido divulgada. “Há um excesso de cautela por causa da disputa eleitoral. O governo vai deixar tudo para o ano que vem”, disse ao Correio um técnico especializado em concursos públicos.

Ansiedade especial experimentam os candidatos que passaram no último concurso da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), realizado em maio. O resultado já foi divulgado, mas os nomes dos aprovados ainda não. Há a previsão extraoficial de que os nomes dos técnicos sejam conhecidos dentro do período legal estabelecido para as eleições. Analistas e especialistas que se classificaram, no entanto, só seriam conhecidos depois.

A espera de mais de um milhão de candidatos pelo cronograma do concurso dos Correios (ECT) completou, ontem, seis meses. O processo seletivo com 6.565 vagas imediatas abriu inscrições em 28 de dezembro do ano passado, mas a estatal ainda não oficializou a empresa organizadora nem marcou as datas das provas. O diretor de Gestão de Pessoas dos Correios, Pedro Magalhães Bifano, informou que a Fundação Getulio Vargas (FGV) deve assumir o certame. Como esse é o primeiro concurso nacional com oferta de um número expressivo de vagas, a ECT preferiu conhecer o número de candidatos, para, então, contratar a instituição responsável pelas demais etapas do concurso.

1 - Dinheiro curto
O aumento de 7,7% concedido aos aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ganham mais de um salário mínimo vai adiar a contratação de novos servidores, além de atrasar a realização de concursos. A bondade eleitoral terá um impacto de R$ 1,6 bilhão. Líderes da base aliada do governo na Câmara dos Deputados reconhecem que a despesa extra deverá afetar as seleções que ainda não tiveram edital lançado e seriam abertos em julho. O gasto imprevisto poderá jogar para agosto ou setembro algumas seleções.

Do Correiobraziliense.com.br

segunda-feira, 28 de junho de 2010

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROMOVE FORMAÇÃO SOBRE ACORDO ORTOGRÁFICO


A Secretaria Municipal de Educação realizou hoje na Escola Municipal Francisco Soares da Costa, na comunidade de Pedrinhas, o 1º encontro de formação sobre o Acordo Ortográfico, com professores de educação infantil, Ensino Fundamental, Brasil Alfabetizado, PETI, diretores e secretários escolares.

Segundo Jeane Dantas, Secretária de Educação do Município de Ipanguaçu, os professores devem se adapta ao acordo ortográfico que será trabalhado integralmente nos novos livros de 2011, e ainda este ano os alunos devem ver o que mudou na língua portuguesa. A secretaria ainda falou dos programas e formações voltados para os professores do município que não estão sendo usados por iniciativa dos professores,e incentivou a procura dos cursos. 


No encontro esteve presentes mais de 150 profissionais ligados a educação. A palestra sobre o acordo ortográfico ficou por conta das professoras Poliana Rocha e Aloma Dayane, que contam que algumas modificações foram feitas no sentido de promover a união e proximidade dos países que tem o português como língua oficial: Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal.

Após a palestra das professoras, os professores se dividiram em 5 grupos para discutir mais sobre o tema. O encontro de formação teve fim às 13h00 por causa do Jogo entre Brasil e Chile, mas amanhã (29) o encontro continua das 8:00 as 17:00hs com a continuação sobre o acordo e com a explicação de Policias Militares  do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD),  que falarão sobre o combate e prevenção ao uso de drogas nas escolas.

Santa Rita sob devoção e lágrimas

Manifestação de fé marcou inauguração da maior estátua cristã do mundo em Santa Cruz

O Complexo Turístico Religioso Alto de Santa Rita foi inaugurado sábado, em Santa Cruz, sob forte emoção dos milhares de devotos de várias cidades do Rio Grande do Norte que compareceram ao local. A missa realizada na praça da matriz durou cerca de duas horas e levou muitos fiéis às lágrimas. "Hoje é um dia muito especial, eu adoro Santa Rita, ela mora no meu coração", disse a dona de casa Maria Enedina da Conceição, de 72 anos, que veio de Parnamirim para a inauguração da maior imagem católica do mundo.

Alex RégisFiéis participam das celebrações na inauguração da imagem de Santa Rita de Cássia
Após a missa os devotos seguiram em procissão luminosa para o Alto de Santa Rita, orando e cantando hinos de louvor à santa. O trajeto de aproximadamente 3km foi percorrido por mais de vinte mil pessoas, de acordo com a Polícia Militar. Adultos, crianças, idosos, pessoas de todas as idades que por devoção à Santa Rita não desistiram da caminhada.

"Eu vim andando desde a igreja até aqui e valeu muito a pena. Olha como Santa Rita é linda, que imagem maravilhosa. É uma alegria muito grande estar aqui", disse a aposentada Olívia Maria da Conceição, de 81 anos. Ela não foi a única. Chamava a atenção a quantidade de idosos que acompanharam toda a procissão sem esmorecer. O trajeto além de longo era cansativo, já que no final uma parte íngreme dificultava a chegada ao complexo, mas ninguém desistia. "Não foi fácil chegar até aqui, a subida é grande, mas Santa Rita me ajudou", disse o aposentado Artelino Jerônimo dos Santos, de 76 anos, que foi acompanhado do neto de 8 anos.

A devoção do povo da cidade por Santa Rita de Cássia vem das origens, segundo o padre Aerton Sales, reitor do Santuário. "O fundador da cidade era devoto da santa e a primeira igreja do município foi de Santa Rita", disse. "A imagem de Santa Rita é linda, muito grande, majestosa, mas não é maior que a fé e o carinho que nós temos por ela", completou o padre.

Com 50 metros de altura, além dos seis do pedestal, a imagem de Santa Rita encantou e emocionou a todos. Autoridades, fiéis, pessoas simples, outros muito bem vestidos. O que aconteceu em Santa Cruz foi a inauguração de uma obra que pode, de fato, mudar a realidade econômica do município, mas muito além disso, foi a concretização do sonho de um povo que adora com todas as forças a santa das causas impossíveis.

Entre os presentes, era comum o comentário de que a imagem é a realização de um sonho antigo. "Para quem viu a construção dessa imagem desde o começo, pedra sobre pedra, ver agora ela enorme, imponente, linda, não tem palavra no mundo que descreve o sentimento da gente hoje. Nosso sonho se realizou", disse a comerciante Maria Conceição dos Santos, 54 anos.

Para a dona de casa Ana Socorro da Silva a imagem de Santa Rita agora é a riqueza da cidade. "Santa Rita de Cásia é a nossa padroeira, nossa protetora, essa imagem é uma homenagem maravilhosa e merecida. Agora essa é a riqueza de Santa Cruz", disse.
 
Fonte: DN
 

ASSÚ VAI RECEBER OFICINA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DO EDITAL DE CULTURA DO BNB


Artistas, produtores, gestores culturais e demais interessados em inscrever propostas na edição 2011 do Programa BNB de Cultura - Parceria BNDES poderão participar de oficinas de elaboração de projetos que serão realizadas nos município de Apodi (30/06) e Assú (1/7). Ambos eventos ocorrem das 8h30 às 11h30, com participação gratuita e inscrições feitas nos locais 30 minutos antes do início do encontro.No município do Assú, oficina será realizada no Sindicato dos Trabalhadores Rurais , localizado na Rua 24 de Junho, centro da cidade.O objetivo da ação é facilitar e estimular a participação do maior número possível de pessoas do território Assú/Mossoró na inscrição de projetos, bem como fornecer orientações pertinentes à elaboração das propostas diretamente aos interessados. O Programa BNB de Cultura é uma linha de patrocínio direto do Banco do Nordeste, com a parceria do BNDES, para apoio à produção e difusão da cultura nordestina, mediante seleção pública de projetos. Existente desde 2005, o programa já patrocinou mais de 130 iniciativas no Rio Grande do Norte, com recursos superiores a R$ 2,1 milhões. Em 2011, BNB e BNDES destinarão o montante de R$ 6 milhões para pelo menos 225 propostas nas seguintes áreas: música (com dotação de R$ 1,25 milhão), literatura (R$ 800 mil), artes cênicas (R$ 1,1 milhão), artes visuais (R$ 800 mil), audiovisual (R$ 800 mil) e artes integradas ou não-específicas (R$ 1,25 milhão).

* Princesa do Vale

IBERÊ FERREIRA TEM CANDIDATURA FORMALIZADA EM CONVENÇÃO DO PSB





Ao ter sua candidatura formalizada ao Governo do Estado neste domingo (27) no Ginásio Machadinho, o governador Iberê Ferreira de Souza (PSB) disse que não tem vergonha de falar em continuísmo da gestão Wilma de Faria. O peessebista defendeu a aliança com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Brasília e aqui no Rio Grande do Norte. Em seu discurso Iberê disse que lá em Brasília os [senadores Rosalba Ciarlini e José Agripino] são contra Lula, aí chegam aqui no Estado dizendo que são Lula desde criançinha. Segundo o governador agora candidato a reeleição está na hora de rasgar essa máscara, afirmando que está na hora de tirar o pano e ser transparente. Com relação ao nome do Vice foi confirmado o nome do ex-secretário de Planejamento e ex-chefe da Casa Civil do Governo Wilma de Faria, Vágner Araújo (PSB), como candidato a vice na chapa de Iberê Ferreira de Souza (PSB) ao Governo do Estado nas eleições deste ano. As candidaturas de Iberê e Wilma e dos demais candidatos do PSB foram homologadas ontem na convenção do partido, no Ginásio Machadinho em Natal. Na convenção estadual do PSB, a ex-governadora Wilma de Faria disse que estava vivendo um “momento de muita emoção” e afirmou que precisou “lutar muito e ousar demais” para conseguir viabilizar a candidatura dela ao Senado. 
A ex- governadora disse que não estava ali para construir um novo destino, porque já construí esse destino ao lado do povo durante sua minha vida pública.  Wilma disse que vai pautar a campanha pela apresentação de propostas, principalmente a defesa das reformas política e tributária. A socialista disse que não quer ser senadora para “pra usufruir das mordomias, mas para ser a guerreira e a trabalhadora no Senado”. A peessebista aproveitou o discurso para alfinetar, indiretamente, a senadora Rosalba Ciarlini, candidata do DEM ao Governo do Estado, dizendo que “tem gente que quer usar o mandato de senador como trampolim para chegar ao governo só para continuar no poder Estiveram presentes na convenção do PSB os deputados federais João Maia, Henrique Eduardo Alves e as deputadas Fátima Bezerra e Sandra Rosado alem de outras lideranças de todas as partes do estado. Wilma finalizou dizendo que sua coligação vai  derrotar o conservadorismo, o tradicionalismo, porque eles não têm coragem de ser transparentes. Segundo as palavras dela os senadores que formam lideram a coligação encabeçada por Rosalba atrapalharam o governo do presidente Lula e agora ficam calados, sem coragem de dizer com quem estão. Wilma conclui seu discurso dizendo que seu lado está com Lula, com Dilma e com a democracia.

DEM oficializa nomes de Rosalba e Robinson ao Governo do Estado


O presidente estadual do Democratas, senador José Agripino Maia, voltou a cutucar a ex-governadora Wilma de Faria (PSB), que disputará uma cadeira no Senado nas eleições deste ano. Na convenção que homologou a candidatura da senadora Rosalba Ciarlini ao Governo do Estado, bem como a do próprio Agripino, o senador conclamou a militância a lutar: "vamos à luta e de mãos limpas". A indireta é em alusão ao fato de Wilma responder a alguns processos, entre os quais a condenação do STJ por uso da Procuradoria-Geral da Prefeitura de Natal no período em que ela foi prefeita. "Vou fazer uma luta pelo voto casado. Quem vota em mim vota em Garibaldi (Filho), e juntos vamos eleger Rosalba governadora. O meu gogó nunca falhou e tenho coragem para falar por todo o Rio Grande do Norte", afirmou Agripino. A convenção do DEM lotou o Palácio dos Esportes, em Natal, e foi prestigiada por líderes do DEM, PMN, PMDB, PV, PSL. Os discursos das autoridades políticas se voltaram à necessidade de retomada do crescimento e de esperança ao RN.
 
A prefeita Micarla de Sousa, que está apoiando informalmente a candidatura de Rosalba, afirmou que é sua hora de retribuir a força que recebeu nas eleições de 2008. "É a minha hora de votar e ajudar Rosalba a ser governadora do nosso Estado. Rosalba tem coração e sente o que o povo precisa. O povo há de fazer justiça e vai eleger Rosalba no primeiro turno."
O deputado federal Rogério Marinho, presidente estadual do PSDB, afirmou que a chapa que estava sendo homologada não havia surgido em gabinetes e que o Rio Grande do Norte tem pressa. "O RN tem pressa, não pode mais esperar nem ser subestimado. Nós podemos ser um estado sem progresso. Eu confio em Rosalba para tirar o nosso estado do atraso", disse.
O candidato a vice-governador, Robinson Faria, corroborou as palavras de Rogério e afirmou que a candidatura de Rosalba ao Governo nasceu nas ruas e que abraçou o projeto da oposição a pedidos da sua região. "Estou abraçando a candidatura de Rosalba, pois quem pediu foi o povo", disse, acrescentando que a chapa majoritária é um só sentimento e que reflete o sentimento popular. "A partir de hoje vão surgir muitas rosas no Rio Grande do Norte. Que você seja a rosa da amizade, da esperança, da fraternidade, seja a rosa de Natal, das regiões, da modernidade, do cidadão sem fome, que seja a rosa de todo o povo do Rio Grande do Norte", disse Robinson.
 
O senador Garibaldi Filho (PMDB) disse, ao iniciar seu discurso, que teve uma decisão difícil para estas eleições: de se separar do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB). "Senti que não poderia deixar de ouvir a voz do povo. Não era só o PMDB. Era o povo inteiro que dizia para eu votar em Rosalba. Hoje aqui estou. Tomada a decisão, tenho que dizer a vocês que foi a melhor decisão que tomei na minha vida."
 
O peemedebista também afirmou que a senadora Rosalba Ciarlini iria sair vencedora nas eleições deste ano: "você, Rosalba, preste bem atenção, vai ganhar no primeiro turno. Você vai, realmente, ganhar essa eleição no primeiro turno, e vai fazer com que tenhamos uma vitória integral, completa e absoluta. Uma vitória de cabo a rabo. Vamos ter Rosalba no Governo e Garibaldi e Agripino no Senado."

Mesmo coligado com PMDB e PV, PR ainda pode indicar vice de Iberê
 
Apesar de ter reafirmado aliança com PMDB e PV ontem, durante convenção peemedebista, o deputado federal João Maia (PR) não descartou a possibilidade de mudança se existir a brecha, por parte do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a qual permitiria ao PR indicar o candidato a vice do governador Iberê Ferreira de Souza (PSB). "A situação é muito delicada. Estamos fazendo as convenções sem saber ainda se enfrentaremos mudanças nas normas eleitorais deste ano, porém nossos advogados estão atentos às possíveis alterações. O que eu posso afirmar é que, se o TSE flexibilizasse, existiria sim a possibilidade de um vice do PR ao lado de Iberê", disse o deputado.
 
A possibilidade do PR indicar o vice de Iberê vem sendo ventilada pelo PSB há algum tempo, mas esbarra na negativa do PMDB e do PV em aceitar a mudança de planos. A mudança não está totalmente descartada, uma vez que o grupo liderado pela ex-governadora Wilma de Faria poderá oficializar a candidatura de Iberê à reeleição e deixar em aberto a vaga do vice, já que o registro de candidaturas poderá ser feito até o dia 5 de julho.
O grupo governista espera pela decisão do TSE, que apresentará na terça-feira o resultado de consulta feita acerca da liberação geral de coligações partidárias.
 
Contudo, apesar da abertura exposta pelo PR, o governador Iberê Ferreira de Souza parece não estar disposto a perder mais tempo. Em Caicó, onde cumpriu agenda administrativa na sexta-feira, ele afirmou que o seu vice sairá dos partidos que o apóiam formalmente. Ou seja, o companheiro da chapa governista sairá entre o PSB, PR, PPS ou PTB.
A situação do governador não é boa. Sem um candidato a vice definido, ele chega hoje para a convenção do PSB com vários nomes em análise, entre os quais os deputados Fernando Mineiro (PT), Larissa Rosado (PSB) e Wober Júnior (PPS). Iberê prestigiou a convenção do PR e, ao ser indagado sobre a questão do vice, afirmou aos jornalistas que a decisão será conhecida somente hoje.

Disputa
 
Tirar o PR da aliança com o PMDB e PV tem sido o objetivo preferencial do grupo governista. Dois pontos estariam em jogo nessa disputa: garantir mais tempo de TV ao PSB e contar com o apoio formal do PMDB. A estratégia não deu certo.
O presidente estadual do PMDB, deputado federal Henrique Eduardo Alves, ameaçou ir para a oposição. A presidente do PV, prefeita Micarla de Sousa, disse que a aliança do PV com o PSB poderia até ser legalmente jurídica, mas que eticamente não era aceitável.

Grupo governista segue sem companheiro de chapa a governador
 
Foram mais de dois meses de negociação, de conversas e nada foi definido. O PSB chega hoje à convenção sem um nome para ser o companheiro de chapa do governador Iberê Ferreira de Souza. Ontem, ao participar da convenção do PR, Iberê afirmou que não havia definido e que o nome seria conhecido somente hoje.
Falou-se em Larissa Rosado, Fernando Mineiro, Hugo Manso, Lavoisier Maia, Sandra Rosado, Fátima Bezerra, Márcia Maia e Gustavo Carvalho como prováveis candidatos a vice de Iberê. O governador chegou a afirmar que o anúncio do vice causaria "surpresa", mas até hoje nada do que foi prometido aconteceu.
Primeiro o governador afirmou que o seu vice seria divulgado no dia 15 passado. Não ocorreu e o novo dia foi aprazado para 22 de junho. Também não aconteceu. O grupo governista esperava pela decisão do TSE e poder contar com o PR na aliança majoritária. O resultado da consulta, contudo, sairá só na terça-feira, 29.
 
Com isso, a engrenagem política pensada pelo grupo governista fragilizou o trabalho que se pensava fazer, nesta fase inicial da campanha, já que a ex-governadora Wilma de Faria afirmou e reafirmou que o melhor para compor a chapa governista seria o PR. Isso afastou a possibilidade de entendimento, sem problemas, com os partidos aliados.

FONTE: Jornal de Fato

sábado, 26 de junho de 2010

CARREATA ABRE HOJE A FESTA DE SÃO PEDRO NA COMUNIDADE DE PATAXÓ

Uma carreata com saída da Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lurdes no centro da cidade de Ipanguaçu, com destino a Igreja de São Pedro no distrito rural de Pataxó, vai abrir hoje a partir das 18; 30h, à programação da festa de São Pedro padroeiro da maior comunidade rural do município de Ipanguaçu. O evento está sendo coordenado pelo pároco da nova paróquia de Nossa Senhora de Lurdes, padre Jose Irineu, que vive a expectativa de uma grande festa esse ano. O Vigário de Ipanguaçu destaca outros acontecimentos da programação religiosa que começa hoje e vai até terça feira, dia 29, convidando também a população da região do Vale do Assu, para participar dos festejos sociais de São Pedro no distrito de Pataxó.

O vigário de Ipanguaçu também se referiu à festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro que terminou ontem na comunidade de Picada.


Fonte: Rádio Princesa do Vale

Ex comunidade de Ipanguaçu completa hoje 18 anos de emancipação


Hoje (26) o município de Itajá completa 18º de emancipação política.

Um pequeno núcleo de moradias surgiu ao redor de uma fazenda de gado, nos idos de 1800. O principal pioneiro e fundador da localidade foi o alferes Guilherme Lopes Viégas, proprietário de muitas terras herdadas de seu pai, o Tenente Antônio Lopes Viégas, conhecido como fundador de Angicos. No ano de 1803, Guilherme Lopes já estava plenamente instalado numa área por ele chamada de Pernambuquinho, em referência a Pernambuco, seu Estado de origem. Foi exatamente em torno dessa propriedade, num local que vários caminhos se encontravam, que nasceu o povoamento do Saco.
O alferes Guilherme Lopes Viégas teve dois casamentos e dezenove filhos, contribuindo, decisivamente, com seu trabalho e seus descendentes, para o crescimento do povoado. O seu solene nome, Lopes de Viégas, passou a ser distorcido por muitos, que chamavam de “Lotes de Éguas”. Por isso, os seus descendentes tiraram a palavra Viégas, que representava a fidalguia espanhola, e assim a principal família da história da localidade passou a se chamar apenas Lopes.

O educador pioneiro do povoado foi o padre Luiz Guimarães, que depois de ser suspenso das Ordens, decidiu morar na localidade e trabalhar na educação das pessoas. Esse trabalho foi seguido, em 1940, por outros bravos educadores, se destacando os professores Estevam Egídio Pessoa, Cecília da Silva e Maria Antonieta da Silva. Mais tarde, em 1955, começava a atuação da educadora Libânia Lopes Pessoa, que ficou conhecida pelo seu trabalho junto à juventude local.

A partir de 1970 o povoado de Itajá começou a se desenvolver mais rapidamente, primeiro com a chegada da energia elétrica e das telecomunicações e depois, com a instalação de sua primeira cerâmica, por iniciativa de João Eudes Ferreira, abrindo caminho para a implantação de um pólo cerâmico.

Devido à prosperidade econômica de Itajá, vinda do pólo cerâmico, da agricultura, da extração da cera de carnaúba e da semente de oiticica e de uma crescente produção de leite, os filhos da terra iniciaram a luta pela sua autonomia política.

No dia 26 de Junho de 1992, através da Lei no 6.299, Itajá foi desmembrado de Ipanguaçu e elevado à condição de município do Rio Grande do Norte.
No ano de 1950, o povoado mudou de nome, passando a se chamar Itajá, palavra do idioma tupi-guarani que significa Terras de Pedras. 

A primeira eleição municipal aconteceu no dia 03 de outubro de 1996. Concorreram duas chapas para os cargos de prefeito de vice- prefeito. Gilberto Eliomar Lopes e José Valdeci de Melo (PFL), da coligação Trabalho e Ação e Hélio Santiago Lopes (PSDB) e José Ferreira da Silva (PMDB), da coligação A Confiança do Povo.

Gilberto Eliomar Lopes (atual prefeito) e José Valdeci de Melo venceram com uma maioria de 754 votos e passaram a governar o município no dia 1º de janeiro de 1997.


Moradores fazem fila para receber donativos em cidade alagoana

Exército, Defesa Civil e voluntários fazem triagem e cadastro de vítimas.
Governador Teotônio Vilela Filho visitou Branquinha neste sábado (26).



Moradores que ficaram desabrigados por causa da enchente que destruiu a cidade de Branquinha (AL) enfrentam dificuldades para receber donativos, neste sábado (26). Muitos são organizados em filas na porta da igreja católica que serve de central improvisada de doações, na parte baixa da cidade. Outro ponto de arrecadação foi montado em uma igreja evangélica na parte alta do município.
Branquinha fila doações 02Moradores de Branquinha enfrentam fila para receber donativos. (Foto: Glauco Araújo/G1)
Enquanto aguardam mantimentos, outro problema enfrentado pelas pessoas é o forte cheiro de carniça. O odor é provocado pelas mortes de animais, que devem estar sob a lama que ainda cobre algumas áreas de Branquinha, segundo a Defesa Civil.
Em Alagoas, de acordo com a Defesa Civil, 15 cidades decretaram estado de calamidade pública, entre elas a cidade de Branquinha. Mais de 180 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas no estado. Até este sábado, 76 pessoas estão desaparecidas e 34 mortes foram confirmadas.
Branquinha fila doaçõesIgreja católica virou central improvisada de doações, na parte baixa da cidade de Branquinha (Foto: Glauco Araújo/G1)
O governador Teotônio Vilela Filho visitou a cidade para conversar com os moradores e integrantes das corporações que estão mobilizadas para ajudar as vítimas da enchente. Ele voltou a dizer que a cidade terá de ser reerguida em outro ponto mais alto e afastado do leito da cidade. Militares do Exército, agentes de Defesa Civil e voluntários fazem a triagem e o cadastro das vítimas.
"Já localizamos um terreno de um hectare de área para estudarmos a possível contrução de casas", disse a prefeita da cidade, Ana Renata Lopes Freitas, ao governador durante o encontro.
Josefa Adriana da Silva, 32 anos, está na fila para receber donativos desde as 13h30. "Perdi parte da minha casa. O jeito é enfrentar essa fila para podermos passar alguns dias mais tranquilos. Mas o que está incomodando mesmo agora, além da falta de moradia, é esse cheiro muito forte de carniça. Isso está insuportável."
Marilei Oliveira Santos, 47 anos, também perdeu parte da casa com a enxurrada e foi para a fila pegar uma cesta básica para os parentes. "Meus irmãos e filhos ficaram sem a casa, que foi destruída por completo na enchente. Agora, esse cheiro está muito forte mesmo. Acho que deve ter muito animal morto nessa água e sob a lama."
Moradores esperam em fila e reclamam do mau cheiroMoradoras esperam em fila e reclamam do mau cheiro (Foto: Glauco Araújo/G1)
Anália Agripina da Silva, 66 anos, também está enfrentando o sol forte que incide sobre a região neste sábado para pegar água e alimentos. "É o suficiente para passar poucos dias, mas é um alento, já que perdi tudinho e estou ficando em casa de amigos."
Segundo o Major Aurivano Chiocheta, da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, coordenador do trabalho de levantamento de Avaliação de Danos (Avadan), é preciso otimizar o recebimento e a distribuição de doações na cidade. "Uma catástrofe com um registro de enxurrada brusca como essa que atingiu essas cidades de Alagoas nunca foi registrada no país. Alagoas foi brindada negativamente com esse efeito da natureza." Ele circulou por todas as cidades mais atingidas, e considera que a situação é mais grave em Branquinha, Rio Largo, União dos Palmares, Murici, Santana do Mundaú e São José da Laje.
A prefeita Ana Renata disse que recebeu em sua casa muitas doações nos primeiros dias após a enchente e que agora distribui lençol, colchão e roupas em uma igreja evangélica. Água e comida estão na igreja católica.
Fonte: G1