i

segunda-feira, 22 de março de 2010

Iberê irá passar por tratamento de radioterapia e quimioterapia


Em entrevista ao RN TV da Intertv Cabugi na noite desta segunda-feira (22), o vice-governador Iberê Ferreira de Souza se mostrou confiante na total e rápida recuperação. Ele se submeteu no último dia 18 de março a cirurgia para retirada de um nódulo no pulmão esquerdo, detectado após a realização de exames de rotina.
De acordo com o boletim divulgado pelo Hospital Sírio Libanês, onde o vice-governador está internado, o nódulo era de origem maligna.
Os médicos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff e Riad Younes confirmaram que, como medida preventiva, o vice-governador deve passar por tratamento complementar de radioterapia e quimioterapia.
“Estou com muita fé, confiante e já até com saudades do Rio Grande do Norte”, brincou Iberê, que já na próxima segunda-feira (27) estará de volta a Natal, onde se prepara para a cerimônia de posse como Governador do Estado, no dia 31 de março.

PUBLICIDADE:

Água, você ainda vai sentir falta



Quase 900 milhões de pessoas não têm acesso à água.
No Brasil, onde há a maior concentração de água doce superficial do mundo, mais de 40 milhões de brasileiros não têm acesso aos sistemas de abastecimentos públicos. A falta de esgotos tratados afeta outros 100 milhões de brasileiros. É nesse trágico cenário que se comemora hoje o Dia Mundial da Água.
De acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA) as principais bacias brasileiras apresentam problemas de poluição.  E a cada dia os recursos hídricos estão cada vez mais vulneráveis e ameaçados. A conseqüência dessa situação é a redução de água tratada oferecida à população. 
No mundo, 2,6 bilhões de pessoas não contam com saneamento básico, e o resultado é a morte de 5 milhões de pessoas por ano devido às doenças ocasionadas pela má qualidade da água. As crianças são as mais atingidas. No planeta 4,2 mil morrem diariamente – três a cada minuto – devido à falta de saneamento. Na América Latina são 100 mortes por dia – ou seja, 36 mil por ano.
A falta de água de qualidade e esgotos traz consigo doenças, entre as quais a hepatite A, diarréia, dengue, cólera e esquistossomose. Em dez anos, o Brasil registrou mais de 700 mil internações decorrentes de doenças relacionadas à falta ou inadequação de saneamento. Para mudar esse quadro o País teria que investir R$ 260 bilhões, mas como o governo só investe, em média, R$ 4 bilhões por ano, seriam necessários mais de seis décadas para resolver o problema.
 

PUBLICIDADE:

PROJETO ESPERANÇA ATENDERÁ 120 CRIANÇAS NO MUNICIPIO DE IPANGUAÇU


Projeto Esperança que tem como parceria Petrobras e Prefeitura Municipal de Ipanguaçu será lançado oficialmente nesta segunda.
Nesta segunda dia 22 às 19 horas será lançado oficialmente o Projeto Esperança, em uma solenidade na Câmara Municipal, o projeto destina a contribuir para a melhoria da qualidade de vida e prática da cidadania de crianças e adolescentes, compreendidos entre 7 e 17 anos, do município de Ipanguaçu, em situação de risco pessoal e social, exclusão e vulnerabilidade.
O Projeto Esperança é financiado pela PETROBRÁS em parceria com a Prefeitura Municipal de Ipanguaçu e é mais uma conquista em favor das crianças e adolescentes do município, uma vez que desenvolverá ações de proteção social básica e especial buscando combater todas as formas de abuso, negligência ou outras formas de violência contra esse público. Este projeto será implantado na sede do município e nas comunidades de Picada e Arapuá.

O projeto terá contra partida da prefeitura municipal no valor de R$ 12.000,00 e de R$ 92.874,47 pela Petrobrás, tendo um total de R$ 104.874,47. Serão atendidas 120 crianças que participarão de oficinas de teatro, musica e esporte. 

PUBLICIDADE: