i

quinta-feira, 21 de março de 2013

Prefeito de Ipanguaçu visita comunidade de Pataxó para implantação do projeto de abastecimento d'água




O prefeito Leonardo Oliveira esteve na comunidade de Pataxó, distrito do município, acompanhado do secretário de Obras e Serviços Urbanos, Gelino Rodrigues, do gerente regional da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Antônio de Padua Costa e do engenheiro Jairo Ferreira, a fim visitar em loco o local que será  feito a implantação do projeto de abastecimento d’água na comunidade. 

Leonardo Oliveira esteve no inicio da primeira quinzena deste mês na Caern em Natal a fim de solicitar a implantação do projeto. Para o prefeito com a instalação da rede a comunidade terá uma efetiva melhoria no abastecimento e na qualidade da água consumida. 

“ter água nas residências é prioritário em qualquer cidade. Sabemos que as comunidades sofrem com o problema no abastecimento, mas temos tentado mudar, sabemos que a rede de encanamento é antiga, mas não vejo motivo para não encontrarmos uma solução para este problema”, disse. 


Reservatórios atingem níveis críticos


açude TNA Tribuna do Norte também destacou a seca no interior do Rio Grande do Norte se agrava e os reservatórios de água estão perdendo dia após dia as reservas do líquido tão precioso para o abastecimento. Do total de 23 reservatórios que a Companhia de Abastecimento e Esgotos do RN (Caern) utiliza para o abastecimento de água das cidades do interior, metade está com nível abaixo de 20% do total da capacidade.
Esses 11 reservatórios são responsáveis pelo abastecimento de 19 cidades, que somam uma população de 196 mil 129 habitantes, segundo Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Outros sete reservatórios mantêm um nível entre 20% e 40% do total da capacidade. E apenas cinco estão com reserva acima de 40%.
Os dados são do levantamento realizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), que também confirma que somente dois destes reservatórios estão com o nível acima de 50%.
São o açude Rodeador, que abastece os municípios de Rafael Godeiro e Umarizal, e a lagoa do Bonfim, responsável por abastecer Boa Saúde, Bom Jesus, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Ielmo Marinho, Jaçanã, Japi, Lagoa d’Anta, Lagoa de Pedras, Lagoa de Velhos, Lagoa Salgada, Lajes Pintadas, Monte das Gameleiras, Passa e Fica, Rui Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, São Bento do Trairí, São José do Campestre, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Tomé, Senador Eloi de Souza, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serrinha, Sítio Novo e  Tangará.
De acordo com a coordenadora da Gerência de Recursos Hídricos da Semarh, Joana Darc Freire de Medeiros, algumas medidas devem ser adotadas pela pasta para minimizar a queda dos volumes dos reservatórios. Joana Darc citou como possíveis ações: a diminuição da vazão de água nas comportas e a restrição do uso do líquido retido para o consumo humano, não permitindo a utilização para atividades com a irrigação, por exemplo. As previsões meteorológicas apontam para um inverno abaixo da média no interior do Rio Grande do Norte, o que prejudica ainda mais a situação dos reservatórios do Estado. Com a escassez de chuvas, não há reposição e aumenta a perda de água pela evaporação, além do que já se perde para o abastecimento das cidades.

Prefeitura de Ipanguaçu aplica amanhã prova do processo seletivo para contratação de professores


A Prefeitura de Ipanguaçu através da Secretaria Municipal de Educação realiza amanhã (22) a aplicação da primeira etapa da avaliação do Processo Seletivo Simplificado para contratação de professor. São oferecidas 20 vagas, sendo três correspondem a cadastro de reserva.


Esta primeira avaliação será composta de uma produção escrita no gênero textual artigo de opinião.Será atribuída nota mínima 0 (zero) e nota máxima 100 (cem) para as produções textuais de acordo com o cumprimento dos critérios estabelecidos. 

Os nomes dos candidatos aptos que realizarão a prova escrita foram publicados na edição extra do Jornal Oficial do Município (JOM) de hoje na internet, www.ipanguacu.rn.gov.br, os candidatos, cujo nome estiver na lista, deverão comparecer na Escola Municipal Francisco Soares da Costa (Distrito de Pedrinhas/Ipanguaçu) nesta sexta-feira, dia 22 de março, para a realização da avaliação escrita, portando caneta esferográfica preta ou azul, juntamente com documento oficial de identificação pessoal com foto, os portões serão abertos às 8hs e provas aplicadas às 9hs. 

Segundo a Secretaria Municipal de Educação o processo de pré-seleção dos candidatos ocorreu a partir das observações realizadas entre o que está prescrito na circular retificada do edital e na documentação entregue pelos candidatos, sendo os principais atenuantes da eliminação dos candidatos cujo nome não consta na lista. 

Um dos principais itens de eliminação foi a não entrega da taxa de inscrição do processo – 05 livros de literatura, não possuir um ano ou mais de experiência como professor titular de sala de aula em território nacional devidamente comprovada pela instituição através de documentação expedida pela direção escolar e não possuir o grau de escolaridade solicitado pela organização do processo. 

A segunda etapa do processo com a bateria de avaliações de desempenho será aplicado de 01 a 05 de abril na Câmara Municipal Vereadores de 7h às 11h30. O resultado final do processo seletivo simplificado será divulgado na pagina oficial da Prefeitura na internet, marcado para o dia 06 de abril.

Brasil tem uma criança com síndrome de Down a cada 600 a 800 nascimentos

downNo Dia Internacional da Síndrome de Down, a Agência Brasil publica hoje (21) uma série especial de matérias mostrando pessoas com a alteração genética que venceram o preconceito e as dificuldades e são exemplos de inclusão.
A síndrome de Down, ou trissomia do 21, é uma condição geneticamente determinada. Trata-se da alteração de cromossoma mais comum em humanos. No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, a cada 600 a 800 nascimentos, uma criança tem síndrome de Down, independentemente de etnia, gênero ou classe social.
A data foi criada em 2006 com o objetivo de valorizar as pessoas com a síndrome, conscientizar a sociedade sobre a importância da promoção de seus direitos e, assim, permitir que elas tenham vida plena e digna, como membros participativos em suas comunidades.