i

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Vale do Açu foi ‘excluído’ do primeiro escalão estadual

O Assu e o Vale foram excluídos da composição do primeiro escalão do governo estadual na gestão da governadora Rosalba Ciarlini. A esperança é de isso não signifique a exclusão dos investimentos que nós precisamos ter em todos os municípios do Vale do Açu.
No governo passado a região contou num momento com Fátima Moraes, na secretaria Extraordinária de Articulação com os Municípios e Francisco das Chagas Azevedo, na secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca.
É verdade que ambos não são naturais da região, mas possuíam raízes profundas. Fátima foi elevada a posição após uma votação de mais de onze mil votos como candidata a prefeita do Assu e Das Chagas, casado com uma filha do Assu, morou e trabalhou aqui durante anos.
É nestes momentos que a atual desorganização política do Vale do Açu transparece com toda clareza.


 Escrito por Alderi Dantas

Rosalba sobe a rampa do governo pela primeira vez e empossa secretários

A governadora Rosalba Ciarlini chegou à Governadoria por volta das 9h. Ela foi recebida pela Guarda de Honra, do Governo do Estado com honras militares. Acompanhada do Chefe da Casa Civil, Paulo de Tarso Fernandes, secretários estaduais e assessores, a governadora subiu pela primeira vez a rampa da sede do governo do Estado, momentos antes de assinar o ato de posse dos novos auxiliares.
Divulgação/Elisa ElsieRosalba empossou os novos secretários nesta segunda, logo após a bênção na governadoriaRosalba empossou os novos secretários nesta segunda, logo após a bênção na governadoria

Na recepção, o padre Júlio César Cavalcanti, pároco de Nossa Senhora da Candelária, fez uma cerimônia de bênção. “Que Deus abençoe a nova governadora do Rio Grande do Norte e conceda a ela e a seus auxiliares a graça para conduzir o Estado tendo como base a ética e garantindo a dignidade do povo potiguar, principalmente dos mais necessitados”, falou o padre Júlio.

Depois da bênção, Rosalba Ciarlini falou sobre as dificuldades que irá enfrentar neste começo de jornada. “Vamos trabalhar com dedicação para recuperar a dignidade do nosso Estado. No período de transição, colhemos algumas informações sobre a situação financeira e estrutural do Rio Grande do Norte. Só agora vamos ter acesso de fato as informações concretas. Vamos trabalhar com transparência. Não temos nada a esconder de ninguém” concluiu a governadora.

Em seguida, a governadora Rosalba Ciarlini seguiu com os secretários presentes para o gabinete da governadoria, onde houve nova bênção do padre Júlio César. Ainda na presença de todos, a governadora iniciou os trabalhos administrativos com o novo Chefe da Casa Civil, Paulo de Tarso Fernandes, assinado o ato de nomeação dos novos secretários, cuja cerimônia aconteceu logo em seguida na Secretaria de Educação.

Com informações da assessoria de imprensa do Governo do Estado.
Fonte: Tribuna do Norte

Ministra propõe reajusta para o Bolsa Família



A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello (foto), anunciou que o governo vai reajustar o valor dos benefícios do Bolsa Família, que pagou de R$ 22 a R$ 200 mensais a 12,9 milhões de famílias.
Na mudança está incluído o estudo sobre a linha de pobreza oficial do governo, conforme pedido da presidenta Dilma Rousseff, para definir o público-alvo das políticas sociais.
Segundo o IBGE, 4,4 milhões de pessoas vivam com menos de um quarto de salário mínimo por mês (R$ 127,50), em situação de extrema pobreza. O Bolsa Família atende quem ganha até R$ 140 mensais por pessoa.
Publicado por Robson Pires