i

quinta-feira, 14 de maio de 2009

COTAS NESTA MANHÃ DE QUINTA - FEIRA



Neste dia 14 de Maio, as 06:33hs foi registrado que a cota da Barragem Armando R. Gonçalves sangra com 2,40cm;

Pataxó com 10cm;

Medumbim 20cm;

Pesquisa para 2010

Números apontam vantagens de Garibaldi e Rosalba
Uma Pesquisa eleitoral esta circulando entre os políticos do estado e esquenta ainda mais o cenário político potiguar, vamos aos números:


Para senador

Na Capital
Garibaldi (PMDB) está com 40%
José Agripino (PFL) 30%
Wilma de Faria (PSB) 24%

Números em todo o estado
Garibaldi (PMDB) 41%
José Agripino (PFL) 36%
Wilma de Faria (PSB) 13%

Para governo
Rosalba Ciarline 48%
Robson Faria 15%
Carlos Eduardo 11%
Iberê de Souza 7%
João Maia 5%


Esses são os números do instituto vox populi.

Hoje da inicio a Semana 18 de Maio: Ao Combate à Violência e Exploração Sexual da Criança e do Adolescente - Edição 2009 de Ipanguaçu


As 14hs ás 17hs e 30min

Local: Espaço Pastoral Padre Valtair Lira Lucas

  • Abertura : Apresentação do Projeto.
  • Papo cabeça com grupo de jovem do município.

- Tema: Enfrentando a violência sexual contra crianças e Adolescêntes.

- Facilitadores: Profissionais da Educação da Assistência Sicial – (CRAS) e Sáude.

Venha participar!

Ivan Jr, Alberto, Zeca Abreu e Fátima Morais podem estar no mesmo palanque em 2010


A defesa pública feita pelo deputado federal Henrique Alves para que o PMDB do RN permaneça como aliado na base de sustentação politica do presidente Lula com o objetivo de garantir o apoio ao candidato do governo para a sucessão estadual e à candidatura da governadora Wilma de Faria ao Senado, caso seja posta em prática na aliança para as eleições de 2010, provocará mudanças no quadro da política do Vale do Açu.

Em Assu, o alinhamento político do PMDB com o PT e o PSB, forçará o atual secretário de municipal de Planejamento e vice-prefeito Alberto Luis, do PT, a fazer as pazes com o atual coordenador regional da Funasa e ex-vice-prefeito Zeca Abreu (PMDB) e a ex-secretária Fátima Morais (PSB). Na campanha passada, Zeca e Fátima foram adversários, mas essa aliança defendida por Henrique poderá uní-los na campanha para presidente, governador e senador.
O prefeito Ivan Júnior, do PP, que viajou de Brasília para Assu e retornou na companhia do deputado federal Henrique Alves, líder do PMDB na Câmara e do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB), não deverá se opor e nem oferecer nenhuma resistência a manutenção dessa aliança, já que o seu partido também integra a base do presidente Lula a nível nacional.

A atual assessora especial da Governadora e presidente do diretório do PSB em Assu, Fátima Morais, que disputou e perdeu na campanha de 2008 a Prefeitura para Ivan Júnior, não terá como rejeitar a esse acordo e mesmo a contragosto aceitará subir no mesmo palanque do prefeito, para juntos pedirem voto para os dois candidatos ao Senado: Wilma de Faria e Garibaldi Alves. Fátima terá que engolir ‘sapo’ por causa de Wilma.

O coordenador regional da Funasa e pré-candidato a deputado estadual pelo PMDB, Zeca Abreu, está de mãos atadas e não tem como se rebelar contra a manutenção da aliança do seu partido com o PSB e o PT, sob pena de perder um salário mensal que beira aos R$ 8 mil, além de telefone, carro e diárias para percorrer todo interior do Rio Grande do Norte. Apesar perder o discurso de oposição, Zeca garante o emprego e as mordomias para continuar fazendo a campanha dele.
Wálace está querendo 'melar' aliança

Enquanto a ex-secretária de Articulação com os Municípios, Maria de Fátima Morais - atual assessora especial da Governadora - com medo de perder o segundo voto do chefe do executivo do Assu na disputa para o Senado permanece calada sem fazer oposição ao governo do prefeito Ivan Júnior – a bancada governista no legislativo, não tem pena e nem poupa a pele da governadora Wilma de Faria.

O vereador João Wálace que é aliado da deputada estadual Larissa e da deputada federal Sandra Rosado, ambas filiadas ao PSB, não comunga com o silêncio da sua aliada e presidente do municipal diretório do PSB, Fátima Morais e partiu para o ataque contra a administração municipal, sem receio de que essa conduta possa prejudicar o projeto político da governadora Wilma de Faria, rumo ao Senado.
FONTE: BLOG Jornal de Fato

MUNICÍPIO DE IPANGUAÇU REGISTRA HOJE MAIS DE 2.000 PESSOAS DESABRIGADAS;

A situação na cidade de Ipanguaçu, continua de calamidade pública, devido às enchentes que provocaram inundações em varias partes do município, alagando ruas do centro da cidade e também comunidades rurais. Segundo a defesa civil municipal, hoje ao todo, são 618 famílias que estão fora de suas residências, perfazendo um total de 2039 pessoas desabrigadas e alojadas em prédios públicos e casas de parentes esperando por atendimento e pela diminuição do nível das águas. O Coordenador municipal da defesa civil, e secretário de governo, Ivan Fonseca, disse que a prefeitura não tem medido esforços para atender aos desabrigados, dizendo que até então, o município tem arcado sozinho com a situação, já começando a faltar de medicamentos para atender a demanda.

(REPORTAGEM – IVAM FONSECA

A situação de Ipanguaçu preocupa também no setor educacional do município que já pensa em mudar inclusive o calendário letivo da rede municipal de ensino por causa das enchentes que estão acontecendo anualmente. Com todas as escolas do município paradas, tanto na rede municipal, quanto na rede estadual, à secretária de educação da prefeitura de Ipanguaçu, professora Geane Dantas, disse que esta pode ser uma alternativa para que os alunos não sejam prejudicados.


A Secretária Geane Dantas, também falou sobre uma parceria que o município fez com o IFRN (antigo cefet) para beneficiar os estudantes do município que irão prestar o exame de seleção da unidade educacional federal, instalada no município.

(REPORTAGEM –GEANE DANTAS
FONTE: Rádio Princesa do vale.

Presidente Lula vai receber prêmio por incentivo à paz



O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai receber da Unesco um prêmio por incentivo à paz. A cerimônia de premiação está marcada para julho. O anúncio foi feito nesta quarta-feira pelo ex-presidente de Portugal Mario Soares, que integra o júri do prêmio "Paz Félix Houphouët-Boigny 2008".

Segundo Soares, o presidente Lula foi escolhido pelas ações que tem promovido em defesa da paz. "Decidimos conceder ao presidente Lula, por suas ações em busca da paz, do diálogo, da democracia, da justiça social e da igualdade de direitos, assim como por sua valiosa contribuição para a erradicação da pobreza e a proteção dos direitos das minorias".

Entre as personalidade que já receberam este prêmio estão Nelson Mandela, Yitzhak Rabin, Shimon Peres, Yasser Arafat, rei Juan Carlos da Espanha, o presidente senegalês Abdoulaye Wade e os ex-presidentes dos EUA Jimmy Carter e da Finlândia Martti Ahtisaari. Alguns agraciados receberam, posteriormente, o Nobel da Paz.

PREFEITOS DISCUTEM PROJETO AMANHÃ (BARRAGEM DE OITICICA)

Vale do Açu - Representantes do Vale se reúnem amanhã em Jucurutu para participar de uma reunião que tratará da construção da barragem Oiticica, apontada como solução para os problemas das enchentes. O evento, idealizado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, acontecerá, às 17h, na comunidade rural de Barra de Santana.
A audiência pública contará com as participações do titular da Secretaria, vice-governador Iberê Ferreira de Souza, do secretário estadual de Assuntos Fundiários, Colonização e Apoio à Reforma Agrária, Francisco Canindé de França, procurador de Patrimônio e Meio Ambiente da Procuradoria Geral do Estado, Raimundo Nonato, e do prefeito anfitrião, Júnior Queiroz.Na ocasião, acontecerá a apresentação do programa de “reassentamento” e dos processos de indenização dos 30 primeiros desapropriados das terras que compõem o eixo do reservatório. A obra é vista como a solução para os problemas de inundação que se repetem na região do Vale do Açu. Este pleito foi exposto pelo prefeito de Assu, Ivan Lopes Júnior, ao ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, durante sua visita ao Vale do Açu.
“A Barragem de Oiticica se caracteriza numa ação estruturante que vai ajudar a diminuir os problemas de alagamento que tanto têm provocado transtornos para diversos municípios do Vale do Açu, pois vai permitir um disciplinamento do fluxo das águas do rio”, declarou o prefeito assuense.Ivan Júnior é um dos primeiros a iniciar o trabalho de recuperação dos estragos deixados pelas chuvas desse ano. O seu município, um dos mais penalizados, teve prejuízo superior a R$ 10 milhões.
A Secretaria de Obras efetuou um levantamento completo de todos os setores que foram afetados pela força das águas. Na última semana, foram celebrados dois contratos emergenciais para atender à demanda. Ambos foram publicados por intermédio do exemplar de terça-feira, 12, do Diário Oficial do Município (DOM).Paralelamente, o prefeito se mobiliza para reivindicar apoio financeiro das esferas estadual e federal para ajudar na recuperação dos estragos. Na próxima semana, ele pretende retornar a Brasília para empreender gestões com tal finalidade junto aos órgãos da administração federal.

‘Barragem não resolve o problema’, diz professor
Embora seja apontada como possível solução para as enchentes do Vale do Açu, há quem conteste a real eficácia da barragem de Oiticica em Jucurutu. Em entrevista ao site: nominuto.com, o professor de hidrologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), João Abner, disse que o volume da barragem, de 600 milhões de m³, e o tipo dela, de acumulação, são insuficientes para conter o volume das águas que costuma fazer o rio transbordar nesta época do ano.
A preocupação é que esse problema pode cobrir um santo para descobrir outro. Para o professor, a barragem que pode reduzir as enchentes em Açu poderá ser responsável por enchentes na região de “cima”, onde estão situadas as cidades de Jardim de Piranhas e São Rafael.
“A barragem pode até melhorar o problema. Agora, o povo de Assu tem que aprender a conviver com as enchentes”, afirmou o professor.

FONTE: Por Jotta Paiva/Jornal de Fato