i

sábado, 12 de dezembro de 2009

O PREFEITO LEONARDO ESTEVE HOJE NO PROGRAMA REGIStrando


O Prefito Leonardo da Silva Oliviera (PT), esteve hoje no Programa REGIStrando, da Rádio Princesa do Vale.

GRAVAÇÃO E EDIÇÃO: IRIA
REGIStrando


O Prefeito recebeu muitos recados e comentarios, parabenizando a sua administração, e fez um balanço de seu primeiro ano a frente da Prefeitura de Ipanguaçu.

Quer ouvir o programa na integra click (AQUI) e acesse o Blog do REGIStrando (AQUI).


Ipanguaçuensse se forma como Diácono hoje em Natal


Na solenidade dos 90 anos do Seminário de São Pedro, em missa concelebrada pelo Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Matias Patrício de Macedo, às 17h, na Catedral de Nossa Senhora da Apresentação, irão receber a Sagrada Ordem do Diaconato os seminaristas: Cidinei Firmino da Silva, Ir. Cristiano Vieira da Costa(fsa), Ir. Eliano Firmino Silvestre(fsa), Fábio José Costa(fsa), Fábio Pinheiro Bezerra(Santa Cruz/RN), Helenildo Marques de Morais (Ceará-Mirim/RN), Ivanilson Alexandrino (Ipanguaçu/RN), Janilson Francisco de Macedo(Natal/RN), João Maria Dias da Silva(Natal/RN), João Paulo da Costa Silva(Macau/RN), José Pereira da Silva Neto(São José de Mipibu/RN), Leilson Leandro da Silva(São Rafael/RN) e Severino da Silva Neto(Senador Eloi de Souza/RN).



Seminaristas Ivanilson Alexandrino (Ipanguaçu/RN), útimo da Direita
Foto: José Bezerra



São “90 anos de sementes plantadas e vocações colhidas”. É na alegria das muitas colheitas que Deus tem proporcionado ao “Palácio do Tirol”, como bem podemos nos referir ao nosso querido Seminário, que a Equipe de Formação, na pessoa do Pe. Valtair Lira, Reitor, teve a feliz iniciativa de coroar tão grandiosa comemoração propondo ao nosso Arcebispo a ordenação destes jovens seminaristas como forma de presentearmos ao povo de Deus, com um maior número de colaboradores na messe do Senhor. Assim será! Uma festa para guardarmos na lembrança. Aonde quem merece receber é quem faz a doação para o bem do povo reunido em Igreja.

 
Amanhã 13/12 Domingo, as 19:30hs acontecerá uma missa de ação de greaça pela formção de Ivanilson, na Igreja Matris de Nossa Senhora de Lourdes todos os Ipanguaçuensses estão convidados.

Nós Ipanguaçuensses sentimos orgulhosos e felizes por mais um Ipanguaçuensse seguir a vida cristã, no meio dessa grande misssão.



Acesso à Internet é baixo no RN

O percentual de potiguares que utilizam a Internet no Rio Grande do Norte mais que dobrou, em apenas três anos, porém quase metade dos estudantes ainda não têm acesso à rede mundial de computadores, no estado. Essas são apenas algumas das constatações da pesquisa “Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal”, realizada pelo IBGE como um suplemento da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad/2008).

“Os dados contribuem para ampliar o conhecimento da sociedade no tocantes às tecnologias de informação e das comunicações e um dos pontos que destacamos é o ainda alto percentual de estudantes que não têm acesso à Internet”, aponta o supervisor de Disseminação de Informações do IBGE/RN, Ivanilton Passos de Oliveira. Ele lembra que um maior uso da Internet está diretamente ligado ao nível educacional das pessoas e entende que é preciso enfrentar essa “exclusão tecnológica” da qual muitas crianças (acima dos 10 anos) e jovens ainda são vítimas.



“Vivemos em uma sociedade informatizada e é preciso que, nas escolas, os estudantes tenham tanto o acesso, quanto o estímulo ao uso da Internet, como para a realização de pesquisas e também para os estudos”, destaca Ivanilton Oliveira. Dos 658 mil alunos com mais de 10 anos de idade no Rio Grande do Norte, 292 mil, ou seja 44,3%, não tiveram acesso à rede mundial de computadores nos três meses anteriores à pesquisa.

Em relação à população total, o percentual de usuários é ainda menor. Dos 2,6 milhões de potiguares acima dos 10 anos de idade, somente 790 mil (29,9%) utilizaram a Internet no período avaliado pela Pnad. Em 2005, esse percentual era de 12,9%. O avanço fez com que o índice local se aproximasse do nacional (34,8% em 2008). Dos 1,8 milhões que não haviam usado essa ferramenta no RN, 19,2% alegaram falta de acesso a computadores; 38,7% não achavam necessário, ou não queriam; e 38,2% simplesmente não sabiam utilizar a Internet.

Já dentre os quase 800 mil que haviam acessado sites, 300 mil usaram computadores em suas próprias residências, 198 mil no local de trabalho, 132 mil na escola ou faculdade, e mais da metade, 442 mil (incluindo mesmo quem utilizou computadores em outros locais) frequentaram “lan houses”. “O local de utilização está preferencialmente associado à faixa etária do usuário e aos rendimentos médios da família”, explica o supervisor do IBGE.

O uso da ferramenta também é para fins diversificados. Os motivos mais comuns são educação e aprendizado (529 mil); comunicação com outras pessoas (641 mil); atividades de lazer (479 mil); e leitura de jornais e revistas (355 mil). Dos domicílios permanentes existentes no Rio Grande do Norte (888 mil), apenas 177 mil possuíam computador e 119 mil acesso à Internet, contra 847 mil onde existe pelo menos um televisor e 691 mil que possuem aparelhos de rádio.

Celular

Se nem todos os potiguares já utilizam o telefone celular, o fato é que o aparelho já chegou a mais de 70% das residências do estado. A pesquisa do IBGE apontou que 638 mil dos 888 mil domicílios contavam com telefones móveis, em 2008, número mais de três vezes superior às residências que possuíam telefones convencionais, os fixos (191 mil). Ainda assim, o uso dos celulares agora é que vem atingindo metade dos norte-rio-grandenses. 

Dos 2,638 milhões de potiguares com mais de 10 anos de idade, 1,313 (49,8%) possuíam o aparelho. O percentual é semelhante à média nacional, uma vez que no Brasil foi registrado um percentual de 53%. No comparativo das pesquisas de 2005 e 2008 a evolução foi significativa. No Rio Grande do Norte, há quatro anos, somente 31,6% dos cidadãos tinham um celular.

Fonte: Tribuna do Norte

Vereador sofre atentado depois de incitar irmão do prefeito


Alto do Rodrigues - O vereador José Pedro foi agredido na tarde de quinta-feira, 10, pelo irmão do prefeito Eider Medeiros, Agostinho de Medeiros, "Lola", que se irritou com as acusações que o vereador fazia contra ele e a administração municipal.

Zé Pedro denunciava que o prefeito Eider estava usando dinheiro público da Prefeitura para beneficiar Lola com a construção de um muro em sua residência, quando o fato aconteceu. Segundo o vereador, a administração estava usando um programa de qualificação profissional para pedreiros, carpinteiros e armadores para benefício próprio.

O vereador alega que os cerca de 100 trabalhadores se recusaram a construir o muro da casa do irmão do prefeito e o procuraram para fazer a denúncia. "Além de usar as pessoas para trabalhar para o irmão, o prefeito ainda não pagou a bolsa de R$ 300,00 que foi enviada para cada um dos participantes do curso", disse Zé Pedro.

De posse dessa informação, o legislador gravou um CD com uma denúncia e saiu divulgando em seu carro que tem um equipamento de som instalado. "Eu cheguei a procurar o secretário de Obras, Wilson Cunha, mas ele disse que a construção do muro fazia parte das aulas práticas", disse Zé Pedro, que chegou a questionar por que as pessoas não tinham sido chamadas para construir alguma coisa pública.

Quando passava em frente à Secretaria de Obras, Manoel Agostinho jogou um paralelepípedo no parabrisa do veículo. "Em seguida ele apanhou novamente a pedra e voltou a jogar no parabrisa, só que em minha direção. Tentei me proteger com uma mão e machuquei dois dedos", completou Pedro.
Segundo o vereador, Lola ainda tentou apanhar outra pedra, mas foi interceptado por um cunhado, que o levou para casa. Zé Pedro registrou Boletim de Ocorrência (BO) e fez exame de corpo de delito. "Vou processar Lola por tentativa de homicídio, danos materiais, morais e desacato a autoridade", concluiu Zé Pedro.

Família Medeiros se defende acusando vereador
 

O assessor de imprensa da Prefeitura de Alto do Rodrigues, Assis Medeiros, irmão de Eider e de Manoel Agostinho, disse que desde o começo do ano Zé Pedro vem provocando não só a administração, mas toda a família Medeiros, com acusações infundadas e pessoais. "Dessa vez ele mexeu com meu irmão na hora errada", disse Assis, alegando que Manoel andava estressado com tudo isso.
 

Ele explica que seu irmão (Lola) é comerciante e tinha ido à capital cuidar de assuntos referentes ao seu comércio. Quando chegou em Alto do Rodrigues, ficou sabendo que o vereador esteve com o som ligado com as denúncias em frente à casa de sua mãe, uma senhora de quase 70 anos que tem vários problemas de saúde. "Quando Zé Pedro passou em frente à casa dele com o som ligado, ele, que já estava muito estressado, reagiu", disse Assis.
 

O assessor explica que Manoel Agostinho nunca se envolveu com política e que, talvez, tenha sido esse o motivo da reação. "Não concordo com a atitude dele, mas sei que o ser humano tem limite" acrescentou.
 

Agora, os nove irmãos da família Medeiros e mais a mãe deles decidiram entrar, cada um, com uma ação contra o vereador, pedindo R$ 50 mil por danos morais. Fazendo as contas, serão R$ 450 mil em prejuízos fora o processo da matriarca, que, segundo Assis, será muito maior.

Fonte: VT - Valderi Tavares

Virtual

Acesso à internet aumenta 75,3% em três anos
 

De 2005 a 2008, o percentual de brasileiros a partir de dez anos de idade que acessaram ao menos uma vez a Internet pelo computador aumentou 75,3%, passando de 20,9% para 34,8%, ou 56 milhões de usuários, em 2008. 
    
No mesmo período, a proporção dos que tinham telefone celular para uso pessoal passou de 36,6% para 53,8% da população com dez anos ou mais.

Os números são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2008, divulgados nesta sexta-feira (11) pelo IBGE. Embora os mais escolarizados tenham usado com maior freqüência a internet, o acesso cresceu mais entre aqueles com menos anos de estudo.

fonte: Toni Matins