i

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Aniversário de Emancipação Política de Ipanguaçu 61 Anos de História de 20 a 23 de Dezembro



Convite
O prefeito Leonardo da Silva Oliveira tem o prazer de Convidar V. Sa.  e família para participar do 61º aniversário de Emancipação Política do Município de Ipanguaçu, de 20 a 23 de dezembro de 2009.


Leonardo da Silva Oliveira
Prefeito




PROGRAMAÇÃO
DIA 20/12/09 – DOMINGO
13º ANIVERSÁRIO DA INFÂNCIA MISSIONÁRIA
16h – Desfile da infância
18h – Partilha do bolo histórico

DIA 21/12/09 – SEGUNDA-FEIRA
19h – FEST LEITURA
21h- Talento Jovem da Música
22h-Atração: Almir dos Teclados e banda Estação5
Local: Clube Municipal de Ipanguaçu

DIA 22/12/09 – TERÇA-FEIRA

14h – FINAL DA COPA PREFEITO LEONARDO OLIVEIRA
17h30mim – Atração: TRIO OXIGÊNIO pelas ruas da cidade
22h – Atração: TRIO OXIGÊNIO, BANDA INALA E BANDA INTROZA
DIA 23/12/09 – QUARTA FEIRA
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

05h – Alvorada Festiva – Banda Monsenhor Honório
07h -1º Passeio Ciclístico da Emancipação
            Largada: Base Física
            Chegada: Prefeitura Municipal
08h - Hasteamento das Bandeiras
            Apresentação do Coral Sacramento
            Apresentação da Filarmônica Cristovão Dantas
09h – Inauguração do Centro de Informática da Câmara Municipal
10h – Inauguração do Teatro Municipal
            - Ato Ecumênico
10h 30min – Programa de Rádio interativo
16h – Desfile Cívico – Escola Estaduais e Municipais
22h – Show Pirotécnico
23h – Atrações: TRIO OXIGÊNIO, TÁBATA E BANDA E CEZÃO DO FORRÓ



Secretaria de Cultura e Turismo 
Secretaria de Obras e Urbanismo  
Secretaria de Esporte e Lazer 
Secretaria de Administração  
Secretaria de Finanças  
Secretaria de Assistência Social 
Secretaria de Educação  
Secretaria de Agricultura  
Secretaria de Saúde 







OFERTA DE EMPREGOS NO PAÍS DEVE DOBRAR 2010

Segundo o Ministro do Trabalho e Emprego, se esse número se concretizar, significará praticamente o dobro do total de empregos gerados neste ano.Em 2010, o Brasil terá capacidade para gerar cerca de 2 milhões de postos de trabalho. A expectativa é do ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi. Segundo ele, se esse número se concretizar, significará praticamente o dobro do total de empregos gerados neste ano.  Para novembro, Lupi espera novo recorde mensal, com mais 140 mil empregos formais, conforme levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).    De acordo com as projeções, o Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, pode atingir taxa entre 7% e 8%, acima, portanto, das previsões do mercado que apontam aumento de 5%.  “Ao contrário dos pessimistas, eu sou um otimista nato”, afirmou o ministro, logo após participar da cerimônia de lançamento de uma linha de crédito para motoboys, na sede do sindicato da categoria, no bairro de Santa Cecília, região central da cidade.


FONTE : NOMINUTO.COM

Foliões ignoram alerta de Gripe A

Mesmo com todos os alertas de que a gripe A (H1N1) seria disseminada com maior facilidade em aglomerações, o primeiro dia de Carnatal 2009 transcorreu como de costume. Poucos foliões aderiram ao uso de máscaras cirúrgicas. A cena mais comum era de casais que quando usavam as máscaras, devido ao barulho e o calor, em determinados momentos eram obrigados a retirá-la do rosto para conseguir conversar. A mensagem de Lane Cardoso, que abriu a 19ª edição do Carnatal com alguns minutos de atraso foi “Vamos namorar beijar na boca, mas com saúde”.

Rodrigo SenaPuxado pela banda Chiclete com Banana, o bloco Nana Banana foi o segundo a entra no corredor
Puxado pela banda Chiclete com Banana, o bloco Nana Banana foi o segundo a entra no corredor A banda Chiclete com Banana foi a segunda a entrar no corredor da folia, puxando a multidão do bloco Nana Banana. O vocalista Bel Marques escolheu o refrão “eu vou voar atrás desse amor, vou encontrar, seja como for, eu quero esse amor, eu  quero esse amor” para adentrar o corredor, por volta das 19h15. Nem a ameaça de chuva conseguiu atrapalhar a alegria do bloco. A irreverência e a animação tomaram conta da avenida nas cores vermelho e branco, escolhidas para o abadá.

Riscos

O sul mato-grossense Leonardo Pereira vem todos os anos para Natal e disse que não estava com medo de contrair o vírus dentro do bloco. “No meu Estado tem muito mais casos. Mas as meninas estão muito frescas, não querem beijar”, brincou ele. O português Florival Palma brincou o primeiro dia no camarote Donna Donna com a esposa. Ele disse que também não está preocupado em contrair a doença. “Tem gripe A na Europa inteira”, disse ele, que como a maioria dos presentes, não aderiu à proteção no rosto.

Além do bom exemplo de policias militares e bombeiros que faziam a segurança da festa com máscaras, os foliões da pipoca também se preveniram. Mesmo sendo uma minoria, as estudantes Marileide Nunes e Madalena Andrade não abriram mão da proteção na saída do corredor, local onde havia maior concentração de pessoas. “Pensei que nos blocos haveria mais gente com máscara. Este ano vai dar só para paquerar, nada de beijo em estranhos”, disse Marileide. As duas garantiram que iriam frequentar todos os dias de folia, como fazem todos os anos mas sempre seguindo as orientações do Ministério da Saúde.

Movimento

Amar é foi puxado por Jammil e mostrou mais um ano que o bloco é essencialmente de jovens. Jammil entrou na avenida relembrando os principais sucessos da carreira, como as músicas “É verão”, “Minha estrela” e outras. O bloco que é tradicionalmente acompanhado pelos foliões jornalistas e publicitários da cidade, Burro Elétrico, fechou a primeira volta dos blocos com a animação de Capilé. Sucessos baianos fizeram o repertório do bloco, como “Beijar na Boca” de Claudia Leitte e “Simbora” de Asa de Águia.

Já nas arquibancadas e camarotes o movimento de foliões foi pequeno. As arquibancadas estavam praticamente sem ocupação.

Camarotes têm problemas de última hora

A  poucos minutos do início do Carnatal os vistoriadores do Corpo de Bombeiros Militar realizavam mais uma vistoria nos camarotes da festa e encontraram algumas irregularidades nas estruturas. Em um camarote no início do corredor um estande de lanches pretendia utilizar um sistema de gás em cilindro para fritar hambúrgueres. Os vistoriadores proibiram e orientaram que fosse utilizado o sistema elétrico. “Caso não consigam fazer a mudança, somente a montagem dos lanches e venda poderá ser feita no estande. As frituras deverão ser feitas fora”, explicou o vistoriador Laurentino Alves.

No mesmo camarote os bombeiros identificaram ausência de sinalização de saída de emergência e de extintores em alguns setores. Nesses casos, os bombeiros orientaram que seja cumprida a norma, mas não bloqueiam o uso da estrutura. “Voltaremos em uma hora para verificar a sinalização”, disse o vistoriador.

No camarote seguinte, problema parecido: o local sinalizado como saída de emergência estava bloqueado com veículos. Uma segunda saída foi apresentada como de emergência, mas não estava sinalizada. Nesses casos, os bombeiros orientaram as mudanças, mas explicaram que não havia necessidade de bloquear a estrutura, porque não havia risco iminente de vida no local.

Fonte: Tribuna do Norte

Tire suas dúvidas sobre a prova do Enem

Exame será aplicado em todo o país neste fim de semana. 
Universidades podem ou não considerar a nota em seus vestibulares.

Foto: Diego Abreu/G1

Foto: Diego Abreu/G1Candidatos durante a prova do Enem 2008, em Brasília. (Foto: Diego Abreu/G1)

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado neste fim de semana, dias 5 e 6, em todo o país, a partir das 13h.

Os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 12h55 (horário de Brasília). A recomendação é que o candidato vá na véspera até onde fará a prova para calcular o tempo de trajeto e conhecer o local para evitar qualquer atraso.

O gabarito sai no domingo (6), às 20h, e o resultado da prova será divulgado no dia 5 de fevereiro.

Confira as respostas para algumas das principais dúvidas:

1 - Não recebi ainda o cartão com o endereço do local de prova. O que faço?
Os alunos podem saber o endereço pelo site www.inep.gov.br ou também pelo telefone 0800 616161. Além disso, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os alunos que informaram o número do celular irão receber o endereço por SMS.

2 - Quanto tempo tenho que ficar em sala?
Após o início do exame, o tempo mínimo obrigatório de permanência é de duas horas. 

3 - Posso levar embora o caderno de questões?
Os estudantes só poderão sair com o caderno após quatro horas do horário inicial da prova. Ou seja: quem sair pouco após o tempo mínimo não poderá levá-la.

4 - O que a prova vai pedir? Será aplicada em todo o país?
O Enem 2009 será aplicado em 1.826 municípios brasileiros. No sábado (5), a prova incluirá perguntas sobre ciências da natureza e ciências humanas. No domingo (6), os alunos responderão a questões de linguagens e matemática, além de escrever uma redação.

5 - Como será a prova?
Cada grupo de testes, nas quatro áreas (português, matemática, ciências humanas e da natureza) será composto por 45 itens de múltipla escolha. A redação deverá ser estruturada na forma de texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo, a partir de um tema de ordem social, científica, cultural ou política.

6 - As matérias vão ter o mesmo peso para formar a nota final?
A prova do Enem trará cinco notas diferentes, uma para cada área de conhecimento avaliada e outra para a redação. Não haverá diferenciação dos pesos. O que pode ocorrer é que, nos processos seletivos, as instituições utilizem pesos diferenciados entre as áreas para classificar os candidatos, de acordo com os cursos escolhidos por eles.

7 - A prova vai trazer questões sobre língua estrangeira?
Não. Só a partir da próxima edição do exame.

8 - A nota do Enem vale para a seleção do ProUni?
Sim, ela continua sendo a base para a classificação do ProUni.

9 - O dinheiro da inscrição pode ser devolvido?
Sim. Os alunos que não puderem fazer a prova na nova data podem pedir o valor da inscrição de volta para o Inep, por carta. A devolução do valor será feita após a realização da prova.

10 - A nota da prova vale para as universidades federais?
Sim. As universidades possuem autonomia e poderão optar entre quatro possibilidades de utilização do novo exame como processo seletivo: como fase única, como primeira fase, combinado com o vestibular da instituição, ou como fase única para as vagas remanescentes do vestibular.

11 - E para as universidades particulares?
Também vale. Cada universidade define a forma de utilização da nota. Algumas optaram por usar como um bônus, outras como nota para a 1ª fase.

12 - Os Institutos Federais vão usar o Enem para selecionar seus alunos? Sim. Assim como nos casos anteriores, cada instituto definirá a forma de utilizar a nota. Alguns optaram por usar para preencher o total de vagas de graduação, outros por um percentual menor, de 50% ou 20%.

13 - Terminei o ensino médio há muito tempo. Posso fazer o Enem e participar do vestibular unificado?
Sim, o Enem continua sendo uma prova voluntária, aberta a todos os que concluíram o ensino médio.

14 - Não fui bem no Enem 2009. Tenho chance de fazer outra prova para melhorar minha nota?
Sim, o aluno pode fazer o Enem quantas vezes quiser. Mesmo que já tenha concluído o ensino médio há alguns anos.

15 - Após o resultado, posso mudar a opção de curso?
O candidato só escolherá o curso depois do resultado do Enem.

16 - Qual a principal diferença entre o Enem tradicional e o novo Enem? Por que a mudança?
Até 2008, o Enem era uma prova clássica com 63 questões interdisciplinares, sem articulação direta com os conteúdos ministrados no ensino médio e sem a possibilidade de comparação das notas de um ano para outro. Agora, a intenção é reformular para que o exame possa ser comparável e aborde diretamente o currículo do ensino médio. Um dos objetivos é democratizar as oportunidades de acesso às vagas federais de ensino superior.


Fonte: G1