i

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

5ª FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR VAI COMEÇAR HOJE EM CARNAUBAIS

Está tudo pronto para a realização da 5ª Feira de Agricultura de Agronegócios e Agricultura Familiar (feaaf), promovida pela Prefeitura Municipal em parceria com o Governo do Estado, Ministério do desenvolvimento Agrário, SEBRAE, Banco do Brasil e Banco do Nordeste.
Na programação consta à assinatura do Convênio do programa Compra Direta, torneio leiteiro, oficina sobre regularização fundiária, clínicas tecnológicas, exposição de animais de raça, entre outras coisas. O prefeito Luizinho (PSB) garante que o apoio ao pequeno produtor tem sido uma das metas de sua administração. A quinta edição da Feira ainda terá entrega de comendas, além de apresentações de mamulengo, show artístico e praça de alimentação com comidas típicas nos estandes. Na abertura, será realizada a Sexta Cultural homenageando a riqueza histórica da cidade e a diversidade da agricultura familiar das comunidades rurais e da área de assentamentos de reforma agrária.
O evento começa hoje e vai até domingo na Cidade Histórica – Distante 1 km da sede do município. A organização da 5ª Feira de Agricultura de Agronegócios e Agricultura Familiar escolheu a Cidade Histórica para receber a estrutura que está montada. Numa área verde com muitas carnaubeiras, o local foi escolhido por Abel Alberto da Fonseca quando deu inicio as primeiras construções, se tornando pioneiro na organização urbana da povoação que estava surgindo

Bom Final de Semana a todos!

Recados Para Orkut - RecadosnoOrkut.com.br





Seguraça aqui em Ipanguaçu? kkkk




A prefeitura de Ipanguaçu, comandada pelo prefeito Leonardo Oliveira do (PT), qual o motivo não se sabe, deixou os policiais sem alimentação, sendo que a partir de ontem 27 de agosto deste ano, a prefeitura não pagará mais a alimentação do militares, assim fica a desejar , como poderá os militares dar segurança ao município se o próprio prefeito não contribui para a segurança deste município.

O descaso com a segurança pública é grande, não só em Ipanguaçu mais em todo vale, mas vale salientar que quando gestor quer tudo pode, Luizinho quando assumiu a prefeitura de Carnaubais, o descaso com a segurança era grande, mas ele comprometido com a sociedade pediu reforço a companhia e criou a guarda municipal e banca uma despesa mensalmente cerca de 5 a 10 mil R$.

Segurança existe?

Aqui NÃO!


Parabéns Luizinho.
E que o Prefeito de Ipanguaçu tome vergonha sobre este assunto
importante.
Comentarios: Keyson (Ipanguaçu News) e Sueli (Ipangaçu em dia).

Foi o maior aUê nas eleições do sindicato

Ontem nas dependências do sindicato do servidor publico de Ipanguaçu no bairro Travessa Itú, aconteceu às eleições para o presidente do SINDISEP.
As eleições foi muito tumultuada, na contagem de votos, a população gritava eufóricos pela vitória da chapa 1 de Serjane e Maria Helena.




O presidente Joildo Lobato, retirou todos que estavam dentro do sindicato até a imprensa, ele é do (PT) Partido dos trabalhadores, ele que tanto luta pelos direitos sindicalistas deveria saber, que o que ele fez foi censurar a imprensa. Ele deveria ser mais educado, juntamente com uma representante do CUT que fez a maior baixaria, queria anular a eleição, também não sei por qual motivo. A aparência dela foi que quando ela chegou à cidade de Ipanguaçu procurou logo um partido para se aliar, ela que não é besta procurou logo a aliada do prefeito da cidade a candidata Andréia Laureano, mais ela se deu mal.




No momento que ouvi essa citação de anular as eleições para o sindicato, a advogada responsável pelas eleições Rayssa Fonseca, disse que ela poderia entrar com esse pedido só após as eleições.

A comissão eleitoral, na contagem de votos constatou que votaram cerca de 131 servidores públicos, sendo que a CHAPA 1 conseguiu 85 votos e a CHAPA 2 45 votos, e 1 voto nulo, totalizando cerca de 131 votantes nas eleições do sindicato.


Após a confirmação que a chapa 1 tinha ganho, amigos, eleitores e aliados saíram em carreata pela cidade de Ipanguaçu.

Foi o maior aUê pra falar a verdade.
E fica assim:
Presidente: Serjane Araujo
Vice - presidente: Maria Helena.

O blog Parabeniza a chapa vencedora, e os eleitores que não ficaram calados.

BLOG O FILHO DA ILHA APRESENTA: VIRADA ELÉTRICA - 2010


Vem ai o 2º carnaval fora de época de Ipanguaçu - VIRADA
ELÉTRICA - 30 E 31 DE JANEIRO DE 2009.
AGUARDEM...

VALE REFORÇA PEDIDO POR DESASSOREAMENTO

O Consórcio de Intergestores do Vale Unido reforçou junto ao secretário estadual de Recursos Hídricos e também vice-governador, Iberê de Souza, o pedido para o desassoreamento imediato do rio Pataxó.Durante mais um encontro do Consórcio, realizado na última terça-feira, 25, na Câmara Municipal de Ipanguaçu, o presidente do movimento, prefeito de Assu Ivan Júnior, destacou a importância do desassoreamento do rio Pataxó bem como do rio Piranhas-Açu. “São obras que quando realizadas trarão benefícios incontáveis para toda região do Vale”, afirmou.
O assoreamento do rio Pataxó causa prejuízos ao município de Ipanguaçu, enquanto que a ação do rio Piranhas-Açu é mais abrangente e atingi os municípios de Assu, Ipanguaçu, Carnaubais, Alto do Rodrigues e Pendências.O prefeito de Ipanguaçu, Leonardo da Silva (PT), lembrou que a população do município vem sofrendo nos últimos anos devido à ação do rio Pataxó. “É um rio muito valente e que hoje está totalmente assoreado”, observou.Leonardo disse que o Governo do Estado está executando um projeto para definir como poderá ser feita a dragagem do rio, mas esse projeto ainda não chegou ao seu conhecimento. “Queremos uma definição rápida para evitar as sequelas que as grandes enchentes vêm provocando em nosso município”, enfatizou.
O prefeito detalhou que o assoreamento do rio e as enchentes têm prejudicado os agricultores familiares, destruído casas e plantações, além de provocar a evasão de empresas do município, enfraquecendo a economia local. “Esse problema está tornando o desenvolvimento econômico do município inviável”, salientou.Leonardo observou que a solução definitiva requer um investimento de cerca de R$ 50 milhões. “Não quero sonhar com esse projeto que requer um alto investimento. Queremos, sim, com urgência a dragagem do rio, pois esse é um pedido de socorro do povo de Ipanguaçu”, falou.O prefeito lembrou que fez o pedido diretamente ao presidente Lula, “que ficou de ver o problema”.De acordo com ele, será formada uma comitiva de prefeitos do Vale para ir até Brasília reforçar o pedido ao presidente.
A reunião do Consórcio marcou também a inserção oficial de mais dois municípios no movimento: Serra do Mel e Guamaré.

Fonte: Jornal de Fato/Magnos Alves

GOVERNO LIBERA MAIS DE DOIS BILHÕES PARA COMPRA DE VACINAS CONTRA A NOVA GRIPE

O governo federal decidiu ontem quarta-feira (26) enviar ao Congresso Nacional medida provisória para liberação de crédito suplementar no valor de R$ 2,1 bilhões para o enfrentamento da pandemia de Influenza A (H1N1). Esse recurso será utilizado na aquisição de 73 milhões de doses da vacina contra a nova gripe, compra de mais 11,2 milhões de tratamentos, equipamentos para hospitalização, material de diagnóstico, aumento do número de leitos de UTI, além da capacitação dos profissionais e ampliação dos turnos nas unidades de saúde. Do total das verbas previstas na medida provisória, R$ 1,06 bilhão será usado na aquisição de vacinas contra a nova gripe. No primeiro semestre de 2010, o Ministério da Saúde distribuirá 73 milhões de doses à população, o suficiente para imunizar, pelo menos, 36,5 milhões de pessoas. Desse total, 33 milhões serão fabricadas pelo Instituto Butantan, em São Paulo, e as 40 milhões de doses restantes, adquiridas do Fundo Rotatório de Vacinas da Organização Panamericana de Saúde (OPAS) e de empresas privadas. Até o momento, o laboratório brasileiro é o único da América Latina com capacidade para produzir a vacina. No Rio Grande do Norte os trabalhos de prevenção à doença continuam sendo desempenhados sob o comando da secretaria estadual de saúde. Essa semana técnicos das dezesseis diretorias regionais de educação e desporto do estado, as DIRED’S, participaram de um curso de capacitação sobre a prevenção da gripe H1N1, a influenza “a”. O curso foi realizado por meio de uma parceria entre a secretaria estadual de educação e a secretaria estadual de saúde pública. Para Stella Leal, responsável pela influenza “A” no Rio Grande do Norte esta é uma forma de disseminar conhecimentos e evitar o aumento dos casos da nova gripe no estado.

(REPORTAGEM - STELLA LEAL

Ainda com relação à nova gripe um novo balanço divulgado pelo ministério da saúde, mostra uma queda no numero de casos registrados no país como informa a repórter Lívia Cristina.

(REPORTAGEM – LIVIA CRISTINA
fonte: RÁDIO PRINCESA DO VALE

REITORES DISCUTEM MUDANÇAS NOS INSTITUTOS FEDERAIS NO PAÍS

Dirigentes de 38 Institutos federais e demais entidades da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica estão reunidos até sábado em Natal para discutir a reestruturação a partir do novo modelo de gestão, com a mudança dos antigos Centros para o formato de Instituto Federal. Durante a 6ª Reunião do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), sediado pela primeira vez na cidade, os gestores abordam temas importantes como a expansão da rede, investimentos na área e o programa Brasil Alfabetizado.A abertura do evento aconteceu ontem no mini auditório do Campus Natal-Central do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). Na última quinta-feira (20), o presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou sete novos campi no Estado. Com estes, o Rio Grande do Norte se destaca entre os estados nordestinos como o maior número de escolas de educação profissional. Ao todo são 14, das quais três são campi avançados. Segundo o reitor do IFRN, Belchior Oliveira, a mudança no cenário econômico e a falta de mão-de-obra qualificada em determinados segmentos, alavancou a procura e o incentivo pela formação técnica. Com a possibilidade de aprovação de projeto de lei que implanta a 3ª fase da expansão, o reitor observa que as unidades avançadas, hoje geridas por unidades centros, poderão ser transformadas em Institutos Federais.Ainda segundo o reitor antes a economia estava estagnada, como também havia uma lei que impedia a criação de escolas técnicas. Ele disse que com o governo Lula, a lei foi alterada e o número de instituições passou de duas no Rio Grande do Norte para 14. Na visão do reitor Belchior Oliveira Nos últimos cinco anos, estas transformações vieram atender sobretudo uma demanda reprimida, principalmente no interior. Ele argumentou que a realidade é que em algumas áreas da economia há oferta de emprego, com boa remuneração, no entanto, não tem profissionais qualificados e os IFs vieram transformar esse quadro e potencializar a economia de cada região. Para isso, cada uma dos campi foi pensado para capacitar profissionais dentro de segmentos específicos, dando ênfase à produção de alimentos, no campus Currais Novos, que conta com um centro tecnológico de processamento de leite e queijo e mineração; o agronegócio,na unidade de João Câmara, devido ao grande número de assentamentos rurais na região do Mato Grande; petróleo, em Mossoró; e agroecologia, em Ipanguaçu. O reitor ainda destaca a melhoria na qualidade da rede básica de ensino, uma vez que o novo formato preconiza também a formação de professores na área de ciências exatas e biologia, com a oferta de cursos superiores em licenciatura plena.