i

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Secretaria de Educação de Ipanguaçu concluí programação oficial da semana pedagogia

A Secretaria de Educação de Ipanguaçu concluiu na última semana a programação oficial da 15ª Semana Pedagógica do município. A semana reunirá diversos educadores do período de 07 á 10 de fevereiro no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), com o tema: “Currículo Escolar e Gestão de Ensino: ideais libertários de educação do campo e metodologias midiáticas”.

A jornada com duração de quatro dias terá a participação da Professora da UERN/Assú, Maria do Socorro que mediará à palestra sobre: O currículo escolar e gestão de ensino; o professor da UFRN/Natal Drº Alessandro Augusto debaterá o tema, Educação do campo: Preceitos, consultas e metodologias em busca da inclusão; O professor, André Magri, mediará a palestra com o tema: Dos primórdios da literatura infatojuvenil a Ipanguaçu: Uma cidade que lê. A formação pedagógica também contará com a participação do escritor goiano, Wagner Bezerra, que lançará o seu livro “O segredo da caverna”, em âmbito nacional, o escritor também terá a participação na formação com a palestra sobre, Metodologias midiáticas: em busca de uma comunicação inclusiva no campo.

Segundo a secretária de educação, Jeane Dantas, o objetivo da jornada pedagógica deste ano é promover a interação cognitiva e social da comunidade docente, pedagógica e administrativa das escolas de ensino público do município de Ipanguaçu por meio de uma visão holística e libertária, onde se dará foco especial aos estudos relacionados ao currículo escolar e a gestão de ensino, com discussões, ainda em torno da educação do campo e das metodologias midiáticas.

Ateliês de formação serão realizados durante a jornada no campus do IFRN em Ipanguaçu, todo o quadro educacional da rede estadual e municipal será trabalhado pelos coordenadores da Secretaria de Educação do município. O desenvolvimento psicológico da criança: O lúdico como motivação nas aulas de educação infantil; Teorias da aprendizagem e da alfabetização; Gestão de ensino nos anos finais: Como tornar as aulas produtivas, serão um dos temas a serem trabalhos nos ateliês de formação.

Prefeitura de Ipanguaçu inicia a recuperação de estradas vicinais

 A prefeitura de Ipanguaçu, através da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, iniciou na última semana a recuperação diversas estradas vicinais. Mais de oito maquinas entre tratores e caçambas estão envolvidas no trabalho nas comunidades rurais do município.

As primeiras comunidades que estão passando pelo trabalho do Plano de Inverno são as comunidades, Japiaçu, Sacramentinho, Travessa Itú, Pau de Jucá entre outras. 

Conforme o subsecretário de obras, Gênilo Rodrigues, o serviço esta sendo realizado principalmente por causa do período de chuva, o maquinário está nas estradas vicinais recuperando os trechos mais críticos, para que os agricultores não fiquem sem acesso as propriedades rurais. “Logo após o trabalho serem concluídos nessas estradas, outras serão beneficiadas” destaca Gêlino Rodrigues.

Segundo o agricultor e produtor, Francisco do Gado, como é mais conhecido, frisa que as estradas virão a ajudar centenas de agricultores que circula diariamente pelas estradas das comunidades, destacando que a há anos essas estradas não eram recuperadas. “Nesse tempo de inverno as estradas ficam ruins, é necessário a recuperação delas para o acesso constante as terras. Com a recuperação das estradas isso vem a beneficiar centenas de agricultores e moradores das comunidades”, disse Francisco.

No ano passado mais de doze estradas das comunidades rurais do município foram recuperadas pela prefeitura do município, segundo o Prefeito, Leonardo Oliveira, há uma preocupação constante do governo municipal em deixar as estradas em bom estado para o trafego dos moradores e agricultores do município, “Já que a cidade tem o maior número de famílias concentrada na zona rural, é importante que o acesso para elas, esteja em bom estado para facilitar a locomoção dessas famílias” concluiu, o prefeito Leonardo.  

Chuvas no interior deixam nove açudes com capacidade acima de 50%


Dos 33 reservatórios monitorados pelo Dnocs, dois sangraram nesta semana. Previsão é de novas sangrias nos próximos meses.



A possibilidade de um inverno rigoroso em 2011, a contar das últimas chuvas caídas em todo o Rio Grande do Norte nos meses de dezembro de janeiro, começa a chamar a atenção dos produtores rurais e moradores do interior do estado. O volume de água em determinadas cidades como Jucurutu e Santa Cruz, para ficar em dois exemplos, demonstra que são grandes as chances de acontecer novas inundações como a registrada em 2008 no Vale do Açu, região onde se cultiva a fruticultura.

Dos 33 açudes monitorados no RN pelo Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), nove apresentam capacidade acima de 50%, inclusive com duas “sangrias” confirmadas nos reservatório de Santa Cruz e Tangará. O volume médio de todas as represas do estado é de 63%. Entre os que apresentam os maiores volumes estão o Inharé, em Santa Cruz, com 72%, e o de Poço Branco e Cruzeta, com 62% e 65%, respectivamente. Os dados foram levantados entre 9 de novembro de 2010 e 28 de janeiro deste ano.

Entretanto, no Itans, em Caicó (50%), Mendubim (Santa Cruz), com 56% da capacidade e Pau dos Ferros, 44%, a situação ainda é estável. Mas no maior reservatório do RN, o Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, em Assu, com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, a capacidade é de 68%, segundo levantamento publicado no dia 28 de janeiro deste ano pelo Dnocs.

Além do RN, o Departamento contra as Secas, analisa o volume armazenado nos açudes por estado coloca o Rio Grande do Norte abaixo do Maranhão, que tem uma média de volume dos reservatórios de 79%. O Piauí aparece em segundo com 62%, seguido por Ceará com 58% e Pernambuco com 47%. Não há registros até o momento da situação na Paraíba, Alagoas e Sergipe.

Contudo, dos mesmos 33 reservatórios acompanhados pelo Dnocs no RN, apenas 25 são monitorados com uma frequência maior. De acordo com João Guilherme de Souza Neto, supervisor técnico da autarquia, a explicação para o fato é que as áreas próximas de alguns açudes estão inacessíveis em virtude do grande volume de água.

Em outros reservatórios, como no Marechal Dutra, popularmente conhecido como Gargalheiras, em Acarí, o nivelamento é feito por batimetria, um estudo topográfico realizado de forma subaquática. No mais recente levantamento, foi registrado 21,4 milhões de metros cúbicos, equivalente a 53% da capacidade total.

Já na Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), além dos 33 reservatório do Dnocs, estão compilados dados mais recentes da situação dos principais reservatórios do estado, alguns administrados por prefeituras 

Situação futura dos reservatórios do RN
O portal Nominuto.com tentou contato com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), por meio do meteorologista Gilmar Bistrot, que não forneceu dados referentes ao volume de chuvas esperado para os próximos meses, em especial da quadra chuvosa no estado.

Fonte: Nominuto.com

Inscrições para concurso da UFRN começam nesta segunda; até R$ 2.989,33


Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte abre, a partir desta segunda-feira (31), as inscrições para provimento de vagas nos cargos de Técnico Administrativo em Educação (nível intermediário e superior). São 19 vagas, divididas nas seguintes funções: assistente de laboratório, auxiliar em administração, auxiliar de enfermagem, diagramador, biólogo, contador, enfermeiro, físico e médico nas especialidades oftalmologia, cirurgia vascular, radiologia e cardiologia. A remuneração varia entre R$ 1.473,58 e R$ 2.989,33.

A seleção dos candidatos compreenderá exame de conhecimentos para provimento nos quadros da UFRN, conforme a estrutura das provas apresentadas para cada cargo. Os programas de estudo relativos às provas de cada função serão disponibilizados no site da Comperve no período das inscrições.

A inscrição será feita, exclusivamente, via internet, a partir das 8h do dia 31 de janeiro até as 23h59 do dia dois de março, observando o horário local de Natal. As taxas de inscrição são de R$ 40,00 para nível intermediário C, R$ 50,00 para nível intermediário D e R$ 80,00 para nível superior. As provas serão aplicadas no dia 17 de abril. O requerimento de isenção da taxa estará disponível até 13 de fevereiro. Outras informações, através do site www.comperve.ufrn.br.