i

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Ipanguaçu: Poços serão perfurados em comunidades do município

Como medida de enfrentamento à seca neste período de estiagem, a Prefeitura de Ipanguaçu e o Departamento Nacional de Obras Contras as Secas (DNOCS) estabeleceram parceria para realizarem, até o fim deste mês, a perfuração de poços tubulares em várias comunidades do município.

Segundo o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Mário Silvério, a prefeitura entende como prioridade o compromisso de levar água de qualidade à população, especialmente em um período tão conturbado, provocado pela prolongada ausência de chuvas regulares. “Não podemos permitir que estas pessoas sofram por falta de acesso à água. Por isso temos trabalhado, firmando parcerias e cobrando aos órgãos competentes. Não descansaremos enquanto houver famílias necessitando ser atendidas com este benefício”, afirma o secretário.

Crédito contra a seca

Na última terça-feira (24), a Prefeitura de Ipanguaçu promoveu, em parceria com o Banco do Nordeste, uma reunião informativa com os agricultores atingidos pela seca no município. “Durante o evento foram esclarecidas dúvidas referentes ao PRONAF Estiagem (Programa Nacional de Desenvolvimento da Agricultura Familiar) e sobre renegociação de dívidas do Agro Amigo. Temos incentivado essas famílias para que, havendo necessidade, realizem seus projetos para a convivência com a seca. O Banco do Nordeste dispõe de crédito especial para isto e a Prefeitura de Ipanguaçu tem disponibilizado aqui na secretaria funcionários para auxiliar a população”, destaca Mário.

Projeto “Sexta literária” incentiva alunos da rede pública de Ipanguaçu à pratica da leitura


Fotos: Aluísio de França

Incentivar a leitura, ao mesmo tempo em que resgata a história cultural da cidade de Ipanguaçu e melhora a qualidade do ensino e da aprendizagem na Rede Municipal de Ensino. Este é o intuito do “Sexta Literária”, iniciativa da Prefeitura de Ipanguaçu que chega a mais uma edição nesta semana. Com o tema “Viajando no mundo da Leitura: dos clássicos literários aos poetas da nossa terra”, o projeto chegou à comunidade rural de Arapuá.


Segundo a secretaria de Educação de Ipanguaçu, Jeane Dantas, a ação beneficia alunos da Educação Infantil à de Jovens e Adultos (EJA). “Desde o ano de 2009 nós temos buscado desenvolver ações de incentivo à leitura junto aos nossos alunos. Acreditamos que o trabalho desenvolvido em sala de aula e apresentado nas Ppraças públicas próximas às escolas incentivam os alunos e os pais a se envolverem na leitura e a adquirirem este hábito tão importante”, diz Jeane.


Durante o “Sexta Literária”, os próprios alunos encenam dramatizações, recitam poesias, contam historias e realizam exposições.


Na próxima sexta-feira (27) o projeto chega à escola na comunidade de Picada.

Governo oferece reajustes entre 25% e 40% a professores universitários

Na oferta da semana passada, o aumento variava entre 12% e 45%, já somados os 4% aprovados em maio, pela MP 568, que teve efeito retroativo a março.

O governo federal cedeu e ofereceu nova proposta de reestruturação de carreira às entidades sindicais dos professores dos institutos e universidades federais. Depois de mais uma rodada de negociação, para colocar fim à greve que já dura 69 dias, foram oferecidos reajustes que variam entre 25% e 40% para todos os docentes. Além disso, a data para entrada em vigor do aumento foi antecipada.

Na oferta da semana passada, o aumento variava entre 12% e 45%, já somados os 4% aprovados em maio, pela Medida Provisória 568, que teve efeito retroativo a março. A proposta não agradou os representantes da categoria, que alegaram que o governo não contemplou a reestruturação da carreira para todos os níveis de docentes.

A nova proposta do governo foi aumentada em 7,7%. Com isso, a reestruturação de carreira, apresentada hoje (24) aos professores universitário, terá impacto de R$ 4,2 bilhões no Orçamento Federal. O montante é R$ 300 milhões a mais que a oferta anterior, de R$ 3,9 bilhões. Os aumentos, que serão escalonados durante os próximos três anos, começam a vigorar a partir de março de 2013. Na proposta anterior, feita no último dia 13, o aumento iria vigorar a partir de julho do próximo ano.

Para o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, a contraproposta mostra o recuo do governo em prol do fim da paralisação e descarta novo aumento. “Em uma negociação sempre tem margem, mas o governo já fez movimento de avanço ouvindo críticas e necessidades. Estamos convictos que essa é proposta para fazer acordo”, assegurou.

O secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Marco Antônio de Oliveira, dá a entender que essa é a proposta final e que o governo chegou ao “limite” tanto em “critérios de ascensão quanto em valores”. “Nós já adaptamos a proposta, fizemos uma série de alterações. No caso de valores, chegamos ao limite. Temos que pensar na situação que o país está vivendo de incertezas, que decorre do cenário de crise internacional”, disse.

Por Luciene Cruz, Agência Brasil

TCE condena ex-prefeito de Goianinha a restituir R$ 32 mil aos cofres públicos

O Tribunal de Contas do Estado, através da Segunda Câmara, condenou o ex-prefeito de Goianinha, Rudson Lisboa, a devolver ao erário público o valor de R$ 32.073,97, devidamente atualizado.
A decisão foi tomada a partir da inspeção ordinária na prestação de contas, exercício de 2005 da Prefeitura Municipal, que encontrou irregularidades na concessão indevida de diárias, ausência de comprovação do emprego de recursos públicos, aplicação de recursos do FUNDEF aquém do legalmente determinado, como também aquisição de combustíveis e material sem destinação específica.

Robson Pires

Convocação para lista de espera do Sisu começa hoje


Começa nesta quarta-feira (25) a convocação dos estudantes que ficaram na lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A convocação será feita pelas instituições de ensino e não mais pelo Ministério da Educação.
Os estudantes que não foram classificados nas duas primeiras chamadas do Sisu puderam declarar interesse em participar desta lista. O MEC não informou quantos estudantes estão nesta situação.
O Sisu seleciona alunos para vagas em instituições públicas de ensino superior por meio do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste processo seletivo foram oferecidas 30.548 vagas em 56 instituições de ensino superior, entre federais e estaduais.