i

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Ipanguaçu no EFAIM 2º NIVEL


Neste Sexta dia 17 à 19 domingo, a Infãncia e Adolescencia Missionária de Ipanguaçu, particopou do EFAIM 2º nivel, em Natal/RN o encontro de formação aconteceu casa das irmão do amor divino.

O Encontro reunio cerca de 50 acessores da infância do RN e do Ceará, Pe. Edson Assunção Santos Ribeiro, do clero diocesano de Niterói, RJ, e Secretário Nacional da Infância e Adolescência Missionária do Brasil, esteve também presente, Pe. Edson foi um dos Palestrantes do encontro, fizeram Também uma rápida visita de D. Heitor de Araújo Sales, D. Matias Patrício de Macêdo entre outros Padres.

20 de Julho dia do Amigo - FELIZ DIA DO AMIGO


O Dia do Amigo foi adotado em Buenos Aires, na Argentina, com o Decreto nº 235/79, sendo que foi gradualmente adotado em outras partes do mundo.


A data foi criada pelo argentino Enrique Ernesto Febbraro. Ele se inspirou na chegada do homem à lua, em 20 de julho de 1969, considerando a conquista não somente uma vitória científica, como também uma oportunidade de se fazer amigos em outras partes do universo. Assim, durante um ano, o argentino divulgou o lema "Meu amigo é meu mestre, meu discípulo e meu companheiro".
Aos poucos a data foi sendo adotada em outros países e hoje, em quase todo o mundo, o dia 20 de julho é o Dia do Amigo , é quando as pessoas trocam presentes, se abraçam e declaram sua amizade umas as outras, na teoria.

No Brasil, o dia do amigo também é comemorado em 20 de julho.

O Ipanguaçu News lhe deseja um
Feliz dia dos AMIGOS!

Brasileiros não acreditam, 40 anos depois, que o homem foi à Lua

Os incrédulos dizem que tudo foi uma montagem, e que as imagens na televisão não eram de verdade.

Na Lua, um grande salto para a humanidade. Mas ainda há uma enorme desconfiança, que resiste ao tempo. “É mentira”, diz uma mulher. Essa é também a teoria do agricultor José Andreazi, de 67 anos. Ele passou aquele dia histórico grudado no rádio: “Pensava que eles queriam ser mais que Deus”, lembra. Anos depois, viu pela TV as imagens da Apollo 11.


Mas nunca colocou fé na conquista: “Eles subiram, mas parar e descer na Lua, não sei se é verdade”, desconfia. O roupeiro Osni dos Santos, de Londrina, já virou figura folclórica no assunto. Para o roupeiro de 50 anos, foi tudo uma grande farsa, filmada em estúdios de Hollywood: “Só pode ser montagem. Em filme, você vai para Marte, para todo lado, passa para outra dimensão. Por que não voltaram até hoje, 40 anos depois?”, questiona. No desfile de teorias conspiratórias, sobrou até para a Apollo 11: “Parece uma alegoria de carnaval, cheia de ponta para todo lado.


Como vai chegar com um negócio desses até a Lua?”, diz o roupeiro. É uma descrença que passa de geração para geração. É exatamente isso que Osni ensina para as filhas: “Digo que o homem não foi à Lua. Não adianta escutar professores. A menor acredita em mim, porque não leu tudo. As maiores discordam. Mas eu insisto em dizer que não foi”, conta Osni. No Maranhão, mais histórias curiosas Alcântara fica em uma península a 2º da Linha do Equador.


Uma posição estratégica para o Brasil na corrida espacial. Os foguetes são lançados com uma economia de até 20% no consumo de combustível. Por causa disso, o Centro Aeroespacial de Alcântara tem a missão de colocar um satélite em órbita. Mas tanto avanço não convence os vizinhos da tecnologia. Há quem duvide até mesmo que o homem foi á Lua. "Como é que você vai entrar na Lua se ela é redonda e ela não tem porta?", questiona Raimundo Vieira.


Naquele 20 de julho de 1969, quando o homem tocou pela primeira vez o solo lunar, a agricultora Maria José Vieira tinha só 7 anos. Jamais soube da conquista histórica. Até hoje, a Lua - para ela - é uma morada sagrada: “São Jorge fica lá, com aquela espada. Mas o homem para a Lua, nunca vai". A Lua por aqui tem outra função.


"Já que à noite não tem sol, a lua serve como uma lâmpada", explica a estudante Carla Petrus.


A Lua que ilumina as ruínas históricas também desafia a imaginação nas noites de Alcântara.


"Por que o homem nunca foi ao Sol?”, pergunta o servidor público José de Ribamar Ribeiro.


Em Aracaju, desconfiança Entre o céu e a Terra há muitos mistérios difíceis de serem desvendados. Testemunhas da história, uma turma de mais de 60 anos se divide quanto à veracidade do que aconteceu há 40 anos. Homem na Lua: verdade?


"Muita gente não acredita, eu acredito porque eu vi", diz o aposentado Valmir Guerra.


Ou mito?


"Eu vi pela televisão, ouvi pelo rádio mas não acredito”, desconfia o aposentado José Nildo de Oliveira. Essa não é uma dúvida que paira somente entre os mais antigos.


"Até ficaram pela órbita, porque foi lançado o foguete, mas descer lá, não, porque todas as fotos têm vestígios de falhas”, aponta Edson dos Santos Silva. Efeitos do cinema, fotos forjadas - cada um tem uma justificativa para duvidar. "


Enganaram o povo, o homem não foi à Lua e nunca vai”, garante a aposentado Ildo Tompson Dantas. Verdade ou não, o certo é que a Lua continua a brilhar nas belas noites da terra. Sempre solitária, majestosa, inspiradora e bem do jeito dela não está nem aí para essa polêmica.

Programação dominical na Sede Social do ASSU foi sucesso absoluto


Sucesso absoluto. Essa é a expressão que exprime o resultado da programação dominical realizada no dia de ontem (19) na Sede Social da Associação Sportiva Sociedade Unida – ASSU, localizada no balneário Acquavale.


O número de torcedores presentes superou todas as expectativas. Famílias inteiras estiveram aproveitando o parque aquático e a área de lazer do clube, com direito a música ao vivo.
Na ocasião a direção do clube realizou a entrega da moto sorteada quando da posse de Delzieli Medeiros e Dinarte Diniz como presidente e vice, respectivamente.


Os torcedores também tiveram oportunidade de conhecer as modalidades da campanha Sócio Torcedor. Alguns torcedores presentes já aderiram à campanha.


Para completar a festa da torcida do Camaleão do Vale, foi realizado o sorteio de camisas oficial do clube. Um dos sorteados foi um paulista que estava desfrutando das instalações da Sede Social, que fica às margens da BR-304.


Fonte: Assessoria de Imprensa/ASSU.

INSCRIÇÕES PELA INTERNET PARA O JERNS/2009 TERMINARÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA

Mais uma etapa de preparação com vistas à realização da edição deste ano dos Jogos Estudantis do Rio Grande do Norte, Jerns, cumpre-se nesta segunda-feira, dia 20 de julho. De acordo com o calendário anunciado pelo coordenador do Jerns, na região, professor Túlio César de Medeiros Almeida, neste dia cessa o período de inscrições para o evento por intermédio da internet. Este cronograma vem sendo vivenciado desde o último dia 15 de junho. Túlio César ressaltou que o primeiro estágio do itinerário preparatório foi encerrado no dia 13 de junho, com o final do cadastramento de unidades escolares – aberto no dia 13 de maio. O professor Túlio César declarou que a etapa regional do Jerns/2009 envolverá estabelecimentos educacionais dos municípios que pertencem à jurisdição administrativa de três Diretorias Regionais de Educação, Direds: a décima primeira localizada em Assú; a oitava com sede em Angicos; e, a sexta instalada em Macau. Os congressos técnicos referentes a cada uma das modalidades esportivas que farão parte da programação da etapa regional acontecerão no mesmo dia: 25 de julho, sábado próximo. O local será a sede da décima primeira Dired, na cidade de Assú. A agenda começará às 7 e meia da manhã com o congresso técnico de Voleibol e Xadrez. As 8 e 10 será a vez das modalidades Voleibol de Areia e Tênis de Mesa. Os congressos técnicos de Futebol Society e Tae-Kwon-Do serão realizados às 8e 50. Às 9 e meia é a vez das modalidades Futebol de Areia e Karatê; às 10 e 10, Futebol e Natação; 10h50, Futsal e Atletismo; e, meio-dia, Capoeira e Pesca. Ainda segundo o professor Túlio César o calendário prevê para o dia 23 de agosto a distribuição dos crachás de identificação para professores/monitores e estudantes/atletas. As competições esportivas, que ocorrerão em Assú, serão realizadas no período de 12 a 23 de agosto. O coordenador regional do Jerns disse que a expectativa é de que o evento possa repetir o sucesso do ano passado. Túlio César enfatizou que a comissão organizadora da etapa regional do Jerns teve a preocupação de procurar corrigir algumas falhas que ocorreram no passado.

GOVERNO ASSEGURA GRATUIDADE NO PROGRAMA EMPREENDEDOR INDIVIDUAL;

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior divulgou uma nota oficial esclarecendo a gratuidade no registro no Programa de Formalização do Empreendedor Individual. Lançado no dia 1º deste mês, o programa vai possibilitar a regularização de trabalhadores informais com faturamento de até R$ 36 mil por ano, em mais de 170 ocupações, como cabeleireiras, costureiras, sapateiros, manicures, barbeiros e encanadores. Segundo o ministério, se alguma instituição ou profissional cobrar por esse trabalho, o empreendedor não é obrigado a pagar. O ato de formalização será concluído diretamente pelo site www.portaldoempreendedor.gov.br ou em um dos 20 mil escritórios de contabilidade no país, optantes do Simples Nacional. A lista dos escritórios está disponível no endereço eletrônico www.fenacon.org.br/esc-simples.php. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) também pode auxiliar nesse processo e a agencia do órgão instalada na cidade do Assu, já está realizando um trabalho nesse sentido atendendo aos empreendedores de toda a região sob sua jurisdição. Depois de concluída a formalização, o custo mensal máximo para o empreendedor, será de R$ 57, 15, correspondentes a R$ 51,15 (11% do salário mínimo) para a Previdência Social; R$ 1 para o estado, se a empresa for do ramo do comércio ou indústria; R$ 5 para o município, se a empresa for prestadora de serviço. O Portal do Empreendedor permite somente a formalização de trabalhadores do Distrito Federal. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais serão incluídos ao sistema em 24 de julho. No dia 27 será divulgado o cronograma de inclusão dos demais estados. A previsão é de que todos os estados estejam incluídos no programa até 1º de outubro. Com a formalização, o empreendedor passa a ter direito a benefícios como aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade, aquisições de bens e serviços oferecidos pelos governos, com dispensas de escrituração fiscal e contábil e de algumas vistorias prévias, além de estar isento do pagamento do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), do PIS, Cofins e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).