i

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Dilma venceria eleições no 1º turno, diz pesquisa

Bruna Borges - Do UOL, em Brasília
Pesquisa divulgada nesta terça-feira (18) mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT) seria eleita no primeiro turno com 43,7% dos votos caso disputasse com Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), cenário tido como mais provável atualmente.
Se as eleições fossem hoje, o tucano teria 17%, e o governador de Pernambuco, 9,9%. O número de brancos e nulos chega a 20,4% nesse cenário, e não souberam ou não responderam são 9% dos eleitores. Foi considerado ainda o candidato Levy Fidélix, que teria 0,4% dos votos.
Se a disputa fosse contra Aécio Neves e Marina Silva (PSB), Dilma teria 40,7% e também encerraria a disputa no 1º turno. Nessa situação, Marina Silva teria 20,6% e Aécio, 15,1%. Nesse cenário, brancos e nulos somam 14,9% e não souberam ou não responderam são 8,3%. Foi considerado ainda o candidato Levy Fidélix (PRTB), que teria 0,4% dos votos. A ex-senadora Marina Silva tem negado que seja candidata e afirma com frequência que o candidato será Eduardo Campos.
A pesquisa foi encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) em conjunto com o instituto MDA.
Na pesquisa divulgada em novembro de 2013, no cenário mais provável, Dilma tinha 43,5% das intenções de votos no primeiro turno; Aécio, 19,3%, e Campos, 9,5%.
Foram entrevistadas cerca de 2.000 pessoas, em 137 municípios de 24 unidades federativas, das cinco regiões, entre os dias 9 e 14 de fevereiro de 2014. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.
A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 12/2014.

Papa Francisco recebe Dilma na sexta-feira

RAFAEL MORAES MOURA - Agência Estado

A presidente Dilma Rousseff se reunirá com o papa Francisco nesta sexta-feira, 21, na Cidade do Vaticano, confirmou nesta terça-feira, 17, a Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República. No sábado, Dilma participa da programação do Consistório Público para Criação de Novos Cardeais - cerimônia em que o arcebispo do Rio de Janeiro, d.Orani Tempesta, será oficializado como novo cardeal.

Dilma viajará para Roma na quinta-feira, após cumprir agenda de eventos em Porto Alegre e Caxias do Sul - a Secom, no entanto, não divulgou ainda a escala técnica do avião presidencial. Segundo o Broadcast Político, serviço de informações em tempo real da Agência Estado, apurou, o avião da presidente não tem autonomia para ir do Rio Grande do Sul para a Itália sem paradas. A aeronave deverá fazer uma escala em Natal.

Esta será a terceira vez em que a presidente Dilma Rousseff se encontra com o papa Francisco - a presidente viajou ao Vaticano em março do ano passado, para acompanhar a primeira missa do papa Francisco no Vaticano; e depois o recebeu no Rio de Janeiro, que sediou a Jornada Mundial da Juventude em julho.

Após a passagem pelo Vaticano, Dilma viaja a Bruxelas, onde participará da VII Reunião de Cúpula Brasil-União Europeia, na próxima segunda-feira, 24.

TRE-RN define datas de biometria em Assu e mais quatro municípios

Biometria chegará ao Vale do Açu em março (TRE)Biometria chegará ao Vale do Açu em março (TRE)
A Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) marcou para entre 13 de março e 12 de abril de 2014 a revisão do eleitorado, com coleta de dados biométricos, dos municípios integrantes da 29ª. Zona Eleitoral: Assu, Ipanguaçu, Carnaubais, Itajá e Porto do Mangue.

O posto de atendimento em Assu funcionará no de 13 de março a 12 de abril; em Ipaguaçu, de 17 de março a 11 de abril; em Carnaubais, de 14 de março a 5 de abril; em Itajá e Porto do Mangue, de 18 de março a 5 de abril.
A revisão biométrica, que já foi feita em Natal e acontece em Mossoró, Baraúna e Serra do Mel, obedece normas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e visa a tornar mais segura a votação, que será feita mediante identificação da impressão digital.
O mossoroense