i

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Diretores das escolas de Ipanguaçu serão escolhidos por eleições diretas


Buscando fortalecer a democracia no ambiente escolar e no intuito de proporcionar maior autonomia às escolas da Rede Municipal de Ensino, a Prefeitura de Ipanguaçu apresentou ao Conselho Municipal de Educação o projeto de lei para a criação das eleições diretas para diretores nas escolas do município. A reunião ocorreu na manhã desta sexta-feira (19), no Centro Integrado da Cidadania (CIC), e o PL foi prontamente aprovado.

De acordo com a secretária de Educação de Ipanguaçu, Jeane Dantas, o projeto agora deverá ser enviado pela prefeitura ao Legislativo Municipal, para que os vereadores possam aprecia-lo. “As eleições para diretor das escolas da Rede Municipal de Ensino serão realizada em todas as unidades de educação em que o total de alunos seja igual ou superior a 101 (cento e um) alunos, de forma gradativa. Iniciaremos por duas escolas, com apreciação da experiência por dois anos para, em seguida, proceder conforme cronograma estipulado pela Secretaria Municipal de Educação”, disse a secretária.

Escola Cidadã

Jeane informa ainda que também foi discutido na reunião o projeto “Escola Cidadã”, que contempla os alunos da Rede Municipal com a realização de atividades no horário invertido ao das aulas com oficinas de música, dança, teatro, esportes e Jiu-Jítsu.

Para o prefeito Leonardo Oliveira, ambos os projeto apresentados são de suma importância. “As eleições diretas dos diretores demonstram o avanço da democracia em uma gestão participativa. Desta forma, a comunidade escolar participa diretamente nas tomadas de decisão, pois a escolha será feita através do voto direto. Prevalecerá a vontade da maioria. Quanto ao ‘Escola Cidadã’, trata-se de mais um esforço nosso no sentido de complementar a formação humana de nossos alunos, oferecendo atividades que os mantenham no ambiente escolar fora do horário das aulas, afastando-os de riscos sociais como as drogas”, frisou o prefeito.

Prefeitos do G12 se reúnem hoje

Os prefeitos dos doze municípios do Vale do Açu vão se reunir hoje na Câmara Municipal de Serra do Mel para definir estratégia de cobrar do Governo do Estado a construção da estrada da castanha. O prefeito de Carnaubais, Luiz Cavalcante, "Luizinho" (PSB), espera reunir as principais lideranças políticas da região em prol do projeto.

Segundo ele, além dos prefeitos de Guamaré, Porto do Mangue, Macau, Pendências, Alto do Rodrigues, Assú, Ipanguaçu, Itajá, São Rafael, Afonso Bezerra e Serra do Mel, espera também a participação de representantes das Prefeituras de Mossoró e de Areia Branca. O prefeito Manoel Cunha Neto, "Sousa", confirmou presença.

"Conversei com o prefeito Josivan Bibiano de Azevedo para convidar autoridades com representatividade política na Serra do Mel, como deputados estaduais e federais, assim como senadores. Todos esses políticos foram votados na Serra do Mel e agora o povo da Serra do Mel precisa do apoio destes políticos para um benefício público: a estrada da castanha", destaca o prefeito Luizinho, que preside o G12, em substituição ao prefeito Ivan Junior.

O movimento dos prefeitos do Vale do Açu já tem várias conquistas, entre estas pode contar o Samu regional, que já está em atividade no Vale do Açu, o projeto para tratamento dos resíduos sólidos das cidades em regime de consórcio, entre outros benefícios que já estão presentes nas cidades. "Mas estamos dispostos a lutar, em conjunto, pelos benefícios comuns aos municípios que estão associados ao G12", destaca.

No caso da Estrada da Castanha, Luizinho destaca que servirá principalmente para escoar a produção de castanha de caju da Serra do Mel. Em contato com a Redação, a Secretaria de Agricultura da Serra do Mel destaca que os mais de dois mil colonos das 22 vilas rurais do município esperam safra recorde neste ano, considerando o inverno regular.

Nos últimos dez anos, a maior safra de castanha de caju foi em 2009, quando os produtores coletaram algo em torno de 20 mil toneladas. Para 2011, os colonos esperam cerca de 30 mil. Quanto ao caju, o produtor Euzébio Maia, que também faz parte do movimento em prol da rodovia, ligando Serra do Mel a Carnaubais, diz que é oito vezes a safra de castanha.

A estrada da castanha também será fundamental para escoação da produção de petróleo e também de sal, além de encurtar o caminho para o cidadão da Serra do Mel que deseja ir a Natal, Assú ou o Vale do Açu. Neste caso, atualmente tem que dar a volta por Mossoró ou por Areia Branca. "Quero apoio dos deputados estaduais Márcia Maia, George Soares, Leonardo Nogueira, e também Larissa Rosadoe Sandra Rosado", destaca o prefeito Luizinho.

Fonte: Jornal de Fato

Em SP, Dilma diz que país está fazendo 'faxina da miséria


 
Em um evento no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, a presidente Dilma Rousseff participou nesta quinta-feira do lançamento do plano Brasil Sem Miséria para Região Sudeste. Ao lados dos governadores de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, Dilma chamou o evento de "pacto republicano" por unir governo e oposição.

"É o Brasil inteiro fazendo de fato a faxina que deve ser feita: a faxina da miséria", disse a presidente, em paralelo ao termo que vem sendo usado por sua administração na tentativa de combate a corrupção. 

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), não poupou elogios a petista. 
Ele enalteceu a "generosidade" e o "patriotismo" da presidente. Alckmin ainda destacou o "espírito conciliador" de Dilma. Segundo o governador, o programa contra a miséria é uma "avanço para o Brasil".

"Ultrapassamos um período de disputa política para unir esforços em favor dos que mais precisam", disse. 

É a primeira vez que o governo federal sob administração petista se une ao governo paulista, sob controle dos tucanos, em um programa de combate a pobreza.
Presente na cerimônia, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi convidado por Dilma para ficar na mesa autoridades.
O tucano não discursou, mas foi citado nos discursos da presidente e dos governadores.
Entre as medidas anunciadas está a unificação dos programas regionais de São Paulo e Rio --Renda Cidadã e Renda Melhor-- com o Bolsa Família.

Fonte: Folha Online
Postado por Nelson Dantas

Carnatal será realizado na Av. Prudente de Morais de Natal

Publicado por Robson Pires, 
A 21ª edição do Carnatal sofrerá alterações devido às obras da Arena das Dunas. O tradicional “corredor da folia” não será montado em torno do Machadão e Machadinho e o percurso passa a ter 3 quilômetros – 800 metros a menos que nas edições anteriores. O número de camarotes também será reduzido de 260 para 110 e não há confirmação com relação à montagem das arquibancadas. A micareta está confirmada para ocorrer de 1 a 4 de dezembro e, de acordo com os organizadores, não haverá mudança com relação ao número de blocos e atrações musicais.
A coordenadora explica que o novo “corredor da folia” será montado na avenida Prudente de Morais, ao lado do kartódromo, terá apenas um lado e não será fechado ao público. “A diferença é que agora os trios passam 3 vezes pelos camarotes. Quando descerem pela Prudente, eles seguem no sentido da Mor Gouveia e fazem um retorno quase em frente aos camarotes passando novamente na frente destes”, diz.
Pelo menos seis blocos estão confirmados para 21ª edição da festa que é considerada o maior evento popular do Rio Grande do Norte. A cantora Ivete Sangalo e as bandas Asa de Águia e Chiclete com Banana também estão confirmadas. A previsão para o início das vendas de abadás e camarotes é o início do próximo mês.