i

sexta-feira, 15 de junho de 2012

II Taça Ipanguaçu de Futsal categorias sub 18 e sub 20 chega ao fim

A Prefeitura de Ipanguaçu atraves da Secretaria de Esporte encerrou nesta sexta-feira(15) a II Taça Ipanguaçu de Futsal, categorias sub 18 e sub 20. A competição, promovida pela Prefeitura de Ipanguaçu, reúniu 17 equipes nas duas categorias. Os três primeiros colocados de cada uma levaram para casa troféus e medalhas.

De acordo com o secretário de Esporte e Lazer de Ipanguaçu, Marcos Antônio, os jogos integram vasta programação esportiva planejada para o ano de 2012. “Nosso intuito com estes eventos é promover atividades de incentivo ao esporte que atinjam pessoas das mais diversas idades. Em Ipanguaçu, o acesso à prática de esportes é democratizado”, disse o secretário.

No sub 18 a equipe Pedrinhas venceu por 7 à 3 o BMR, e no Sub 20 o Lula empatou por 2x2 a com o Japapiaçu, sendo desempatado nos penaltes, com o Lula vencnedo por 4 a 3.















PT realizará convenção neste sábado


A convenção partidária que devera homologar as candidaturas do PT que disputarão a Prefeitura de Ipanguaçu e a câmara de vereadores acontece amanhã (16) às 20hs no clube municipal.

Segundo o presidente do PT em Ipanguaçu, Luis Alberto, o partido dos trabalhadores homologara a pré-candidatura para reeleição do Prefeito Leonardo Oliveira (PT) e do pré-candidato a vice-prefeito, Josimar Lopes (PSB) e dos vereadores, “além da composição das coligações será homologado para as eleições proporcionais e majoritárias nas eleições de outubro deste ano. Esse é o primeiro passo a ser dado para o processo eleitoral” disse o petista.

Os partidos PV, PSC, PSD, PSDB realizam a convenção às 18hs na Escola Estadual Coronel Ovídio Montenegro; o PMN às 20hs no Ovídio Montenegro; O PRB também às 18hs na Câmara de Vereadores; o PSB às 18hs no teatro municipal.

São esperadas lideranças partidárias dos partidos de todo o Rio Grande do Norte.

Unidades de saúde em Ipanguaçu abrem amanhã para campanha de vacinação.

FPM terá redução de quase 30% em junho e julho

Os municípios do Rio Grande do Norte, mais uma vez, vão ter brusca diminuição nas receitas. Depois a redução do IPI por parte do Governo Federal para automóveis e eletrodomésticos, os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que têm o valor diretamente relacionado ao imposto, sofrerão queda de aproximadamente 30%. De acordo com o presidente licenciado da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, Benes Leocadio (foto), ainda não há definida uma ação imediata por parte do Governo Federal para amenizar o impacto financeiro.
Segundo Leocádio, a redução do FPM, mais uma vez, terá impacto acentuado nos pequenos municípios, de coeficiente 0.6. As prefeituras, que recebiam aproximadamente R$ 300 mil, perderão quase R$ 100 mil. A redução, ainda de acordo com o prefeito de Lajes, tem reflexo imediato na Educação e Saúde.
Atualmente, 15% dos recursos do FPM sao destinados à Saúde e 20% à Educação. Para Benes Leocádio, a redução no valor dos repasses vai dificultar o pagamento do piso dos professores e também aos profissionais do Programa Saúde da Família.
“Temos que pagar o piso nacional aos professores e a receita tem essa queda brusca. Já na Saúde, só para se ter uma ideia, o Governo Federal repassa R$ 9 mil para cada equipe do PSF, mas só o médico recebe R$ 10 mil. É um custo que os municípios têm que arcar e, infelizmente, está cada vez mais difícil”, explicou Benes Leocádio.
Uma alternativa aguardada pelos prefeitos para amenizar os impactos da redução do FPM é a redistribuição dos royalties do petróleo. Benes Leocádio disse que, em reunião em Brasília, os representantes da municipalidade receberam do presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, a promessa de que o projeto de redistribuição será votada ainda no primeiro semestre desse ano.
“Vamos aguardar a decisão. Com mais essa redução, a situação dos municípios, que já é complicada, tende a ficar pior nos próximos meses”, lamentou Benes Leocádio.
Fonte: Tribuna do Norte

Fátima Bezerra cobra medidas contra assassinato de blogueiro

Deputada ainda apresenta projeto de lei instituindo o dia hoje como o dia da blogueira e do blogueiro.


Um ano após o assassinato de jornalista e blogueiro Ednaldo Filgueira, que chocou não só Serra do Mel, mas o Brasil, pela maneira covarde com que teve a vida ceifada,  mentor do crime, apontado pela polícia como sendo o prefeito da cidade, Josivan Bibiano (PSDB), continua impune.

A deputada federal Fátima Bezerra, além de movimentos articulados de defesa à liberdade de expressão, cobram medidas, conforme a nota abaixo:

Nesse dia 15 de junho está fazendo um ano do assassinato de Ednaldo Filgueira, blogueiro e presidente do Diretório Municipal do PT de Serra do Mel.

A forma bárbara e covarde como Ednaldo foi assassinado, com seis tiros à queima roupa, chocou o Rio Grande do Norte e teve repercussão nacional e até internacional. Na verdade, Ednaldo foi o primeiro blogueiro do Brasil assassinado e sua morte foi um ataque à liberdade de imprensa. Os que o mataram, executores e mandantes, acreditam na impunidade e na existência de uma terra sem lei. Ao direito de opinião eles respondem com a força bruta. Quando o amedrontamento e a coação não resolvem, entra em cena a eliminação física.

O assassinato de Ednaldo foi investigado pelas polícias civil e federal e a conclusão é que o crime teve motivação política. O prefeito do município, Josivan Bibiano, foi indiciado como autor intelectual do homicídio, inclusive chegando a ficar preso por 10 dias, mas conseguiu a soltura e responde ao processo em liberdade. Os executores estão presos enquanto aguardam julgamento.

A família de Ednaldo, seus amigos, companheiros, o povo da Serra do Mel, o movimento nacional de Blogueiros Progressistas, a sociedade civil organizada e a direção do PT exigem do Tribunal de Justiça agilidade no julgamento dos acusados e a conseqüente condenação pelo crime que cometeram contra um jovem de apenas 36 anos, que trabalhava incansavelmente em defesa dos direitos humanos, da liberdade de imprensa e do direito à vida em sua plenitude.

Na próxima semana estarei renovando expedientes anteriormente enviados ao Ministro da Justiça, à Ministra Nacional dos Direitos Humanos e aos organismos representativos dos profissionais de imprensa e defensores da liberdade de expressão, no sentido de que os mesmos se incorporem à cobrança pela agilidade desse julgamento.

O nosso mandato está apresentando projeto de lei instituindo o dia 15 de junho como Dia Nacional dos Blogueiros e Blogueiras, acatando proposta do Movimento Nacional de blogueiros progressistas, numa homenagem a Edinaldo e a todos esses profissionais que fazem a imprensa realmente livre e independente desse país e por isso mesmo sofrem todo tipo de ameaças, perseguições e até execuções.

Aproveito para enviar minha solidariedade à família de Ednaldo. Em nome dos seus pais, Miguel Francisco e Maria do Socorro, que sofrem até hoje a perda do filho querido e exigem justiça.

Mais de mil cidades nordestinas estão em estado de emergência por causa da seca

O Nordeste tem 1.013 municípios em situação de emergência por causa da estiagem, segundo levantamento do Ministério da Integração Nacional. Com isso, são quatro milhões de pessoas afetadas diretamente pela seca na região. E não há previsão de chuva para o sertão nordestino nos próximos dias. No litoral, chove desde quarta-feira (13).
“Estamos monitorando a parte leste da região, que vai da Bahia ao Rio Grande do Norte. A previsão é de chuva forte. Volta e meia, a chuva pode ser moderada. Para o interior, não há previsão”, informou a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Odete Chiesa.
Segundo ela, a temporada de chuvas no interior da Região Nordeste ocorre entre fevereiro e abril, mas, este ano, praticamente não choveu. Geralmente, quando a chuva não vem nessa época, a probabilidade é que não chova mais no restante do ano, informou a meteorologista.
A Bahia é o estado mais afetado pela seca, com 230 cidades em estado de emergência, uma situação que afeta mais de 500 mil pessoas, de acordo com a Defesa Civil do estado. A Paraíba tem 197 cidades na mesma situação, seguida do Rio Grande do Norte, com 139.

Governo Federal libera crédito de R$ 20 bilhões para investimentos em infraestrutura nos estados

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta sexta-feira (15) a liberação de R$ 20 bilhões para investimentos em infraestrutura nos estados. Os recursos fazem parte de uma linha de crédito do BNDES chamada Pró-Investe, com financiamento de 20 anos, um ano de carência e taxa de juros que vai de 7,1% a 8,1% ao ano. O anúncio foi feito após reunião entre a presidenta Dilma Rousseff e governadores no Palácio do Planalto.


As medidas anunciadas fazem parte de uma ação anticíclica para diminuir a exposição do Brasil à crise econômica internacional. O anúncio foi feito pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, após a presidente Dilma Rousseff se reunir na manhã desta sexta-feira (15) com governadores e vice-governadores dos 27 Estados brasileiros. Apenas quatro Estados estão foram representados pelos vices: São Paulo, com Guilherme Afif Domingos; Paraíba, com Rômulo Gouveia; Piauí, com Antônio José de Morais Souza Filho; e Rondônia, com Airton Gurgacz.
 Esta é a maior linha que já foi criada para os Estados brasileiros. Será disponibilizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e vai estar em vigor nos próximos dias, depois de resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), que deve sair na próxima semana.