i

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Prefeitura e Defesa Civil abrigam famílias atingidas pelas águas do Açude Pataxó

No início da tarde de hoje (27) já chegava a 35 o número de famílias assistidas pela prefeitura de Ipanguaçu e pela Defesa Civil do município em decorrência das águas do Açude Pataxó, que chegam a algumas localidades da cidade e invadem um número crescente de casas desde a última segunda-feira (25).

De acordo com a Defesa Civil de Ipanguaçu, os bairros atingidos até esta tarde são dois: Maria Romana e Ubarana. A maioria das famílias que precisaram deixar suas casas optou por abrigar-se em casas de parentes, em áreas não alagadiças ou em municípios vizinhos. Por enquanto, apenas cinco famílias estão em abrigo da prefeitura do município, localizado na comunidade do Baldum. “A prefeitura e a Defesa Civil realizou o transporte de todas as famílias para o abrigo municipal ou para as casas de seus parentes, bem como retiramos de suas casas os seus móveis e demais pertences, todos devidamente armazenados até que esta situação se resolva”, informou Beto Rocha, presidente da Defesa Civil local.

A prefeitura de Ipanguaçu também está realizando triagens com essas famílias, através de diversas secretarias como as de Saúde, Educação e Assistência Social. O objetivo é dar a melhor assistência possível a esses cidadãos nesse momento de dificuldades. “Estamos cadastrando os dados de cada uma dessas famílias, de modo a permitir que essas crianças compareçam às suas aulas e que as famílias tenham todo o acompanhamento de saúde necessário, inclusive de psicólogos, se necessário. Além disso, todas receberão benefícios, como cestas básicas”, afirmou a secretária de Assistência Social Cristina Oliveira.

A preocupante situação de Ipanguaçu pode se agravar. Segundo previsão da Emater, as chuvas na região do Vale do Açu devem se estender até o mês de junho, com picos de precipitações ocorrendo até o mês de maio. Vale resaltar que entre janeiro e abril deste ano já choveu no município mais de 635 milímetros, pouco menos que o volume registrado no mesmo período em 2009, ano em que ocorreu a última grande enchente na região.

Além da sangria do Açude Pataxó, que aumentou mais de 56% de ontem para hoje, os ipanguaçuenses estão também preocupados com a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, que deve sangrar até o final da semana. “Faltam cerca de 34 centímetros para a sangria da Barragem. A nossa expectativa é que ela ocorra nos próximos dois ou três dias”, afirmou Fernando Santana, chefe do escritório local da Emater.

Com o transbordamento da Armando Ribeiro Gonçalves, agrava-se imediatamente o quadro em Ipanguaçu, com as águas podendo chegar inclusive ao Centro da cidade.

“Quadro poderia ser pior”, diz prefeito
As enchentes em Ipanguaçu têm causa conhecida: o assoreamento do Rio Pataxó. No entanto, apenas nos últimos dois anos começaram a ser tomadas providências no sentido de evitar esses transtornos. “Uma importante obra foi a construção, com recursos próprios do município, de uma parede com mais de 70 metros de extensão em 2009, que tem barrado mais de 90% das águas do Rio, redirecionando-as para outro ponto. Não fosse essa realização, a situação poderia ser bem pior neste momento”, apontou o prefeito Leonardo Oliveira.

Na visão do gestor municipal, o governo estadual tem sido omisso em relação ao município. “Foi elaborado um projeto de macrodrenagem do Rio Pataxó que resolveria esses problemas, no entanto o governo do Estado não deu prosseguimento. Dessa forma perdemos mais que esses importantes recursos financeiros: perdemos a preciosa oportunidade de trazer paz para o povo da nossa terra”, declarou.

O vice-governador do Estado, Robinson Faria, que também responde pela secretaria de Recursos Hídricos do RN (SEMARH), afirmou que anunciará em breve uma posição em relação aos problemas vividos por Ipanguaçu. “Estamos a par de toda a situação, que já dura anos a fio. Ipanguaçu foi um dos primeiro casos que tratamos na SEMARH. A questão é seria e demanda tempo, planejamento e recursos”, disse esta manhã.

Shows e sorteios marcarão festas do Dia do Trabalho

A Prefeitura Municipal de Ipanguaçu por meio da Secretaria de Cultura e Turismo realizará neste ano novamente uma festa em comemoração ao Dia do Trabalho, que acontecerá domingo dia 01 de maio, na comunidade de Arapuá.

Quem informa é o secretário de Cultura e Turismo, Fernando Neto, que explica que a comemoração acontecerá na comunidade de Arapuá em virtude da realização da festa do padroeiro da comunidade, São José Operário, que encerra no dia 1º, com a realização do Festival de Prêmios realizado pela Prefeitura com o sorteio de nove bicicletas e uma moto.
“Tenho certeza que será um dia de descontração e alegria para todos os trabalhadores de Ipanguaçu” afirma o secretário, que ainda informa que o sorteio acontecerá as 15hs na praça da capela do Arapuá, e logo mais as 21hs o show de Almir dos Teclados.

Fernando Neto ainda frisa que a Prefeitura Municipal vem apoiando a festa do padroeiro na comunidade de diversas formas, incentivando a cultura local e as comemorações.

Gestantes recebem kits com enxoval para os bebês


Em Ipanguaçu, as gestantes têm prioridade. Por meio do Programa de Assistência a Gestante, uma iniciativa da Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Assistência Social, as futuras mamães têm recebido todo o acompanhamento necessário neste período de suas vidas, que começa com o pré-natal e se estende até depois de darem à luz.

Uma das ações que integra este projeto refere-se à entrega do kit enxoval às mulheres, que são acompanhadas pela rede de Saúde e de Assistência Social.

Nesta quarta-feira (27) a primeira dama e secretária de Assistência Social, Cristina Oliveira, fez à entrega dos kit’s enxoval sendo contempladas mais de 12 gestantes só este mês.

Cristina Oliveira, fala que os requisitos básicos para participarem do programa é esta cadastrada no Programa Bolsa Família e estar em dia com a carteirinha do pré-natal. “O programa consiste em oferecer acompanhamento de pré-natal às mulheres grávidas da cidade, durante os meses de gestação de seus filhos. Por meio desta ação, elas passam por consultas periódicas com médico nas unidades de Saúde do município, além de participarem de palestras educativas, que abordam vários temas como, aleitamento materno, saúde bucal do bebê, nutrição, e de oficinas para a criação do próprio enxoval entre outros” disse ela.

Em 2010 a Prefeitura beneficiou mais de 150 grávidas de todo o município, entregando o enxoval composto por banheira, fralda descartável, sapato, meia, escova, bolsa, toalha entre outros, são mais de 12 itens para o bebê. Mas para recebê-lo, a futura mamãe tem que participar do programa de pré-natal, desenvolvido nas unidades da Rede Municipal de Saúde da cidade.

A secretária frisa que a preocupação é com as mamães e seus filhos, “por isso, procuramos fazer todo o acompanhamento desde os primeiros meses de gravidez até após o nascimento do bebê. Para isso, desde que assumimos não estamos medido esforços e tem aplicado recursos para atendê-los da melhor maneira possível”, ressalta Cristina Oliveira, que afirma que o programa já ajudou diversas mães a não realizarem o aborto ou darem seu próprios filho, “Após a primeira participação dessas gestantes no programa, elas saíram com outra ideia e continuaram todo o processo da gravidez”.

Governo do RN extingue escolas estaduais em Natal e no interior


Da Redação do DIARIODENATAL.COM.BR
A governadora Rosalba Ciarlini, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (27), a extinção de sete escolas estaduais de ensino fundamental, alegando falta de alunos. Já no município de Antônio Martins, a medida foi tomada após ser decretada a aposentadoria da professora, cuja residência funcionava o estabelecimento de ensino. De acordo com a publicação os professores, servidores e alunos das escolas serão remanejados para outras instituições mais próximas.
Dentre as entidades afetadas está a Escola Estadual Professor Bartolomeu Fagundes (Natal/RN), Escola Estadual José Maria do Nascimento (Bodó/RN) Escola Isolada Francisco Pereira (Frutuoso Gomes/RN), Escola Estadual Jacu (Martins/RN), Escola Isolada Alto do Bonfim (Rafael Godeiro/RN), Escola Estadual Professora Dina Nunes de Brito (Umarizal/RN), e a Escola Isolada Serrinha do Major (Antonio Martins/RN).



Monitoramento: Açude Pataxó e Barragem Armando Ribeiro

Hoje (27) o Açude Pataxó, em Ipanguaçu, amanheceu apresentando um transbordamento de 16 centímetros, o que significa um aumento de 56,25% em relação ao início da noite de ontem.

Houve aumento também do volume de água na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves. Segundo informações repassadas esta manhã, faltam cerca de 34 centímetros para a sua “sangria”.

Escrito por Rodrigo Medeiros