i

sexta-feira, 11 de março de 2011

Prefeitura de Ipanguaçu lançará Pelc no domingo

No próximo domingo, dia 13, será realizado o lançamento do Programa Esporte e Lazer na Cidade (PELC). A atividade, organizada pela Prefeitura Municipal Ipanguaçu através da Secretaria de Esporte e Lazer por meio de convênio entre a administração municipal e o Ministério do Esporte. O lançamento será realizado no Teatro Municipal Maria Eugênia Maceira Montenegro, no centro da cidade, a partir das 10h.

O programa consiste em atividades de esporte e lazer destinadas a crianças, jovens, adultos e pessoas da terceira idade. O programa tem como finalidade o funcionamento de núcleos de esporte recreativo e de lazer, indicado para todas as faixas etárias.

Segundo o coordenador, João Batista da Silva, o projeto é mais um beneficio que vai atender o município como todo, estendendo por todas as comunidades, onde visa supri as carências de políticas publicas e sociais que atendam as crescentes necessidades e demandas da população por esporte recreativo e lazer. Sobre tudo daquela em situação de vulnerabilidade social e econômica, reforçadoras das condições de injustiça e exclusão social a que estão submetidas. “Mais de mil crianças, jovens, adultos e idosos foram atendidas no ano passado, neste ano queremos alcançar um numero ainda maior” frisa o João Batista. 

O programa (PELC) visa garantir e ampliar o acesso ao esporte recreativo e ao lazer de forma articulada ao principio do fortalecimento do poder publico local do controle social de recursos públicos da transparência administrativa e da participação cidadã. A democratização do acesso ao esporte e lazer orientado por uma perspectiva emancipadora, critica e criativa das relações pratica sociais e humanas. 

A solenidade de lançamento contará com a participação do Prefeito municipal, Leonardo Oliveira, representantes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), do Ministério do Esporte e da deputada Federal, Fátima Bezerra.

O conveio do programa foi assinado em fevereiro deste ano no campus do IFRN em Natal onde contou com a participação de mais seis municípios do estado, entre eles, a cidade de São Tomé, Lagoa de Velhos, Messias Targino, Parelhas, São Miguel do Gostos e Serra Negra do Norte.

Barragem Armando Ribeiro já acumula mais de 2 bilhões de metros cúbicos

Da manhã da sexta-feira, dia 4, até esta quinta-feira o nível da cota da barragem Armando Ribeiro Gonçalves aumentou em mais de meio metro.


Na sexta-feira (4) a cota era 52,27m. Nesta quinta-feira (10) a cota passou para 52,90m. Uma elevação de 63 centímetros. Faltam 2,10 metros para a sangria do reservatório.

O volume d’água acumulado já é de 2,031 bilhões de metros cúbicos. A barragem está com oitenta e cinco por cento de sua capacidade máxima de armazenamento hídrico, que é de 2,4 bilhões de metros cúbicos.

A vazão da comporta da barragem foi elevada para 20,84 metros cúbicos d’água por segundo.

Vale recebe simulado até o final do mês

Até o final deste mês, a região do Vale do Açu será palco de um grande simulado envolvendo o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil estadual.


O assunto foi discutido nesta quinta-feira, 10, entre o Coordenador Estadual da Defesa Civil, Tenente Coronel Josenildo Acioli, e o prefeito de Assu, Ivan Lopes Júnior, em encontro realizado na Prefeitura de Assu.

O encontro foi para apresentar projetos estratégicos visando preparar a região do Vale do Açu e cidades vizinhas para o enfretamento de desastres naturais, como enchentes e deslizamentos de terra. A preocupação maior é com o sangramento da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, que já causou desastres em anos anteriores.

O tenente coronel Acioli informou que a realização do simulado depende do repasse de algumas informações que foram solicitadas às prefeituras que fazer parte do Vale do Açu. São dados importantes sobre abrigos temporários e quantidade de famílias que vivem em áreas de risco. O prazo para a entrega das informações é no dia 25 de março próximo.
Os dados serão repassados para a governadora Rosalba Ciarlini, que vai decidir quando será realizado o simulado. "O objetivo é realizar a operação até o final deste mês ou, no máximo, no início do mês seguinte", adiantou Acioli.

O coordenador da defesa civil estadual ressaltou que a realização do simulado é importante para preparar a população e os servidores públicos, administrativamente e operacionalmente, para atuarem em casos de desastres. 

Outro ponto discutido no encontro realizado em Assu foi a implementação e estruturação das Coordenadorias Municipais e dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil, visando ampliar as ações da Defesa Civil nas localidades onde não existe o serviço, e a reestruturação das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil nos municípios que já oferecem o serviço.

Ivan Júnior informou que também ficou definido que será realizado um curso sobre alguns procedimentos a serem adotados em casos de desastres naturais. Ele acrescentou que o encontrou foi importante e anunciou que vai lutar para instalar uma corporação do Corpo de Bombeiros em Assu. "Sabemos da importância de todas essas ações para a prevenção de acidentes, sendo essencial, então, contar com a presença do Corpo de Bombeiros em nosso município", ressaltou o prefeito.

Fonte: Jornal de Fato