i

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Prefeitura de Ipanguaçu antecipa matriculas para alunos com necessidades educacionais especiais

A rede municipal de ensino do município de Ipanguaçu já está efetuando as matriculas para o próximo ano letivo dos alunos com necessidades especiais. Desde o dia 19 de outubro os pais ou responsáveis estão comparecendo para assegurar a vaga dos estudantes. O período antecipado de matrículas se estende até o dia 22 de novembro.

“Esperamos que os pais compareçam. Com a efetivação da matricula a secretaria conseguirá providenciar as melhores condições de acessibilidade aos estudantes, observando as necessidades e particularidades de cada um e organizando todo o material pedagógico a ser utilizado”, fala a secretária de Educação de Ipanguaçu, Jeane Dantas.

Para efetuar a matricula dos estudantes especiais devem levar a seguinte documentação: comprovante de residência, cópia da certidão de nascimento ou cartão de vacinação. Para os alunos do Ensino Fundamental é exigido também o histórico escolar.

As matriculas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental estão sendo realizadas nos turnos manhã e tarde. Já as matriculas de EJA poderão ser efetuadas no turno da noite.

Ano letivo
De acordo com a secretaria municipal de Educação, o ano letivo de 2012 deverá ser encerrado no próximo dia 22 de dezembro. As matriculas para novos alunos devem acontecer em janeiro de 2013.

Em 2012 a rede municipal de ensino matriculou 2.700 estudantes, sendo 60 com necessidades especiais. A expectativa é que este número cresça no próximo ano.

Gestor quer revitalizar discussão do projeto de desassoreamento de rio


Rio_Pataxo
Superado o instante eleitoral, agora o prefeito reeleito de Ipanguaçu, Leonardo da Silva Oliveira (PT), pretende provocar o recrudescimento do debate em torno da realização da obra de completo desassoreamento do leito do rio Pataxó.

Para ele, é um investimento vital e indispensável para que o município não volte doravante a padecer dos problemas que enfrentou nas enchentes verificadas nos últimos anos.

O mandatário municipal entende que o empreendimento é a única opção verdadeiramente capaz de minimizar a ameaça de inundação que Ipanguaçu enfrenta sempre que há períodos de inverno rigoroso e que provocam o transbordamento d'água do açude público de Pataxó para dentro do leito do rio homônimo. Leonardo Oliveira observou que, hoje, a preocupação maior é com a seca que traz uma série de consequências negativas para o homem do campo.

Entretanto, vê como inadiável que se possa avançar de modo efetivo no sentido de pôr em prática o projeto de dragagem do rio para que, quando se observar nova temporada de chuvas, o risco de alagamentos em grandes proporções, como os verificados em anos recentes, não se repita. Por isso ele quer recomeçar a discussão sobre tal empreendimento imediatamente. E, imbuído deste propósito, quer retomar o diálogo como Governo do Estado.

POSTURA
"Agora pretendemos cobrar intensamente do Governo do Estado a realização dessa obra", reafirmou o chefe do Executivo municipal. Leonardo Oliveira lembrou que, para tal ação, o Estado dispõe de recursos da ordem de R$ 7,3 milhões, repassados pelo Governo Federal - via Ministério da Integração Nacional. "Queremos que o desassoreamento do rio Pataxó seja feito de uma vez por todas", sublinhou o prefeito ipanguaçuense.

Fonte: O mossoroense

Prefeitura de Ipanguaçu alerta beneficiários do Bolsa Família para que cumpram condicionalidades

 As famílias beneficiárias do programa Bolsa Família participaram na manhã desta quinta-feira (08) de uma reunião informativa sobre as condicionalidades determinadas pelo programa social. O evento, promovido pela prefeitura de Ipanguaçu, foi sediado na Câmara Municipal.

A intenção da secretaria de Assistência Social é conscientizar as famílias que estão descumprindo as exigências. O acompanhamento escolar das crianças e adolescentes, uma das exigências estabelecidas pelo Governo Federal para que as famílias recebam o benefício, é um dos principais problemas encontrados no município.

Segundo a secretária de Assistência Social, Cristina Oliveira, a família do aluno que tiver frequência escolar inferior a 85% poderá ser notificada e corre risco de perder o beneficio.

“Independente de assegurar o benefício, é importante que os pais orientem e incentivem seus filhos a frequentarem a sala de aula, de forma a melhorar o desempenho escolar do seu filho, assegurado que tenham uma educação de qualidade” disse Cristina.

Foram convocadas para a reunião 70 famílias beneficiárias do Bolsa Família que atendem o perfil para o cumprimento das condicionalidades. “Além de avaliar o estado educacional da criança, também é possível verificar o desempenho na saúde das de cada membro da família. São essas informações que permitem a avaliação dos resultados efetivos do Bolsa Família, buscando a melhoria da condição de vida dos beneficiários”, afirma a secretária.

Programa

Podem fazer parte do Programa Bolsa Família as famílias com renda mensal de até R$ 140,00 por pessoa, devidamente cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

O Programa Bolsa Família busca a inclusão social das famílias por meio da transferência de renda e da garantia de serviços essenciais. O objetivo é combater a pobreza e outras formas de privação, além de criar a possibilidade de emancipação dos grupos familiares, diminuindo a desigualdade social.

Ufersa matriculará alunos veteranos de 15 a 19 deste mês

ufersa_2

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) realizará matrículas dos alunos veteranos para o 2° II Semestre de 2012, de 15 a 19 deste mês. O prazo é válido também para os alunos transferidos e diplomados do último processo de seleção.

As solicitações de matrícula deverão ser feitas exclusivamente no Sistema Acadêmico, na Internet, no endereço www.sigaa.ufersa.edu.br. As disciplinas abertas para o semestre 2012.2 já podem ser visualizadas no sistema.
O pró-reitor de Graduação da Ufersa, professor Augusto Carlos Pavão, informa que, caso alguma disciplina tenha a matrícula indeferida, o aluno poderá tentar se matricular em outra turma no período de 21 a 23 de novembro.
Já os alunos novatos estão automaticamente matriculados nas turmas do primeiro período, que será cursado no segundo semestre letivo, que começará dia 26 deste mês e se estenderá até o dia 10 de abril de 2013.
O semestre será cursado entre 2012 e 2013 por causa da readequação do calendário acadêmico decorrente da greve geral nas universidades federais brasileiras, entre as quais a Ufersa, que durou 115 dias e foi encerrada no último dia 11 de setembro. 
UERN
Em relação à Uern, a matrícula dos alunos regulares veteranos dos cursos do Campus Central e Campi Avançados será feita de 19 a 23 deste mês, de acordo com a situação curricular do aluno e datas estabelecidas em edital. Os alunos novatos, com ingresso no segundo semestre letivo, matricularam-se dias 23 e 24 de outubro.
A matrícula será feita nas Unidades Universitárias/Departamentos Acadêmicos com o acompanhamento direto do Departamento de Admissão e Registro Escolar (Dare/Proeg). As matrículas dos alunos vinculados aos Núcleos Avançados de Educação Superior (Apodi, Caraúbas, Macau, Alexandria, São Miguel, Umarizal, Touros, Nova Cruz e Santa Cruz) serão realizadas no respectivo campus ao qual o curso está vinculado.

O mossoroense

Dilma quer novo encontro com Obama “em breve”


A presidente Dilma Rousseff parabenizou o colega americano Barack Obama pela reeleição, e defendeu ampliar as relações comerciais e de investimentos entre os dois países. A dirigente brasileira também manifestou a intenção de reencontrar o presidente dos EUA “em breve”, segundo a Folha de S. Paulo.
Os dois líderes tiveram uma conversa telefônica no início da tarde desta quinta-feira (8), que durou cerca de dez minutos. Segundo a assessoria do Planalto, Obama afirmou que gostaria de fortalecer a parceria entre os dois países e que vê potencial para expandir as relações bilaterais nos próximos anos. Os Estados Unidos são atualmente o segundo maior mercado de produtos brasileiros, atrás da China.
Dilma reafirmou ao presidente norte-americano que a reeleição dele foi importante para o Brasil e para o mundo.

Óculos biônicos reforçam imagens para deficientes visuais


Enquanto os olhos biônicos não atingem o estágio da praticidade, óculos biônicos podem ser a solução.
A novidade está sendo desenvolvida pelo Dr. Stephen Hicks, da Universidade de Oxford (Reino Unido), que está atualmente tentando transformar o invento em produto e colocá-lo no mercado.
O aparelho é voltado para pessoas que tenham perda quase total da visão, como os pacientes acometidos de degeneração macular relacionada à idade e retinopatia diabética.
“Estamos falando de deficiências visuais onde a pessoa é capaz de detectar a própria mão se movendo frente ao seu rosto, mas não consegue definir os dedos,” explica o Dr. Stephen.