i

quinta-feira, 22 de março de 2012

Dilma vai à Índia participar da 4ª reunião do Brics

 Nos próximos dias, a presidenta Dilma Rousseff viaja para Nova Delhi, na Índia. Ela participa, no dia 29, da quarta reunião do bloco que reúne o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul - Brics.  As discussões serão dominadas pelos debates econômicos e financeiros, além de políticas de segurança e paz, assim como o esforço conjunto para o desenvolvimento sustentável, um dos pilares para a redução da pobreza.

Além de Dilma, participarão dos debates os presidentes Dmitri Medvedev (Rússia), Hu Jintao (China) e Jacob Zuma (África do Sul), e o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh. As conversas ocorrem em um momento de incertezas devido à crise econômica internacional que ainda causa impactos na Europa e nos Estados Unidos.

Nas reuniões, os líderes políticos querem consolidar a decisão de transformar o Brics em referência no cenário econômico e político internacional. A ideia é ampliar as relações comerciais internas e externas, incentivando a expansão dos mercados exportadores e importadores. Uma comitiva de cerca de 60 empresários acompanha a presidenta e os ministros.

As autoridades brasileiras, com o apoio dos empresários, querem mostrar que o mercado exportador do Brasil não se resume aos produtos agrícolas. Na comitiva presidencial, há empresários de diversos setores, incluindo o de tecnologia de ponta, que participarão do Fórum Empresarial, com a presença de representantes de todos os países que integram o bloco.      
ABRDilma vai a Nova Delhi para reunião do Brics
Dilma vai a Nova Delhi para reunião do Brics

Ao final dos debates, os líderes políticos assinarão documentos estabelecendo que todos os integrantes do Brics pretendem ampliar os acordos bilaterais, por intermédio de suas instituições bancárias de desenvolvimento econômico, utilizando moedas locais. No caso do Brasil, o acordo será firmado com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Paralelamente, os líderes pretendem aprovar uma declaração em defesa da paz e da segurança no Oriente Médio e Norte da África. Os destaques do texto devem ser a crise na Síria, em decorrência do agravamento da situação de violência, e o acirramento das tensões no Afeganistão, depois do massacre de 16 civis por um militar norte-americano.

A presidenta se prepara para viajar no próximo dia 26. No dia 28, ela terá um jantar com Medvedev, Hu Jintao e Zuma, oferecido pelo governo da Índia. No dia 29, a manhã e a tarde serão dedicadas às reuniões do Brics. Ela terá ainda encontros com todos os presidentes da República e o primeiro-ministro da Índia. A previsão é que Dilma faça dois discursos ao longo do dia e uma declaração à imprensa ao final. No dia 31, ela deverá estar de volta ao Brasil.

* Fonte: Agência Brasil

Ex-prefeito de São Paulo do Potengi condenado a devolver R$ 265 mil

O Tribunal de Contas do Estado, através da Primeira Câmara, condenou o ex-prefeito de São Paulo do Potengi, José Leonardo Cassimiro, a devolver mais de R$ 265 mil aos cofres públicos por irregularidades na prestação de contas do ano de 2005.

O ex-gestor não apresentou a relação dos beneficiários com a distribuição de material referente à despesa no valor de R$ 265 mil. Além disso, o corpo técnico apurou que foram gastos R$ 15 mil em diárias sem finalidade pública. No processo, ainda foi detectado a contratação de assessoria jurídica sem concurso público e ausência de ordem de serviço.

No voto, o conselheiro relator Marco Antônio de Moraes Rêgo Montenegro ainda pediu a aplicação de multas no valor de R$ 1 mil pela contratação sem concurso público, R$ 25,61 ante o pagamento indevido de taxas bancárias e multa de 15% sobre o montante dos débitos descritos. O ex-prefeito ainda vai responder por improbidade administrativa junto ao Ministério Público Estadual. Cabe recurso da decisão.

Ipueira

Ao analisar a prestação de Contas do Município de Ipueira referente ao ano de 2006, o corpo técnico do Tribunal de Contas encontrou irregularidades propondo a devolução ao erário municipal do valor de R4 161 mil. O gestor da época não prestou contas do recurso empregado na distribuição de material.

No voto, o conselheiro relator Marco Antônio de Moraes Rêgo Montenegro determinou a aplicação de multa de 15% sobre o referido débito, além de mais R$ 1 mil ante o pagamento de tarifas bancárias incidentes sobre o saldo devedor. Foi recomendado ainda que os autos sejam encaminhados ao Ministério Público Estadual para apuração de responsabilidades.

VT

Meteorologista afirma que vai chover acima da média no Nordeste

O meteorologista da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), Gilmar Bristot, participou em Recife/PE, da reunião de Análise e Previsão Climática para o setor Norte do Nordeste do Brasil, que confirmou a previsão de chuva no semiárido e litoral do Rio Grande do Norte. As chuvas no interior do Estado durante o inverno serão normais ou abaixo do normal. Já no litoral da Região, há preocupação com os ventos que podem ocasionar chuvas fortes.
Segundo Gimar Bistroit, as chuvas só deverão cair a partir da próxima semana na região semiárida do Estado. No litoral, as precipitações deverão se concentrar mais nos meses de abril, maio e meados de junho. Ele chama a atenção para a possibilidade de ocorrência de chuvas mais fortes nessa região. “É preciso ficar atento e nós vamos emitir boletins de alerta quando necessário”, disse.
Uma análise da previsão das condições oceânicas e atmosféricas da EMPARN realizada em novembro passado, mostraram a continuidade do fenômeno La Niña no Oceano Pacífico Equatorial. Há tendência de que permaneça assim até o primeiro semestre de 2012. Anomalias positivas da temperatura da superfície do mar aliadas a um predomínio de normalidade no Oceano Atlântico, indicam tendência de chuvas variando entre normais e acima da média sobre o Nordeste do Brasil.
Publicado por Robson Pires,

Ministro do TCU vistoria as obras do Arena das Dunas

Objetivo era fiscalizar os recursos federais para construção do estádio para a Copa de 2014 e as obras de mobilidade urbana.

Lara Paiva/Nominuto.com

"O Rio Grande do Norte está indo muito bem", disse Campelo.
Saiba mais

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Valmir Campelo, realizou uma vistoria às obras do estádio Arena das Dunas, onde vão acontecer alguns jogos da Copa do Mundo de 2014. O objetivo da visita de Campelo à Natal foi fiscalizar as verbas federais utilizadas pelo Governo do Estado.

Além disso, o ministro queria saber como está o andamento das obras de mobilidade urbana, o estádio e o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. Além do ministro e os fiscais do ministério, participaram da visita ao Arena das Dunas: a governadora Rosalba Ciarlini (DEM); o secretário Extraordinário da Copa 2014, Demétrio Torres, e o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN), Valério Mesquita.

Rosalba Ciarlini falou que está bastante contente com a visita do ministro à Natal. Para ela, isso é uma forma de mostrá-lo o que está acontecendo na cidade. “Quanto mais o ministro souber do andamento das obras em Natal, mais rápido elas serão terminadas”, disse a governadora.

A visita do ministro também foi para negociar a entrada de recursos federais para acelerar as obras de mobilidade urbana na Avenida Roberto Freire e no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. “Essas obras são fundamentais para o nosso Estado”, comenta Ciarlini. A intenção é que as obras da Roberto Freire estejam prontas em dois anos.

O Ministro falou que o relatório, publicado em fevereiro, foi uma forma de chamar atenção dos governantes para que o Estádio Arena das Dunas não fosse usado somente para as partidas de futebol, mas também para apresentações musicais. Valmir Campelo disse que tanto o TCU, o TCE-RN e o Governo querem que o estádio também tenha outras finalidades.

Lara Paiva/Nominuto.com
Ministro esteve acompanhado da governadora Rosalba Ciarlini e do secretário Demétrio Torres.

Segundo o ministro Valmir Campelo, o andamento das obras depende do projeto arquitetônico que foi elaborado e que cada obra tem as suas particularidades, o seu ritmo. Em fevereiro, o TCU divulgou o relatório em que dizia que a obra estava bastante atrasada e que o estádio tinha risco de se transformar em “elefante branco”.


Ao ser questionado sobre o que ele acha do andamento das obras, o ministro evitou comparar as obras das outras cidades, mas que ele acha a construção está indo muito bem. “O Rio Grande do Norte está indo muito bem. O uso dos recursos financeiros estão regulares”, respondeu Valmir Campelo.

Logo após a visita, o ministro Valmir Campelo vai realizar uma visita técnica com os presidentes do Tribunal de Contas de Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Ceará, Pernambuco e Bahia.

Para Valério Mesquita, presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN), a visita do ministro serve “para abraçar diretrizes, interações em todos os estados que vão sediar a Copa de 2014”.

Lara Paiva/Nominuto.com
Visita nas 12 cidades-sede será contínua e que pode haver mais visitas ao longo do ano.

De acordo com os técnicos do Ministério do Tribunal de Contas da União, a visita nas 12 cidades-sede será contínua e que pode haver mais visitas ao longo do ano. 


Sobre a construção do Arena das Dunas, o diretor de marketing do estádio, Artur Couto, disse já atingiram mais de 22 % do cronograma. "As obras do estádio estão acima do que foi planejado", falou Couto. A obra está na fase de fundações, foram colocadas 2300 das 3300 estacas que serão postas no estádio.

Fonte: Nominuto.com