i

terça-feira, 8 de junho de 2010

CENTRO DE INTEGRADO DE CIDADANIA DE IPANGUAÇU ABRE NOVAS VAGAS PARA CURSO DE INFORMÁTICA



A Prefeitura de Ipanguaçu através da secretaria de Assistência Social abrirão o processo de inscrição que acontecem no período de 8 a 10 de junho as inscrições podem ser feitas no CIC- Centro Integrado de Cidadania, na Rua 23 de Dezembro, nos horários das 8:00hs as 11:30hs e 13:00 as 17:00hs, as vagas são destinadas aos alunos maiores de 16 anos. A prefeitura está disponibilizando 100 vagas para o curso de informática.

Segundo o coordenador do CIC, Ailton França para realizar o processo de inscrição basta ir ao Centro Integrado de Cidadania munidos da carteira de identidade e CPF. “É necessários os interessados irem aos primeiros dias de inscrição, pois o curso é muito procurado e nos dois primeiros dias as vagas são preenchidas”, conclui Ailton.

O curso de informática tem duração de três meses com carga horária de 48horas/aulas, com os módulos; Introdução do Linux (sistema operacional); open Office writs (editor de texto); open Office cole (Planilha eletrônica); open Office impress (editor de apresentação) e internet.


PUBLICIDADE:


PAVIMENTAÇÃO DO BAIRRO TRAVESSA ITÚ É INICIADA


O prefeito Leonardo da Silva Oliveira assinou ontem (07) em seu gabinete a ordem de serviço de pavimentação do Bairro Travessa Itú (bairro Pinheirão).
Segundo o secretário de obras e Urbanismo Luzinaldo Oliveira e Genilo Rodrigues secretário adjunto, a obra está orçamentada em R$ 202, 42,55, com cerca de 8.742M² estará sendo totalmente pavimentada. A pavimentação dará acesso/ligação com o bairro Maria Romana. 

O secretário adjunto de obras e urbanismo Genilo Rodrigues, conta também que a secretaria está juntamente com a secretaria de agricultura e meio ambiente desenvolvendo a arborização do município. “Estamos colocando as gramas, pequenos arbustos e palmeiras nas praças da cidade, estamos agora no bairro Presidente Lula recuperando a praça construindo novos bancos e faremos alguns reparos na quadra, dando uma nova pintura, vamos também arborizar a praça, e a frente da escola municipal Maria Rizomar como também o posto de saúde do bairro. Queremos ver os bairros da nossa cidade, mais aconchegante de cara nova para que possamos nos sentir a vontade”, conclui Genilo. 

PUBLICIDADE:

PREFEITO VIAJA Á NATAL A FIM DE COBRAR RECURSOS INCLUÍDOS NO PAC2


O prefeito Leonardo da Silva Oliveira viajou hoje (08), à Natal decidido estabelecer contatos e sentar-se com representantes da Caixa Econômica Federal a fim de cobrar recursos incluídos no PAC2 - Programa de Aceleração do Crescimento, para beneficiar principalmente a infra-estruturara do município, na quarta-feira (09), assim como dezenas de gestores do estado, o prefeito também receberá o Presidente Lula que virá á capital potiguar nesta quarta-feira, inaugurar uma Unidade de Pronto Atendimento - UPA e assinar o decreto que autoriza o modelo de concessão para a conclusão das obras e a operação do novo aeroporto de São Gonçalo do Amarante.

O prefeito Leonardo Oliveira deverá está de volta a cidade ainda na quarta-feira onde na quinta (10) participará na câmara municipal de Ipanguaçu do encontro da Agenda de Reunião da Região Administrativa de Assú. 

PUBLICIDADE:

IPANGUAÇU: PROJOVEM APARECE COMO INSTRUMENTO DE INCLUSÃO SOCIAL


O Programa Projovem do Governo Federal presente em Ipanguaçu, visa promover a inclusão social de jovens, qualificando e valorizando a sua participação através atividades sócio-educativas. Em Ipanguaçu, cerca de 90 jovens são assistidos e envolvidos por meio de dança, teatro e música.

O Projovem também visa complementar a proteção social básica criando mecanismos para garantir o direito a convivência familiar e comunitária e criar condições para inserção de permanência dos governos no sistema de ensino.

Conforme informação checada junto a direção do CRAS em Ipanguaçu, diversas ações estão sendo desenvolvidas no âmbito da instituição, e vêm atendendo jovens com idade entre 14 e 17 anos, prioritariamente os cadastrados no programa Bolsa Família, egressos do PETI, jovens em situação de vulnerabilidade social ou de risco e ainda os encaminhados do Conselho Tutelar.

"Estamos trabalhando nesse período o tema Cultura, esporte e Lazer pois, é uma recomendação que seguimos da instância maior. O governo estabelece a linha de projetos que devemos explorar e adaptamos os mesmos a nossa realidade", conta Emanuele Oliveira.

O grupo responsável pelas atividades do Projovem em Ipanguaçu é formado pelas orientadoras sociais Cristiane Betânia, Edinalva dos Santos e Riza Maria. Essa equipe, promove palestras sobre temas transversais como Direitos humanos, Saúde, Educação e dentre outros. "O objetivo dessas palestras ministradas pelas orientadoras, objetiva sensibilizar todos os jovens para as questões que dizem respeito a eles mesmos", destaca Emanuele.

Os instrutores oficineiros de Cultura são Ronystaine de Melo (aulas de dança e teatro), e Nazareno Júnior (aulas de violão), e são ministradas ás segundas-feiras, terças e quartas. Viagens e excursões estão sendo agendadas para os próximos dias, a fim de que a juventude passe a conhecer outra realidade e adquira outros conhecimentos.

O CRAS de Ipanguaçu, é tido por muitos como uma das principais unidades que propicia o acesso de uma grande percentagem de pessoas. O CRAS já é realidade em mais de 600 municípios do país, e conta uma equipe eficiente no atendimento e acompanhamento ás famílias que necessitam de proteção social. "A população dispõe da Psicóloga Aryanne Tavares e a Assistente Social Emanuele Oliveira", ressalta a mesma.

Cassimiro Jr.
Assessoria de comunicação 
PMI
PUBLICIDADE:

COMISSÃO PRÓ-SELO DE IPANGUAÇU PARTICIPA DO I FÓRUM COMUNITÁRIO


Na manhã de ontem, segunda-feira (07), O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) reuniu, representantes dos 165 municípios do Rio Grande do Norte para discutir detalhes da metodologia do “Selo Unicef Município Aprovado”, um certificado criado pela representação no Brasil para estimular ações destinadas à melhoria da qualidade de vida e inclusão social de crianças e adolescentes. No ano passado, dos 165 que se inscreveram 43 foram contemplados, a maioria municípios de pequeno porte, onde ações nas áreas de saúde e educação têm forte impacto nos indicadores do selo.

O encontro Estadual sobre a Metodologia do 1º Fórum Comunitário foi realizado no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves, ao lado da Rodoviária da Cidade da Esperança, das 8h às 13h onde reuniu os articuladores municipais do Selo, os presidentes de Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente e um adolescente de cada um dos municípios participantes.
A comissão pró-selo de Ipanguaçu esteve presente entre eles estava: o articulador Pró-Selo Unicef - Município Aprovado de Ipanguaçu, Fernando Neto, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente(CONDCA), Maria das Graças, a adolescente Lara Fonseca e a assessoria de comunicação do pró-selo Keyson Cunha.
A representante dos adolescentes de Ipanguaçu, Lara Fonseca deu seu depoimento no Iº Fórum, segundo Lara o selo é mais importante do que eu esperava, "O Unicef busca a melhoria na qualidade de vida não só minha mais de todas as crianças e adolescentes, do Brasil e do mundo busca os direitos que muitos ainda não têm conhecimento" conclui a adolescente

Estiveram presentes na abertura da solenidade varias autoridades do Rio Grande do Norte entre elas a Prefeita de Natal, Micarla de Souza, juntamente com a coordenadora do Unicef para o Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí, Ana Márcia Diógenes que explicou todo os detalhes do fórum municipais que deverá acontecer nos municípios.

O Fórum Comunitário é uma estratégia da metodologia do selo para promover o fortalecimento da participação social nos processos de planejamento, execução, monitoramento e avaliação das políticas públicas para a população até 18 anos de idade.

Lideranças locais ligadas a grêmios escolares, associações de bairro, grupos religiosos, sindicatos, entre outras organizações da sociedade civil, são convidadas a trabalhar conjuntamente na elaboração de um diagnóstico da situação das crianças e adolescentes e da qualidade dos serviços públicos disponíveis no município. Os participantes também elaborarão um Plano de Ação, definindo o que precisa ser feito para melhorar o atendimento à infância e adolescência.

A partir da análise do conjunto de indicadores sociais nas áreas de saúde, educação e proteção, os municípios deverão organizar, até o final de setembro deste ano, uma reunião pública ou Fórum Comunitário com os diversos segmentos da comunidade local para discutir as melhores formas de garantir os direitos de crianças e adolescentes nos municípios. Em âmbito nacional, discussão semelhante vem sendo feita no país em comemoração ao 20º aniversário do Estatuto da Criança e do Adolescente.
 
Criado em 1999, o Selo Unicef foi desenvolvido inicialmente no Ceará. Em 2006 chegou ao Rio Grande do Norte e a outros estados nordestinos.

PUBLICIDADE: