i

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes promoverá preleção sobre Pastoral da Sobriedade em dezembro

- Por Jornal O Mossoroense

Em data ainda a ser oficialmente definida, mas que se observará durante o curso da primeira quinzena de dezembro próximo, estará sendo realizada uma palestra que enfatizará a importância da Pastoral da Sobriedade, no município de Ipanguaçu, região do Vale do Açu. 

Quem está à frente da realização é a paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, através de seu representante maior, padre Francisco Cézar de Bessa. 


O evento terá lugar ao plenário da Câmara Municipal, segundo foi antecipado pelo sacerdote. Internamente, o vigário alimenta a expectativa de que o acontecimento possa alicerçar uma possível estruturação da Pastoral no âmbito da paróquia sob a sua responsabilidade. "A Pastoral da Sobriedade é a ação concreta da Igreja na prevenção e recuperação da dependência química", registrou o pároco.

Ele contou que a Pastoral da Sobriedade se constitui num organismo vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A preleção em Ipanguaçu será aberta à participação de toda a coletividade, e terá a presença do coordenador da Pastoral na instância da Arquidiocese de Natal, Carlos Roberto de Oliveira. "Ele [o coordenador] é especialista no assunto e será uma excelente programação", destacou padre Cézar Bessa.

"A dependência química é hoje um problema sério e se transformou num flagelo para as famílias", registrou o religioso católico, acrescentando que a realização tem, fundamentalmente, o caráter de procurar dar uma contribuição para o enfrentamento do problema. O padre frisou que a palestra possui um vasto conteúdo, uma vez que o preletor dá dicas e sugestões valiosas para ajudar a quem desejar viver sóbrio.

Alemanha vai adotar salário-mínimo


Um dos pilares da política econômica da Alemanha está prestes a mudar. Depois de 15 anos de arrocho na renda dos trabalhadores – uma estratégia para aumentar a competitividade da indústria -, a chanceler Angela Merkel anunciou ontem a criação de um salário mínimo no país.

A remuneração geral de base era uma reivindicação antiga dos demais países da União Europeia, que se queixavam do impacto que a baixa remuneração alemã causava nas exportações industriais de nações vizinhas

Paraíba salva abelhas da seca com alimentação artificial

20131122-105209.jpgO xarope de água com açúcar é uma fonte de energia para as abelhas. Esta solução, juntamente com outras técnicas, está sendo utilizada para manter a apicultura na Paraíba, conforme informa a Agência Sebrae de Notícias. Essa e outras saídas para a produção de mel durante o período de estiagem são apresentadas durante o 3º Congresso Nordestino de Apicultura e Meliponicultura, que será realizado em Campina Grande (PB), de quarta (20/11) até sexta-feira (22/11).
De acordo com o gestor do projeto de Desenvolvimento Setorial do Agronegócio do Sebrae na Paraíba, Fabrício Vitorino, outra experiência que tem gerado resultados positivos com os apicultores, principalmente os da Várzea de Sousa, é a verticalização de colmeias, uma novidade no Congresso deste ano. “É um manejo de alta produtividade que está sendo difundido na Paraíba. O método foi trazido de Cuba, há um ano, para o Sertão. Quem segue as orientações, está lucrando e não perde abelhas”, diz.
A dificuldade durante a seca, para a abelha, é achar floradas, alimentos dos mais puros para viver. “Conseguimos socorrer as abelhas utilizando alimentação artificial, que é constituída de uma parte de energia, como o xarope de água com açúcar, e de proteína, como o farelo de soja ou trigo”, ressalta Fabrício. Ele explica que os apicultores atendidos pelo Sebrae foram capacitados e são acompanhados por um consultor especialista em apicultura.