i

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Prefeito Leonardo Oliveira viaja à Brasília nesta terça-feira

O prefeito de Ipanguaçu, Leonardo da Silva Oliveira, viaja nesta terça-feira (05), à Brasília com objetivo de agilizar projetos e em buscar de recursos e apoio para a execução de melhorias e desenvolvimento do Município.

O chefe do executivo adianta que percorrerá os ministérios da Educação, Saúde, Infra- estrutura e Casa Civil para dar andamento nos projetos já assegurados, como também os gabinetes dos deputados para cobrar ações dos parlamentares quanto à liberação de recursos.

“Verei a situação dos processos para a reforma das escolas de Tabuleiro Alto e Língua de Vaca, como também no Ministério do Desenvolvimento Agrário sobre a situação do matadouro público, e a procura de recursos que possam dar inicio as obras da maternidade” disse o prefeito, Leonardo Oliveira.

Leonardo segue na capital federal até quinta-feira (07), onde retorna ao município na sexta-feira.

Secretário de Esportes de Ipanguaçu está visando espaços esportivos para construção de relatório

O Secretário de Esporte e Lazer, Marcos Antônio Oliveira, esta desde a semana passada percorrendo as comunidades do município que contem quadras de esporte com objetivo de construir relatório sobre as estruturas dos espaços esportivos.

Conforme o secretário da pasta, todas as comunidades que estejam dotadas de quadras serão visitadas até o final desta semana, “Já estivemos nas quadras das comunidades de Pataxó e Língua de Vaca, registrando com fotos para anexa ao relatório que será apresentado ao prefeito Leonardo Oliveira, sobre a situação dos espaços esportivos” informa, Marcos Antônio.

Ele explica que com o relatório será mais fácil criar propostas que possam melhorar os ambientes, “Tentaremos encontrar soluções para que sejam realizadas pequenas reformas, conversaremos com o prefeito para viabilizar o que pode ser feito” disse o secretário.

As comunidades de Luzeiro e são Miguel serão as próximas comunidades a serem vistoriadas, no todo serão mais de doze espaços visitados até o final desta semana.

SEBRAE oferece palestra sobre Controle Financeiro em Ipanguaçu

Agência de Apoio ao Empreendedor e Pequeno Empresário (SEBRAE) em parceria com a Prefeitura Municipal de Ipanguaçu realizarão nesta terça-feira (05), nas dependências do Centro de Referência da Assistência Social (Cras), localizado a Avenida João Paulo II no bairro Veneza, ás 15horas onde ocorrerá uma palestra a ser proferida pelo senhor José Ribamar, sobre Controle Financeiro.

Segundo adiantou o secretário de finanças, Washington Fonseca, a palestra é direcionada aos micros empreendedores individuais de Ipanguaçu e demais interessados, como pequenas oficinas, borracharias, doceiras, feirantes, ambulantes e etc. A palestra objetiva auxiliar proprietários de pequenos empreendimentos a administrar as finanças da empresa e transformá-las em ferramentas para decisões eficientes na administração financeira da sua empresa.

“O objetivo maior é mostrar como utilizar ferramentas/instrumentos/processos que possibilitem a organização e o controle financeiro da empresa. Essa palestra será bem interessante para todos que estejam trabalhando como micro empreendedores”, afirma o secretário.

O Sebrae é uma agencia de apoio que oferece diversas soluções para empresas avançadas, ou seja, aquelas que têm algum tempo de mercado e precisam de ferramentas específicas para crescer, inovar e aumentar a competitividade no mercado.

Aeroporto de São Gonçalo aguarda edital para se tornar realidade

Por 
Paulo Nascimento/ 
 Especial para O Poti 

Processo de licitação está previsto para ocorrer em abril, mas processo segue sob análise do TCU desde dezembro

Iniciadas no longínquo ano de 1995, as obras de construção do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante podem sofrer mais um atraso. Concebido num modelo inédito de concessão, onde uma empresa privada construirá e administrará os terminais de passageiros e de cargas, o aeroporto ainda não teve publicado o edital que permitirá a realização do leilão que irá definir a empresa vencedora. Desde dezembro de 2010, o documento está sob análise do Tribunal de Contas União (TCU), de onde deverá seguir para a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero). Embora a expectativa fosse de que edital fosse publicado em abril, não há data para que o processo de licitação seja deflagrado pela estatal. Em fevereiro, o TCU havia prometido celeridade na análise, inclusive reduzindo o prazo dado aos técnicos de 60 para 15 dias - o que não se concretizou.



Aeroporto tem potencial para alavancar a economia do RN, mas sua construção se arrasta há 16 anos Foto:Ana Amaral/DN/D.A Press

O modelo proposto para o Aeroporto de São Gonçalo será único no Brasil, que possuitodos os seus aeroportos administrados pela Infraero. Os acessos ao aeroporto, apesar de já estarem projetados e contratados, ainda não tiveram suas obras iniciadas, agregando mais um problema para a finalização do projeto, que está previsto para 2014, em virtude da realização da Copa do Mundo de Futebol.

Projetado como um aeroporto-cidade, a partir do conceito de "aeroportopolis", criado pelo americano John Kasarda, o terminal que será construído em São Gonçalo será uma enorme alavanca econômica para toda região, tanto no setor de turismo, como serviços e construção, pois prevê não só a construção do terminal de cargas e passageiros, mas sim toda uma infraestrutura que funciona como uma cidade voltada para as características regionais. Como ele, existem apenas outros seis aeroportos no mundo.

Na sua primeira etapa, prevista para ser inaugurada em meados de 2014, o aeroporto receberá toda a demanda de voos comerciais hoje recebidas pelo Aeroporto Internacional Augusto Severo. Segundo números da Infraero, o Augusto Severo recebe, aproximadamente, 2,5 milhões de passageiros por ano. Projeto para ser construído por etapas, o aeroporto deverá alcançar a expressiva marca de 40 milhões de passageiros/ano.

Entretanto esse número é questionado por quem conhece de perto os detalhes do aeroporto. "Primeiro que não há demanda suficiente para todos estes passageiros aqui no Rio Grande do Norte. E segundo, onde irá funcionar o terminal de cargas?", questiona o engenheiro Ibernon Martins Gomes. O engenheiro de 53 anos, dos quais 25 dedicados à Infraero, é quem está a frente das obras em São Gonçalo há mais de 10 anos, como gerente de empreendimentos do órgão federal no RN.

Para Ibernon, não se pode pensar no aeroporto como o maior da América Latina, pois ainda não há demanda suficiente de cargas ou passageiros, pois o maior aeroporto da América Latina em movimentação é o de Guarulhos-SP, que recebe mais de 23 milhões de passageiros por ano. "Certa vez falei que o aeroporto seria um dos sete do mundo com a concepção de 'aeroporto-cidade', como realmente será, e interpretaram que seria o 7º maior do mundo. Não há condições.", explicou o engenheiro.

Segundo ele, o cronograma de obras da Infraero - pista, pátios, drenagem e acessos internos - está dentro do esperado. A reportagem de O Poti/Diário de Natal esteve na pista do aeroporto, que tem 3 quilômetros de extensão e já está pronta, e constatou que o ritmo das obras é intenso. "A pista de pouso já está pronta. Só faltam agora, para finalizar a primeira etapa, concluir a drenagem e a pista de taxiamento, que serão finalizadas até, no máximo, em junho", afirmou Ibernon.

As obras da segunda etapa, que continuarão a serem executadas pelos mais de 300 homens do 1º Batalhão de Engenharia do Exército Brasileiro, sediado em Caicó, estão previstas para serem concluídas apenas em 2013. O projeto prevê que a Infraero terá de entregar daqui a dois anos o pátio das aeronaves e todo o sistema viário de acessos internos da área do aeroporto - que hoje é feito apenas de barro - com pistas asfaltadas e sinalizadas.

Os investimentos federais realizados somam, até agora, R$ 135 milhões e deverão alcançar a cifra de R$ 230 milhões, com aportes financeiros vindos do PAC. Com a concessão sendo fechada, os investimentos totais, somando setores públicos e privados deverá ultrapassar a marca de R$ 1 bilhão. 

PT do Vale se reunirá para discutir novos rumos


O Partido dos Trabalhadores só não vive melhor momento no Vale do Açu por conta de desorganização interna de seus diretórios municipais. A afirmação é de quem conhece muito bem a situação da legenda na região e tem autoridade para analisar a situação: Joildo Lobato, coordenador do polo petista do Vale.

Como parte do trabalho de reestruturação que tenciona empreender no PT da região, Lobato pretende reunir no todos os diretórios ou comissões provisórias para discutirem a situação de cada município; as eleições de 2012; a organização partidária e a organização do Polo, bem como a eleição da coordenação.

A reunião já tem dia, hora e local para acontecer: será no próximo dia 16 de abril, às nove horas da manhã, no Auditório do Sindicato dos Trabalhadores na Lavoura do Açu.

Fonte: Rodrigo Medeiros