i

terça-feira, 26 de abril de 2011

Prefeitura de Ipanguaçu inicia campanha contra gripe

A Prefeitura de Ipanguaçu, através da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou nesta segunda-feira (25) a 13ª Campanha de Vacinação Contra a Gripe, que se estende até o dia 13 de maio. O público-alvo são crianças de seis meses a dois anos incompletos, gestantes em qualquer período da gravidez, idosos (após 60 anos) e trabalhadores dos serviços de saúde.
De acordo a chefe da sala de vacinação, Maria Sulinete da Silva Silvino, a expectativa da prefeitura é imunizar 80% da população, mais de 2.100 pessoas. A grande novidade para este ano de 2011 é que a vacina será conjugada para as gripes comum e gripe H1N1 em uma só dose.

O Dia “D” da campanha será no próximo sábado (30), quando a Unidade Básica de Saúde de Ipanguaçu, no Posto Tiburcio Freire da Silveira, estará em funcionamento das 8h às 17h. Nos demais dias, a vacinação também acontece das 8h às 17h em todos os PSFs e postos de saúde do município.

A prefeitura orienta que a população procure as unidades de saúde para tomar a dose da vacina. “Todos devem comparecer aos postos de atendimentos munidos do cartão de vacina. A vacina contra a gripe não oferece riscos à saúde e pode evitar complicações como pneumonias ou agravamento de doenças crônicas como diabetes”, afirmou a enfermeira Aline Gomes.

A vacina contra a gripe deve ser tomada todos os anos, pois o padrão do vírus que circula no país está sempre em variação. De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina a ser distribuída protege contra os três principais vírus que circulam no hemisfério sul, entre eles o da influenza A (H1N1).

SERVIÇO
Quem será vacinado
Toda a população de 60 anos ou mais, toda a população indígena (acima de 6 meses de vida), crianças com idade entre seis meses e menores de dois anos, gestantes e profissionais de saúde.

Onde se vacinar
As pessoas devem procurar a Secretaria de Saúde do seu município ou estado para se informar sobre a lista de postos de vacinação, bem como o endereço e o horário de funcionamento.

Contraindicações
Não deve tomar a vacina quem tem alergia à proteína do ovo. Pessoas com deficiência na produção de anticorpos, seja por problemas genéticos, deficiência no sistema imunológico (de defesa do organismo) ou tratamento de doenças como câncer e AIDS, devem consultar o médico antes de tomar a vacina.

Prefeitura de Ipanguaçu isenta alunos das escolas municipais para provas do ProITEC

A prefeitura do município de Ipanguaçu isentou 15 alunos das escolas publicas municipais da taxa de inscrição para as provas do Programa de Iniciação Tecnológica e Cidadania (ProITEC), voltado para estudantes do 9º ano da rede pública de ensino que pretendem ingressar no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN).

Serão beneficiados em Ipanguaçu com a isenção da taxa oferecida pelo IFRN mais de 45 alunos da rede municipal de ensino. Outros 15 estudantes da rede pública que não se incluíam nos critérios de isenção definidos pelo Instituto, serão beneficiados com a  gratuidade oferecida diretamente prefeitura, que arcará com os custos de suas inscrições.

De acordo com Aloma Daiany, professora da rede municipal de Ipanguaçu, a iniciativa incentiva os alunos para o ingresso no ensino técnico integrado no IFRN. “O prefeito Leonardo Oliveira, dessa forma, estimula nossos jovens a se dedicarem mais aos estudos, visando o ingresso na IFRN e cumpre com um compromisso assumido com esses estudantes, de que nenhum aluno do município pagaria para participar do processo seletivo” afirmou Aloma.

Prefeitura disponibiliza curso preparatório aos alunos da rede pública em Ipanguaçu
A prefeitura de Ipanguaçu tem disponibilizado ainda aulas preparatórias para os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental inscritos no PROITEC, que acontecem todas as terças e quintas-feiras, das 08 às 10 horas, contemplando as redes municipal e estadual da cidade.

Os estudantes tem acesso a livros, fascículos e teleaulas para que se preparem para o ingresso no ensino técnico. As aulas são ministradas por professores da secretaria de Educação de Ipanguaçu.

Os interessados em se inscrever no curso devem procurar os professores André Magri e Aloma Daiany na sede da Secretaria Municipal de Educação, através do telefone (84) 3335-3900.

Oportunidade: Prefeitura de Ipanguaçu e SEBRAE oferecem palestra sobre Empreendedorismo Individual

Cresce a cada ano o número de brasileiros que aposta na criação de um negócio próprio, seja como alternativa para aumentar a sua renda ou como forma de melhorar de vida. Dentre esses empreendedores é grande o número dos que apostam na informalidade, ficando, dessa forma, sem acesso a uma série de vantagens e oportunidades. No município de Ipanguaçu não é diferente. Por isso, a prefeitura do município promove, em parceria com o SEBRAE/RN, uma palestra sobre o tema promove nesta quinta-feira (28), gratuita e aberta a toda população.

De acordo com o secretário de Finanças e Tributação de Ipanguaçu, Washington Fonseca, a palestra será ministrada pela trainnee Starlen Ferreira, do Escritório Regional do Vale do Açu, e abordará conceito de empreendedorismo e empreendedor individual.

“Esta é uma excelente oportunidade para que nossos empreendedores possam tirar suas duvidas e orientar-se para estarem de forma legal no mercado. Todos os ipanguaçuenses estão convidados, sejam camelôs, ambulantes, marmiteiros, pintores, mecânicos, marceneiros, pipoqueiros, borracheiros, enfim: se você exerce uma atividade por conta própria, venha que essa palestra é para você”, afirmou o secretário.

O que é o Empreendedorismo Individual
O Empreendedor Individual é aquele que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Para ser um empreendedor individual, é necessário faturar no máximo até R$ 36 mil por ano, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

Entre as vantagens oferecidas para o empreendedor individual legalizado, está o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), que facilita a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais.

Além disso, o Empreendedor Individual será enquadrado no Simples Nacional e ficará isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Pagará apenas o valor fixo mensal de R$ 60,95 (comércio ou indústria) ou R$ 65,95 (prestação de serviços), que será destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS. Essas quantias serão atualizadas anualmente, de acordo com o salário mínimo.

Com essas contribuições, o Empreendedor Individual terá acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença, aposentadoria, entre outros.

Serviço
Tema: Empreendedor Individual
Assunto: conceito de empreendedores e empreendedor individual, suas vantagens, oportunidades e exigências.
Data: quinta-feira, dia 28/04/2011
Horário: 15 horas
Local: Câmara Municipal de Vereadores
Mais informações: www.ipanguacu.rn.gov.br ou 3335-2540

Feliz aniversário

Um momento especial de renovação para sua alma e seu espírito, porque Deus, na sua infinita sabedoria, deu à natureza, a capacidade de desabrochar a cada nova estação e a nós capacidade de recomeçar a cada ano. 

Desejo a você, um ano cheio de amor e de alegrias. 
Afinal fazer aniversário é ter a chance de fazer novos amigos, ajudar mais pessoas, aprender e ensinar novas lições, vivenciar outras dores e suportar velhos problemas. 
Sorrir novos motivos e chorar outros, porque, amar o próximo é dar mais amparo, rezar mais preces e agradecer mais vezes. 

Fazer Aniversário é amadurecer um pouco mais e olhar a vida como uma dádiva de Deus. 
É ser grato, reconhecido, forte, destemido. 
É ser rima, é ser verso, é ver Deus no universo; 
Parabéns a você nesse dia tão grandioso
Feliz aniversário Manuella Simone!



Inverno expulsa as primeiras famílias

As chuvas deste ano fizeram as primeiras vítimas no município de Ipanguaçu. O nível do sangramento do Açude Pataxó subiu durante o final de semana e algumas famílias tiveram que deixar as suas casas na tarde desta segunda-feira, 25.

Segundo o presidente da Defesa Civil Municipal, Luis Alberto, a água começou a invadir as casas por volta das 15 horas, forçando a remoção de oito famílias. "Cerca de 25 pessoas foram alojadas no Centro Social da localidade", informou.
Cerca de 15 residências foram atingidas pela água, mas apenas seis ficaram alagadas. "As demais ficaram cercada pela água, mas não houve invasão", relatou Luis Alberto, que esteve no local.

O prefeito de Ipanguaçu, Leonardo Oliveira, também acompanhou a remoção das famílias e, no momento, prometeu dar total assistência a todos os atingidos. "Vamos alojar e garantir assistência médica e alimentos para todas as famílias", declarou.

Luis Alberto informou que uma reunião de emergência foi realizada com todas as secretarias municipais, que participarão ativamente de todas as ações que se tornarem necessárias. "A secretaria da Saúde, por exemplo, já disponibilizou uma assistente social para atender as famílias atingidas", contou.

As casas atingidas ficam localizadas no bairro Maria Romana, mas outros três bairros - Ubarana, Manoel Bonifácio e Frei Damião - estão na rota de risco em caso de enchente.
Felizmente, Luis Alberto informou que a água recuou já no final da tarde de ontem e o momento é de tranquilidade. "O problema está estabilizado. A tendência é que a água baixe por conta da falta de chuvas na região durante o dia de hoje (ontem)", explicou, já no início da noite.

Luis Alberto ressaltou que por enquanto não existe motivo para preocupação. "O Açude Pataxó está com a sangria diminuindo e a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves (em Itajá) ainda está a cerca de 70 centímetros de sangrar", observou.

O presidente da Defesa Civil também destacou que a Prefeitura está acompanhando tudo, visitando açudes, entradas de rios, cabeceiras e barragens.

Fonte: MAGNOS ALVES Da Redação do Jornal de Fato

Fetarn convoca filiados para discutir realizaçãode projetos pelo programa Desenvolvimento Solidário

Representantes de sindicatos de trabalhadores rurais filiados à Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte (Fetarn), em Natal, estão sendo alvo de convocação a fim de participar deu m encontro aprazado para a próxima terça-feira, 26 de abril, às 10h, na sede da entidade.


De acordo com informação adiantada pelo presidente em exercício do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Ipanguaçu, João Batista Moura de Oliveira, "João das Peças", a reunião objetiva discutir a retomada de projetos no âmbito do Programa Desenvolvimento Solidário (PDS).


"O convite está sendo pela direção da Federação a todos os presidentes e representantes de sindicatos", declarou o dirigente sindical rural. Financiado pelo Banco Mundial, o PDS é operacionalizado pelo governo do Estado. Na administração passada sua gestão competia à Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas). "O programa tem sido até hoje uma importante ferramenta na viabilidade de recursos para obras de infraestrutura nas comunidades rurais de todo o Estado", esclareceu "João das Peças". No encontro do dia 26 são esperados representantes dos mais de 120 sindicatos afiliados à Fetarn.


O líder sindical frisou que, além de colocar sob discussão a elaboração de novos projetos, a Fetarn deverá advertir os dirigentes sindicais da necessidade de regularizar a situação dos financiamentos já obtidos por meio do PDS. "É de fundamental importância que todos tenham consciência que, se não houver a regularização de quem está pendente, isso vai acabar prejudicando a liberação de novos projetos", alertou. As associações têm até o dia 30 de abril corrente, um sábado, para prestarem contas dos seus projetos e, assim, evitar perder ou deixar de ganhar futuros convênios do PDS com o Banco Mundial.


Estado mantém problema com prestação de contas
A data final para a prestação de contas dos projetos expirou no dia 31 de dezembro. Mesmo assim, 68 subprojetos em todo o Estado ainda apresentam pendências na prestação de contas. Algumas estão com apenas uma parcela do projeto pendente, outras chegam a três prestações de contas em falta.


A prestação de contas só é aceita pelo Banco Mundial se estiverem contidos os dados de todas as parcelas dos projetos. Os presidentes das associações devem procurar imediatamente a sede do PDS em Natal para regularizar a situação. Sem a apresentar a prestação de contas, a entidade fica impossibilitada de receber novos convênios, uma vez que é considerada inadimplente.


Um total de 360 milhões de dólares (aproximadamente R$ 597,9 milhões) é o valor máximo que o governo do Estado poderá requisitar em forma de financiamento ao Banco Mundial, para desenvolver as cadeias produtivas locais, em um programa que incluiria investimentos em educação, saúde, geração de emprego e infraestrutura. O programa ainda está sendo elaborado e não possui sequer um nome. Uma carta consulta só será entregue ao Banco Mundial nos próximos dias.


O projeto vem sendo pensado como uma espécie de terceira etapa "mais ampla e integrada" dos programas de Apoio ao Pequeno Produtor (Papp) e do de Combate à Pobreza Rural (PCPR), também conhecido como PDS. Ambos foram financiados pelo Banco Mundial e este último está em fase de prestação de contas.


Fonte: O mossoroense