i

domingo, 13 de março de 2011

Projeto Esporte e Lazer da Cidade-PELC é lançado em Ipanguaçu pela segunda vez

Foi lançado oficialmente na manhã de domingo (13), no município de Ipanguaçu a segunda edição do Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC), a solenidade de lançamento aconteceu no Teatro municipal Maria Eugênia Marceira Montenegro.

A solenidade de lançamento foi aberta pelo grupo de dança e teatro “Dança Comigo” que destacaram a importância do PELC na vida do cidadão.

O programa (PELC) consiste em atividades de esporte e lazer destinadas as crianças, jovens, adultos e pessoas da terceira idade. O programa tem como finalidade o funcionamento de núcleos de esporte recreativo e de lazer, indicado para todas as faixas etárias.

O presidente da câmara de vereadores, Tunefis Morais, destaca que muitos estão se perdendo no mundo das drogas e da criminalidade e o esporte é o melhor caminho para a prevenção desses prováveis problemas. O esporte e lazer é uma porta que só se abri para pratica do bem, expressa: "O prefeito Leonardo Oliveira com certeza estar ajudando muito o desenvolvimento esportivo de Ipanguaçu com isso todo o município tem a ganhar”, destaca Tunefis Morais.

O programa é executado com recursos federais, com a parceria do IFRN e a contrapartida da Prefeitura Municipal, que através do prefeito Leonardo Oliveira vem apoiando a sua execução no município desde 2010.
A deputada federal Fátima Bezerra é a responsável pela implantação do programa aqui no estado do Rio Grande do Norte. Neste final de semana o PELC foi lançado em mais 6 cidades: São Tomé, Lagoa de Velhos, Messias Targino, Parelhas, São Miguel do Gostos e Serra Negra do Norte.

Segundo a coordenadora estadual do PELC, Luciana Kelly, o município de Ipanguaçu é um dos municípios que desenvolveram o programa com êxito em 2010, esse êxito conforme a coodenadora só foi possível através da parceria em que a Prefeitura de Ipanguaçu vem dando ao programa.

Para o representante do Ministério do Esporte e do IFRN, Lerson Maia, o Ministério do Esporte tem a compreensão que o papel ocupado pelo Esporte e o Lazer no mundo contemporâneo não pode ser outro que não o de instância de emancipação e desenvolvimento humano. Imperioso se faz, portanto, dar às políticas públicas esportivas e de lazer as condições necessárias para que tais objetivos sejam alcançados.

“O PELC tem o compromisso de assegurar o lazer como um direito social, apresentando uma perspectiva de projeto integrado. Faça sol ou chuva os monitores terão que oferecer atividades diversificadas de forma sistemática nas comunidades”, disse o coordenador do programa no município, João Batista, que presenteou o prefeito Leonardo Oliveira e o presidente da câmara com a camiseta do projeto, como forma de agradecimento.

Francisca Damiana representante dos usuários do programa, ao falar agradeceu a Secretaria de Esporte do município e ao Prefeito Leonardo Oliveira pela realização da Primeira Taça Ipanguaçu de Futsal, que teve a equipe dela (Tabuleiro Alto) vencedora na colocação feminina. “Estou feliz pelo programa e por ter participado do campeonato que foi muito bonito, obrigada prefeito” disse a jogadora.

Na opinião do prefeito Leonardo Oliveira a prática desportiva demonstra ser um grande aliado para afastar a juventude das drogas e das atividades ilícitas. Os recursos da emenda da deputada vão permitir justamente essa prática esportiva para a cidade.

Segundo Leonardo esse projeto é muito importante porque traz ao município aquilo que mais a comunidade esportista almeja que é o desenvolvimento do esporte no tocante de assegurar as crianças, adolescentes, jovens e idosos ao desenvolvimento social assegurando-os o verdadeiro direito a cidadania e esporte. “Esse é um dos nossos compromissos, gerar esporte e lazer para todos. Que este ano o projeto possa atender muito mais pessoas para que eles possam se tornar multiplicadores”.

O programa inicia suas atividades nesta segunda-feira (14) nas comunidades com as atividades que serão desenvolvidas pelo monitores, Aluisio de França, Simone Rodrigues, Diego, Adrianisio, Maristela, Toniê e o coordenador João Batista.

A solenidade contou com a participação, da coordenadora estadual do PELC, Luciana Kelly; o representante do Ministério do Esporte e do IFRN, Lerson Maia; representante da deputada Fátima Bezerra, Brendo; do Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Marcos Antônio; secretária de Assistência Social, Cristina Oliveira; secretário de Finanças, Washington Fonseca; secretária de Educação, Jeane Dantas; subsecretário de obras, Gênilo Rodrigues; secretário de Agricultura, Jaíres Azevedo; vereador Juan Montenegro; Pastor da Assembléia de Deus, Alex da Silva, entre outras autoridades e a comunidade em geral.



ASSU vence o Potiguar de Mossoró

Jogando no Nogueirão, em Mossoró, o ASSU venceu o Potiguar pelo placar de 1 a 0.
O gol do Camaleão do Vale foi de Carlinhos.

Charge do dia


Por J.César

Estudante potiguar é único aprovado do Nordeste para estudar medicina na Rússia


Por Alex Costa, especial para a redação do Diário de Natal


Você já pensou em estudar em outro país? Que país seria esse? Já passou pela sua cabeça em ir morar na Rússia? A inusitada idéia do estudante potiguar Jhonatan Jhones dos Santos Ramos, 22, o transformou no mais novo aluno da Universidade Médica de Kursk, cidade localizada a 500 quilômetros de Moscou, capital da Rússia. Hoje pela manhã, o estudante viaja rumo à cidade universitária de Kursk, onde passará seis anos de sua vida dedicando-se à graduação na área médica. A família apóia a decisão do rapaz e o encoraja, vendo nessa oportunidade a chance de um futuro promissor para o jovem potiguar, único do Nordeste a conseguir aprovação em meio às 40 vagas oferecidas.

Natural de Jardim do Seridó, no interior do Rio Grande do Norte, Jhonatan sempre sonhou fazer medicina e não desistiu até ver o seu sonho tornado realidade. "É um desafio, porque as dificuldades começarão a partir de agora. Já passei um tempo fora do país, em Hannover, na Alemanha, mas foi apenas por 10 meses. Seis anos é outra história", contou Jhonatan.

Segundo ele, a sua dedicação pelos estudos para passar no vestibular de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o qual concorreu duas vezes sem aprovação, gerou nele uma paixão pela Física, que cursou na própria UFRN e no antigo Cefet, mas que abandonou por não querer exercer a profissão.

Muito estudioso, Jhonatan sabe falar inglês e alemão fluente, e recentemente se empenhava em aprender esperanto. Foi estudando e pesquisando na internet que o estudante descobriu a página da Aliança Russa, onde estavam as informações sobre o concurso da Universidade de Kursk para vagas de Medicina.

"Eu vi ali a minha chance. Arrisquei, enviei meu currículo, meu histórico escolar, fui entrevistado por telefone, e garanti na minha fluência da língua inglesa. Essa fusão das habilidades possibilitou que eu fosse aprovado", disse o estudante. Pelo fato de tratar-se de uma cidade universitária, Jhonatan acredita que não terá problemasquanto a uma possível rejeição em Kursk.

Segundo ele, o investimento de 800 dólares anuais vale a pena, uma vez que a Universidade de Kursk contribui com as necessidades dos alunos, como alojamento e alimentação.

Saudades

"Pretendo vir ao Brasil pelo menos nas férias. As saudades apertam quando estamos distantes. Afinal, esteja onde você estiver, você é brasileiro", colocou. O jovem diz que levará muitas fotografias, além das músicas de seus artistas preferidos, como Diogo Guanabara e Macaxeira Jazz. Questionado acerca do clima russo, o rapaz é direto: "É tudo uma questão de adaptação, depende exclusivamente de cada indivíduo. Acredito que conseguirei suportar".

Antes de receber a notícia de que foi aprovado para a Universidade Médica de Kursk, Jhonatan estava investindo em cursos e isolados para concorrer mais uma vez ao vestibular de Medicina da UFRN. "A minha família compreendeu e me apóia. Me incentivam a apostar nessa nova experiência. O único problema foi a minha namorada. Decidimos continuar juntos enos vermos nas férias. Acredito que tudo irá dar certo", explicou o estudante. "Quando soube da aprovação, não fiquei eufórico como seria normal para uma primeira vez. Fiquei muito feliz, pois é o que quero para a minha vida", finalizou.