i

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Ipanguaçu da inicio à campanha multivacinação neste sábado

Atendendo as recomendações do Ministério da Saúde, a Prefeitura de Ipanguaçu através da Secretaria Municipal de Saúde realiza a partir deste sábado (24) a Campanha Nacional de Multivacinação. A campanha terá início com o dia “D” e é a chance de colocar a carteira de vacinação em dia. 

Segundo a Secretária de saúde da cidade, Sumaira Fonseca, a campanha se estende do dia 24 até 30 de agosto e pretende aumentar a cobertura vacinal da população, diminuindo o risco de transmissão de doenças que podem ser evitadas. “É importante que os pais tenham a consciência de vacinar os filhos e colocar a carteira de vacinação em dia. Neste sábado estaremos durante todo o dia em uma campanha em todo o Brasil a fim de proteger nossas crianças” fala a secretária. 

Na hora de vacinar os pais devem levar obrigatoriamente as cadernetas de vacinação dos filhos, crianças menores de cinco anos de idade, até a unidade de saúde mais próxima. A abertura da campanha será no Centro de Saúde Tiburcio Freire, neste sábado, das 07h30min às 17hs. 

Estarão disponíveis todas as vacinas do calendário básico de crianças menores de 5 anos, tais como, Poliomielite, Hepatite B, Rotavírus, Pentavalente, Pneumocócica, Menigocócica Conjugada C e Tríplice Viral, de acordo com a faixa etária.

Fátima Bezerra vence disputa para o Senado em dois cenários

noticia_101430

A corrida eleitoral para ocupar uma vaga no Senado Federal foi motivo de pergunta na pesquisa da Band/ Consult que entrevistou 1.700 pessoas em todas as regiões do Rio Grande do Norte. A pesquisa foi divulgada nesta sexta-feira (23) pelo jornalista Diógenes Dantas no programa RN Acontece da Band.
De acordo com a pesquisa, a atual deputada federal Fátima Bezerra (PT) venceria os dois cenários da pesquisa com mais de 23%. No primeiro cenário, a petista vence a disputa com Wilma de Faria (PSB), Henrique Alves (PMDB), João Maia (PR) e Robinson Faria (PSD).
Fátima Bezerra (PT) aparece com 23,35%, seguida de Wilma de Faria (PSB) com 22,12%, Henrique Alves (PMDB) 12,76% e Robinson Faria (PSD) com 4,41%.
No primeiro cenário, 14,06% dos entrevistados não votariam em nenhum dos candidatos e 15,94% ainda não sabem em que irão votar em 2014.
No segundo cenário, a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) aparece empatada tecnicamente com a atual líder da disputa, Fátima Bezerra (PT) que tem 25,94% das intenções de votos, seguida de Wilma com 25,76%. Em terceiro lugar aparece Henrique Alves (PMDB) com 16,88%.
A pesquisa ouviu 1.700 pessoas nos dias 14 à 18 de Agosto e dos entrevistados, 13,24% não votariam em nenhum desses candidatos e 18,18% ainda não sabem responder.on pinterest_share

Governo Rosalba é desaprovado por 83,35% da população

noticia_101428
De acordo com a pesquisa divulgada nesta sexta-feira (23) no programa RN Acontece com o jornalista Diógenes Dantas apenas 11,53% da população aprova a gestão de Rosalba Ciarlini (DEM) no Governo do Estado.
Dos 1.700 entrevistados, 5,12% não tem “opinião formada” sobre a gestão de Rosalba Ciarlini (DEM).
Confira todos os cenários lendo (aqui).

Henrique Alves afirma que não tem como evitar rompimento do PMDB com Rosalba Ciarlini

O último elo está prestes a se romper: O presidente da Câmara Federal e presidente estadual do PMDB no Estado, Henrique Eduardo Alves, confirmou que o partido deve romper, nos próximos dias, com o Governo Rosalba Ciarlini, do DEM. A decisão é uma consequência da saída do secretário estadual de Trabalho e Assistência Social, Luiz Eduardo Carneiro, indicação política do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, o que representaria o fim da presença peemedebista no primeiro escalação da administração estadual.
henrique rosalba politica“O secretário Luiz Eduardo (Carneiro) declarou que vai antecipar a sua saída. Se isso acontecer é um fato importante, é um secretário indicado pelo ministro Garibaldi Filho, e vai ser uma sinalização muito clara da posição de Garibaldi e isso acontecendo eu não posso ficar numa posição isolada contrariando toda uma manifestação que o partido está tendo. Vamos acompanhar o que vai acontecer”, afirmou Henrique Alves em entrevista ao Jornal 96, hoje pela manhã, na rádio 96 FM.
Ressalta-se que a situação de insatisfação do secretário não é recente. Luiz Eduardo Carneiro afirmou aO Jornal de Hoje, diante da exigência de cortes ao orçamento das pastas determinada pela governadora Rosalba Ciarlini, teria que “cortar do osso”, porque já havia reduzido o que era possível do orçamento da pasta.
No início da semana, diante das declarações dos deputados estaduais do PMDB, Walter Alves e Hermano Morais, de que o partido deveria entregar os cargos, Luiz Eduardo Carneiro afirmou que a situação política ficaria insustentável e que ele precisaria conversar com Rosalba Ciarlini. A audiência deve ocorrer na segunda-feira, depois de um encontro com o ministro Garibaldi Filho, durante o final de semana.
Segundo Henrique Alves, dessa forma, a saída de Luiz Eduardo Carneiro confirmaria uma situação insustentável e não seria nem necessário esperar a pesquisa que ele realizaria em outubro para avaliar o rompimento. “Sinto isso (a opção pelo rompimento) dos prefeitos, dos vereadores, dos deputados estaduais, do ministro Garibaldi Filho. Então, chega uma hora que eu sozinho não posso arcar com essa responsabilidade de contrariar o que quer a base do PMDB”, explicou ele.
Do Jornal de Hoje

Ministério da Integração levará água tratada a 486 mil pessoas do Nordeste

fernando-bezerra-2_thumbnailO ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, lançou hoje (23), em Maceió, o projeto Tratamento da Água – Operação Carro-Pipa, que pretende atender a 486 mil pessoas com água tratada no Nordeste. O projeto consiste na operação de unidades móveis de tratamento de água na região, com a tarefa de abastecer caminhões-pipa.
Cada pessoa receberá cerca de 20 litros de água potável por dia. De acordo com o diretor do Departamento de Articulação e Gestão da Secretaria Nacional de Defesa Civil, Alziro Alexandre, as unidades começarão a ser instaladas no início do próximo ano. A meta é que as 15 unidades móveis estejam funcionando no primeiro semestre de 2014.
Todos os estados receberão uma unidade, com exceção do Ceará, da Bahia e de Pernambuco, que receberão três. As unidades captarão água de mananciais e poderão ser deslocadas de um manancial para outro, conforme necessidade, em um período de 15 a 20 dias. O projeto será custeado pelo Ministério da Integração com R$ 35 milhões. Aproximadamente 500 caminhões-pipa fazem a distribuição de água no Nordeste.