i

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Grave do IFRN chega ao fim

O twitter do IFRN traz a informação no início da tarde desta segunda-feira que o Sinasefe – Sindicato Nacional dos Servidores Federais a Educação Básica, Profissional e Tecnológica decidiu em assembleia geral acabar com a greve iniciada em meados de agosto do instituto.
O retorno das aulas está previsto para a próxima segunda-feira(31).
Confira o post:

Mineiro comenta rompimento entre Robinson Faria e Rosalba Ciarlini

Em novo artigo no blog, o deputado estadual Fernando Mineiro fala sobre o rompimento político entre o vice-governador Robinson Faria e a governadora Rosalba Ciarlini e a saída de Paulo de Tarso Fernandes do governo.
Para o deputado, o episódio “expõe de forma cristalina o descaramento e a sem cerimônia com que determinados grupos tratam assuntos públicos como extensões de interesses e humores privados.”
Mineiro afirma que Paulo de Tarso Fernandes atuava como uma espécie de segundo ministro do governo Rosalba que dificilmente será substituído. O deputado também critica a atuação de Carlos Augusto Rosado no governo.


Veja abaixo: 


Alguma Novidade?

Sexta passada, 21, fui a Mossoró abraçar o poeta Antônio Francisco, que completou 62 anos de idade naquele dia.

Respeitado e querido, a festa em homenagem ao cordelista mor do RN e do Brasil contou com representantes de todas as alas dos cordões azuis, encarnados e multicoloridos da cidade.

No meio de tanta gente encontrei um rosalbista/carlista de quatrocentos costados que, ao me cumprimentar, fez a pergunta de praxe: “Alguma novidade?”. De pronto respondi: “A saída de Paulo de Tarso do governo Rosalba”. Depois de alguns segundos em silêncio ele disse; “É, por essa ninguém esperava”.

De fato, a saída de PTF do Gov.Rosa.Dem se transformou na surpresa política do final de semana. O Dr. Paulo de Tarso Fernandes, ex-chefe do Gabinete, não foi um simples auxiliar do Governo Rosalba. Era o segundo-ministro dessa versão de parlamentarismo papa-jerimum que se instalou no estado em 1 de janeiro de 2011.

PTF, desde o início da gestão, exerceu voz de mando e comando sobre o conjunto do secretariado, executando rigorosa e competentemente as ordens e orientações dadas por Carlos Augusto Rosado, esposo da governadora Rosalba e primeiro-ministro de fato do governo do DEM.

Foi o próprio Paulo de Tarso quem declarou à blogueira Thaisa Galvão: “Foram 10 meses de governo onde todas as decisões do Estado foram do marido da governadora”.  Não à toa, os(as) outros(as) secretários(as) obedeciam. Entende-se muito bem porque um deles, porta-voz dos demais e mantendo o anonimato, declarou à Tribuna do Norte, edição de sábado (22), referindo-se a PTF: “Ele falava e nós assinávamos embaixo”.

Pode-se dizer que o Gov.Rosa.Dem inicia uma segunda fase com a saída do número 2 do seu governo. Resta saber se encontrará quem substitua o Dr. Paulo de Tarso Fernandes com a mesma competência, dedicação e autoridade.

Já o rompimento do vice Robinson Farias não foi nenhuma surpresa ou novidade. Era apenas questão de tempo.

Depois de cooptar a maioria da ex-futura bancada do PSD e obter o apoio integral do PMDB-RN, Robinson Farias, ao não deter mais o controle majoritário da Assembléia Legislativa, tornou-se descartável para o governo do DEM e seus novos aliados. Por isso foi empurrado para fora.

A não (re)nomeação de Robinson para a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, exonerado que foi para assumir o Governo quando da viagem de Rosalba Ciarlini aos EUA, foi apenas o estopim para o seu rompimento.

Já para Paulo de Tarso, essa não (re)nomeação foi, segundo ele, o motivo de seu pedido de exoneração.

PTF também revelou a Thaisa Galvão parte dos bastidores do episódio. Relata ele: “Primeiro fui à governadora e ela me disse que eu resolvesse com Carlos Augusto”. Ao insistir, ficou sabendo que “esse assunto não tem pressa. O vice-governador foi à minha cidade (Mossoró) e fez três discursos contra minha mulher. Minha mulher foi para os Estados Unidos e ele foi pra rua humilhar a governadora.”

Mais do que revelador das vísceras do governo, este episódio expõe de forma cristalina o descaramento e a sem cerimônia com que determinados grupos tratam assuntos públicos como extensões de interesses e humores privados.

Pensando bem, eu deveria ter respondido ao carlista/rosalbista de quatrocentos costados que não tinha nenhuma novidade na política do Rio Grande do Norte. Apesar de inesperada, a saída de Paulo de Tarso do Gov.Rosa.Dem não pode ser considerada como tal.
Foi apenas mais um desdobramento da reacomodação de grupos que, carentes de projetos político-administrativos estratégicos para o desenvolvimento do Estado, ora se juntam ora se separam de acordo com seus interesses pessoais.

Para além disso, o episódio joga luzes sobre um estilo de governo, de um modus operandi onde o público e o privado se mesclam em uma zona cinzenta (ou rosada), própria de uma forma particular de se operar a máquina pública.

Aliás, estilo este bastante famoso e comentado nas terras outrora ocupadas pelos bravos monxorós.

Sorvetada


A igreja evangélica Assembléia de Deus de Ipanguaçu estar promovendo no dia 19 de novembro no clube municipal a Iª Sorvetada. 

A sorvetada esta marcada para acontecer ás 16:30hs com a animação  da banda Geração Eleita.  

  Segundo Rayron Ribeiro um dos organizadores do Evento, o objetivo é unir os Jovens de todas as religiões para uma grande tarde de animação, descontração e Louvor ao Senhor.

Tema: Sois forte! Então ide! (I João 2.14)

A entrada é franca!
Valor da Senha! R$ 3,00

Patrocinadores:

PATROCÍNIOS:
   Aíla Presentes,Bismarck Informática,Chico Balaio, Comercial Compre Bem,Cerâmica Novo Horizonte,Cris Modas e Variedades, Dinâmica Contábil, Ipanguaçu Rações, Leonardo Oliveira, Lan-House Fire-House, Luzineide Fonseca, Mercadinho Vitória, Ração Brasil,Real Madeira, Rede Ideal – Arapuá, Renata Confecções, Sorveteria e Lanchonete Delicia do Sabor, Supermercado São Francisco, Vereadora Thalita.

Médicos do SUS vão paralisar atividades por 24 horas

Os médicos que atendem pacientes do Sistema Único de Saúde realizam protestos em todo o país nesta terça-feira (25). No Rio Grande do Norte e em outros 18 Estados, os profissionais paralisarão suas atividades por 24h.

Segundo o presidente do Sindicato dos Médicos do RN, Geraldo Ferreira, os protestos ocorrem para alertar para a atual situação do SUS, atentando para reivindicações que visam melhorar o Sistema.

Além do Rio Grande do Norte, Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rondônia, Sergipe e Piau também ficarem sem atendimento médico nesta terça.

Fonte: Tribuna do Norte