i

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Prefeito inicia sequencia de reuniões nas comunidades da cidade apresentando candidatos

maratona de visitas foram reforçadas está semana em Ipanguaçu. 

O grupo comandado pelo prefeito Leonardo Oliveira (PT), na qual ainda inclui seis vereadores e o vice-prefeito Josimar Lopes (PSB) visitaram nesta última quarta-feira(18) as comunidade de Nova Descoberta e Tabuleiro Alto. 

Com reuniões com os moradores, o prefeito vem apresentando a população os candidatos apoiado pelo grupo governista. 

Dilma Rousseff (presidente), Henrique Alves (governador), Fátima Bezerra (senadora), Rafael Mota (deputado Federal) e Ricardo Mota (deputado estadual), é os candidatos oficias na legenda situacionista. 

Os moradores das comunidades de Nova Descoberta e Tabuleiro Alto, participaram da reunião e aprovaram a decisão. Nesta quinta-feira(18) a agenda inclui reuniões no assentamento Olho D'água e Angélica a partir das 18h. 

Fotos: Aluísio de França//Ipanguaçu do Bem

Filme Hoje eu Quero Voltar Sozinho é escolhido para concorrer ao Oscar 745

O filme Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, dirigido por Daniel Ribeiro, foi escolhido pelo Ministério da Cultura para concorrer a uma vaga de melhor filme estrangeiro no Oscar 2015. A ministra Marta Suplicy anunciou hoje (18) a escolha, na Cinemateca Nacional, na capital paulista. A produção concorreu com 17 longa-metragens nacionais.

O filme conta a história de Leonardo, um adolescente cego que precisa lidar com as limitações e a superproteção da mãe. A chegada de Gabriel, um novo aluno em sua escola, desperta sentimentos até então desconhecidos pelo personagem.

Divulgação
Elenco de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho participa de sessão em Natal

Marta considerou positiva a mudança de temática do filme escolhido para representar o país, tratando do amor homossexual entre os jovens. “Esse é um filme universal, no sentido de um sentimento de um adolescente surpreso por se descobrir sexualmente e tratado com uma leveza, que raramente se vê na questão da homossexualidade. Entra numa faixa etária que é muito difícil levar [o tema] com sofisticação, sem entrar em clichê. [É] um filme extremamente positivo.”

A academia norte-americana definirá em janeiro o nome do longa estrangeiro que concorrerá ao Oscar, marcado para fevereiro, em Los Angeles. No dia 7 de novembro, o filme brasileiro estreia nos Estados Unidos.

A produtora do filme, Diana Almeida, considerou positivo que a temática seja levada às telas internacionais. “Espero que o filme possa ser visto por muito mais gente. Acho que só esse anúncio hoje vai criar mais curiosidade em relação ao filme. Isso é muito positivo."

Agência Brasil