i

terça-feira, 7 de julho de 2009

Presidente Lula inaugura Campus Ipanguaçu


Solenidade será por videoconferência, 17/07.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugura, oficialmente, no próximo dia 17, o Campus Ipanguaçu do IFRN, juntamente com outros três campi - um em Campina Grande, na Paraíba, e dois em Pernambuco, nos municípios de Ipojuca e Floresta. A solenidade de inauguração será transmitida, por videoconferência, de Campina Grande, onde o presidente vai estar, aos municípios que estão recebendo os novos campi. A rádio MEC transmitirá a cerimônia ao vivo para todo o País.

Estarão presentes no Campus Ipanguaçu para assistir à cerimônia diversas autoridades do Rio Grande do Norte, além do reitor do Instituto, prof. Belchior de Oliveira Rocha, e de seus pró-reitores. O secretário adjunto da Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Getúlio Marques Ferreira, virá ao RN representando o ministro da Educação, Fernando Haddad.

Autorização de funcionamento

A exemplo do que ocorreu com os campi de Ipanguaçu, Currais Novos e Zona Norte de Natal, a SETEC programou solenidades de autorização de funcionamento para os seis novos campi do IFRN: João Câmara, Macau, Apodi, Pau dos Ferros, Caicó e Santa Cruz. As cerimônias vão ocorrer de 10 a 12 de agosto, conforme o seguinte cronograma:

  • 10 de agosto

10h – Campus João Câmara
15h – Campus Macau

  • 11 de agosto

10h – Campus Apodi
16h – Campus Pau dos Ferros

  • 12 de agosto
10h – Campus Caicó
15h – Campus Santa Cruz

FONTE: Reitoria do IFRN para o Ipanguaçu News

PREFEITOS DISCUTIRAM COM ÓRGÃO ESTADUAL PROJETO DE DESTINAÇÃO ADEQUADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Aconteceu no final da tarde de ontem, tendo lugar às dependências da sede da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), uma reunião de trabalho com técnicos da instituição pública, dirigida pelo vice-governador Iberê Ferreira de Souza, e os prefeitos participantes do Consórcio de Intergestores do Vale Unido. Este foi outro encaminhamento surgido por ocasião do encontro realizado na tarde/noite de terça-feira da última semana, 30 de junho, em Afonso Bezerra. De acordo com a informação prestada pelo prefeito de Assú e presidente do colegiado, Ivan Lopes Júnior, a finalidade da reunião foi discutir detalhes e amadurecer a proposta de confecção de um projeto de empreendimento para destinação de resíduos sólidos que contemple todos os municípios consorciados. No encontro desta de ontem a intenção era avançar nos detalhes técnicos do projeto com os gestores públicos e discutir a viabilidade de sua implantação, com investimentos do Estado e do Governo Federal. No encontro de Afonso Bezerra os técnicos da Semarh anteciparam que o Fundo Nacional de meio Ambiente (FNMA), do Ministério do Meio Ambiente, vai liberar um aporte financeiro de R$ 14 milhões para financiar a elaboração de Planos de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, PGIRS, e execução de programas de revitalização dos aterros já existentes na região do Rio São Francisco. O prazo para entrega das propostas termina no dia 11 de novembro e a divulgação no Diário Oficial da União dos planos selecionados está prevista para 5 de dezembro. Prefeituras de municípios integrantes da bacia hidrográfica do Rio São Francisco, com população entre 30 mil e 250 mil habitantes, podem se candidatar para o financiamento do PGIRS, previsto no Plano de Revitalização do Rio São Francisco, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente, em parceria com o Ministério da Integração Social. As prefeituras com número de habitantes inferior ao estabelecido pelo edital também poderão concorrer por meio de consórcios com outros municípios. Os municípios selecionados para receber o financiamento do PGIRS terão prazo de 12 a 24 meses para execução do plano e contarão com liberação mínima de R$ 500 mil e máxima de R$ 600 mil. Já as prefeituras que pretendem revitalizar aterros sanitários em operação, recuperar lixões e implementar programas de inserção socioeconômica de catadores terão prazo de 12 a 24 meses para investir entre R$ 300 e R$ 400 mil. Pelo menos 87 municípios da região estão na faixa de 30 mil a 250 mil habitantes, mas o número prefeituras beneficiadas será bem maior, uma vez que o edital está aberto para a criação de consórcios, como o que reúne 10 prefeitos do Vale do Açu, atendendo os municípios com populações menores.

ELEIÇÕES PARA PRESIDÊNCIA DO SINDSEP DE IPANGUAÇU SERÁ EM AGOSTO;

Os servidores públicos lotados na prefeitura municipal de Ipanguaçu que queiram participar do processo sucessório do sindicato concorrendo ao cargo de presidente da entidade devem procurar segundo o edital, efetuar a sua inscrição com chapa formada até o dia 29 de julho, uma quarta-feira. Para participar do pleito na condição de candidato o servidor só precisa estar em dia com as suas obrigações sindicais. O edital determinando o prazo de inscrições foi lançando no ultimo dia 29 de junho e segundo o documento as eleições serão realizadas no dia 29 de agosto. Uma comissão eleitoral foi designada para conduzir as eleições, que irão eleger quem irar substituir no cargo de presidente o professor Joildo Lobato atual dirigente do Sindicato. O professor Joildo Lobato falou sobre o processo sucessório já deflagrado pela comissão eleitoral e das ações que atualmente estão sendo implantadas pela atual diretoria.

(REPORTAGEM – JOILDO LOBATO


FONTE: Princesa do Vale

PREFEITOS DISCUTEM DESTINO DO LIXO

Representantes da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), dirigida pelo vice-governador Iberê Ferreira de Souza, e os prefeitos participantes do Consórcio de Intergestores do Vale Unido, se reuniram ontem para discutir detalhes e amadurecer a proposta de confecção de um projeto de empreendimento para destinação de resíduos sólidos que contemple todos os municípios consorciados.
Este foi outro encaminhamento surgido por ocasião do encontro realizado na tarde/noite de terça-feira da última semana, 30 de junho, durante encontro do G8 em Afonso Bezerra.
Uma rápida explanação sobre o projeto foi feita aos prefeitos durante o encontro de terça-feira. O objetivo de ontem era avançar nos detalhes técnicos do projeto com os gestores públicos e discutir a viabilidade de sua implantação, com investimentos do Estado e do Governo Federal.
Em Afonso Bezerra os técnicos da Semarh anteciparam que o Fundo Nacional de MEIO AMBIENTE (FNMA), do Ministério do Meio Ambiente, vai liberar um aporte financeiro de R$ 14 milhões para financiar a elaboração de Planos de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS) e execução de programas de revitalização dos aterros já existentes na região do Rio São Francisco.
O prazo para entrega das propostas termina no dia 11 de novembro e a divulgação no Diário Oficial da União, dos planos selecionados, está prevista para 5 de dezembro.
Prefeituras de municípios integrantes da bacia hidrográfica do Rio São Francisco, com população entre 30 mil e 250 mil habitantes, podem se candidatar para o financiamento do PGIRS, previsto no Plano de Revitalização do Rio São Francisco, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente, em parceria com o Ministério da Integração Social.
As prefeituras com número de habitantes inferior ao estabelecido pelo edital também poderão concorrer por meio de consórcios com outros municípios. Os municípios selecionados para receber o financiamento do PGIRS terão prazo de 12 a 24 meses para execução do plano e contarão com liberação mínima de R$ 500 mil e máxima de R$ 600 mil.
Já as prefeituras que pretendem revitalizar aterros sanitários em operação, recuperar lixões e implementar programas de inserção socioeconômica de catadores terão prazo de 12 a 24 meses para investir entre R$ 300 e R$ 400 mil. Pelo menos 87 municípios da região estão na faixa de 30 mil a 250 mil habitantes, mas o número de prefeituras beneficiadas será bem maior, uma vez que o edital está aberto para a criação de consórcios, como o que reúne 10 prefeitos do Vale do Açu, atendendo os municípios com populações menores.

Fonte: Jornal de Fato

Reforma na RN 118



O deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB) esteve hoje semana passada visitando o gabinete do diretor de operações do Departamento de Estradas e Rodagens – DER, Caio Pascoal para cobrar providências sobre a recuperação da RN 118 – que liga as cidades de São Rafael a Jucurutu e recebeu a informação que a empresa Conspafal vai começar a executar esse serviço a partir da próxima semana.

O parlamentar ficou satisfeito com a notícia, já que o diretor do DER Caio Pascoal, contou que o dono da empresa, Toinho da Conspafal garantiu que as obras de recuperação da RN 118 que se encontra cheia de buracos, dificultando o tráfego de veículos, vai começar logo na próxima semana.

Fonte:Edilson silva

BANCO DO NORDESTE CONVOCA TODOS OS SEUS CLIENTES PARA RECADASTRAMENTO;

O Banco do Nordeste do Brasil agência regional do Assu, está com uma campanha de recadastramento visando atualizar no seu novo sistema de informações todos os dados da sua clientela. A proposta de renovar os dados está inserida dentro de uma nova metodologia que será implantada pela instituição financeira visando dinamizar ainda mais seus serviços junto aos clientes. Dentro dessa iniciativa, o Banco do Nordeste está convidando todas as pessoas que negociam ou pretendem negociar com a agencia de Assu para que compareçam ao setor de atendimento buscando efetuar o recadastramento. A operação é simples e rápida segundo informa o gerente de negócios da instituição de crédito Alessandro Borges.

CAERN É RECONHECIDA COMO EMPRESA AMIGA DA ESCOLA;

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte acaba de ser reconhecida como empresa parceira do projeto Amigos da Escola no quesito Meio Ambiente e Qualidade de Vida. A comenda em agradecimento à parceria que a Caern vem firmando no projeto foi entregue quinta-feira (2), ao Secretário Executivo da Presidência, João Maria de Castro, representando o presidente Walter Gasi, em solenidade realizada na Secretaria Estadual de Educação. A Caern contribui para o projeto através de programas de Educação Ambiental, com apresentação de teatro com mamulengos, além de um protótipo de Estação de Tratamento de água (ETA) localizado no laboratório central na capital do estado onde alunos de diversas escolas recebem orientação sobre o uso racional da água. O evento, em comemoração aos 10 anos do Projeto Amigos da Escola no Rio Grande do Norte, contou com a participação do governador em exercício, Iberê Ferreira, do presidente da Assembléia Legislativa, deputado Robinson Faria, secretário de Educação, Rui Pereira, além da coordenadora do projeto no Estado, Clotilde Godeiro e da coordenadora Nacional do projeto na TV Globo, Vanise Martins.

GOVERNO E BANCO DO BRASIL ASSINAM CONVÊNIO DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO PARA SERVIDOR PÚBLICO

O Governo do Estado assina convênio nesta segunda-feira (6) com o Banco do Brasil visando à concessão de crédito imobiliário para o servidor público estadual com condições diferenciadas. A assinatura do convênio está marcada para as 11h, em solenidade no salão de eventos da Governadoria, Centro Administrativo. O objetivo do convênio, na modalidade BB Crédito Imobiliário, para pessoa física, é possibilitar a compra de imóveis residenciais, novos ou usados com período de carência de até seis meses. Durante esse período, o cliente pagará apenas os juros da operação, seguros e a tarifa de administração e manutenção do contrato. As parcelas serão debitadas mensalmente na conta corrente do cliente no Banco do Brasil. No caso de servidores legalmente casados ou em união estável é permitida a junção de renda. Quem já possui um imóvel também poderá utilizar o BB Crédito Imobiliário para aquisição de um segundo imóvel. O prazo de financiamento pode ser de até 360 meses (30 anos). O Banco financia até 80% do valor do imóvel, sendo que o valor mínimo do financiamento deve ser R$ 20 mil e o valor máximo financiado é R$ 450 mil no SFH e R$ 1,5 milhão na Carteira Hipotecária. Despesas decorrentes de compra de imóvel, como registro cartorário, imposto de transmissão de bens imóveis (ITBI), tarifa de análise física da garantia e emissão de certidões cartorárias, também poderão ser financiadas, desde que não ultrapassem o percentual e o valor do imóvel. O cliente poderá, ainda, escolher um mês do ano para pular o pagamento da parcela de capital. Nesse mês, ele pagará apenas os seguros e a tarifa de administração e manutenção do contrato.