i

quinta-feira, 31 de março de 2011

Secretário de Esporte e Lazer de Ipanguaçu reúne com equipes e define a realização do Campeonato de veteranos


O Secretário de Esporte e Lazer, Marcos Antonio Bezerra de Oliveira, reuniu na última terça-feira (29) nas dependências da sala de reuniões da Secretaria para define os critérios técnicos para o campeonato de veteranos do município.

O secretário da pasta, Marcos Oliveira, explica que na reunião ficou definido que para a competição poderão participar todos os atletas que moram em Ipanguaçu e sete vagas para atletas considerados de fora do município, essas destinadas com uma vaga obrigatória para goleiro mesmo para quem apresentem documento de Ipanguaçu, mas esteja morando em outra cidade, este será considerado de outro município, disse o Secretário.
Datas do campeonato são definidas 
Foto: Manasse Camara/Sec. de Esporte e Lazer

Estiveram presente na reunião, alem do Secretario Marcos Antônio e seu auxiliar Fábio Careca os dirigentes de equipes os senhores Raimundo Siqueira, Nestor da comunidade de Arapua, Diassis de Pataxó, Lupercinio mais conhecido com muriçoca, Pinto da comunidade de Itu, Luciano do Baldum, Edimilson do Luzeiro, Rubens conhecido com Nego de Joanita do Bairro Maria Romana, Ze minguem do Porto.

A competição contará com a presença de dez equipes dividida em chave “A e B”, na chave A estão: B.M.R, Tabuleiro alto, Luzeiro, Cruzeiro, Seleção de Arapuá e na chave B: Maria Mole, America do Baldum, Seleção de Pataxó, Itu e Porto.


A estréia do campeonato acontece no dia 09 de Abril às 14h15min no estádio Joacy Fonseca entre as equipes do B.M.R e Tabuleiro Alto, e ainda no mesmo dia jogam Luzeiro e Cruzeiro a partir da 16:00 , e no domingo dia 10 de Abril ás 7:45 jogam Maria Mole e America do Baldum.

Secretaria de Educação Ipanguaçu antecipa aulões para o ProITEC


A Secretaria Municipal de Educação deu inicio nesta quinta-feira (31), os aulões preparatórios para o Programa de Iniciação Científica e Tecnológica – ProITEC.

Os aulões estão acontecendo no Teatro Municipal Maria Eugênia Maceira Montenegro, localizado na Avenida Luiz Gonzaga no centro da cidade, próximo a Secretaria de Educação. A Secretaria de Educação do município, disponibilizou três professores para a efetivação das aulas que acontecerão duas vezes por semana as terças e quintas-feiras das 08:00 às 10:00h. Os professores Aloma Daiany, André Magri e José Maria Rdrigues ministrarão os aulões de gramática, interpretação e produção textual, matemática e raciocínio lógico.


Segundo a secretária de Educação, Jeane Dantas, os aulões vão atender mais de 80 alunos da rede municipal e estadual do município. Ela explica que as aulas foram antecipadas para que os alunos possam estar realmente preparados para as provas, “O IFRN ainda esta realizando as inscrições para o processo seletivo que segue até o dia 15 de abril no site www.selecao.ifrn.edu.br/, agente antecipou os estudos e já estamos trabalhando os assuntos para a avaliação, mas o material didático oficial só será entregue 3 a 6 de maio, no campus do IFRN pelo instituto, com isso ganharemos tempo, para que os alunos possam absorver ainda mais conhecimento.” disse a secretária, Jeane Dantas.

Desde 2009 a Secretaria de Educação e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, do Estado do Rio Grande do Norte mantêm uma parceria para disponibilizar aulões preparatórios. Desta vez a realização para as aulas será de responsabilidade da Secretaria com atendimento exclusivo para os alunos do município.

Edital deve ser lançado em maio

Ellen Dias
Da Redação do Jornal de Fato 

O edital para a realização do concurso público para professor da rede estadual de ensino deve sair em maio. A decisão foi tomada em um acordo entre o Governo do Estado, o Tribunal Regional de Tributação (TRT 5a. Região) e a 4a. Vara da Fazenda Pública de Natal. 
Pelo acordo, os professores e estagiários contratados em medida de urgência para completar o quadro de docentes de 2011 devem permanecer nos cargos até o final do ano.
Porém, para 2012, a exigência é de que o Estado inicie o ano letivo apenas com docentes concursados. Deste modo, a realização do concurso deve ocorrer até o final de 2011. 
Em todo o Rio Grande do Norte, a rede pública estadual conta hoje 900 estagiários e 1.700 professores contratados.

Em abril, técnicos da Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC) farão o levantamento das necessidades de cada município, por escola, professor e disciplina. A quantidade de vagas deve ser semelhante à quantidade de contratados em caráter provisório atualmente. 

Em Mossoró, a rede publica estadual tem hoje 20 estagiários, mas segundo a diretora da 12a. Diretoria Regional de Educação, Cultura e Esportes (DIRED-Mossoró), Magali Nogueira, a necessidade ainda é superior a 30 profissionais. As vagas estão em aberto para diversas áreas. Estudantes universitários cursando a partir do 5° período podem procurar a Dired para tentar uma dessas vagas. 

Já o número de professores contratados é de 89 profissionais. Ao todo, a necessidade no município é de 235 professores.
"Esses dados estão sempre mudando. Não há como dizer um dado preciso. Isso só o levantamento vai dizer de certeza", explica Magali.

A diretora da Dired Mossoró mostra-se esperançosa em relação à realização do concurso. "Vai ser muito bom, teremos gente nova, pessoas novas para compor nosso quadro efetivo", declarou.

Alencar – A despedida no Planalto

 Publicado por Robson Pires,
Quase seis mil pessoas e uma centena de autoridades foram ao velório do ex-vice-presidente
Políticos governistas e de oposição, empresários e populares mudaram a rotina do Palácio do Planalto ontem, durante as mais de 12 horas do velório do ex-vice-presidente José Alencar.

Até o início da noite, uma centena de autoridades e quase seis mil populares passaram pela cerimônia na sede do governo — o último político velado no Planalto foi Tancredo Neves, em 1985.
A deferência a Alencar teve início às 11h01m, quando o corpo chegou ao Palácio e subiu a rampa, levado por seis militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, sob os estampidos da salva de 21 tiros de canhão.
O corpo de Alencar será cremado hoje à tarde, em Contagem, após velório no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte.
Às 21h30m, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula chegaram ao Planalto, vindos de Portugal, para o velório. Aos prantos, Lula beijou o rosto de Alencar. Dona Marisa repetiu o gesto. Dilma pegou na mão de Alencar.
O carisma de Alencar superou divergências ideológicas, levando políticos de várias matizes a reverenciar sua vontade de viver e sua habilidade para aproximar setores divergentes.

Municípios têm até hoje para apresentarem prestação de contas

Termina hoje o prazo para estados e municípios apresentarem a prestação de contas dos recursos recebidos do governo federal, em 2010, para a alimentação escolar.

Quem não enviar a documentação ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), gestor do Programa Nacional de Alimentação Escolar, ou não comprovar a correta destinação do dinheiro, pode ficar sem o apoio financeiro federal para a merenda.

Isso não significa que os alunos vão ficar sem comida. Pela Constituição, a alimentação escolar é um dever dos três entes federados, ou seja, da União, dos estados e dos municípios. Caso o governo federal suspenda a transferência por problemas causados pelos estados ou municípios, cabe a eles fornecer a merenda com recursos próprios.

O orçamento do programa para 2011 é de R$ 3 bilhões. Os repasses são feitos mensalmente, em dez parcelas, durante o ano letivo. As duas primeiras são pagas automaticamente no início de cada ano. A partir da terceira, quem não entregar a prestação de contas tem os recursos bloqueados.

CONSELHOS

Além de problemas na prestação de contas, outro fator pode impedir o repasse do dinheiro: a inexistência de conselho de alimentação escolar, obrigatório a cada estado e município. Levantamento feito pelo FNDE na última sexta-feira, 25, mostra que 116 prefeituras têm conselhos com o mandato vencido e, por isso, estão impedidas de receber os recursos do programa de alimentação escolar.

O processo de prestação de contas começa no início do ano. O gestor estadual ou municipal deve juntar extratos bancários, demonstrativo sintético de execução físico-financeira e relatório de gestão do programa e encaminhá-los, até o dia 15 de fevereiro, ao conselho de alimentação escolar local.

Encarregado de acompanhar e fiscalizar a execução do programa em cada município ou estado, o conselho analisa a documentação e emite parecer aprovando ou não as contas. O parecer e os documentos da prestação de contas devem ser remetidos até 31 de março ao FNDE, que faz a análise final.

Fonte: O mossoroense 

Pesquisas do IFRN têm foco regional

Com a pouca participação da iniciativa privada no setor, a pesquisa científica é realizada basicamente nas instituições de ensino – principalmente as federais. Este será um dos assuntos discutidos na próxima edição do projeto Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte –  uma realização da TRIBUNA DO NORTE, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Fiern, Fecomércio/RN, RG Salamanca Capital e Governo do Estado, com patrocínio da Petrobras, Assembleia Legislativa e Cosern. O evento está em seu quarto ano de realização e para esta 9ª edição o tema escolhido foi Inovação e Tecnologia. O seminário será realizado no próximo dia 11 de abril, no auditório da reitoria da UFRN, a partir das 8h. As inscrições podem ser feitas gratuitamente pelos telefones 4006.6120 e 4006.6121 – as vagas são limitadas. 

alex régisO IFRN tem hoje 70  grupos desenvolvendo pesquisas. O laboratório de mineração é um dos mais movimentados da Instituição
O IFRN tem hoje 70 grupos desenvolvendo pesquisas. O laboratório de mineração é um dos mais movimentados da Instituição
No Rio Grande do Norte, além da UFRN também se destaca o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN). A instituição está presente hoje em dez municípios e mais três campi estão em fase de conclusão – em Parnamirim, Nova Cruz e São Gonçalo do Amarante. Todos desenvolvem trabalhos de pesquisa. Segundo o pró-reitor de Pesquisa e Inovação do IFRN, José Yvan Pereira Leite, são 70 grupos de estudos nas mais diversas áreas. “Se formos comparar o número de projetos em desenvolvimento no interior já é maior do que os da capital. E isso é importante porque significa uma transferência de conhecimento para regiões que mais precisam. É altamente benéfico para o desenvolvimento do Estado como um todo”, diz.  

Uma das preocupações do IFRN segundo o pró-reitor é propor projetos que estejam ligadas à realidade socioeconômica das regiões em que esses campi estão inseridos. Qualidade de água, tratamento de esgoto, mineração, petróleo, recursos pesqueiros, agroecologia, biodiesel, cerâmica, processamento de alimentos, eletrônica, qualidade de produtos da construção civil, cooperativismo, eletrônica e difusão científica são algumas das áreas contempladas com pesquisas no IFRN. Para se ter uma ideia da dimensão de estudantes envolvidos nesses trabalhos, hoje o Instituto oferece  cerca de mil bolsas nos Programas de Iniciação Científica, realizados em parcerias com o CNPq, Petrobrás, CAPES, Fapern e Fundação de Apoio do IFRN (Funcern).

A relevância econômica e social das pesquisas desenvolvidos pela instituição também não pode ser esquecida. Um bom exemplo é o projeto que está sendo implantado em Ipanguaçu. O campus instalado na cidade está desenvolvendo estudos voltados para a área de agroecologia e tem um trabalho focado na reutilização de resíduos de carnaúba como combustível orgânico a ser utilizado nos fornos das cerâmicas da região. “A queima da lenha é um dos grandes problemas do bioma da Caatinga. Além de deteriorar o meio ambiente ainda polui. Com a utilização dos resíduos da carnaúba temos um avanço nos dois sentidos”, explica José Yvan. E o combustível natural também pode ser usado em fornos de padaria, pizzarias e caldeiras. O valor do investimento chega a R$ 3 milhões e foi captado no programa Petrobras Ambiental. 

“A ideia fundamental de um projeto dessa natureza é melhorar a qualidade de vida das pessoas que estão envolvidas. Desde o agricultor que produz a matéria-prima e o resíduo que ele é dali extraído, até o final da cadeia que é quem compra as telhas sabendo que não houve prejuízo ao meio ambiente”, afirma o pró-reitor. 

A Petrobras é uma das principais parceiras do IFRN. Além dela, as pesquisas da instituição estão associadas às ações com outros parceiros como Fundação de Apoio à Pesquisa no Rio Grande do Norte (Fapern), Governo do Estado, Funasa, Agência Nacional de Petróleo (ANP), Ministério da Educação, Ministério da Ciência e Tecnologia / FINEP, CNPq, Banco do Nordeste, Sebrae, entre outras.

Incubadoras promovem empreendedorismo

Como forma de promover a inovação tecnológica, o IFRN criou, em 1998, o programa de empreendedorismo inovador que tem como objetivo disponibilizar ambiente para a criação de empresas de prestação de serviços, produtos ou processos inovadores, como forma de promover a geração de postos de trabalho e renda, contribuindo para o desenvolvimento do RN.

O programa funciona através de hotéis de projetos tecnológicos (pré-incubação) até o nascimento e o acompanhamento da empresa na incubadora. O foco da ação é a atuação direta com estudantes e professores dos cursos técnicos, de educação superior e de pós-graduação, através de projetos inovadores de pesquisa e extensão voltados para formação de uma cultura de empreendedorismo e atendimento à comunidade. Associado a esse ambiente está em processo de implantação o Escritório de Patentes e de Proteção à Propriedade Intelectual.

No ano passado, o Instituto, começou a implantar mais incubadoras em seus campi, sempre associadas ao seu foco tecnológico e tendo como parceiro o Sebrae/RN. Atualmente está consolidada a incubadora do campus Natal-Central que atende a doze empresas incubadas e mais oito empresas associadas. Outras duas incubadoras estão em processo de implantação para atender empresas da cadeia de petróleo e gás natural no Campus de Mossoró e para apoiar empreendimentos no Campus de Currais Novos em melhoramento genético visando apoiar os produtores de leite.

Pesquisa no IFRN - Estão em andamento 70 grupos de pesquisa distribuídos nos seguintes campi 

Campus Natal- Central
Educação
Indústria
Construção Civil
Recursos Naturais 
Informática

Núcleo Avançado da Cidade Alta 

Cultura
Turismo 
Lazer

Núcleo Avançado de Nova Cruz
Serviços

Campus Apodi 
Agroindústria

Núcleo Avançado de Parnamirim

Manutenção de Aeronaves 
Hospitalidade

Campus Macau

Recursos Pesqueiros 
Química

Campus Caicó 

Indústria 
Tecnologia Têxtil

Campus Currais Novos

Mineração 
Alimentos

Campus Ipanguaçu

Agroecologia

Campus João Câmara

Agronegócio

Campus Natal-Zona Norte

Eletrônica 
Gestão e Negócios

Campus Mossoró

Indústria
Construção Civil 
Petróleo e Gás

Campus Pau dos Ferros
Informática 
Serviços

Campus Santa Cruz
Mecânica 
Serviços

O IFRN tem no quadro de servidores

720 docentes
102 são doutores
354 são mestres

Fonte: Tribuna do Norte