i

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Final da Taça Ipanguaçu de Futsal é remarcada para terça-feira

A Prefeitura de Ipanguaçu remarcou para a próxima terça-feira (15) a final da 2ª edição da Taça Ipanguaçu de Futsal. A competição, realizada desde o ultimo dia 23 de março, reúne mais de 400 crianças, adolescentes e jovens em 27 equipes e três categorias.

Segundo o secretário de Esporte e Lazer, Marcos Antônio, o adiamento se deu para evitar conflitos de horário com as atividades do selo UNICEF, que envolvem os alunos da rede municipal de ensino. “Nossa expectativa é de que a final reúna um grande público. Na nova data, que agradou bastante aos estudantes, todos poderão participar. Os vencedores receberão medalhas e troféus e o titulo de grande campeão para a sua comunidade” disse Marcos.

A Competição tem o objetivo de promover a prática desportiva e a integração social entre competidores e a população em geral.

Na final, a partir das 19 horas no Ginásio Poliesportivo Municipal José Araujo Filho, jogam: Elisa x Arapuá (Pré-mirim); Frei Damião x Olho D’água (Mirim); ADDI x Olho D’água (Infantil) e Lula e Tabuleiro Alto (Feminino).

Ipanguaçu: prefeitura entrega praça totalmente reformada à população de Nova Descoberta

Um espaço para socialização e lazer. A comunidade de Nova Descoberta, na zona rural de Ipanguaçu, recebe nesta sexta-feira (11) uma renovada e totalmente reformada praça pública.

“É uma enorme satisfação entregar aos moradores uma praça como essa, com toda uma nova estrutura que irá contribuir para a qualidade de vida dos cidadãos, criado um ponto de referencia para as famílias”, disse o secretário Obras e Serviços Urbanos Luzinaldo Oliveira.

Durante a inauguração, programada para às 19 horas, haverá apresentações culturais do Selo Unicef com os temas “Educação para a Convivência com o Semiárido” e “Cultura e Identidade: Comunicação para a igualdade Étnico-Racial”.

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 9 milhões neste sábado

Nenhum apostador acertou os seis números do concurso 1.387 da Mega-Sena, sorteados na noite desta quarta-feira (9) em São Paulo (SP). Segundo a Caixa Econômica Federal, responsável pela loteria, o prêmio acumulou e pode pagar R$ 9 milhões no próximo sorteio.

As dezenas sorteadas foram: 18 – 27 – 32 – 43 – 50 – 52.

Ainda de acordo com a Caixa, 47 apostas acertaram a quina (cinco números) e vão receber, cada uma, um prêmio de R$ 34.677,09. Outros 3.492 apostadores fizeram a quadra (quatro números) e levarão R$ 666,75 cada um.

O prêmio para o próximo sorteio da Mega-Sena, o concurso 1.388, acontece neste sábado (12) e está estimado em R$ 9 milhões.

Quem quiser tentar a sorte tem até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio para fazer suas apostas em qualquer uma das 11 mil casas lotéricas do país. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 2.

Ainda segundo a Caixa, as dezenas mais sorteadas na Mega-Sena são 05, 51, 33, 41, 53 e 54. Já os números que menos saem são 39, 21, 09, 45, 22 e 26.

Governo de Rosalba vai suspender pagamento de servidores e pedir ilegalidade da greve da Uern


A Procuradoria-geral do Estado deve pedir em breve a ilegalidade da greve e a suspensão do pagamento daqueles que não estão trabalhando. A decisão de buscar, neste caso da UERN, a Justiça foi revelada pelo procurador-geral do Estado, Miguel Josino.

"O Estado irá pedir sim a ilegalidade da greve dos professores. E suspender os pagamentos. Pagar salário a quem não trabalha pode ser considerado ilegal", afirmou o procurador, sem definir ainda quando esse pedido deve ser encaminhado à Justiça – elementos para fundamentação dos pedidos ainda estão sendo levantados.

De qualquer forma, pelo que já conseguiu levantar, Miguel Josino constata que a paralisação é injusta. "A greve é inconveniente, feita de forma inoportuna e com graves consequências para os alunos. A sociedade precisa saber que os professores da UERN ganham melhor que os professores da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte). Você sabia disso?", questionou o procurador-geral do Estado.

Com informações do jornalista Ciro Marques – do Jornal de Hoje
Valderi Tavares

Novo Ipad chega manhã no Brasil

Visualmente, o novo iPad, que chega às lojas brasileiras nesta sexta-feira (11), é muito similar ao iPad 2, lançado pelaApple no ano passado, exceto por ser 40 gramas mais pesado e alguns milímetros mais espesso. Por trás da aparência, a nova geração do tablet testada pelo G1 busca atrair usuários oferecendo alta definição em sua tela “retina”, melhor captação de imagens com a câmera de 5 megapixels e maior poder de processamento gráfico.
O foco do novo iPad está na tela, cuja resolução de 2048 x 1536 pixels é quatro vezes superior à oferecida pelo iPad 2, destacou um executivo da Apple durante uma demonstração do novo tablet ao G1 na quarta-feira (9). A chamada tela “retina” supera em 1 milhão de pixels a resolução de uma TV de alta definição, segundo a empresa.
A resolução tão elevada, capaz de tornar os pontos do display praticamente imperceptíveis ao olho humano, é justificada pela Apple para dar mais conforto à leitura de textos e à visualização de imagens, que ganham em precisão de detalhes e cores mais vivas. A empresa destaca que a terceira geração do tablet oferece uma melhoria de 44% em saturação de cor, na comparação com o iPad 2.
G1

Paraíba é o quarto estado com maior índice de violência contra a mulher


A poucos meses de completar seis anos de vigência da Lei Maria da Penha, a Paraíba foi apontada como o quarto Estado brasileiro com o maior número de casos de violência contra a mulher. O Estado teve uma taxa de 6,0 mulheres assassinadas para cada 100 mil mulheres. Os números fazem parte de um estudo complementar do Mapa da Violência, divulgado esta semana pelo Ministério da Justiça.
De acordo com o relatório, a cada cinco minutos, uma mulher é agredida no país. O documento mostra ainda que, em quase 70% dos casos, quem espanca ou mata a mulher é o namorado, marido ou ex-marido.
Ranking da violência contra a mulher
Espírito Santo – 9,4 homicídios femininos/100 mil mulheres
Alagoas – 8,3 homicídios femininos/100 mil mulheres
Paraná – 6,3 homicídios femininos/100 mil mulheres
Paraíba – 6,0 homicídios femininos/100 mil mulheres
Mato Grosso do Sul – 6,0 homicídios femininos/100 mil mulheres.

UFRN se destaca em exame da OAB


A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou a lista das instituições de ensino superior que mais aprovaram no último Exame de Ordem. Os números colocam a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) como a sexta do país que mais aprova, ficando a frente até da USP, UNB e UERJ.
O curso de Direito da UFRN inscreveu 80 alunos, dos quais 62 foram aprovados no exame. Isso representa um índice de 77,5%. Com esses números, o curso coordenado pela Professora Ana Beatriz Rebelo se destacou se comparado aos resultados de todo o Brasil. A UFRN aprovou mais que a USP (73,02%), a UNB (72,50%) e a UERJ (67,68%). Em primeiro lugar na lista, figurou a Universidade Federal de Juiz de Fora.
O curso de Direito da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) de Natal também alcançou ótimos índices, situando-se no top 20, com 69,57% de aprovados.
Entre as particulares, a UNIRN (antiga FARN) obteve 43,21% de aprovação, seguida pela UNP da Floriano Peixoto (35,14%), UNP de Mossoró (31,45%), Faculdade Câmara Cascudo (30,88%), Mater Christi de Mossoró (25,37%), Facex (22,22%), UNP da Roberto Freire (21,33%) e FAL (19,70%).
Um dado interessante é que das 20 instituições que mais aprovaram, em todo o país, 19 delas são públicas. A única particular da lista é a Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (FGV-RJ), que ficou na décima colocação.

Brasil é o 40º país do mundo em velocidade de internet


Um levantamento da Akamai, empresa americana de infraestrutura de rede, revelou que a internet mais veloz do mundo é a da Coréia do Sul. A banda larga fixa brasileira ficou em 40º lugar da lista, sendo que sua velocidade representa 10% daquela utilizada na Coréia, informou a Folha de S. Paulo.
A lista conta com 50 países que têm pelo menos 25 mil acessos à rede. A velocidade da internet da Coreia do Sul é de 17,5 Mbps (megabits por segundo), enquanto a do Brasil é de 1,8 Mbps. A média mundial foi de 2,3 Mbps.
Segundo especialistas consultados pela Folha, a diferença entre os países existe principalmente por causa do deficit de cabos de fibra óptica em várias regiões do Brasil.
Embora tenha ocupado uma posição ruim no ranking, o Brasil foi o oitavo país em fluxo de informações trocadas na internet. O país representou 4,4% da circulação global de dados na rede, de acordo com a Akamai. Nesse quesito, o primeiro lugar é dos Estados Unidos que responde por 10% desse fluxo.