i

sábado, 7 de maio de 2011

Programação do São João do Assú

Prefeitura do Assú divulgou na tarde de hoje(07) as atrações para o São João 2011. O Anúncio foi feio pelo prefeito Ivan Júnio em coletiva com a imprensa. 


Divulgação

Leilão do aeroporto tem data marcada

Edital de concessão será publicado na segunda-feira. Leilão está previsto para o dia 11 de julho, na Bovespa


O edital de concessão do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante será publicado na próxima segunda-feira (9) no Diário Oficial da União (DOU). A informação foi confirmada ontem pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O diretor-presidente interino da agência Carlos Eduardo Pellegrino assinou a aprovação dos documentos pertinentes ao processo de licitação ainda na última quinta-feira. O edital prevê que o leilão ocorra 60 dias após sua publicação. A data prevista para o evento é 11 de julho. O leilão será realizado na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). 



Mínimo para vencer a concessão do aeroporto de São Gonçalo é de R$ 51,7 mi, mas vencedor terá que investir até R$ 650 mi Foto: Ana Amaral/DN/D.A Press
O valor mínimo para participação do leilão é de R$ 51,7 milhões. A previsão da Anac é de que a licitação custe até R$ 60 milhões, dependendo da concorrência. O consórcio vencedor terá três anos para construir terminais e outros 25 anos para exploração. A estimativa é de que o consórcio vencedor tenha que investir R$ 650 milhões na construção dos terminais. Os investimentos do governo chegarãoa R$ 250 milhões para a construção de pistas e outras obras de infraestrutura, o que está sendo realizado pelo Batalhão de Engenharia do Exército. Esse será o primeiro aeroporto privado mediante concessão do Brasil.


Segundo a Anac, 80% das obras já estão concluídas. A estimativa é de que o consórcio demore entre 20 e 24 meses para construir os terminais dos aeroportos, apesar do prazo máximo ser de três anos. O contrato, segundo a Anac, será reajustado pelo IPCA e por uma fórmula que medirá a qualidade dos serviços prestados pelo consórcio. Não há garantia contratual para uma taxa de retorno mínima, como acontece nos contratos de concessão de algumas rodovias. Entretanto, o estudo de viabilidade técnica da para elaboração do edital previu uma taxa de retorno de 6,3%.

O teto de tarifas aeroportuárias no momento inicial será o mesmo estipulado pela Anac para a Infraero. Uma das exigências que constam do edital é de que 95% dos embarques e desembarques de passageiros de voos internacionais sejam feitos em fingers. A previsão de movimento no aeroporto é de que alcance 3 milhões, em 2014; 4,7 milhões, em 2020; e 7,9 milhões, em 2030.


Continue lendo (aqui)


Fonte: Diário de Natal/Allan Darlyson

‘Gordo’ admite que parte da produção agrícola esteja comprometida por conta de inundação


Titular da pasta municipal de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura de Ipanguaçu, o vereador licenciado Jaíres Azevedo dos Santos, ‘Gordo’, do PSB, reconhece que uma expressiva parcela dos pequenos produtores rurais já foi penalizada por conta do alagamento provocado pela elevação do nível das águas principalmente do rio Pataxó. O secretário chegou a arriscar que os prejuízos são bastante significativos. ‘Gordo’ falou a respeito de tal questão, inicialmente dizendo qual a atuação da Secretaria por ele dirigida em suporte às pessoas que mais diretamente estão sofrendo as consequências por conta do período invernoso. Em seguida, o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Ipanguaçu se expressou sobre o trabalho realizado pelo órgão, seguindo orientação do prefeito Leonardo da Silva Oliveira, do PT, com o intuito de reduzir ou eliminar a presença de animais soltos em via pública. Ainda com referência ao município de Ipanguaçu, entrevistamos a secretária municipal de Saúde, Sumaira Fonseca, que deu detalhes sobre a continuidade da campanha de vacinação contra a gripe, revelando que já foi atingida a marca de 65 por cento de cobertura. Sumaira Fonseca declarou que, apesar das dificuldades que se acentuaram por conta dos alagamentos em diversos pontos do município, o processo de vacinação vai sendo seqüenciado. Concluindo, Sumaira Fonseca falou sobre como estão sendo executados outros serviços de saúde, enfatizando que o município ainda enfrenta problemas por conta da carência de profissionais médicos.

Fonte: Rádio Princesa do Vale