i

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Mascote da Copa do Mundo será oficialmente anunciada neste domingo


tatu-bola
A mascote da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 será anunciada oficialmente pela FIFA neste domingo (16.09), durante o programa "Fantástico", da Rede Globo. A informação foi divulgada por meio de comunicado enviado pela entidade máxima do futebol e pelo Comitê Organizador Local (COL).

Na nota, os organizadores da competição afirmam estar satisfeitos com a repercussão que o tema ganhou na imprensa brasileira. "Estamos contentes em ver que a mascote já está começando a encontrar o público em algumas das sedes e estamos ansiosos para dar ao povo brasileiro e ao mundo todo a oportunidade de conhecer mais sobre a mascote durante a preparação para o evento de 2014."
Apesar de não ter sido anunciado oficialmente, o tatu-bola, cujo nome científico é "Tolypeutes tricinctus" deve ser a mascote do Mundial. A ideia foi encampada por uma ONG cearense chamada Associação Caatinga. Segundo a organização, o animal é uma espécie típica do Brasil e que possui a habilidade de curvar-se sobre si para se proteger de ameaças externas, assumindo a forma de uma bola. O objetivo é que a iniciativa contribua na proteção e preservação do tatu-bola, espécie de tatu mais ameaçada do país.
História
Segundo site da FIFA, o primeiro mascote oficial apareceu na Copa do Mundo realizada na Inglaterra em 1966. O Willie era um leão vestido com as cores da bandeira do país-sede. O último mascote escolhido também foi um felino. O leopardo Zakumi foi anunciado para a edição do da África do Sul 626 dias antes da bola rolar no estádio Soccer City.
Confira a lista de mascotes:
Inglaterra 1966: Willie (leão)
México 1970: Juanito (menino)
Alemanha Ocidental 1974: Tip e Tap (dois meninos)
Argentina 1978: Gauchito (menino jogador de futebol)
Espanha 1982: Naranjito (laranja)
México 1986: Pique (pimenta)
Itália 1990: Ciao (jogador montado com blocos de armar)
EUA 1994: Striker (cão)
França 1998: Footix (galo)
Coreia do Sul/Japão 2002: Ato, Kaz e Nik (figuras futuristas)
Alemanha 2006: Goleo VI e Pille (leão e bola falante)
África do Sul 2010: Zakumi (leopardo)

Fonte: Portal da Copa

NOTA DE REPÚDIO DO SINDISEPI

O Sindicato dos Servidores Públicos de Ipanguaçu, vem de público lamentar e repudiar os atos de violência e vandalismo ocorridos na noite de 11 de setembro na câmara municipal, quando um pequeno grupo que não aprendeu a viver em sociedade, nem tão pouco a conviver com as diferenças partidárias, se manifestaram de forma descontrolada e irresponsável no ato de assinatura da carta compromisso dos candidatos a prefeito.

O objetivo do sindicato era a definição de metas para novas conquistas dos servidores, e em pleno século XXI esperávamos que a civilização e a democracia tivessem chegado a nosso município, mas pelo visto um sonho ainda a ser conquistado.
A entidade sindical lamenta o comportamento deplorável de determinadas pessoas e reafirma que continuará INDEPENDETE trabalhando em prol de todos os servidores que almejam dignidade e justiça social.

Serjane de Araújo
Presidente do SINDISEPI

NOTA DO BLOG: Durante a entrega da carta de compromisso na câmara de vereadores, interrompida na noite de ontem, 11 de setembro, pelo ato de violência tive parte do meu material de trabalho “furtado”. Tratasse de um gravador de voz da marca Sony, caso alguém tenha pegado para guardar e não saiba de quem é, peço que entre em contato comigo. Agradeço desde já.

Nota de Repúdio e Pela Paz

A Coligação Aliança do Povo, que tem como candidatos a prefeito e vice-prefeito de Ipanguaçu Leonardo Oliveira (PT) e Josimar Lopes (PSB), vem a público expressar imensa tristeza e repúdio pelos lamentáveis acontecimentos ocorridos na noite desta terça-feira (11) nas dependências da Câmara Municipal.

Atendendo a legítimo convite do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ipanguaçu, Leonardo e Josimar foram à Casa do Povo para assumirem compromissos e falarem sobre suas propostas para os próximos quatro anos. A coligação adversária, atendendo ao mesmo convite, também compareceu. Seria uma noite destinada ao pleno exercício da democracia, um momento para celebração do respeito e da tolerância. No entanto, não foi assim.

Uma militante da candidatura de oposição, após declamar diversos insultos, agrediu fisicamente o vereador Batista de Lobo. O ato incitou revolta entre os presentes e um triste tumulto se iniciou, oportunidade em que outros militantes e candidatos de nossa coligação também foram vítimas de agressões. O vereador Jaires Azevedo (Gordo) teve sua camisa rasgada.

A Coligação Aliança do Povo reafirma em público seu compromisso com a ética, a verdade e com o bem estar do povo ipanguaçuense. Não nos deixaremos intimidar por ameaças ou agressões, de quaisquer naturezas, assim como – fique claro – não partiremos para tão baixo expediente.

Por respeito às famílias ipanguaçuenses, pedimos a todos, sem distinção, que se empenhem pela paz. Que esta seja uma campanha propositiva. Que o embate seja, única e exclusivamente, no campo das ideias.


Ipanguaçu, 12 de setembro de 2012
Coligação Aliança do Povo

Professores da Ufersa decidem suspender greve


Professores_da_UfersaProfessores da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) decidiram pôr um fim à greve que já durava 115 dias. A decisão foi tomada em assembleia realizada ontem no auditório do Departamento de Ciências Exatas e Naturais. Apesar do término do movimento paredista, as aulas serão retomadas somente no dia 24 de setembro.

"A escolha da data para reiniciarmos o período letivo deve-se ao cuidado que estamos tendo em seguir o movimento nacional. O comando nacional de greve solicitou que as seções sindicais se reunissem hoje (ontem) e amanhã (hoje) para deliberar sobre a continuidade ou não da paralisação. Durante essa reunião do comando, 13 universidades apontaram para o término da greve e 17 votaram pela continuidade", explica o professor José Torres, vice-presidente da Associação dos Docentes da Ufersa (Adufersa).

A greve nacional dos professores das Instituições de Ensino Superior foi a responsável pela elaboração do Projeto de Lei nº 4.368/12, que já tramita no Congresso Nacional, e reestrutura a Carreira Docente. Segundo o professor José Torres, o projeto não era o que a categoria desejava, mas conseguiu reajustes para os docentes. "Os salários serão reajustados de 20% a 40% de acordo com os níveis dos professores e serão implantados entre os anos de 2013 e 2015", destaca.

No entanto, segundo o vice-presidente da Adufersa, a maior conquista dos docentes foi a mobilização da categoria. "A organização política foi, sem sombra de dúvida, nossa maior conquista. Foi a primeira greve na Ufersa e conseguiu agrupar os professores em torno da luta. A paralisação estava forte em todos os Campi e cumpríamos a Lei de Greve, que determina o efetivo de 30% trabalhando, com as pós-graduações, pesquisas e a parte administrativa", esclarece o professor. 
Servidores do IFRN também encerram a paralisação
Os professores e servidores técnicos-administrativos do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte votaram no início desta semana pela suspensão da greve, iniciada em junho. Em Natal, os profissionais devem voltar as suas atividades no dia 20, enquanto que no Campus de Mossoró as aulas retornam no dia 17.

O coordenador do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), Fábio Procópio, informou que mesmo com a suspensão da greve os servidores continuarão lutando por uma estrutura de carreira apropriada.

"Muitas das nossas reivindicações foram atendidas. As negociações foram bastante satisfatórias, porém a estrutura de carreira não está adequada, não estamos mais discutindo nem a questão percentual, só queremos a resolução desse problema. Antecipamos nosso retorno, diferente de Natal, e convidamos os alunos a retornarem às atividades a partir de segunda-feira (17). Em relação ao calendário escolar, a partir de hoje estaremos discutindo-o e a previsão é que ele seja ajustado brevemente".

Segundo o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), a categoria vai continuar reivindicando, junto ao Governo Federal, a reestruturação das carreiras de docente e técnico, melhores condições de trabalho e democratização das decisões tomadas pela direção do instituto.

"Mesmo voltando ao trabalho, o comando de greve vai continuar o movimento no Estado. Nosso objetivo é conquistar as mudanças necessárias no IFRN", defendeu o coordenador do Sinasefe em Natal, Marcel Lúcio Matias.

Ele complementa dizendo que esta semana o comando de greve local irá visitar 16 campi do IFRN. Em seguida, deve ser redigido um termo para garantir que os grevistas não sejam punidos por terem participado do movimento.

Fonte: O mossoroense

Evento politico na Câmara de Ipanguaçu termina em pancadaria

Tumulto e quebra quebra na Câmara de Ipanguaçu (foto Keyson Cunha)
O que era para ser um momento de exercício da democracia virou tumulto, com direito a agressões físicas, quebradeiras e outras baixarias. O cenário foi a Câmara Municipal de Ipanguaçu, onde o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ipanguaçu promovia evento com os dois candidatos à prefeitura da cidade na noite da última terça-feira (11).
Vereador Gordo reclama da situação (foto Keyson Cunha)
A intenção do Sindicato era entregar uma “carta de compromisso” ao prefeito Leonardo Oliveira (PT), candidato à reeleição, e à ex-primeira-dama Rizomar Barbosa, que busca eleger-se pela primeira vez. No documento, reivindicações ao próximo gestor municipal.
Na oportunidade, cada um dos candidatos teria tempos iguais para falarem aos presentes. Um sorteio definiu que o primeiro seria o prefeito. Iniciaram-se, neste momento, as agressões através de palavras de baixo calão desferidas pelos simpatizantes da candidata oposicionista.
Os xingamentos só cessaram quando as agressões passaram para o plano físico.  O vereador Batista Lobo (PSD) foi agredido pelas costas pela mãe de uma candidata a vereadora oposicionista. Os óculos do edil se quebraram. O vereador Jaíres Azevedo (PSB), também da situação, teve a camisa rasgada.
Os organizadores tentaram dissipar a confusão, sem sucesso. A confusão só aumentava. Os candidatos deixaram o local às pressas, enquanto copos de vidro eram arremessados para todos os lados, cadeiras e mesas viradas e murros trocados.
Até mesmo um furto foi registrado: levaram o gravador de voz utilizado pela assessoria de comunicação da campanha da situação. Foi necessária a decisiva intervenção dos policiais militares do Grupo Tático Operacional para que a baderna cecesse.
“Fico triste, não pelas questões dos candidatos, eles estavam levando o ato a serio. Mas alguns populares começaram a tumultuar e terminou em uma coisa de entristecer. O Sindicato estava ali não para fazer comício, mas para ouvir os candidatos, suas propostas para os servidores. Foi uma coisa muito desrespeitosa. A gente não teve como controlar. E ao final era para ser assinada a carta de compromisso, o que não aconteceu, prejudicando a todos os servidores”, lamenta Serjane Araújo, presidente do Sindicato.


Entre os presentes, muitas críticas. “Quiseram fazer um evento democrático, mas não houve respeito. Infelizmente, é preciso reconhecer que se chegou ao ponto de ter que impedir a entrada de militantes em um evento como esse. Um lado respeitava, mas o outro não. No final, todos perderam a razão”, disse um popular, que preferiu não se identificar.
Os prejuízos foram inúmeros, mas, principalmente, o patrimonial, para a Câmara e o povo, e o moral, para todos os envolvidos.



Fonte: Retrato do Oeste/Jornal De Fato/Cézar Alves

Redução no preço da energia poderá ser ainda maior, afirma presidenta Dilma


A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (11) que a redução na tarifa de energia para consumidores residenciais e industriais poderá ser ainda maior que os percentuais já anunciados. Na última quinta-feira (6), em pronunciamento, a presidenta disse que no início de 2013 os consumidores residenciais terão redução média de 16,2%, e as indústrias, de até 28%. Dilma afirmou que após a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) concluir estudo sobre os contratos de distribuição de energia, a redução na tarifa poderá ser ampliada.
“A partir do início de 2013, os consumidores residenciais vão ter sua conta de luz reduzida em 16,2% e os industriais, entre 19% e 28%. Essa reduções que eu me referi poderão ser ainda maiores quando a Aneel concluir os estudos, em março, e apresentá-los numericamente no que diz respeito aos contratos de distribuição que vencerão entre 2016 e 2017. Portanto, estes números são números que me permitem dizer que eu não estou cometendo nenhum exagero ao afirmar que nós estamos tomando uma medida histórica”, disse.