i

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Novela 'Paraíso' bate recorde de audiência


A novela global "Paraíso", de Benedito Ruy Barbosa, bateu seu recorde de audiência no capítulo exibido nesta segunda-feira (6), pela Globo. A atração, exibida entre 18h17 e 19h05, registrou 30 pontos de média.
Cada ponto equivale a cerca de 60 mil residências na Grande São Paulo.

"Paraíso" é um remake da novela de 1982/1983 do mesmo autor e vem conquistando grande parte de sua audiência no interior do país.

O recorde anterior da novela, de 29 pontos, foi registrado pela primeira vez no dia 17 de junho e repetido nos capítulos exibidos na última quinta e sexta-feira (dias 2 e 3).
O capítulo desta segunda mostrou o casamento dos personagens Zeca (Eriberto Leão) e Rosinha (Vanessa Giácomo).

Cerimônia de adeus a Michael Jackson adquire tom espiritual

nosso utimo adeus....

Los Angeles, 07 (AE) - O serviço público pela morte do cantor Michael Jackson, assistido por milhões de pessoas ao redor do mundo, teve um tom mais espiritual do que espetacular. A cerimônia foi aberta pela música de um coral de igreja, enquanto o caixão dourado do cantor adentrava o ginásio Staples Center, e transcorreu com discursos melancólicos e performances musicais. O momento mais forte da cerimônia ocorreu quando falou a filha do cantor, Paris Michael Katterine Jackson, de onze anos
"Desde que nasci, papai sempre foi o melhor pai que você pode imaginar. E eu apenas gostaria de dizer que amo ele muito", disse a menina, antes de desabar nos braços da sua tia, Janet Jackson. Os outros dois filhos do cantor, Michael Joseph Jr, conhecido como Prince Michael, de doze anos, e Prince Michael II, de sete anos, também compareceram à cerimônia.
O pastor Lucious W. Smith, da Igreja Batista de Pasadena, fez uma oração, seguido pelos cantores Mariah Carey e Trey Lorenz, que cantaram em dueto a música "I'll Be There", lançada na época em que o cantor fazia parte do grupo Jackson 5.
Milhões de fãs ao redor do mundo reuniram-se para assistir a cerimônia, que foi transmitida de Tóquio a Paris e vista em todos os lugares pela internet.
Dentre os que estiveram no Staples Center para saudar Michael Jackson estavam o músico Barry Gordy, o reverendo Al Sharpton e as estrelas do basquete Magic Johnson e Kobe Bryant. Jennifer Hudson cantou "Will You Be There" e John Mayer tocou na guitarra uma versão de "Human Nature".
"Este é um momento que eu gostaria de não ter visto", disse Stevie Wonder antes de sua performance.
O cantor Smokey Robinson deu início ao serviço lendo mensagens de Diana Ross e de Nelson Mandela, amigos próximos de Jackson. A mensagem do líder sul-africano terminou com a frase "seja forte"
Cerca de 20 mil pessoas estavam no Staples Center quando o caixão do cantor chegou ao local. Fãs que tinham o ingresso para a cerimônia usaram pulseiras douradas e receberam uma cópia dourada do programa quando entravam no local. Os irmãos do ídolo carregaram o caixão e usaram uma gravata dourada, uma única luva branca e óculos escuros.
A cerimônia terminou com vários artistas cantando a música "We Are The World", sucesso de 1985, que Michael Jackson e Lionel Richie escreveram para ajudar as vítimas da fome na Etiópia. Na época, a música foi cantada pelos dois e por vários ícones da música americana.
Ainda não está claro em qual cemitério o corpo de Michael Jackson será sepultado. Os corpos de muitas celebridades foram sepultados no cemitério Forest Lawn Memorial Park, em Hollywood Hills, mas a família ainda não informou onde o corpo de Jackson repousará.

CUSTOS DO VELÓRIO
A cidade de Los Angeles abriu um site na internet para que os fãs de Michael Jackson ajudem a pagar os custos públicos do serviço realizado do ginásio Staples Center.
O porta-voz da prefeitura, Matt Szabo, disse espera-se que no site aberto nesta terça-feira arrecade milhões de dólares em contribuições dedutíveis.
Na página na internet lê-se: "Ajude a Cidade dos Anjos a fornecer os extraordinários recursos de segurança pública exigidos para dar a Michael um memorial seguro, organizado e respeitoso que ele merece".
Vários oficiais das forças de segurança e do corpo de bombeiros estão envolvidos nos percursos de carro da família Jackson pela cidade e fazendo a guarda de um grande perímetro ao redor do Staples Center. (Associated Press)

COMISSÃO DA CÂMARA ARQUIVA PROPOSTA DE TERCEIRO MANDATO

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara rejeitou nesta terça-feira (8), por unanimidade, a Proposta de Emenda à Constituição 373/2009, que abria caminho para um terceiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os integrantes da comissão aprovaram o parecer do relator, deputado José Genoino (PT-SP), que, em 18 de junho, apresentou relatório recomendando a rejeição da PEC. Para Genoino , a proposta do deputado Jackson Barreto (PMDB-SE), autor da PEC, “mudaria as regras no meio do jogo” e abriria margem para sucessivas reeleições. A proposta era a única a tramitar na Câmara que previa a possibilidade de um terceiro mandato para a Presidência da República.

“Não estou discutindo o mérito da reeleição. O que discuto é mudar as regras no meio do jogo. O texto propõe a reeleição, mas não diz que é só uma. Pode haver a terceira, a quarta, o que causa um problema de rotatividade na democracia”, explicou Genoíno, ao falar do parecer.

Falando em nome da bancada do PT, o deputado Antonio Carlos Biscaia (RJ) afirmou que a oposição dos petistas ao terceiro mandato não tem relação com a negativa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em concorrer novamente em 2010 para a Presidência da República.

Já o líder do PPS, deputado Fernando Coruja (SC), argumentou que a alternância de poder “preserva aquilo que está explícito no conjunto de regras que compõem os direitos e garantias constitucionais”.

“Não pode haver uma continuação de poder nos moldes desta proposta, senão vira uma monarquia. Além disso, a ampliação das possibilidades para disputa deste cargo tende a abolir as garantias previstas na Constituição. É uma proposta altamente inconstitucional”, afirmou Coruja.

Composto de 11 páginas, o parecer elaborado por Genoino também considera que a PEC do terceiro mandato “agride” o senso comum de Justiça e razoabilidade, por se aplicar aos atuais detentores de mandato eletivo, alterando as regras com o objetivo de favorecer determinados resultados.

“A ilegitimidade da empreitada salta aos olhos: procura-se contemplar, por meio de emenda, interesses pertinentes à política ordinária, cotidiana, o que se mostra completo descompasso”, registra o texto do relator.

O deputado Jackson Barreto, autor da proposta, ainda poderá entrar com um recurso contra a decisão da CCJ diretamente no plenário da Câmara. O G1 tentou localizar o deputado, mas não obteve retorno das ligações.

Trâmite

Para que o deputado ingresse com um recurso, ele terá que conseguir apoio de líderes partidários que representem pelo menos um terço dos deputados (171 parlamentares). Se passar por esta etapa, a constitucionalidade da PEC será analisada pelo plenário da Câmara.

Se for considerada constitucional, é criada então uma comissão especial para analisar o mérito da proposta de reeleição. A comissão pode apresentar um relatório após um mínimo de dez sessões e um máximo de 40. Apenas uma sessão por dia pode ser realizada.

Aprovada nesta etapa, a PEC é enviada a plenário. Para ser aprovada, precisa de pelo menos 308 votos em dois turnos. Ser passar pela Câmara, segue para o Senado, também para votação em dois turnos, onde precisa de ao menos 49 votos.Para que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se beneficie da PEC, a matéria precisa ser sancionada até um ano antes da eleição presidencial do ano que vem. Na semana passada, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu que o primeiro turno da eleição será no dia 3 de outubro.

Fonte: G1

CIDADÃO SEM FOME BENEFICIARÁ 290 MIL FAMÍLIAS NO ESTADO

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), irá beneficiar cerca de 290 mil famílias carentes de todo o Estado, durante a primeira etapa do Programa Cidadão Sem Fome. O projeto funciona através da troca de notas fiscais por cestas básicas e partiu de uma proposta do deputado estadual Robson Faria, presidente da assembléia legislativa. A iniciativa nasce como "braço" do Programa Cidadão Nota 10 e tem previsão para início das trocas ainda no final de julho. Entre os principais objetivos do programa estão fortalecer a nova cultura de educação fiscal e promover a solidariedade em todas as parcelas da população. Nesta primeira fase, apenas famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família ou que comprovarem renda mensal per capita de até R$ 120 poderão participar. O programa fará a distribuição das 30 mil cestas básicas inicialmente para os municípios de Natal, Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros, Assú, Currais Novos, Parnamirim, Ceará-Mirim, Extremoz, Macaíba, São Gonçalo e Nova Cruz. De acordo com Fabian Saraiva, secretário estadual do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social, o Estado irá financiar todas as cestas básicas no valor de R$ 20, totalizando um custo mensal para o tesouro estadual de R$ 600 mil e anual de R$ 7,2 milhões. Além disso, o sistema de reembolso para as empresas fornecedoras de cestas básicas será simplificado, de forma que cada uma fará sua prestação de contas individualmente, e o Governo se compromete a fazer o pagamento em até 10 dias, similar ao utilizado pelo Programa do Leite. Para participar do programa social, o cidadão deverá juntar 25 notas fiscais, com valor mínimo de R$ 5 e cadastrar no site do "Cidadão Nota 10", em que será emitido um Vale Eletrônico. O comprovante poderá ser trocado pelo Vale-Alimentação nas unidades da Central do Trabalhador, Central do Cidadão e, no caso dos municípios que não contam com esses serviços, nas escolas públicas estaduais. Com o vale em mãos, a pessoa deve se dirigir às empresas credenciadas e receber a cesta mensal. Quem não tiver acesso à Internet pode fazer o cadastro das notas diretamente nos postos de troca. Além disso, só será permitida a troca mensal de uma cesta básica por CPF. Uma equipe de 50 estagiários já está passando por treinamento na Casa da Cidadania para participar do atendimento ao programa.

TRIBUNAL DE CONTAS CONDENA EX-PREFEITOS DE SÃO RAFAEL A PAGAR MAIS DE R$ 500.000

O Tribunal de Contas do Estado condenou José Ribamar de Souza, ex-prefeito de São Rafael, ao pagamento de R$ 566.435,57, valor atualizado, por não prestar contas dos recursos federais (Fundef) recebidos com a finalidade de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério. O ex-prefeito também foi multado em 10%. Cabe recurso da decisão. O conselheiro Alcimar Torquato foi o relator do processo analisado pela Primeira Câmara de Contas. Também teve contas consideradas irregulares Manoel Belchior Bandeira, ex-prefeito de Pedra Grande, que irá restituir ao erário R$ 25.616,99, valor atualizado pela ausência de prestação de contas no valor mencionado. O ex-prefeito também foi multado em R$ 300,00. Cabe recurso da decisão. O conselheiro Alcimar Torquato foi o relator do processo analisado pela Primeira Câmara de Contas. Pelo mesmo motivo, Francisco Lopes da Silva, ex-prefeito de Doutor Severiano, reembolsará aos cofres públicos o valor de R$ 19.326,00, devidamente atualizado. Ele foi multado em 5% sobre o débito imputado. Djalma Benedito de Sena, ex-prefeito de Senador Georgino Avelino, foi condenado pela Primeira Câmara do TCE a devolver ao erário municipal R$ 48.417,09, devidamente atualizado. Ele não prestou contas dos recursos gastos. Ouvido, o Ministério Público opinou pela irregularidade e sugeriu que o processo fosse remetido para o Ministério Publico Estadual, para apurar crime de improbidade administrativa. O ex-gestor ainda sofreu as seguintes sanções administrativas: 10% de multa, devidamente atualizado por não ter prestado conta dos recursos gastos e R$ 300 pelo não-cumprimento da diligência determinada pelo órgão. Cabe recurso da decisão. O conselheiro e presidente da Primeira Câmara, Paulo Roberto Chaves Alves, foi o relator da matéria.

Divulgada a concorrência dos exames 2009.2

O cartão de inscrição também já pode ser impresso

Foi divulgada hoje a concorrência dos cursos oferecidos para 2009.2 em 10 dos 11 campi do Instituto. O número total de inscritos foi de 3.371 no Técnico subseqüente, 1.220 no Vestibular e 806 no PROEJA. O maior número de inscritos na modalidade Educação de Jovens e Adultos foi para o Campus Zona Norte com 226 inscritos; na modalidade Técnico subseqüente foram 982 inscritos no Campus Apodi e 349 inscrições para o Campus Natal-Central / Núcleo Avançado da Cidade Alta, no vestibular.

Clique aqui para conferir a concorrência por curso em cada campus.

O cartão de inscrição dos candidatos deve ser impresso a partir de hoje, através deste link.