i

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Presidenta Dilma Rousseff lança plano de combate ao Crack

A presidenta Dilma Rousseff lançou hoje um conjunto de ações que visam enfrentar o crack em todo o país, com investimento de R$ 4 bilhões da União e articulação com estados, Distrito Federal, municípios e sociedade civil. A campanha tem como tema “Crack, é possível vencer” e é estruturada com ações em três eixos: Cuidado, Autoridade e Prevenção.

O primeiro eixo, de Cuidado, inclui a ampliação e qualificação da rede de atenção aos usuários, com criação da rede de atendimento Conte com a Gente, bem como implantação de enfermarias especializadas nos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) e mais 2.462 leitos para tratamento de usuários.

O eixo Autoridade tem como foco a integração das ações de inteligência e cooperação entre Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícias Estaduais, com ações concentradas nas fronteiras e nas áreas de uso de drogas.

O eixo Prevenção engloba ações nas escolas, nas comunidades e junto à população para esclarecer e alertar sobre o problema. O Programa de Prevenção do Uso de Drogas na Escola deve capacitar 210 mil educadores e 3,3 mil policiais militares do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) para a prevenção do uso de drogas em 42 mil escolas públicas.

Além disso, o atendimento telefônico gratuito de orientação e informação sobre drogas VivaVoz passará a ter três dígitos, 132, para facilitar o acesso do cidadão ao serviço.

Para saber mais, acesse o site.

Contribuintes do RN terão até 1° de janeiro para implantar a Nota Fiscal eletrônica

Publicado por Robson Pires
A partir de 1° de janeiro de 2012, os contribuintes do norte-rio-grandenses, cadastrados na condição normal, deverão deixar de emitir a Nota Fiscal modelo 1/1-A, em papel, e adequar seus sistemas ao uso da Nota Fiscal eletrônica (NF-e). A questão pode ser vista no decreto 22.363, de 22 de setembro de 2011, que alterou o artigo 425-Y do R-ICMS/RN, ampliando a obrigatoriedade do uso da NF-e no Rio Grande do Norte.

Atualmente, cerca de 20 mil contribuintes no Rio Grande do Norte já estão obrigados a emitir NF-e, em função da sua atividade econômica. Com esse novo decreto, publicado em setembro de 2011, esta obrigatoriedade passará a alcançar também 7.700 contribuintes normais sediados no estado e ainda não obrigados pela sua atividade econômica.

De acordo com a Secretaria de Estado da Tributação (SET), estima-se que em torno de 2.200 contribuintes sejam emitentes contumazes da nota fiscal modelo 1/1-A (também popularmente chamada de ‘nota grande’ em alusão ao tamanho maior do papel). Estes precisam estar atentos para a nova sistemática que será obrigada a partir de janeiro de 2012. Após essa data, a emissão deste modelo será considerada inidônea, e quem descumprir estará sujeito às penalidades previstas no R-ICMS/RN.

Mais de 60% dos municípios em risco


Ainda não há motivo para alarme, mas a situação do Rio Grande do Norte não está nada boa com relação à dengue. Segundo a subcoordenadora de vigilância epidemiológica do Estado, Juliana Araújo, 60% dos municípios potiguares estão em situação de risco. Ela disse que o Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), divulgado na segunda-feira, 5, é apenas uma amostra realizada com 10 municípios e que o resultado real acontece durante o fechamento de cada ciclo de trabalho dos agentes de endemias dos municípios.
  No Liraa bimestral do Estado, o número apontado é de mais de 60% em situação de alerta ou risco de dengue. "Isso quer dizer que esses municípios estão com índice de infestação acima do ideal para o Ministério da Saúde, que é de 1%", disse. As piores situações são de Mossoró e Currais Novos, ambas com índices acima do máximo (3,9%).
  No Alto Oeste, o município de São Miguel também pode apresentar nova epidemia. Atualmente são registrados 2,9% de infestação, o que significa que de cada 100 imóveis visitados, 3,9 apresentaram focos do mosquito. Tipo 4 Juliana Araújo disse que não há registros recentes da dengue sorotipo 4, considerada a mais grave. No ano passado, oito pessoas contraíram a doença, mas todos os casos foram controlados. H1N1 A infectologista afirmou também que não existe nenhum indício de surto da gripe A no Estado. "Todos os casos suspeitos foram descartados", afiançou. De acordo com Juliana, o estado não tem vacinas, mas, como a situação está sob controle, não há com que se preocupar. Opinião O médico infectologista, Alfredo Passalacqua, do hospital Rafael Fernandes, alertou que o mosquito da dengue é diurno, ou seja, só ataca pela manhã e à tardinha, ainda com sol. Por isso é importante nesses períodos usar repelente, sem falar nos cuidados normais de manter tudo limpo.
  Sobre a H1N1, ele disse que é comum que todos os vírus da Influenza comecem a circular neste período do ano, mas acredita que a última imunização serviu para diminuir os riscos no Estado.
  Sobre a meningite contraída por Ivete Sangalo, o infectologista disse que trata-se de uma doença viral benigna. "Dá dor de cabeça, enjoo, vômito, mas entre sete e 15 dias a pessoa fica boa", finalizou.
 
Por Jornal DE Fato

Mega-Sena sorteia R$ 31 milhões nesta quarta-feira


Mega_Sena_dinheiroA Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira 31 milhões de reais. Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), o sorteio do concurso 1.343 ocorre partir das 20 horas (horário de Brasília). No sábado, 3, ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.342 e o prêmio acumulou novamente.

Os números sorteados em Araraquara, interior de São Paulo, são: 05 - 07 - 42 -46 - 50 - 60. Na ocasião, 102 apostadores acertaram a quina e levarão 27.452,98 reais cada. Outros 8.092 acertaram a quadra e receberão 494,35 reais. A aposta mínima da Mega Sena custa 2 reais e pode ser feita até as 19 horas do dia do sorteio em qualquer lotérica.

Fonte: veja.com

Humildade, Simplicidade e muita competência

É assim a nossa primeira Dama. Amiga e companheira

Humildade, simplicidade, sinceridade e competência, são qualidades da nossa Primeira Dama Cristina Oliveira, que surpreende a todos  com o seu trabalho, pois nunca tinha exercido nenhum cargo político.

A sua dedicação, o carinho o respeito com que trata as pessoas, a  segurança com que exerce a sua função e a maneira firme e segura  quando fala em público são virtudes determinantes de Cristina Oliveira, que ao lados de todos funcionários da Secretaria de Assistência Social vem desempenhando um grande trabalho Social em nossa cidade, merecendo o carinho e o respeito de todos os Ipanguaçuenses.
A crianças, os jovens, adolescentes, as gestantes, os idosos e toda Ipanguaçu reconhecem o seu trabalho.

Parabéns Cristina pelo brilhante trabalho social que você vem realizando, com apoio da Administração Governado Nossa Terra.
 
 
 
Por Aluisio de França 

Artista assuense que teve trabalho premiado na República Tcheca se apresentará em 2012 na Rússia

Depois de realizar e participar de diversos projetos culturais aqui em Assú e no Estado, o artista assuense Francisco de Assis da Silva – que ninguém conhecerá por este nome e, sim, pelo apelido de ‘Chicó do Mamulengo’ – prepara-se para cruzar o Oceano Atlântico, integrando um grupo de artistas do Rio Grande do Norte. No ano que vem a expectativa é que ele possa participar de um evento por ele trabalhado, que já foi premiado na República Tcheca, e que será apresentado em Moscou, capital da Rússia. Entrevistado pela reportagem da Rádio Princesa do Vale, ‘Chicó do Mamulengo’ prestou mais informações sobre esta reviravolta em sua vida cultural. Ele fala também de Omo se aproximou do renomado produtor teatral brasileiro, Gabriel Vilela, com quem se prepara para realizar alguns projetos em São Paulo. 

Dando sequência à entrevista, ‘Chicó do Mamulengo’ frisou que, se for convidado a participar no ano que vem da produção teatral do espetáculo Auto de São João, que ocorre dentro da programação da festa do padroeiro do Assú, se repetindo as condições que se observaram este ano, ele não participará de forma alguma do espetáculo cênico, considerando que, o que se viu este ano, foi uma total falta de respeito com os artistas locais. O artista assuense revelou toda a sua mágoa com o tratamento que tem sido dispensado pelos governantes de todos os níveis, com o segmento artístico local, manifestando indignação com o descalabro que foi praticado pelo Governo do Estado, por intermédio da Fundação José Augusto, chegando a acusar que o dinheiro que deixaram de pagar o que havia sido prometido aos artistas, foi desviado com fins eleitoreiros, por aqueles que ele qualificou de ‘ladrões de colarinho branco’. Encerrando sua matéria, ‘Chicó do Mamulengo’ declarou que pode concordar em participar do Auto de São João, em 2012, desde que ele seja baseado no projeto que venha a ser apresentado pelos próprios artistas.

informativo Princesa