i

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Nota de Esclarecimento


Em face de desonestas e caluniosas acusações desferidas por alguns partidos políticos com intenções eleitoreiras, a Prefeitura do Município de Ipanguaçu vem a público esclarecer sobre o repasse de recursos do transporte escolar.
1 – Os recursos do convênio com o governo do Rio Grande do Norte tem o valor global de R$ 228.900,00. Até o dia 19 de setembro de 2012 foram repassados pelo Estado R$ 137.340,00. 
2 - A Prefeitura de Ipanguaçu tem cumprido rigorosamente o pagamento do transporte escolar, tão logo é feito o repasse pelo governo estadual. As contas são acompanhadas também com rigor. A fantasiosa acusação de desvio, além de extremamente irresponsável, é incabível.
3 - No dia 28 de maio de 2012 foi efetuado pagamento no valor de R$ 91.560,00, referente aos meses de março, abril e maio. No dia 16 de agosto foi efetuado o pagamento no valor de R$ 45.780,00, referente ao mês de junho.
4 - Por mês a folha dos transportes é de R$ 32.340.97. Devido aos constantes atrasos no repasse da verba por parte do Governo do Estado, que ainda não enviou os valores referentes a julho, agosto e setembro do ano corrente, a Prefeitura fica impossibilitada de efetuar o pagamento por conta própria.
Esclarecidos os fatos, aproveitamos para reafirmar o nosso compromisso com a Educação Pública. Nos últimos três anos, foram realizados diversos investimentos na recuperação, reativação, reforma e ampliação de escolas. A frota do transporte escolar também foi renovada e ampliada, proporcionando maior conforto e segurança aos nossos alunos. O resultado é que a educação de Ipanguaçu tem sido premiada Brasil afora e ultrapassamos este ano a meta do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) estipulada pelo Ministério da Educação apenas para o ano de 2013.
Lamentamos, profundamente, a falta de ética e de respeito daqueles que precisam utilizar mentiras para denegrir um trabalho realizado com seriedade e compromisso. Um trabalho que se vê, resultando em uma mudança que se sente.
19 de setembro de 2012Prefeitura do Município de Ipanguaçu

Som alto nos fones de ouvido pode causar perda irreversível da audição


Os avanços tecnológicos da última década permitiram o surgimento de uma numerosa série de aparelhos eletrônicos. É cada vez mais comum ver pessoas andando nas ruas, se locomovendo no transporte público ou em veículos próprios e no ambiente de trabalho com fones de ouvido. O som em um volume alto, no entanto, pode causar danos irreparáveis à audição.
Rafael Milanez Greco, otorrino do Hospital Conceição, vinculado ao Ministério da Saúde, explica que o uso constante dos fones de ouvido pode causar uma lesão crônica e insidiosa no órgão auditivo. “As pessoas que usam, diariamente, poderão apresentar problemas irreversíveis no futuro. O maior problema é que elas não sabem a intensidade em que está o volume. Muitas vezes é muito elevada. O ouvido já está sendo lesado e o indivíduo nem sabe”, explica o médico.

A história do universo e do homem, em apenas 2 minutos

Um vídeo eletrizante, inteligente, instigante. Produto de algum diretor famoso? De uma superagência de criação para a web? Nada disso. Trata-se de — vejam só – um trabalho para a faculdade de cinema frequentada pelo americano Joe Bush, de apenas 19 anos.
Bush (nenhuma relação com os presidentes Bush pai e filho) resolveu nada menos do que contar a história do mundo e do homem, que chamou de Our Story in 2 Minutes (“Nossa História em 2 Minutos”), mas só utilizando recortes de imagens que achou espalhadas pela internet.
Adicionou a eletricidade veloz da música de Zack Hemsey, tema do filme Inception, e o resultado, em cravados 2 minutos, é de arrasar!
Senhoras e senhores, com vocês, Our Story In 2 Minutes