i

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Açude do Pataxó eleva volume da sangria

*Atualizado as 15:58
Açude do Pataxó eleva o volume de água e registrou até agora ás 15hs desta quinta-feira(21) uma lamina d’água de 15cm.

Após sua sangria no dia 12, com uma lamina de 4 cm, e que chegou no dia 13 a uma lamina de 15cm, voltou a subir na manhã desta quinta-feira(21) para a lamina de 15cm. Ontem quarta-feira(20) o açude encontrava-se em uma lamina de 3cm.

O açude do Açude Pataxó, projetada e construída pelo DNOCS, foi iniciada em 1951 e concluída em 1953. Com capacidade para armazenar mais de 15 milhões de m³, o açude está localizado na comunidade rural de Pataxó, a 18 km da cidade.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves na manhã de hoje(21) estava em oitenta e oito por cento de sua capacidade máxima de acumulação, faltando ainda 1,64 cm para sua sangria.

Semana Santa

Prefeitura de Ipanguaçu promoveu entrega de peixes às famílias do município

Entrega do pescado em 2010. Foto: Assessoria
A Prefeitura Municipal de Ipanguaçu e EMATER/RN local realizaram nos dias 19 e 20, no município a distribuição de mais de quatro mil quilos de peixe para a população. A entrega foi feita nas zonas urbana e rural, garantindo que o pescado esteja presente na mesa de, praticamente, todos os ipanguaçuenses nesta Semana Santa de forma gratuita. 

De acordo com a chefe do escritório da EMATER do município, Fernanda Santana, foram beneficiadas as famílias das comunidades rurais de Olho D’água, Tabuleiro Alto, Tira Fogo, Serra do Gado, Língua de Vaca, Angélica, Picada e Itu. Porto, Pedrinhas, Base Física, Arapuá e bairros do centro da cidade, foram entregue as famílias beneficiadas pelo programa Bolsa Família.

Esta ação faz parte do Programa Fome Zero, que busca trazer Alimentação de qualidade é direito do cidadão, com o objetivo de combater as causas estruturais da fome e da pobreza e ao mesmo tempo assegurar que haja comida na mesa de quem mais precisa. Este ano a entrega dos peixes beneficiou mais de 1, 800 famílias garantindo alimentação nesta semana santa .

Para o prefeito Leonardo Oliveira, a entrega do pescado representa a preocupação da atual administração em proporcionar uma mesa mais farta aos moradores durante a Páscoa. “Essa é uma época muito especial, onde as pessoas costumam seguir a tradição bíblica e se alimentarem com peixes. Como muitas dessas pessoas não têm condições de adquirirem o pescado, buscaremos fazer a nossa parte para conservar esta milenar tradição”, disse o gestor municipal.

Ação ainda beneficiou os pescadores de Pataxó, Porto e Nova Descoberta que foram fornecedores do pescado que fazem parte da mesa das famílias este ano.