i

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

RN será 1º estado fiscalizado pelo CNJ em 2012

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) iniciou ontem a apuração das irregularidades na divisão de precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. A equipe técnica do Conselho já tem em mãos um relatório sobre as atividades do setor, mergulhado em um escândalo fraudulento de desvio de recursos. Já a data para a visita técnica ainda não foi definida. Mas o CNJ virá com uma meta a cumprir: a reestruturação completa nos procedimentos dos precatórios potiguares.

A informação do início do inquérito foi confirmada ontem pela assessoria de comunicação do CNJ. Desde 2011, a entidade fiscalizadora da justiça brasileira vem desenvolvendo ações melhorar a administração dos precatórios - os títulos derivados de causas judiciais movidas por particulares contra um determinado ente público, seja ele federal, estadual ou municipal.

A questão dos precatórios, sobretudo, é vista com bastante gravidade pela corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon Alves, que designou uma equipe específica para analisar as divisões de precatórios dos tribunais estaduais. À frente está a juíza auxiliar da Corregedoria, Agamenilde Dias Arruda Vieira Dantas.

A juíza, contudo, retornou das férias ontem. Mas, segundo assessoria de imprensa do CNJ, o Rio Grande do Norte será o primeiro Estado a receber a equipe técnica em 2012. A visita deverá ocorrer após a análise do relatório encaminhado pelo TJRN.

Com a visita do CNJ, a Divisão de Precatórios potiguar será totalmente reformulada. Esta será a primeira ação feita por Agamenilde Dias Arruda Vieira Dantas. É também uma determinação, sobretudo, da ministra Eliana Calmon Alves.

Com informações do Novo Jornal

Rio Grande do Norte vai contribuir no Plano Emergencial para o Nordeste

Esse plano será em municípios com preponderância a desastres durante o período de chuvas.



Divulgação CBM
O Ministério da Integração Nacional junto com a Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) está criando o Plano Emergencial para a região Nordeste que tem o objetivo de criar medidas paliativas em 47 municípios com maior incidência de desastres durante o período de chuvas. 

Esse plano vai ajudar orientar os prefeitos, para se prepararem durante as chuvas, através de atividades relacionadas à redução de riscos e preparação para desastres. Portanto, a Sedec chamou o Coordenador Estadual da Defesa Civil do Rio Grande do Norte, Tenente Coronel Josenildo Acioli, para participar de uma reunião que irá acontecer, em Brasília, próximo dia 15. 

A Secretaria levou em consideração a sua gestão e os resultados alcançados pelo estado em 2011. Entre os meses de janeiro e novembro de 2011, o Governo do Estado, por meio da Coordenadoria da Defesa Civil, conseguiu implantar 17 coordenadorias municipais de Defesa Civil no RN. 

O Estado possui 37 municípios cadastrados junto a Secretaria Nacional de Defesa Civil. A intenção da Defesa Civil Estadual é que todos os municípios do Rio Grande do Norte sejam cadastrados.

A meta da Defesa Civil, no Rio Grande do Norte, é se transformar através da criação das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil, em todos os municípios. Com isso, esses podem identificar, analisar, mapear e atuar na prevenção e preparação para as emergências com medidas estruturais e não-estruturais, principalmente na comunicação do risco.

Fonte: Nominuto.com
 

Pároco de Ipanguaçu exibe contentamento com resultados até aqui verificados na festa da padroeira


Os fatos que até aqui marcaram a programação social e religiosa da festa de Nossa Senhora de Lourdes, padroeira de Ipanguaçu, já foram suficientes para deixar satisfeito o vigário paroquial, padre Francisco Cézar de Bessa. O programa oficial da festa católica foi aberto quinta-feira da última semana, dia 2, e terá prosseguimento até o próximo sábado, dia 11 de fevereiro. Hoje, terça-feira, dia 7, a liturgia refletirá em torno do tema ‘O Santo Rosário e o Poder da Oração’. Às cinco da manhã houve a caminhada penitencial na COHAB e nas ruas 23 de Dezembro e Félix Rodrigues, culminando com um café comunitário e uma celebração litúrgica. Ao meio-dia ocorrerá o Ofício da Imaculada Conceição. Às sete da noite ocorrerá o Terço Mariano e, em seguida, a celebração eucarística com a participação do vigário da cidade de João Câmara, padre Ivanilson Alexandrino. Entrevistado pela reportagem da Rádio Princesa do Vale, o padre Cézar Bessa expôs uma avaliação destes primeiros instantes da programação da festa da padroeira de Ipanguaçu. 

O curso da programação socioreligiosa da festa de Nossa Senhora de Lourdes também mereceu comentários por parte do prefeito de Ipanguaçu, Leonardo da Silva Oliveira, do PT. O chefe do Executivo municipal de Ipanguaçu aproveitou o contato com a reportagem no dia de ontem para comentar sobre o fato de a cidade ter abrigado ontem um encontro que tratou da definição de toda uma agenda de eventos socioesportivos dentro de um consorciamento que envolverá as prefeituras da região e o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual do Esporte. Este encontro, ocorrido nas dependências da Câmara de Vereadores, contaria com a participação do próprio secretário estadual de Esporte, José Joacy Bastos. Entretanto, por conta da visita do ministro do Esporte, o deputado federal licenciado Aldo Rebelo, ontem, à capital do Estado, avinda do secretário acabou não sendo possível. Por esta razão ele foi substituído pelo coordenador da Secretaria, Irapuan Nóbrega Azevedo. O prefeito Leonardo Oliveira também se pronunciou sobre o encontro de ontem e destacou quais são seus objetivos. A agenda esportiva vivida ontem em Ipanguaçu e que reuniu representações de outras cidades também mereceu uma abordagem do secretário municipal de Esporte e Lazer da prefeitura anfitriã, o desportista Marcos Antonio de Oliveira Bezerra. Em sua entrevista, o coordenador da Secretaria Estadual de Esporte, Irapuan Nóbrega, falou sobre os objetivos da programação verificada ontem em Ipanguaçu, dando detalhes de dois eventos: o Circuito das Cidades e os Jogos Pré-Olímpicos Estudantis do Rio Grande do Norte.


Fonte: Rádio Princesa do Vale

Invenção possibilita que plantações possam ser monitoradas pelo celular

Uma invenção nascida no campus de Ipanguaçu do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) promete abrir novos horizontes para o acompanhamento da produção agrícola.

O projeto do professor de Informática Clayton Maciel e dos bolsistas Leandro Ismael e Islame Felipe (Alunos do 4º ano de Informática) desenvolveu o sistema SisCI, um sistema de tempo real para o controle e monitoramento remoto de irrigações através de celulares com acesso à Internet, tornando menos necessária a presença direta do proprietário agrícola no "campo" para manipular seu plantio. O professor Clayton Maciel destaca que o SisCI contribui, em suma, como solução de novas tecnologias na área agrícola e para tornar as irrigações mais eficazes e menos dispendiosas para técnicos, engenheiros, proprietários agrícolas entre outros. "Para acessar o sistema SisCI, basta o servidor do produtor estar conectado na rede corporativa do IFRN, acessar o link e fazer o login", explica o docente.
Os dados do sistema SisCI chegam de uma estação meteorológica cedida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) e instalada no campus do IFRN de Ipanguaçu. É possível acessar informações sobre temperatura, velocidade do vento, umidade e até mesmo sobre a transpiração da planta, permitindo que o produtor saiba com precisão a necessidade de água de cada área de cultivo.

Os dados da estação são coletados num raio de 50 quilômetros e, atualmente, já são usados por inúmeras empresas que atuam na região do Vale do Açu. "Os dados da estação já chegam até os produtores. A diferença é que com o sistema SisCI, eles poderão acessar essas informações de dentro de uma sala ou até mesmo pelo celular", diferencia o professor.

O invento vai baratear o acesso a esse tipo de tecnologia. Hoje, para ter acesso a esse tipo de sistema, é preciso investir em torno de R$ 40 mil. Com o sistema SisCi, o investimento vai baixar para em torno de R$ 8 mil, segundo estimativa de Clayton Maciel.

Uma empresa de Mossoró já demonstrou interesse no produto, cujo software é patenteado pelo IFRN.

Pequenos produtores poderão acessar serviço
Para o presidente do Comitê Executivo de Fitossanidade do Rio Grande do Norte, Segundo Paula, o sistema desenvolvido no IFRN pode permitir que mais produtores possam acompanhar suas plantações de forma mais dinâmica. Segundo Paula relatou que os grandes produtores já contam com esse tipo de serviço, mas grande parte da cadeia produtiva ainda acompanha a produção na base do "olhometro". "O programa que existe hoje é muito caro e grande parte dos produtores não pode acessá-lo", argumentou.

Segundo Paula adiantou que pretende conhecer o produto e deixou em aberto a possibilidade de expô-lo na próxima edição da Expofruit (Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada). "Pretendo conhecer a invenção e, quem sabe, expô-la na nossa feira", declarou Segundo Paula.

Fonte: Jornal De Fato

Conselho Tutelar terá estratégia própria de atuação para a época do Carnaval da cidade de Ipanguaçu

Ao lado de outros órgãos integrantes da chamada rede de proteção à infância e adolescência, o Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente do município de Ipanguaçu, região do Vale do Açu, vai contar com um regime especial de atuação durante todo o período carnavalesco.

usuario_de_alcoolTal questão já está sendo discutida por todos os membros do colegiado, segundo informação transmitida pelo coordenador-geral Francinaldo Gonzaga Bento. Adiantou que o propósito é fazer com que o conselho esteja presente a fim de coibir possíveis casos de violência envolvendo crianças e adolescentes.

"Vamos estar presentes durante todos os dias do Carnaval, mas é de fundamental importância que a primeira preocupação seja dos pais, no sentido de acompanhar seus filhos", advertiu o conselheiro tutelar.

Francinaldo Gonzaga declarou que haverá uma atenção especial à questão de consumo de bebidas alcoólicas por parte de menores de idade. Registrou que, neste particular, é essencial que se observe uma colaboração por parte dos proprietários de estabelecimentos onde são comercializados estes produtos.

"Pedimos desde já a cooperação dos donos de bares, para que evitem vender bebida alcoólica para menores", alertou.

Equipe espera período de trabalho intenso

O coordenador-geral do Conselho Tutelar de Ipanguaçu, Francinaldo Gonzaga, declara que a expectativa é de uma rotina intensa de atividade durante o período de Momo.
Isso porque, este ano, está existindo um investimento maior por parte da administração municipal para tal festividade. "Realmente a prefeitura fez um grande esforço no sentido de revitalizar o Carnaval de Ipanguaçu e, com isto, a expectativa é que possa ser registrada uma grande participação dos foliões da cidade e de outros municípios próximos", salientou. Durante o período matutino e vespertino, a agenda carnavalesca vai se concentrar na Lagoa da Ponta Grande, um dos cartões-postais de Ipanguaçu, na localidade rural de Porto.

MOVIMENTAÇÃO
Durante a noite, a programação será integralmente deslocada para o centro urbano, mais especificamente na Praça de Eventos José Lúcio de Medeiros, localizada nas imediações do estádio de futebol Joacy Fonseca.

Será neste espaço físico que ocorrerão as principais apresentações musicais já contratadas pela gestão para todo o calendário carnavalesco, de acordo com informação repassada pelo secretário municipal de Cultura, professor Francisco Fernando Neto. Francinaldo Gonzaga esclareceu que o trabalho do Conselho Tutelar será respaldado pela força policial militar da cidade e, ainda, terá o apoio logístico da própria administração municipal.

Fonte: O mossoroense