i

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Integração família – escola é o tema central da 16ª Jornada Pedagógica de Ipanguaçu, que se inicia nesta segunda-feira

Discutir as relações de responsabilidade entre a família e a escola, estabelecendo uma linha clara entre os papéis de cada uma na formação científica e cidadã dos alunos. Com este objetivo, a Prefeitura de Ipanguaçu inicia nesta segunda-feira (13) a sua 16ª Jornada Pedagógica. Com o tema “Cuidar e Educar: Uma relação de responsabilidades mútuas entre a família e a escola”. O evento se inicia às 07h30, no Campus local do IFRN, e segue até o próximo dia 17.

“Vamos realizar uma jornada pedagógica diferente de todas as anteriormente realizadas. Além da participação dos professores, teremos também os responsáveis pelos alunos, debatendo ações concretas que atraiam os pais para a escola. É importantíssimo que se mantenha uma relação entre escola e família, para que o educando/filho tenha uma educação com qualidade tanto em casa quanto na escola”, diz a secretária.

Abre a jornada uma palestra sobre o seu tema central: “Cuidar e Educar: Uma relação de responsabilidades mútuas entre a família e a escola”. A palestrante será a professora Luciana Medeiros da Cunha. Graduada em Pedagogia pela UFRN e Especialista em Educação pelo IFRN, Luciana atua como Coordenadora Pedagógica no IFRN, Luciana Medeiros da Cunha. No segundo momento, acontecerá a palestra “Planejamento e suas múltiplas faces”, que terá a coordenadora do SINTE/RN, a pedagoga Maria de Fátima Oliveira Cardoso.

No dia 14, ocorrerá o Fórum de apresentação da Cartilha de Avaliação do Desempenho Docente e no dia 15, na Escola Municipal Francisco Soares da Costa, na comunidade de Pedrinhas, o ciclo de Ateliês Pedagógicos.

Finalmente, entre os dias 16 e 17, as instituições escolares realizarão em cada uma das escolas municipais, a Produção do Projeto Político Pedagógico – PPP; a Elaboração do Regimento Interno Escolar e a Composição do Planejamento Anual Docente, que deverão ser entregues à Secretaria Municipal de Educação de Ipanguaçu até o dia 27 de fevereiro.

“Inserir as famílias no contexto de produção do conhecimento científico e cidadão que se dá em nossas instituições escolares, a fim de que elas possam sentir-se como parte integrante e essencial desse processo, e não meramente acessórios, é muito importante. Faremos isso com muita seriedade e compromisso”, conclui a secretária Jeane.

PROGRAMAÇÃO


SEGUNDA-FEIRA (13/02) – Auditório do IFRN/Campus Ipanguaçu

8h – Abertura Oficial da 16ª Jornada Pedagógica da Educação Ipanguaçuense

8h10min – Ato Cultural: Pastor José Francisco (Igreja Presbiteriana do Brasil) – “Literatura de Cordel e Educação.”

8h30min – Palestra Magna: “Cuidar e Educar: Uma relação de responsabilidades mútuas entre a família e a escola.”
·         Preletora: Profª Luciana Medeiros da Cunha (Graduada em Pedagogia pela UFRN/Natal e Especialista em Educação pelo IFRN. Atua como Coordenadora Pedagógica no IFRN)

10h30min – Palestra II: “Planejamento e suas múltiplas faces.”
·         Preletora: Profª Pedagoga Maria de Fátima Oliveira Cardoso (Coordenadora do SINTE/RN)

11h30min – Encerramento das atividades do 1º dia.


TERÇA-FEIRA (14/02) – Auditório do IFRN/Campus Ipanguaçu

 8h – Palestra III: “Nem passar nem reprovar: Ensinar”
·         Preletora: Profª Ms. Maria Aparecida dos Santos Ferreira (UFRN)

9h40min – O NASF e sua relevância para a estrutura familiar
·         Preletora: Valéria Faustino (Coordenadora do NASF Ipanguaçu-Itajá)

10h – Fórum de Apresentação da Cartilha de Avaliação do Desempenho Docente.
·         Preletoras: Maria de Lourdes e Janaína Patrícia – Assessoras da Secretaria Municipal de Educação.

11h30min – Encerramento das atividades do 2º dia.


QUARTA-FEIRA (15/02) – Escola Municipal Francisco Soares da Costa (Pedrinhas)

8h – Seminário de Experiências Exitosas na Educação Básica de Ipanguaçu/RN
·         Coordenadora da Mesa: Profª Esp. Mara Núbia de França (Coordenadora Pedagógica Municipal de Educação Especial e Presidenta da Conselho Municipal de Educação)

9h – 12h: I Ciclo de Ateliês Pedagógicos

SALA 01: “A arte de contar histórias, rotina,cuidar e educar: Caminho para a construção do conhecimento.”
·         Coordenadora: Profª Ilzene Trindade de Araújo (11ª DIRED/Assu)
·         Público Alvo: Educadoras da Educação Infantil


SALA 02: “Dinâmicas de Leitura para a Sala de Aula: Criando condições de motivação e interesse.”
·         Coordenadora: Profª Esp. Jaciaria de Medeiros (EM Francisco Targino Nobre)
·         Público Alvo: Educadores do 1º ao 3º anos do Ensino Fundamental dos Anos Iniciais

SALA 03: “Produção de Sequências Didáticas para a Educação das Relações Étnico-raciais.”
·         Coordenadora: Profª Drª Francisca Ramos Lopes (UERN/CAWSL/DL)
·         Público Alvo: Educadores do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental dos Anos Iniciais.

SALA 04: “A formação do educador e do educando enquanto leitores.”
·         Coordenadora: Profª Especialista Aloma Daiany Saraiva Varela de Farias (SME/Ipanguaçu)
·         Público Alvo: Educadores de 6º ao 9º anos do Ensino Fundamental dos Anos Finais.

SALA 05: “As relações humanas e sua importância no ambiente escolar.”
·         Coordenadoras: Aparecida Morais e Lidérica Lopes (ONG Valer/Assu)
·         Público Alvo: Auxiliares de Serviços Gerais (ASGs) e Secretários Escolares

SALA 06: “Selo UNICEF e Educação: Uma parceria pela formação dos nossos educandos.”
·         Coordenador: Luiz Antônio (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Ipanguaçu)
·         Público Alvo: Dirigentes Escolares e Supervisores Pedagógicos.

13h30min – 17h30min – II Ciclo de Ateliês Pedagógicos

SALA 01: “A arte de contar histórias, rotina,cuidar e educar: Caminho para a construção do conhecimento.”
·         Coordenadora: Profª Ilzene Trindade de Araújo (11ª DIRED/Assu)
·         Público Alvo: Educadoras da Educação Infantil

SALA O2: “Dinâmicas de Leitura para a Sala de Aula: Criando condições de motivação e interesse.”
·         Coordenadora: Profª Esp. Jaciaria de Medeiros (EM Francisco Targino Nobre)
·         Público Alvo: Educadores do 1º ao 3º anos do Ensino Fundamental dos Anos Iniciais

SALA 03: “Estratégias de Leitura e Produção de Sequências Didáticas.”
·         Coordenador: Profº André Magri Ribeiro de Melo (EM Adalberto Nobre de Siqueira)
·         Público Alvo: 4º e 5º anos do Ensino Fundamental dos Anos Iniciais

SALA 04: “A formação do educador e do educando enquanto leitores.”
·         Coordenadora: Profª Esp. Aloma Daiany Saraiva Varela de Farias (SME/Ipanguaçu)
·         Público Alvo: Educadores de 6º ao 9º anos do Ensino Fundamental dos Anos Finais.

SALA 05: “Qualidade na Merenda Escolar é sinal de uma Escola Sustentável!”
·         Coordenadora: Virgínia Nereyda Pinheiro de Andrade (Nutricionista/SME)
·         Público Alvo: Auxiliares de Serviços Gerais (ASGs)

SALA 06: “A formação do Dirigente Escolar e do Supervisor Pedagógico: Estabelecendo papéis.”
·         Coordenadoras: Profª Jeane Dantas dos Santos Bezerra e Profª Mara Carmelita Pessoa Lopes e Lopes (Dirigentes Municipais da Secretaria de Educação)
·         Público Alvo: Dirigentes Escolares, Supervisores Pedagógicos e Secretários Escolares.

QUINTA-FEIRA (16/02) e SEXTA-FEIRA (17/02) – In Loco nas Instituições Escolares

8h – 12h:
·         Produção do Projeto Político Pedagógico – PPP
·         Elaboração do Regimento Interno Escolar
·         Composição do Planejamento Anual Docente por componente curricular

PT terá 38 mil candidatos em todo o país nas eleições deste ano

O PT estima em 38 mil o número de candidatos nas eleições deste ano. A conta leva em conta a disputa pelos cargos de de prefeito, vice e vereador em todo o país.

O secretário-geral do partido, Paulo Frateschi (SP), fez um prognóstico da disputa eleitoral nesta quarta-feira, durante reunião da chapa majoritária do PT.

Na reunião --que contou com a presença do ex-ministro José Dirceu-- Frateschi informou que 118 cidades serão consideradas prioritárias nas próximas eleições. E pediu, em nome do comando do partido, unidade nesses municípios.

Lembrando a eleição estadual da Paraíba e do Amazonas, onde o PT se dividiu no apoio a governo, Frateschi avisou que o partido irá até intervir se casos como esses se repetirem na corrida municipal.

O partido oferecerá um curso sobre o modo petista de governar a esses 38 mil candidatos, sendo presencial nas cidades com mais de 150 mil habitantes.

Ao falar sobre a eleição de São Paulo, o presidente do PT, Rui Falcão, disse que ainda não há decisão sobre a aliança com o PSD, de Gilberto Kassab.

O coordenador da corrente Construindo um Novo Brasil, Francisco Rocha, o Rochinha, defendeu que o tema seja discutido formalmente no diretório nacional amanhã.

Com informações da Folha.com

Leonardo Oliveira registra que obra de limpeza do rio Pataxó também beneficia pessoas de outras cidades

 
Não são somente os produtores rurais e parte da população ribeirinha do rio Pataxó que estão sendo beneficiados com os serviços de desobstrução e limpeza do leito do citado manancial hídrico. De acordo com informação do prefeito de Ipanguaçu, a ação, que está sendo tocada por sua administração e recebeu a colaboração do Governo do Estado, também está beneficiando pessoas de outras cidades. O prefeito municipal voltou a tocar neste tema numa matéria cedida à reportagem da Rádio Princesa do Vale. Leonardo lamenta que a contribuição que vinha sendo dada pelo Governo do Estado infelizmente não está mais sendo verificada. Porém, reiterou que sua disposição é no sentido de garantir a continuidade dos serviços, mesmo que apenas com os recursos do erário público municipal.
 
Fonte: Rádio Princesa do Vale

Líder de movimento grevista na Bahia é preso em Salvador

O líder dos policiais militares que estavam em greve desde o dia 31 de janeiro foi preso na manhã desta quinta-feira, em Salvador. Marco Prisco, que tinha contra ele um mandado de prisão, foi capturado após a decisão dos grevistas em terminar a ocupação da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), junto com outro líder do movimento, Antonio Angelini. Eles saíram pelos fundos do prédio, o que era uma exigência para que se entregassem.

Segundo o coronel Márcio Cunha do Exército, em entrevista à Globo News, Prisco teria se entregado a homens da Polícia do Exército e da Polícia Federal e encaminhado ao batalhão da Polícia do Exército em Salvador.

O movimento teria enfraquecido após a divulgação de gravações telefônicas que revelaram a participação do líder em ações de vandalismo. Em trechos divulgados no Jornal Nacional desta quarta-feira, ele aparece ordenando que um homem bloqueie uma rodovia federal. “Eu vou queimar viatura… Eu vou queimar duas carretas agora na Rio-Bahia que não vai dar tempo…”, afirma o interlocutor, ao que Prisco responde: “Fecha a BR aí meu irmão. Fecha a BR.” Prisco nega ter participado de atos de violência.
De acordo com o advogado dos manifestantes, Rogério Andrade, Prisco decidiu se entregar por conta da “inflexibilidade do governo para negociar” e com o objetivo de evitar um conflito armado. Andrade explica que a rendição inviabiliza a continuidade da greve. “Na teoria o movimento acabou, porque o comando é retirado do movimento, que está fragilizado”, explica.
Do portal Terra

Médicos vetam Lula de desfilar no carnaval

Por recomendação médica, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não vai mais desfilar na escola de samba Gaviões da Fiel, que neste ano contará na avenida a história do ilustre corintiano.

A Folha apurou que os médicos do Hospital Sírio-Libanês que acompanham Lula no tratamento contra o câncer na laringe devem chamar os dirigentes da Gaviões da Fiel para anunciar o veto ainda nesta semana.

A escola é a sexta a entrar na avenida, no sábado de Carnaval, dia 18. O ex-presidente desfilaria no último carro “Homenagem da nação corintiana ao povo brasileiro”.

Na avaliação dos médicos, embora Lula esteja reagindo bem ao tratamento e apresente regressão do tumor, a exposição neste momento é “expressamente proibida”.

Fátima Bezerra participará de evento em Genebra

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) é convidada da Secretaria de Políticas das Mulheres da Presidência da República para participar da 51ª sessão do Comitê para Eliminação da Discriminação contra a Mulher (Comitê CEDAW), que será realizada entre 13 de fevereiro e 02 de março em Genebra.
 O Governo Brasileiro apresentará o VII Relatório à Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra a Mulher em 17 de fevereiro. O documento é uma prestação de contas do governo brasileiro ao Comitê e traz as ações adotadas no Brasil para promover a igualdade de gênero. Todas as integrantes da Bancada Feminina do Congresso Nacional foram convidadas.
O Comitê CEDAW é realizado há 30 anos pela Organização das Nações Unidas (ONU) e se constitui num dos principais organismos internacionais a discutir e acompanhar a execução de políticas de gêneros em todo o mundo.

Governo discute municipalização do Programa do Leite e garante pagamento das dívidas a partir de março

O Governo do Estado fechou acordo com a Fiern e com o Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados do RN (SINDLEITE-RN) para quitar os débitos do Programa do Leite deixados pela gestão anterior. O acordo foi firmado em reunião nesta quinta-feira (09), na Governadoria. O valor devido, cerca de R$ 3,4 milhões, será pago em oito quinzenas, a partir de março, paralelamente ao pagamento das quinzenas do Programa do Leite 2012.

Segundo o diretor geral da Emater-RN, Ronaldo Cruz, os recursos para o pagamento de débitos atrasados e das parcelas quinzenais do Programa do Leite em 2012 estão garantidos no orçamento deste ano. A dificuldade enfrentada em 2011 para liquidar as dívidas se deu porque os recursos destinados a esse programa estavam inseridos no Programa de Combate à Pobreza, e isso dificultou a distribuição do dinheiro.

Mas, além de quitar a dívida, o Governo do Estado trabalha para reestruturar o Programa do Leite a partir de sua municipalização. Segundo a governadora Rosalba Ciarlini, esse novo formato vai facilitar a logística de distribuição tanto para as cidades quanto para a população. “Quando fui prefeita, nunca soube quantas pessoas eram beneficiadas ou quem recebia leite em minha cidade. Acho isso muito errado. É preciso ter um controle maior para que o leite chegue ao destino certo, às crianças”, disse a governadora.

Rosalba ainda esclareceu que a municipalização do Programa do Leite não vai afetar os produtores e que vai cobrar uma prestação de contas dos municípios, além de acompanhar relatórios de acompanhamento da saúde e desenvolvimento das crianças beneficiadas. Os representantes do SINDLEITE concordaram com a iniciativa, mas disseram que é preciso capacitar as comissões municipais que distribuem o leite, para que o trabalho seja feito de maneira eficaz. Já o presidente da Fiern, Amaro Sales, disse que a estrutura do Sesi e do Senai está à disposição para capacitar as pessoas que atuam diretamente no programa.

Lei de Ficha Limpa deve entrar em vigor este ano

Regra validada pega políticos cassados ou que renunciaram para escapar de uma punição legal

Da Folha de São Paulo
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) , Cezar Peluso, disse que pretende votar em até 15 dias se a Lei da Ficha Limpa é válida ou não. A intenção dele é colocar o texto em análise antes do Carnaval, no dia 15 de fevereiro.
A tendência é que o texto seja aprovado e entre em vigor nas eleições deste ano.
A constitucionalidade da Ficha Limpa é questionada no Supremo desde 2010. A lei determina a inelegibilidade, por até oito anos, de políticos condenados criminalmente em segunda instância, cassados ou que tenham renunciado para evitar processo.
Em março do ano passado, por 6 votos a 5, o tribunal julgou que a lei não podia ser aplicada às eleições de 2010, pois considerou que ela alterava o processo eleitoral.
De acordo com o princípio da anualidade, lei que altera o processo eleitoral só pode valer para as eleições feitas um ano após sua sanção.
Com a decisão, candidaturas como as de João Capiberibe (PSB-AP) e Jader Barbalho (PMDB-PA), que haviam sido impugnadas pela Ficha Limpa, foram validadas, e os senadores puderam assumir.
A validade da lei em si, porém, ainda não foi analisada pelo Supremo, que aguardava a nomeação, pela presidente Dilma, de um novo ministro para o lugar de Ellen Gracie, que se aposentou.
Com a chegada da ministra Rosa Weber, o plenário fica completo.
Em dezembro, Luiz Fux, relator das ações sobre a lei, alterou seu voto inicial e validou a parte da legislação que torna inelegível quem renuncia ao mandato legislativo para fugir da cassação.
O julgamento foi interrompido depois de pedido do ministro José Dias Toffoli para ter mais tempo para analisar o caso.
A maioria dos ministros deve votar pela constitucionalidade da lei.