i

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Em Ipanguaçu, premiado evento de incentivo à leitura chega à sua 4ª edição em escola municipal de assentamento rural




Localizada na zona rural de Ipanguaçu, no assentamento Tabuleiro Alto, distante pouco mais de 20 quilômetros do centro da cidade de Ipanguaçu, a Escola Municipal Adalberto Nobre de Siqueira tem sido reconhecida e premiada nacionalmente por suas políticas de incentivo à leitura. Encerrando o mês de setembro, no qual se comemora a Semana Internacional do Livro. A escola desenvolveu a 4ª edição da sua “Semana de Línguas”, com o tema “De Caminha à Lobato: A evolução da história brasileira”.

O projeto é idealizado e coordenado desde o seu início pelo jovem professor de Língua Portuguesa André Magri, contando com total suporte da Prefeitura de Ipanguaçu, através da Secretaria Municipal de Educação. Além de fomentar a prática da leitura, o evento, realizado desde o ano de 2010, visa incentivar entre os alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental as práticas reflexivas de escrita e cultivar o apego pelas diferentes manifestações artísticas.

“O projeto nasceu em 2009, quando foram constatadas grandes deficiências na aprendizagem dos alunos. Observamos que havia um grande desapego aos estudos da sua língua materna, repulsa em relação às atividades de leitura e escrita e descrença no potencial transformador da escola em suas vidas”, relata. “Hoje os alunos dão testemunho de que a leitura tem mudado positivamente as suas vidas e visões de mundo, o que é mais gratificante que qualquer prêmio”, diz.

O tema desse ano, explica o professor, foi escolhido a fim de desafiar os alunos a não só terem prazer na leitura, mas, também, a estudarem os aspectos históricos, políticos e sociais que influenciam as produções literárias, como o colonialismo nos textos quinhentistas ou da ditadura militar na música modernista. Na programação, extensa e diversificada, participaram mais de 100 alunos de diversas escolas da Rede Municipal e, indiretamente, cerca de 700 crianças e adolescentes.

Representando no evento o escritor português Pero Vaz de Caminha, notabilizado como o autor da Carta a Dom Manuel I, testemunho do descobrimento do Brasil, o estudante Lisandro Henrique de Souza, de 11 anos, tornou-se um leitor voraz, graças aos incentivos recebidos em sala de aula.  “Sinto-me bem e orgulhoso de participar da Semana de Línguas e poder contar para outros alunos tudo o que conseguimos aprender através da leitura. Eu não ligava para essas coisas, mas comecei a me interessar quando entrei pro 6ª ano. Cresci como pessoa e comecei a querer ler mais e mais”, afirma, com brilho nos olhos.

A professora de Língua Portuguesa Angelina Luiza Neta, que levou seus alunos da comunidade rural de Língua de Vaca até Tabuleiro Alto, conta que é um grande desafio para os alunos apresentar e estudar as escolas literárias. “Iniciativas como esta são muito importantes no crescimento dos estudantes. O professor André está apresentando aos alunos nesta Semana de Línguas um assunto além do seu tempo, de Ensino Médio, o que é uma inovação. Estão de parabéns pela fidelidade na produção das salas que recontam as épocas. Esses momentos contribuem para o incentivo e envolvimento dos alunos, e é visível que eles já estão viciados de uma forma boa no mundo da leitura”, fala a professora.   

A aluna Lorena Estefany Frutuoso de 12 anos da comunidade de Arapuá, ficou impressionada com o que viu nas exposições. “Gostei das apresentações nas salas. Consegui aprender algumas coisas, como a história de Pero Vaz de Caminha. Foi muito bom ver as histórias contadas com as salas bem arrumadas”, relata a estudante.

“Ficamos felizes pela participação efetiva da comunidade escolar e pelos resultados alcançados ano após ano. Nossa ideia é ampliar, em breve, esta iniciativa, que é simples, mas que resulta em um ganho inimaginável para cada um dos alunos envolvidos”, disse a secretária de Educação de Ipanguaçu, Jeane Dantas.

“Para mim, enquanto educador é encantador chegar à 4ª edição da Semana de Línguas, ainda mais quando se olha para trás e percebe-se o que mudou, o que se transformou na vida dos nossos alunos. É simplesmente indescritível a emoção de poder ver no olhar, nas ações, no falar de cada aluno o seu amor pelos livros e pela leitura. Essa edição foi marcante, pois vem reafirmar o valor de uma educação que liberta e dá asas”, resume o professor André Magri.

Divulgando suas propostas, Leonardo e Josimar promovem Caravana 13 e fazem comícios-relâmpago em 10 comunidades rurais


População comparece em alto número e prestigia, em sinal de apoio aos candidatos

Contando com amplo apoio da população, o prefeito de Ipanguaçu e candidato à reeleição Leonardo Oliveira (PT) e o vice Josimar Lopes (PSB) percorreram nesta quinta-feira (27) nada menos que 10 comunidades rurais. Composta ainda pelos vereadores da Coligação Aliança do Povo, a Caravana 13 reuniu centenas de pessoas em cada uma das localidades visitadas, totalizando milhares de cidadãos e cidadãs que saíram de casa para ouvir propostas e manifestar apoio ao projeto de continuidade do crescimento e do desenvolvimento econômico e social do município.
A Caravana 13 iniciou seu trajeto em Nova Descoberta, passando por Tira Fogo, Assentamento Olho D'água, Tabuleiro Alto, Serra do Gado, Angélica, Canto Claro, Língua de Vaca, Capivara e Arapuá. Em cada comício, alegria, entusiasmo e emoção renovados.
Além de fazer um balanço do trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo dos últimos três anos e nove meses, evidenciando a notável melhoria na qualidade de vida da população, Leonardo e Josimar divulgaram suas propostas e metas para a próxima gestão.  “Viemos apresentar nossas propostas para que o município continue crescendo e se desenvolva ainda mais. Fui escolhido a ser vice de um candidato comprometido com a população e que tem realizado muito, mas queremos muito mais ainda. Este é um desafio possível para quem tem garra e muita disposição para o trabalho”, disse Josimar.
“Em cada comunidade de Ipanguaçu temos a realidade do nosso trabalho para mostrar”, afirmou Leonardo, que fez questão de listar, comunidade por comunidade, diversas obras, ações e serviços empreendidos em sua gestão.
“Em Nova Descoberta, nós reabrimos as portas da escola municipal que esteve fechada por muitos anos. E em 2013 vamos fazer funcionar lá a Escola do Campo, com uma infraestrutura que muitas escolas particulares não têm. Nós construímos também uma praça, para o lazer dos moradores. Em Tira Fogo, ativamos um Posto de Saúde no prédio de mais uma escola que fecharam em outra gestão. Mas já estamos construindo a sede própria do PS, pois no prédio da escola vamos fazer um Centro de Vivência”, anunciou.
“Nós investimos no fortalecimento da agricultura em todas as comunidades. Em Olho D’água, Serra do Gado e Canto Claro, investimos ainda no esporte e no lazer. Em Tabuleiro Alto, destaque para a educação, pois é lá que mantemos a escola municipal que ganhou destaque nacional, sendo premiada por diversas vezes Brasil afora. A educação de Ipanguaçu, é bom lembrar, já ultrapassou todas as metas que o Governo Federal estipulou para o ano que vem”, destacou.
“No prédio de mais uma escola que estava fechada, lá em Angélica, implantamos o primeiro Posto de Saúde da história daquela comunidade. Fizemos também a praça. Em Língua de Vaca, reformamos completamente e reativamos mais um Posto de Saúde que tinha sido fechado. Em Capivara, recuperamos o campo. Em Arapuá, pavimentamos, construímos o ginásio poliesportivo, construímos posto de saúde e investimos na melhoria da qualidade da água fornecida. Se fizemos tudo isso e muito mais em menos de quatro anos, pense no que poderemos fazer por Ipanguaçu em oito anos, avalie nossas propostas, nosso trabalho e vote 13 no dia 07 de outubro, para Ipanguaçu continuar no rumo certo”, disse Leonardo, sempre muito aplaudido.  
“Fecharam os prédios públicos, mas Leonardo está reabrindo por saber que a população precisa dos serviços”, diz Dr. Edinho

O ex-prefeito Edson Gê comentou sobre a iniciativa de Leonardo de reativar prédios públicos desativados e abandonados em gestões passadas. “Eu construí, antigos gestores fecharam e hoje Leonardo está reabrindo e oferecendo serviços à população que antes estavam perdidos. O povo precisa dos serviços públicos, e é missão do gestor proporcionar, não desativar. Leonardo é um prefeito com um olhar inovador, sensível às necessidades dos ipanguaçuenses”, disse Doutor Edinho em Tira Fogo.

“Quem não vê o trabalho de Leonardo só pode ser cego”, diz moradora de Angélica

Em Angélica, a moradora Olívia pediu a palavra e fez questão de falar em nome dos moradores. “Agradecemos tudo que Leonardo fez pela comunidade. Ainda tem quem não agradeça, mas devem estar cegos. Onde hoje funciona o Posto de Saúde, era um chiqueiro de animais. A oposição diz que no posto aqui não tem uma dipirona, mas vá se consultar pra ver se não sai com os remédios na mão?! Fico indignada com esses discursos de gente que não conhece a nossa realidade. Muito obrigada por tudo o que tem feito por nós, Leonardo”, desabafou.
Discursando em Arapuá, comunidade que encerrou a série de comícios da Caravana 13, o ex- vice-prefeito Mário Silvério também enalteceu o perfil trabalhador de Leonardo. “Hoje, sim, podemos afirmar que temos uma saúde melhor, uma educação de qualidade e um prefeito que incentiva o esporte. Arapuá é a prova disso. A comunidade recebeu investimentos antes nunca vistos. Além de tudo, Leonardo resgatou a autoestima do povo. E ele vai continuar a fazer por todos, sem discriminar nem uma comunidade como antes ocorria em Ipanguaçu”, disse Mário.
Veja mais fotos (AQUI).

Aprovados os horários dos jogos da Copa 2014


O Comitê Executivo da Fifa se reuniu nesta quinta em Zurique, na Suíça, e aprovou todos os horários para as partidas do Mundial. O duelo de abertura, que terá a seleção brasileira e acontecerá em São Paulo, começará às 17h (de Brasília), em 12 de junho.
Os jogos da fase de grupos acontecerão às 13h, 17h, 18h, 19h e 21h, e os das oitavas e quartas de final acontecerão às 13h e às 17h. Já às semifinais serão realizadas às 17h, e a grande final, às 16h do dia 13 de julho de 2014.
Segundo a Fifa, os horários foram estipulados levando em conta vários critérios, como distribuição equitativa de todas as seleções; períodos de descanso equitativos para todas as equipes em um mesmo grupo; temperatura nas cidades-sede; fatores do mercado global de televisão; e logística de viagem da torcida (como horários de voos e alojamento).
Projeto arena corinthians maquete (Foto: Divulgação)(Projeto da Arena Corinthians: estádio será o palco da abertura da Copa)
Sorteio da Copa
O sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, acontecerá no dia 6 de dezembro de 2013, na cidade baiana de Costa do Sauípe, definiu nesta quinta-feira o Comitê Executivo da Fifa.
Data limite para convocações
Ficou definido ainda que o dia 19 de maio de 2014 será a data limite para que os técnicos informem os jogadores convocados para o torneio. Por fim, a Fifa determinou que entre 19 e 25 de maio não será disputada nenhuma competição, exceto a Liga dos Campeões da Europa, para que os jogadores tenham pelo menos uma semana de descanso antes de se apresentarem às seleções.
Horários dos jogos de 2014 por cidade
Belo Horizonte: 13h e 17h
Brasília: 13h e 17h
Cuiabá: 16h e 18h (fuso horário com uma hora a menos em relação ao horário de Brasília)
Curitiba: 13h, 16h, 17h e 19h
Fortaleza: 13h, 16h e 17h
Manaus: 15h, 16h e 21h (fuso horário com uma hora a menos em relação ao horário de Brasília)
Natal: 13h e 19h
Porto Alegre: 13h, 16h e 17h
Recife: 13h, 17h e 19h
Rio de Janeiro: 13h, 16h, 17h e 19h
Salvador: 13h, 16h e 17h
São Paulo: 13h, 16h e 17h