i

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Saúde do Trabalhador: Prefeitura de Ipanguaçu inicia capacitação para todas as equipes do Programa Saúde da Família no município

Visando aperfeiçoar o diagnóstico e o tratamento de casos relacionados à saúde do trabalhador, a Prefeitura de Ipanguaçu iniciou nesta quarta-feira (22) um curso voltado para os profissionais que formam todas as equipes do Programa Saúde da Família (PSF) em atuação no município. A capacitação, dividida em três módulos, terá continuidade até o final do ano e é fruto de uma parceria com o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), da II Unidade Regional de Saúde Pública (II URSAP).

De acordo com a técnica Vera Cristina, especialista em Saúde Pública, a capacitação dotará os profissionais de todos os recursos necessários para reconhecer com sucesso casos afins com a saúde e segurança do trabalho. “Preparar esses profissionais do Programa Saúde da Família é um passo muito importante, pois as equipes envolvidas atuarão de forma estruturada, contínua e próxima aos locais onde as atividades se desenvolvem, possibilitando a identificação e proposição de alternativas de soluções dos problemas relacionados ao trabalho”, frisa Vera Cristina.

Segundo normas do Ministério da Saúde, a equipe do PSF precisa ser capaz de atuar com criatividade e senso crítico, aliando esses critérios com uma prática humanizada, competente e que envolva ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação. Além disso, os profissionais devem ser capazes de planejar, organizar, desenvolver e avaliar ações que respondam às necessidades da comunidade, articulando os diversos setores envolvidos na promoção da saúde.

Para a secretária de Saúde de Ipanguaçu, Sumaira Fonseca, esse estudo se reverterá em benefícios para a comunidade, que terá profissionais melhores preparados para atuar e construindo uma base para uma crescente qualidade de vida dos servidores das instituições públicas e privadas do município.

Zé Ramalho é atração principal de hoje do mais antigo São-João do mundo

O cantor paraibano Zé Ramalho se apresenta hoje, pela primeira vez, no Vale do Açu, com expectativa de arrastar o maior público deste ano desde o início das comemorações ao padroeiro São João Batista. O público recorde é esperado por dois motivos: primeiro, por ser véspera do feriado de Corpus Christi; depois, por não haver programação festiva na Estação das Artes do Mossoró Cidade Junina.

Esta será a última semana em homenagem ao padroeiro, mas a festa continua até o dia 29, emendando com as festividades do São Pedro. Além de Zé Ramalho, se apresentam Alvimar Farias e Pisada de Bakana. Amanhã tem Vicente Nery, sexta tem Toca do Vale e no sábado, 25, Amigos Sertanejos.Durante a semana, acontecem os eventos culturais. Na segunda e terça, últimas, aconteceram as últimas etapas do festival de quadrilha, reunindo 12 quadrilhas de várias cidades da região. Também está sendo realizado o Festival da Canção, promovido pelo Campus Avançado Walter de Sá Leitão (UERN), que escolherá a melhor canção inédita entre os alunos. Amanhã tem o Oratório de João na Terra da Poesia, realizado pelo grupo de teatro Cenec, que, segundo o secretário de evento, Dailson

Machado, substitui o Alto do São João, que antes era realizado pela Fundação José Augusto. "O espetáculo conta a história de São João e acontece no anfiteatro Costa Leitão", disse.De acordo com ele, o evento em Assú é grande por conta da religiosidade. "Comemoramos a festa do nosso padroeiro e não só realizamos os festejos juninos. Temos um público muito fiel", finaliza Dailson.

Fonte: Jornal de Fato 

Mega-Sena sorteia R$ 50 milhões nesta quarta-feira

mega-sena

A Caixa Econômica Federal pode pagar um prêmio de R$ 50 milhões para quem acertar as seis dezenas do concurso 1.294 da Mega-Sena. O sorteio acontece nesta quarta-feira (22), a partir das 20h (horário de Brasília).
Aplicado na poupança, o prêmio pode render mais de R$ 300 mil por mês. Com os R$ 50 milhões, o ganhador poderia comprar 2 mil carros populares.
Para concorrer, o apostador tem até as 19h (horário de Brasília) para registrar o bilhete. As apostas simples custam R$ 2.
Fonte: G1