i

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Prefeitura de Ipanguaçu comemora dia do Idoso com viagem e dinâmicas


Em respeitosa reverência aos mais experientes cidadãos e cidadãs de Ipanguaçu, a prefeitura do município promoveu nesta quinta-feira (29) uma programação especial com os grupos da melhor idade do centro da cidade e da comunidade rural de Luzeiro. A atividade celebra o Dia Nacional e Internacional do Idoso, que será comemorado no sábado (01).

Os idosos participaram de celebração na capela do Luzeiro e de diversas dinâmicas, contando com a trilha sonora executada pela Banda Filarmônica Municipal Elizaldo Rodrigues dos Santos.

“Nossos idosos ficaram muito felizes, não só com a viagem, mas também com a apresentação da banda filarmônica. Estamos em um momento de comemorarmos as conquistas da terceira idade, principalmente em Ipanguaçu, onde hoje os idosos são tratados com respeito pela administração municipal" frisa a secretária de Assistência Social de Ipanguaçu, Cristina Oliveira.

De acordo com Cristina, no próximo dia 04 de outubro os grupos da melhor idade visitarão a comunidade de Sacramentinho.

A coordenadora dos grupos de Idosos, Doralice Melo, disse que a Prefeitura tem intensificado o número de atividades voltadas ao público idoso, e não só relacionadas ao lazer. “A prefeitura tem trazido, por exemplo, palestrantes e médicos para falar sobre cuidados com a saúde. Além das orientações, os idosos passam por exames médicos e, caso haja algum problema, são encaminhados para o tratamento adequado. É interessante registrar o apoio que eles nos têm dado e a alegria que demonstram ao receber tamanha atenção. A prefeitura entende que eles são muito importantes para a nossa sociedade”, afirma Doralice Melo.

Bebidas alcoólicas e meia-entrada estão fora da Lei Geral da Copa

Segundo o ministro Orlando Silva, temas serão tratados separadamente

O ministro do Esporte Orlando Silva disse ontem (29) que o combate à pirataria e ao uso indevido da marca da Federação Internacional de Futebol (Fifa) serão fiscalizados de perto pelo governo federal. As regras para o uso da marca da Fifa estão previstas no Projeto de Lei Geral da Copa. O texto já foi encaminhado para a Câmara dos Deputados.

O ministro destacou, porém, que é a pirataria que está proibida e não o uso do símbolo da Fifa para enfeitar as ruas do país, como é costume no Brasil.

Lei Geral da Copa não vai incluir meia-entrada e bebidas alcoólicas"O que queremos com essa lei é combater a pirataria. Não é razoável que uma pessoa se aproprie de algo que não é seu e ganhe com isso, o que não tem nada a ver com a tradição brasileira de decorar nossas ruas", esclareceu o ministro, em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, produzido pela EBC Serviços, em parceria com a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

De acordo com Orlando Silva, o Projeto de Lei Geral da Copa trata também sobre outros assuntos da organização do mundial, como a concessão do visto para profissionais, visitantes e a segurança nos estádios. Segundo o ministro, ficaram de fora a questão da meia-entrada para estudantes e o consumo de bebidas alcoólicas nos estádios.

O ministro disse que não existe lei federal que trate da meia-entrada de estudantes, somente leis estaduais. Por isso, o tema será tratado diretamente com cada estado. Apenas os idosos, de acordo com o Estatuto do Idoso, têm a meia-entrada garantida nos jogos.

Em relação à venda de bebida alcoólica, Orlando Silva disse que existe uma norma da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) proibindo o consumo nos estádios. "Alguns estados têm leis estaduais que vedam o consumo de bebidas alcoólicas, mas existe uma demanda da Fifa em relação a esse assunto e ele será tratado com muito cuidado", explicou o ministro.

O ministro também fez um balanço da preparação do país para a Copa do Mundo de 2014. Segundo ele, todas as 12 cidades-sede já iniciaram as obras em seus estádios e oito deles estarão concluídos até o final de 2012. Os restantes ficam prontos até o fim de 2013.

As obras também começaram em oito dos 13 aeroportos das cidades-sede e, uma delas, já está concluída, no aeroporto de Viracopos em Campinas (SP).

* Fonte: copa2014.org.br
Tribuna do Norte

Professores de Ipanguaçu concluem curso de formação Continuada em Tecnologia Educacional

 
Primando pela oferta de uma educação de excelência nas escolas da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Ipanguaçu, em parceria com o Ministério da Educação (MEC), concluiu nesta quinta-feira (29) o Programa Nacional de Formação Continuada em Tecnologia Educacional (Proinfo Integrado), no Teatro Municipal Maria Eugênia.

O Proinfo Integrado visa formar docentes, técnicos e gestores escolares no uso didático-pedagógico das Tecnologias da Informação e Comunicação, com a distribuição de equipamentos tecnológicos (como computadores e impressoras) e com a oferta de conteúdos e recursos multimídia e digitais nas escolas.

Durante o encerramento do curso, a equipe da Secretaria Municipal de Educação agradeceu a todos os participantes pelo interesse na capacitação e às pessoas que se envolveram de alguma forma nas atividades.

A secretária de Educação, Jeane Dantas, destacou que a educação precisa caminhar com as novas tecnologias. “São 38 professores nesta primeira etapa, e já estamos formando mais 60 professores. Isso mostra que estamos no caminho certo. Graças ao apoio do prefeito Leonardo Oliveira e a parceria do Ministério da Educação, foi possível a realização do curso continuado. O município tem procurado melhorar cada vez mais os índices de Educação realizando capacitações e dando oportunidade aos professores de ampliar seus conhecimentos”, falou a secretária.

Para a professora Francisca Lucimaira de Araujo, o curso trouxe uma melhor percepção sobre o uso da tecnologia para melhorar a qualidade do ensino nas escolas. “A formação permite que o professor dinamize o processo de educação, possibilitando o melhor uso das novas tecnologias, essenciais neste mundo moderno para professores e alunos”, relata a professora.

PF apreende 30kg de crack durante fiscalização

 Droga foi encontrada em compartimento de caminhão de carga e seria levada para São Luís

A Polícia Federal realizou na tarde da última quarta-feira, 28, mais uma apreensão de drogas em Natal. Um motorista gaúcho, de 50 anos, foi preso quando trazia 29,9 quilos de crack de Mato Grosso, escondidos em um dos compartimentos da carroceria de um caminhão. A prisão do suspeito ocorreu no momento em que uma equipe da PF realizava fiscalização de rotina junto a vários veículos de outros estados que circulavam pela BR-101, na altura do Distrito Industrial, bairro de Nossa Senhora da Apresentação. Somente em 2011, a PF já apreendeu 1,23 tonelada de drogas no Rio Grande do Norte. Desse total, 255,7 kg eram de crack.

Durante a fiscalização, um caminhão baú com placa de Santa Catarina aguardava na fila para ser descarregado em uma das empresas ali instaladas quando teve documentos e a sua cabine vistoriada. Nada de irregular foi encontrado. No entanto, em um compartimento da carroceria, geralmente utilizado para guardar alimento, os policiais perceberam que havia algo suspeito armazenado dentro de sacos, embaixo de algumas caixas plásticas.

Ao ser indagado sobre o conteúdo, o motorista afirmou ser "marmelada", mas como se tratava de uma grande quantidade, os policiais desconfiaram e abriram a embalagem, derscobrindo29 tabletes de uma substância petrificada envoltos em bexigas coloridas (provavelmente para não exalar odor). O teste com reagente deu positivo para cocaína em forma de crack. Imediatamente o homem recebeu voz de prisão em flagrante e seguiu para ser autuado por crime de tráfico de substância entorpecente na sede da Polícia Federal, em Lagoa Nova. O caminhão que ele conduzia foi também apreendido.

Durante o depoimento, o acusado, que já respondeu a processo por estelionato no Paraná, confessou que recebeu a droga em Cuiabá (MT), de uma pessoa que ele disse conhecer "apenas de vista", o qual lhe propôs a quantia de R$ 5 mil para levar a "encomenda" até São Luís/MA, onde seria contatado tão logo chegasse ao destino. Declarou ainda que esta foi a primeira vez que transportava drogas. 

Fonte: Diário de Natal

Pelo menos dez categorias ameaçam retomar greve na próxima semana

AssembleiasHá quatro meses, o Rio Grande do Norte enfrentava uma onda de greves que paralisou os principais setores da administração direta e indireta, o que comprometeu serviços essenciais à população. Os servidores encerraram às paralisações mediante compromisso do Governo do Estado de começar a pagar reajuste a partir de setembro.

O acordo, entretanto, não vem sendo cumprido, segundo os sindicatos, e as greves deverão ser retomadas terça-feira, 4. Diversas categorias já decidiram, em assembleias, reiniciar paralisações. As primeiras a resolver foram o Instituto de Desenvolvimento Econômico e Ambiental (Idema) e a Fundação José Augusto.

No último dia 26 foi a vez dos servidores do Instituto de Defesa Agropecuária do RN (Idiarn) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran) anunciarem que também voltarão à greve, quarta-feira. Quinta-feira (29), os trabalhadores da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) engrossaram a retomada da greve.

Quem também resolveu entrar em greve a partir da semana que vem foram os técnicos das secretarias estaduais, lotados no Centro Administrativo, em Natal. Outras categorias também ameaçam entrar em greve caso o Governo insista em descumprir o acordo quanto ao pagamento do restante das parcelas dos Planos de Cargos e Carreira.

É o caso dos servidores da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa), que realizam assembleia quarta-feira (5), e a Polícia Civil que marcou para sexta-feira (7) o indicativo de greve da categoria. A greve da polícia recomeçará se, até lá, o Governo não atender reajuste aos policiais civis.

Outra categoria que pode parar, terça-feira (4), são os professores estaduais. "A direção do Sinte Natal aproveita para dizer aos colegas funcionários que estejam preparados para a greve na próxima terça-feira", comunica o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte/RN).

Além deles, os médicos lotados na Secretaria Estadual de Saúde também ameaçam paralisar atividades. "Se o Governo não atender nossas reivindicações, iremos iniciar o movimento grevista no dia 4 de outubro", adverte o presidente do Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed/ RN), Geraldo Ferreira.  
 
Sindicatos afirmam que Governo quebra compromisso com servidoresO coordenador do Sindicato dos Servidores da Administração Direta e Indireta (Sinai) em Mossoró, Hermes Oliveira, diz que as categorias estão chateadas com o que consideram descaso e falta de compromisso do Governo do Estado, que alega não ter como pagar reajuste relativo a Plano de Cargos a partir de setembro, como combinado.

"O Governo embromou, dizendo que está sem recursos, mas sabe-se que está bem de arrecadação. Todos os anos o Governo dá aumento ao servidor, sem nunca desobedecer a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e agora está usando isso como desculpa", lamenta Hermes Oliveira.

Segundo o sindicalista, no último ofício encaminhado, datado de 13 de julho, o Executivo estadual se comprometeu a pagar as parcelas em atraso, e não condicionou esse pagamento à LRF, daí, a indignação dos servidores com o argumento apresentado pela administração pública estadual.

Segundo a coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinte), Fátima Cardoso, a luta dos funcionários é justa, porque o Governo está se negando a cumprir com o acordo, alegando falta de recursos, quando, de acordo com a sindicalista, "está nadando em dinheiro".

"Tem muito dinheiro sim, só de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) foi mais de 12% de aumento, sem contar com os royalties e demais impostos, e ainda assim o Governo diz que não tem condições de responder. Isso para nós significa que o Governo rasgou o acordo que foi assinado com a categoria, e a reação será a greve", assegura a sindicalista.

Fonte: O mossoroense