i

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Educação realizara aula inaugural do programa Formação pela Escola

A Secretaria  Municipal de Educação de Ipanguaçu, realiza amanhã(27) ás 10 horas, no Centro Integrado da Cidadania - CIC, a aula inaugural do programa Formação pela Escola, que faz parte do programa nacional de Formação Continuada a Distância, nas ações do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A primeira turma do programa na cidade vai contar com a participação de 25 pessoas.
“O Formação pela Escola é um programa de formação continuada na modalidade a distância, que tem como finalidade contribuir para o fortalecimento da atuação das pessoas envolvidas com execução, acompanhamento, avaliação, controle e prestação de contas de programas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação”, explica a tutora da Secretaria, Enilda de Souza Barbalho.
Os objetivos específicos desse programa estão voltados para a formação dos participantes para a correta aplicação dos recursos financeiros repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE): Programa Dinheiro Direto na Escola (Pdde); Programa do Livro (PLi); Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate); O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB); e Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). A Formação pela Escola é organizada em módulos de 40 horas cada e compõe-se de um módulo de Competências Básicas com a temática do Fnde e o apoio às políticas públicas para a educação básica, obrigatório a todos os participantes; e quatro módulos temáticos.

PÓLO PRESENCIAL DO IFRN/ASSÚ REALIZARÁ MOSTRA DE TURISMO

O evento acontecerá nesta quinta (28) 


Pensar o Turismo como possibilidade de crescimento econômico, desenvolvimento e sustentabilidade da região é o objetivo da I Mostra de Turismo do Vale do Açu, que acontecerá nesta sexta (28) no auditório do Campus Avançado da UERN, Prefeito Walter de Sá Leitão, em Assú/RN.


O evento possibilitará aos alunos do Curso Técnico em Guia de Turismo do Pólo Presencial do IFRN em Assú, apresentar o levantamento feito de algumas alternativas para o desenvolvimento do Potencial Turístico do Vale do Açu, considerando características, possibilidades de melhorias e consequentemente desenvolvimento e crescimento econômico para a região.


Confira a programação:7h 50min: Credenciamento
8h: Abertura
8h 15min: Apresentação Cultural
8h 30min: 1ª Palestra: A importância do turismo no Vale do Açu e seu papel no crescimento sócio-econômico da região.
Palestrante: Marcelo da Silva Taveira, Profº do IFRN-Natal
9h 45min: Coffe Brake
10h: 2ª Palestra: O profissional em Guia de Turismo numa perspectiva de mercado com crescentes exigências de qualificação.
Palestrante: Linaldo Silva, Profº do IFRN-Natal
11h15: Mesa redonda com os expositores das palestras e alunos.
11h50: Apresentação dos trabalhos dos alunos através de banner dos pontos turístico visitados.
12h30min: Encerramento
Inscrições: www.ifrn.edu.br/ipanguacu




Fernando Freire
Coordenador de Extensão – IFRN/Ipanguaçu
(84) 3335-2303/ (84) 8817-1364

Agricultores familiares terão direito à remissão de dívidas rurais

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) na manhã desta quinta-feira (21), o decreto 7.339/2010 que dispõe sobre a remissão de dívidas e desconto adicional para liquidação de dívidas rurais de produtores e agricultores familiares que tratam os artigos de número 69 a 72 da Lei nº 12.249, de junho de 2010. 

Com o decreto, passam a ter direito à remissão das dívidas os agricultores familiares da região Nordeste, Norte de Minas Gerais e Norte do Espírito Santos que contrataram crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), renegociadas ou não, até 15 de janeiro de 2001, cujos saldos devedores somam até  R$ 10 mil. 

Têm direito à remissão, ainda, os agricultores com operações de credito rural do Pronaf Grupo 'B' de todo o Brasil, com valor de até mil reais e contratadas até 31 de dezembro de 2004. As remissões das dívidas rurais deverão ser efetuadas de forma automática pelas instituições financeiras públicas responsáveis pelas operações de crédito rural. 

Liquidação 

Para obter o direito à liquidação com descontos, poderão se beneficiar os agricultores que contrataram operações de crédito rural do Pronaf na região Nordeste, Norte de Minas Gerais e Norte do Espírito Santo, renegociadas ou não, até 15 de janeiro de 2001, com saldos devedores que somam entre R$ 10 mil e R$ 80 mil. Os descontos vão de 45% a 85%. 

Valor contratual da operação (R$ Mil) 
Desconto Previsto 
De 10.000 a 15.000 
65% 
85% região do Semiárido 
De 15.000 a 80.000 
45% 
75% região do Semiárido 

Além disso, poderão contar com descontos para liquidação das dívidas os agricultores que contrataram Pronaf Grupo 'B' em todo o Brasil, com valor de até R$ 1.500, entre 2 de janeiro de 2005 e 31 de dezembro de 2006. O desconto previsto neste caso é de 65%. Os agricultores que desejarem liquidar suas dívidas com descontos deverão procurar o agente financeiro com antecedência de, no mínimo, trinta dias da data em que pretenderem efetuar o pagamento, respeitada a data limite de 30 de novembro de 2011 para a liquidação das 
dívidas. 

O decreto também cria um Grupo de Trabalho com o objetivo de acompanhar, monitorar e propor medidas. A coordenação do grupo ficará a cargo do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Secretaria de Saúde realiza vista com enfermeiras


A Secretaria Municipal de Saúde de Ipanguaçu em parceria com acadêmicas do curso de enfermagem da Universidade Potiguar – UNP estiveram hoje (26) realizando uma visita nas dependências de prostibulos, onde realizaram palestras sobre sexo seguro.
A visita foi feita no bairro da cidade, onde as acadêmicas, Lucineide Meira, Ana Maria, Catarina de Fátima se reuniram com as profissionais do sexo, para explicar os principais cuidados que devem ser tomados.

“Essa visita faz parte de um trabalho que estamos realizando na faculdade, estivemos acompanhada pela enfermeira, Drª. Luciere Fonseca, que deu toda a assistência que precisamos, junto da Secretaria de Saúde do município.  O nosso maior objetivo foi explicar a elas os principais meios de prevenção ao fazer sexo, o sexo seguro é o sexo sem o risco de ser contaminado ou contaminar o(a) seu(sua) parceiro(a) com doenças sexualmente transmissíveis” explica a estudante do segundo período de enfermagem, Lucineirde Meira.  

Fotos: Equipe saúde

RN já cumpriu todas as exigências do Ministério da Agricultura para se tornar área livre da febre aftosa



A segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa termina no próximo dia 31. Essa medida é indispensável para assegurar ao Rio Grande do Norte as condições necessárias para a classificação de área livre da doença, com vacinação. O RN já atende às exigências do Ministério da Agricultura para a reclassificação, no entanto, isso ainda não vai acontecer porque é necessário que os outros estados do Nordeste também estejam aptos a receber a nova classificação, contemplando assim toda a região. De acordo com o Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (IDIARN) não há nenhum caso de aftosa registrado nos últimos 12 anos no Estado.

"A gente está cumprindo o nosso cronograma, temos 80% das metas estipuladas pelo Ministério da Agricultura, alcançadas. Estamos intensificando as ações de vigilância e educação sanitária. Mas para mudarmos para área livre, precisamos que os outros seis estados também cumpram suas obrigações. Por causa desse atraso, o Ministério decidiu mudar a classificação só no ano que vem", explicou a diretora de sanidade animal do IDIARN, Tereza Cristina.

Dos Estados do Nordeste, só Bahia e Sergipe são classificados como área livre com vacinação. Os outros têm enfrentado algumas dificuldades para cumprir todas as metas, por isso, o Ministério da Agricultura pediu cautela na mudança, porém a expectativa é que até julho do próximo ano, essa classificação seja alterada.

"A região nordeste tem suas peculiaridades, trânsito incomum, limites geográficos, clima, ou seja, características comuns a todos os estados. Até a forma como os animais são criados, o próprio controle destes animais e a pecuária tem comportamento semelhante, por isso é importante que todos passem para área livre. Se apenas um passar vai criar uma barreira econômica muito grande dentro do nordeste e isso dificultará a relação com os estados, principalmente, no trânsito de animais", disse a diretora.

Segundo a diretora do IDIARN, caso o Rio Grande do Norte fosse classificado isoladamente como área livre, isso causaria o fechamento das fronteiras, impedindo a comercialização com criadores dos outros estados. Por isso a necessidade de esperar que os estados vizinhos cumpram as exigências. Com todo o Nordeste no mesmo patamar os animais poderão circular por toda a região sem restrições, o que fomenta os negócios e melhora a genética dos rebanhos. O Rio Grande do Norte está encabeçando essa luta junto ao governo federal no intuito de beneficiar toda a região. O Estado tem hoje um rebanho de aproximadamente 900 mil cabeças de gado bovino e bubalino.

No mês de março o Ministério da Agricultura fará uma nova auditoria, caso os estados passem nessa avaliação, será realizada uma sorologia e, a partir daí o anúncio da mudança.

Enviado:Edimilson José 

GOVERNADOR ASSINA DECRETO DE TRANSIÇÃO GOVERNAMENTAL


O governador Iberê Ferreira de Souza assinou, nesta segunda-feira (25), o Decreto que trata da atuação dos órgãos e entidades da administração pública estadual durante o processo de transição governamental. De acordo com o documento, que será publicado na edição desta terça-feira (26) do Diário Oficial do Estado, o processo de transição deverá começar 45 dias antes da data de posse da governadora eleita do Estado do Rio Grande do Norte. “O nosso intuito é dar todas as condições e disponibilizar as informações necessárias à equipe de transição para que esse processo seja realizado de forma democrática e transparente”, ressaltou o governador Iberê Ferreira de Souza. Segundo o Decreto, o secretário-Chefe do Gabinete Civil, Luiz Claudio Macedo, ficará encarregado de coordenar todos os trabalhos relacionados ao processo de transição governamental. O Decreto institui ainda que a governadora eleita poderá indicar uma equipe de transição, obedecendo ao limite de seis integrantes, que terá pleno acesso às informações sobre projetos, documentos ou registros de todos os órgãos e entidades da administração pública estadual.

Fonte: Jarbas Rocha

Lacen investiga amostras colhidas no Walfredo Gurgel

Com casos confirmados em estados vizinhos, RN inicia preparação para lidar com superbactéria


Embora ainda não haja nenhum caso confirmado de pacientes no Rio Grande do Norte atingidos pela superbactéria, nome popular dado à KPC (Klebsiella Pneumoniae Carbapenemases), o Laboratório Central (Lacen) Dr. Almino Fernandes, em Natal, está investigando exames levados do Hospital Walfredo Gurgel. As amostras foram isoladas por terem detectado padrões de sensibilidade diferentes dos comumentes encontrados. 

Segundo dados do Ministério da Saúde, a superbactéria já contaminou 183 pessoas em Brasília, resultando em 18 mortes. Na Paraíba, 18 casos foram confirmados e no Ceará, 150 foram notificados e estão em investigação no Laboratório Central (Lacen) de Fortaleza. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, nos últimos dias, que os órgãos locais de saúde realizem a notificação compulsória dos casos suspeitos e confirmados.

Prevenção

Segundo a infectologista Rosângela Morais, responsável pelo Núcleo de Vigilância em Saúde do hospital, "é poucoprovável" que não existam casos da superbactéria em todos os estados do Brasil e lugares do mundo, atuais ou iminentes. "Mais importante que saber ou não onde há, é os serviços de saúde ligados à microbiologia e infectologia terem controle e protocolo nas ações e os hospitais seguirem à risca as orientações de higiene e sanitárias", avaliou a médica. 

A infectologista ressaltou o que outros especialistas já haviam dito em entrevista ao Diário de Natal: há muito tempo, a sociedade vem anunciando a existência de não apenas um, mas vários tipos de bactérias superresistentes. "Cinco anos depois do surgimento da penicilina, em 1945, já existiam organismos resistentes. É a lei da sobrevivência das bactérias", disse. 

Outro dado já mencionado por médicos da área e ressaltado por Rosângela é o de que o uso irracional de antibióticos, sobretudo fora dos hospitais, tem contribuído significativamente para o processo e a capacidade de mutação das bactérias. "Esses medicamentos devem ser usados em casos reais de infecção,e não em qualquer crise de garganta, como muitas pessoas fazem, por conta própria". 

Desde 1999, a Organização Mundial da Saúde (OMS) vem alertando sobre o uso moderado dos antibióticos, em função da alta resistência das bactérias e do crescente hábito da automedicação. "O Brasil, felizmente, tem pesquisado muito esses microorganismos, no intuito de conhecer melhor a biologia molecular e os mecanismos de defesa dos seres", disse Rosângela.



Fonte: Diário de Natal

DIA DA CRIANÇA: CRAS PROMOVE LAZER COM 105 CRIANÇAS NO AQUAVALE



As crianças ipanguassuenses, principalmente nos últimos dois anos, vem recebendo um tratamento especial pela gestão Leonardo Oliveira, quer seja em ações na saúde pública, no esporte, na educação e projetos de inclusão social por intermédio de um trabalho imprimido rigorosamente por duas instituições de respeito no âmbito municipal, que são a Casa das Famílias (CRAS) e a Secretaria de Assistência Social.
Prova disso, foi uma ação desenvolvida pela direção do Centro de Referência da Assistência Social(CRAS), em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social de Ipanguaçu, que viabilizou no último sábado 23, um evento voltado as comemorações ao Dia da Criança.
Com a preocupação de não esquecer a data comemorativa do dia da criança, a diretora do CRAS, Maria Célia da Silva, resolveu proporcionar um dia de puro lazer a105 crianças do projeto Ação Criança, levando-as para o Aquavale em Assu, local onde todos brincaram, correram, sorriram e tomaram banho de piscina. Mais tarde, teve distribuição de algodão doce, lanche e muita diversão. 

O projeto Ação Criança foi criado para combater a ociosidade existente entre dezenas de meninos, evitando que os mesmos trilhem caminhos incertos, ao contrário disso, cresçam como verdadeiros cidadãos e livres de laços como vícios ou costumes que so destroem o brilho e a pura essência de suas famílias.
A pesar de muito trabalho e atenção, Maria Célia, Wrtisoneide F. da Silva e as orientadoras sociais do projeto conseguiram organizar o passeio com muita maestria e desenvoltura.
Fonte: Cassimiro Júnior