i

terça-feira, 13 de março de 2012

Trabalho de incentivo à leitura em escola rural de Ipanguaçu será exibido amanhã no Bom dia RN

Destaque nacional, tendo sendo premiados Brasil afora por quatro ocasiões, os projetos de incentivo à leitura desenvolvidos em uma escola municipal de Ipanguaçu, por um professor de apenas 20 anos, ganham agora a tela dos televisores do Rio Grande do Norte.


Está prevista para ir ao ar na manhã desta quarta-feira (14), no programa Bom dia RN, uma reportagem realizada pela InterTV Cabugi (afiliada da Rede Globo) na Escola Municipal Adalberto Nobre de Siqueira, localizada no assentamento Tabuleiro Alto. A matéria, da repórter Sara Cardoso e com imagens do cinegrafista Almir Morais, mostra o trabalho realizado pelo professor André Magri Ribeiro de Melo e do impacto positivo que tiveram nas vidas dos seus alunos.

Desde o ano de 2010, quando o projeto “Literatura de Terror: uma Visita à Elegante Essência do Medo” conquistou o primeiro lugar do prêmio Construindo a Nação, os projetos do professor André não param de ser reconhecidos. Em 2011, o projeto “Identidade e Voz do Povo Nordestino na Literatura Regionalista” proporcionou à escola o primeiro lugar na mesma premiação, além de também conquistar o Selo Escola Solidária (2011) e o segundo lugar no Prêmio Educador Nota 10, da Fundação Victor Civita (2011), mantida pela Editora Abril.

O Bom Dia RN vai ao ar às 06:30 da manhã, com apresentação da jornalista Michelle Rincon.

Prefeitura de Ipanguaçu lança versão 2012 do Projovem Adolescente

A Prefeitura de Ipanguaçu realiza nesta quinta-feira (15), na Câmara Municipal, a cerimônia de abertura do Programa Projovem Adolescente, versão 2012. Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Cristina Oliveira, este ano o programa passa a atender também nas comunidades rurais de Picada e Pataxó. A cerimônia esta marcada para acontecer a partir das 19hs.

O ProJovem Adolescente é um programa socioeducativo direcionado à adolescentes com idades entre 15 e 17 anos e que sejam beneficiários do Bolsa Família. O objetivo da ação é promover o retorno e/ou permanência nas escolas; proteção básica e assistência às famílias.



Prefeitura de Ipanguaçu oferece novos tipos de exames à população


Dando continuidade à sua política de democratização do acesso aos serviços de saúde, a Prefeitura de Ipanguaçu tem ampliado a oferta e diversidade de exames oferecidos à população do município. Na última terça-feira (13), uma equipe médica realizou endoscopias digestivas e consultas para avaliação operatória no Centro de Saúde Tibúrcio Freire da Silveira, no Centro. Nesta quarta-feira (14), no mesmo local, serão realizados eletroencefalogramas, a partir das 08 horas da manhã.

“Estamos buscando suprir as necessidades da população, prevenindo através de campanhas, trazendo vários tipos de exames e consultas para a nossa população. São ações que, além de fazerem bem para saúde de todos, demonstram a forma responsável com que gerimos os recursos públicos, pois dados da Organização Mundial de Saúde atestam que a cada R$ 1,00 investido em saúde preventiva há uma economia que varia entre R$ 3 e R$ 5 com atendimentos em postos de saúde e hospitais”, afirma o prefeito Leonardo Oliveira.

De acordo com a secretária de Saúde de Ipanguaçu, Sumaira Fonseca, os novos exames já eram oferecidos à população, mas eram realizados em outras cidades. “Há uma grande demanda em Ipanguaçu. Por isso, o prefeito buscou oferecer os exames no próprio município, facilitando o atendimento ao paciente”, destaca a secretária.

Projeto aumenta pena para crimes cometidos nas escolas

A Câmara analisa o Projeto de Lei 3189/12, do deputado Junji Abe (PSD-SP), que aumenta a pena para crimes cometidos contra professores, servidores e alunos em ambiente escolar. A proposta altera o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40).
Segundo o projeto, será qualificado o homicídio cometido no ambiente escolar. Assim, a pena de 6 a 20 anos de reclusão (homicídio simples) é elevada para 12 a 30 anos. Já a lesão corporal passará a ser considerada grave sempre que cometida na escola. Com isso, a pena de três meses a um ano de detenção sobe para dois a oito anos de reclusão.
No caso de crime de constrangimento ilegal ocorrido na escola, a pena atualmente prevista (detenção de três meses a um ano, ou multa) passará a ser aplicada cumulativamente e em dobro. Além disso, a pena para ameaça (detenção de um a seis meses, ou multa) será aumentada pela metade se o crime for cometido contra professores, servidores ou estudantes.
Robson Pires 

Bolsa Família: famílias do RN têm até o dia 29 para evitar cancelamento

Entre janeiro e fevereiro deste ano, quase 100 mil famílias de todo o país tiveram seus dados cadastrais atualizados pela gestão municipal do Bolsa Família. No entanto, restam 620.304 que precisam passar pelo mesmo processo até o dia 29 deste mês para não serem excluídas do programa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Elas estão com os benefícios bloqueados desde janeiro. No Rio Grande do Norte, 13.150 famílias estão nesta situação.

Essa é a etapa final da atualização cadastral iniciada em 2011. De todas as famílias que necessitavam confirmar ou alterar as informações que constam do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, 729 mil não procuraram a prefeitura para regularizar a situação até 31 de dezembro. Por isso, tiveram o pagamento suspenso e uma nova chance com a prorrogação do prazo, que agora termina dia 29 deste mês.

A atualização cadastral a cada dois anos é um dos mecanismos de controle do programa de transferência de renda, que atende 13,3 milhões de famílias. Mudança de endereço ou de faixa de renda, localização da escola dos filhos para acompanhamento da frequência escolar e composição familiar são informações fundamentais para a boa gestão do programa.

Beneficiários dos municípios afetados pelas enchentes em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, cujas prefeituras decretaram estado de emergência ou de calamidade pública, não tiveram o recurso bloqueado. Ainda assim, essas famílias precisam procurar o gestor municipal o mais rápido possível para fazer a atualização cadastral. Nesses locais não haverá cancelamento do benefício em abril.

Revisão anual – A revisão cadastral ocorre anualmente desde 2009. É feita pelos municípios e pelo Distrito Federal para todas as famílias que completam dois anos sem atualizar ou confirmar cadastros, conforme prevê o Decreto 6.135, de 2007. A iniciativa visa retratar a realidade das famílias de baixa renda e aprimorar o Bolsa Família. Toda família com renda de até R$ 140 por pessoa tem direito ao benefício. Os valores variam de R$ 32 a R$ 306, de acordo com o perfil de renda e o número de crianças e adolescentes de até 17 anos.

Da Ascom/MDS

Hackers ‘anonymous’ invadem sites no RN

Um grupo de hackers que se intitula "anonymous" invadiu vários sites de instituições públicas, privadas e políticos e trocou a página principal por uma mensagem de protesto contra a corrupção. A princípio, pode parecer louvável, do ponto de vista político, porém causa prejuízos a instituições sérias e responsáveis como, por exemplo: a Maxmeio.

Neste final de semana e ontem foram invadidos os sites das prefeituras de Natal, Guamaré, Goianinha e Pedro Avelino, além dos sites pessoais do vereador Júlio Protásio, de Natal, e deputado federal Fábio Faria, além do site da Secretaria da Copa (Natal2014), TV Ponta Negra, Câmara Municipal de Natal e também de instituições privadas.

Todos os sites passaram pouco tempo com a mensagem dos anonymous. Alguns, como é o caso do site da Secopa Natal 2014, os gerenciadores preferiram por retirar do ar. "Foi uma questão estratégica. Estamos preparando um relançamento, para entrar numa reta final na luta pela Copa de 2014", explica o secretário Jean Valério, que ontem recebeu mais de 60 técnicos da FIFA que vieram a Natal vistoriar a estrutura de saúde, segurança, mobilidade e o Arena das Dunas. "Está tudo caminhando bem", conclui.

Da parte dos anonymous, quem explica é o hacker que se apresenta com o codinome "r0x_and_l0p3z". "Invadimos, mas não modificamos nada. Nós não danificamos nenhum site, apenas fizemos o ato de protesto em suas páginas para divulgar a ideia 'anon' pelo estado. Nosso alvo são os políticos e empresas ligadas a eles", diz r0x_and_l0p3z, via Twitter, e avisa: "Em breve atacaremos sites de Mossoró", conclui.

Entretanto, é inegável que os ataques a sites a instituições públicas, privados e de políticos deixam prejuízos. A Prefeitura de Natal informou que já adotou medidas jurídicas. O secretário Jean Valério disse que nesta terça-feira se reúne com o setor jurídico para iniciar os procedimentos legais. "É um crime e vamos buscar o caminho legal para se resolver", diz. A equipe de reportagem tentou entrar em contato com as prefeituras de Guamaré, Pedro Avelino e Goianinha, mas não conseguiu. A Maxmeio, que teve vários clientes afetados, divulgou uma nota.

Jornal de Fato