i

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Bomba!



 O blog N 24h acabou de apurar um noticia no entanto curiosa, alguns eleitores do ex-vereador Luís Alcântara mais conhecido popularmente como ''litor'', hoje uma das poucas lideranças politicas que sobraram para alia-se a o ex-prefeito José de deus e fazer politica juntando-se a sua esposa Rizoma de Figueiredo Barboza na próximas eleições, procuraram a nossa produção  do Blog N 24h e disseram que o mesmo está insatisfeito com o comportamento do mandante da corte, que muito prometeu e nada fez e nem cumpriu com o acordo feito entre eles, segundo alguns eleitores, litor como é mais conhecido disse: que não sabe se vai muito longe com um homem que fala muito, promete muito e nada faz, o ex-vereador litor tem alguns compromissos com seus eleitores, e com zé de deus será que vai se terminar de se queimar?  Disse um eleitor que não quis se identificar, e que falou também que parte de sua família que segue a sua candidatura nas próximas eleições de 2012 para vereador e seus filhos talvez não o acompanhe se for caso, é melhor ele sair dessa antes que morra na praia porque a muito tempo ele não precisa de Zé de deus e agora está precisando porque? disse outro eleitor que também não quis se identificar, ai fica também a pergunta, o que será que Zé de deus é? O que ele faz pra ninguém ficar do lado dele?  Olha que esse pessoal a muito tempo não fazia politica com zé de deus e não tem costume de tá ouvindo suas ironias, e mentiras.

 isso é como se fosse um namoro ou um casamento Zé de deus, Você muito trai e quando é traido não sabe o porque, mas fica aqui o recado da população abençoada de Ipanguaçu que o tempo de Zé de deus passou.

Escrito por: Notícias 24h

Conselho do Programa Esporte e Lazer da Cidade tomam posse


Tomaram posse na tarde de hoje (08), os membros titulares do conselho gestor municipal do Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC), na cidade de Ipanguaçu.

A reunião aconteceu na sede do PELC, localizado no bairro Maria Romana.
Conforme o coordenador do programa e presidente do conselho, João Batista da Silva, o conselho tem a finalidade de colaborar para o aperfeiçoamento do processo de gestão do PELC com informações da comunidade e zelar pela correta execução das políticas públicas de esporte e lazer do Governo Federal no respectivo núcleo.

“O conselho gestor é um órgão consultivo para assuntos de gestão e comunitários, cujas decisões servirão de recomendações para a gestão do núcleo do PELC” disse João Batista.

Ex- prefeito de Ipanguaçu já não dorme tão bem como antes.

''Assim disse um amigo do blog N 24h. que sempre se depara em algumas calçadas e conversa com ele''. O Ex-prefeito de Ipanguaçu José de deus Barboza filho, já não dorme tão bem como antes, é que a administração do atual prefeito de Ipanguaçu o Sr. Leonardo da silva oliveira, a cada dia que passa vem conquistando os ipanguaçuensses, com um trabalho digno, honesto, e com uma administração jovem, e humilde, típica de um filho da terra, que sabe ver em cada um de seus conterrâneos, as dificuldades dentro de seus olhos.
Em Ipanguaçu tudo mudou, e mudou para melhor, aqui você hoje tem medico de plantão de 24 horas, esporte e lazer que a muito tempo não existia, educação mais fortes com ensino de qualidade e professores qualificados, cultura e eventos, a cultura de nossa terra resgatada de uma vez, entre muitas e muitas coisas que já foram feitas, essas citadas na gestão de José de deus só tinha o nome e nada era feito, ‘’ esse prefeito caiu do céu, aqui todo mundo tem vez, tomara que ele continue fazendo sempre mais pelo nosso povo’’ disse o Sr. Francisco António morador da travessa itu em relação ao atual gestor Leonardo oliveira.


Já o Ex-prefeito José de deus, está agoniado, com esta bela gestão do atual prefeito, pois em sua época só se administrava para alguns, e pra outros não, a saúde era muita fraca, hoje com médicos 24 horas de plantão, o esporte nem se fala tínhamos um estádio de futebol que a mais de quinze anos estava desativado e hoje uma maravilha com campeonatos e outros eventos, sem falar da educação fator importante na vida do jovem que em sua época era uma piada, hoje na gestão de Leonardo oliveira transformada com qualidade e um ótimo ensino.

Com José de deus, só tinha vez algumas família, enquanto essas desfrutavam de carros de luxo, casas em capital, comércios crescendo da noite para o dia, filhos de aliados com bom salário da prefeitura sem trabalhar, e sem falar das perseguições politicas que, por sua vez só faltava mandar bater no povo, sendo assim um ditado ditando tudo em seu poder ‘’aqui só faz o que eu quero é o que eu mando porque o povo tem a memoria curta’’ assim dizia José de deus. Enquanto muitos precisavam de ajuda, E tendo que ir muitas vezes para o Assú tomar uma simples injeção pagando 60 reais de taxi, zé de deus fazia muito para poucos e pouco para muitos, hoje graças a jesus isso não acontece mais e esse tempo de ditadura acabou, e por isso zé de deus está sem o seu sossego, porque a maminha, como é mais conhecida por seus correligionários, está a cada dia mais distante, porque será difícil de tomar a prefeitura do povo, porque não se faz politica só para três família e sim para todas, e agora com uma ótima administração de qualidade na gestão de Leonardo ele teme a cada dia nunca mais volta ao poder publico, e com essa matéria fica aqui também a pergunta que muitos quer saber, falta apenas aproximadamente menos de um ano e meio será que o povo de Ipanguaçu tem a memória curta e vai querer ser humilhado novamente? Nós achamos que não porque aqui é terra de gente inteligente e que ver o melhor para nossa cidade.

Escrito por: Notícias 24h

Telemedicina em Ipanguaçu faz diagnósticos cardiológicos com apoio à distância

Ipanguaçu é um dos municípios do Estado do Rio Grande do Norte que dispõe do serviço de Telemedicina ou Teleconsultas na área da cardiologia, o serviço é da parceria entre a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap), com a Associação Médica do Rio Grande do Norte (AM-RN) e a Prefeitura Municipal de Ipanguaçu.

O atendimento que consiste na utilização de tecnologias da informação e comunicação para transmitir exames e, principalmente, para permitir a troca de informações entre o médico do município com um especialista em São Paulo que usando os meios modernos o paciente recebe um diagnóstico mais preciso e um tratamento adequado, enquanto o médico no município, conta com a segunda opinião de um especialista, com o qual pode tirar dúvidas.

Em Ipanguaçu o serviço estar funcionando a quinze dias no Posto de Saúde Tiburcio Freire da Silveira, possibilitando auxílio no diagnóstico do pacientes com cardiopatia, muitas vezes sem a necessidade de se deslocarem para outros centros de saúde.

Essa estrutura irá garantir que exames de eletrocardiograma (ECG) realizados nos postos de saúde que não dispõem de médicos especializados sejam encaminhados para a Central da Telemedicina (CTM) que responderá em questão de minutos, com seus respectivos laudos.

Conforme a enfermeira, Aline Gomes, o sistema irá amenizar a carência na prestação do serviço por contar com um cardiologista de plantão 24 horas por dia através do serviço de 0800 e que dentro de no máximo 15 minutos é enviado por fax juntamente com laudo. “Os exames ficam gravados em um servidor no CTM, desse modo, ao ser repetido o ECG poderá ser feita uma comparação com o diagnóstico que foi dado anteriormente” explica a enfermeira.

Outro benefício do serviço é que todas as informações são arquivadas em bancos de dados com confidencialidade, segurança, integridade e acessibilidade. Isso irá evitar a repetição desnecessária de exames e vai facilitar a obtenção de estatísticas dando uma maior transparência na contabilização de serviços prestados.

Segundo a secretária de Saúde, Sumaira Fonseca, é feito os procedimentos clínicos básicos, como o eletrocardiograma que é enviado em tempo real via internet. Ao analisar os exames recebidos em tempo real, o especialista, se constatado qualquer problema relacionado ao coração, imediatamente o cardiologista discute o caso com o médico generalista na cidade e o orienta sobre o tratamento adequado. Se for caso de ser encaminhado para outra unidade o paciente já chega direto no hospital, e é logo atendido sem burocracia.

Secretarias de Educação e Saúde reúne diretores para falar do Programa saúde na Escola

Aconteceu na manhã de hoje (08) em Ipanguaçu no teatro municipal, uma reunião com a equipe responsável pelo Programa saúde na Escola (PSE) do município. A reunião serviu de intercâmbios entre as secretarias municipais de Saúde e Educação a fim de que sejam executado o programa no município.

Criado pelo Ministério da Saúde e da Educação, o PSE vai articular e integrar ações desenvolvidas nas escolas e as equipes de saúde da família e está dedicado as crianças, adolescentes e jovens matriculados na rede pública e privada com o objetivo de promover ações de saúde e prevenção de doenças, através de práticas saudáveis.

Segundo a coordenadora do PSE, Almeci Dantas, na reunião foi apresentado o cronograma de palestras e eventos envolvendo os PSF’s e agentes de saúde, como também a apresentação do plano de trabalho do programa que deverá ser executado por todo este ano, e o Plano Municipal de combate ao mosquito da dengue.

Os diretores e supervisores da rede municipal de educação participaram da reunião. Conforme a coordenadora do PSE, os participantes receberam a programação das ações para as escolas e todas as orientações para a efetivação do programa. “O público beneficiário do PSE são os estudantes da Educação Básica, gestores e profissionais de educação e saúde, e a comunidade escolar” disse ela.

Comissão do pró-selo UNICEF faz primeiro programa de rádio no município


Membros da comissão do pró-selo UNICEF de Ipanguaçu participaram na noite de ontem (07) do primeiro programa “Ipanguaçu a caminho do selo UNICEF” que contou com a participação de monitores, coordenadores e uma orientadora social de alguns programas socais desenvolvidos no município, o programa foi ao ar ás 18h30min através da rádio comunitária da cidade.

O adolescente Artur Nadson de 12 anos e André Magri, 19 anos, apresentaram o programa com duração de vinte minutos. O primeiro programa do selo no município contou com a participação da monitora do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Carla Sandra, que explicou que PETI articula um conjunto de ações visando à retirada de crianças e adolescentes de até 16 anos das práticas de trabalho infantil, exceto na condição de aprendiz a partir de 14 anos.

A coordenadora do programa Ação Criança, Luzia Mendes, também participou do programa e contou que o projeto Ação Criança é um serviço sócioeducativo que se enquadra na Proteção Social Básica, inserido na Política de Assistência Social criada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e o Centro de Referencia de Assistência Social – CRAS de Ipanguaçu. Sua principal diretriz é complementar a proteção social à família, a partir do trabalho realizado com 140 crianças de 07 a 11 anos, de famílias beneficiadas do programa Bolsa Família e famílias em situação de vulnerabilidade social.

Mayre Rodrigues, orientadora do ProJovem Adolescente, fala que a metodologia prevê a abordagem de temas que perpassam os eixos estruturantes, denominados temas transversais, abordando conteúdos necessários para compreensão da realidade e para a participação social. Por meio da arte-cultura e esporte-lazer, visa a sensibilizar os jovens para os desafios da realidade social, cultural, ambiental e política de seu meio social, bem como possibilitar o acesso aos direitos e a saúde, e ainda, o estímulo a práticas associativas e as diferentes formas de expressão dos interesses, posicionamentos e visões de mundo dos jovens no espaço público.

O adolescente Artur Nadson, frisa que o primeiro programa foi muito bom, porque as pessoas estarão vendo a partir de agora como esta sendo realizado as atividades do selo UNICEF no município. “O próximo programa acontecerá dia 28 de abril, todos são convidados a ligar ao rádio e ouvir as ações do selo no nosso município” concluiu Artur.

Ipanguaçu quer incentivar adesão de produtores rurais ao programa Balde Cheio

O poder público municipal de Ipanguaçu trabalha com a perspectiva de que um número mínimo de dez produtores rurais integre-se ao programa Balde Cheio, operacionalizado pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e outros parceiros.

A expectativa foi anunciada pelo vereador licenciado e atual secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Jaires Azevedo dos Santos, "Gordo". Quinta-feira da última semana, 31 de março, o programa foi objeto de um encontro na cidade entre representantes da prefeitura e de entidades parceiras da experiência pecuária.

"Gordo" disse que recebeu instrução direta do prefeito Leonardo da Silva Oliveira (PT) no sentido de o município criar as condições que estiverem ao seu alcance com a finalidade de estimular a participação dos produtores rurais.

Declarou que o poder público já assegurou a contrapartida necessária à execução do programa.

O secretário municipal frisou que Ipanguaçu detém um grande potencial em termos de produção leiteira. Lembrou que mais de 85% do território do município corresponde a extensões rurais onde a agricultura irrigada e a pecuária são largamente exploradas.

O secretário municipal explicou que entre as competências que cabem ao poder público existe também a disponibilidade de um profissional na área agropecuária que cuidará de todo o trabalho de supervisão e acompanhamento do programa Balde Cheio. Adiantou, a princípio, o programa deverá começar com a participação de dez produtores rurais que serão selecionados. "Não significa que outros proprietários que queiram participar não vão poder aderir, mas a gente quer iniciar primeiro com dez produtores e, depois, na medida em que os resultados forem aparecendo o programa com certeza vai aumentar", observou.

PARCERIA

Além da prefeitura e o BNB estão associados ao programa entidades e instituições tais como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), entre outras. O BNB e o Sebrae/RN firmaram em 2010 um termo de parceria no valor de R$ 120 mil para a implantação do programa na bovinocultura leiteira do Rio Grande do Norte. O objetivo da ação é promover o desenvolvimento da atividade no Estado, por meio da aplicação de uma metodologia que consiste na identificação de propriedades de cunho familiar de pequeno porte e que tenham a atividade leiteira como principal fonte de renda.

Fonte: O mossoroense