i

sábado, 22 de setembro de 2012

“Estamos desenvolvendo Ipanguaçu social e economicamente. É fortalecendo nosso povo que teremos uma economia ainda mais sólida”, diz Leonardo no Porto



Contando com amplo apoio da população, o prefeito Leonardo (PT) tem dado sequência à sua programação de visitas aos bairros e comunidades rurais de Ipanguaçu para divulgar suas metas e ações para os próximos quatro anos de governo. Sempre recebidos com muito carinho pelo povo, o candidato à reeleição e seu companheiro de chapa, Josimar Lopes (PSB), estiveram nesta sexta-feira (21) no Porto, distante 17 km do centro da cidade. Encontraram moradores animados e conscientes da necessidade de manter o trabalho que está fazendo de Ipanguaçu um dos municípios que mais tem se desenvolvido no Vale do Açu.
E segundo o pescador Luís Gonzaga Bento, de 33 anos, na gestão de Leonardo o desenvolvimento não ficou limitado apenas à zona urbana, onde fica mais evidente pelo nítido fortalecimento do comércio local e instalação de novas empresas. “O que Leonardo já fez pelo Porto vai ficar na história. A gente nunca esperava de um dia ter o balneário aqui. Hoje temos e é muito importante não só para a gente, mas para toda a cidade. Leonardo é o prefeito que a população daqui precisava há muito tempo, e não vamos deixar esse trabalho parar por aqui” disse, fazendo referência direta ao Complexo Turístico, obra realizada às margens da segunda maior lagoa de água doce do Rio Grande do Norte e que se constitui em um divisor de águas na história do Porto e no turismo do município.
A comunidade também foi beneficiada com a restauração e melhoramento da quadra de esportes e implantação de atendimento médico, entre outras ações.
Em menos de quatro anos de mandato, Leonardo tem muito trabalho para mostrar em Ipanguaçu, nas mais diversas áreas. “Estamos investindo no desenvolvimento social e econômico de Ipanguaçu. Na geração de renda, no resgate da cultura, no lazer, na prestação de serviços, como educação e saúde... Acreditamos que o fortalecimento do nosso povo é o caminho para que tenhamos uma economia ainda mais sólida do que temos hoje”, revela Leonardo.
“O complexo turístico no Porto é um dos nossos investimentos que valorizou e fortaleceu muito a comunidade, que tem belezas naturais que não eram exploradas. Hoje, muitos visitam o Porto e durante o carnaval é o principal destino das famílias de Ipanguaçu. Mas queremos fazer ainda mais. Na saúde, por exemplo, que se pode dizer que não existia em Ipanguaçu. Vamos construir prédios novos onde ainda não há Postos de Saúde e melhorar a estrutura onde já existe, entregando todos devidamente equipados à nossa população. Nossa preocupação é ver Ipanguaçu a cada dia mais forte e nosso povo mais feliz”, disse Leonardo.   
Agenda
Neste sábado (22), Leonardo e Josimar visitam as comunidades de Croa e Curralinho, a partir das 16 horas.
Veja mais fotos (AQUI).


Ufersa estabelece novo calendário para o retorno às aulas

Ufersa

Com o retorno das aulas na segunda-feira, 24, os professores da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) começaram a atualizar o calendário acadêmico referente ao primeiro e segundo semestres deste ano. Na plenária realizada esta semana, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) decidiu que as aulas do primeiro semestre irão prosseguir até o dia 22 de outubro. Já a colação de grau dos formandos vai acontecer no dia 14 de novembro.

O professor Domingues Fontinele explicou que o estabelecimento do calendário para o período de 2012.1 foi baseado no tempo que faltava para concluir o primeiro semestre.

"O novo calendário não repõe os quatro meses de greve, mas sim o tempo que faltava para encerrar o primeiro semestre, isto é, 45 dias. Os alunos não serão prejudicados, pois o tempo estipulado será o suficiente para encerrar as disciplinas, sem qualquer déficit de conteúdo. O que vai ficar apertado serão as férias de janeiro, apenas uma semana. Alguns professores e alunos que moram em outras regiões têm reclamado ", relatou o professor.

A aluna Luciana Oliveira reclama do pouco tempo que será destinado às aulas do primeiro semestre. "O calendário ficou muito corrido, tem disciplinas que ainda temos que fazer três provas, como isso vai acontecer em um tempo tão reduzido? Além disso acho que não seja necessário o mês de férias que estão pensando em dar, após o término das aulas em outubro, a gente já ficou 4 meses sem fazer nada. Deveriam pensar em uma forma de tentar compensar, para não termos apenas uma semana de férias em janeiro".

Com relação ao segundo semestre, 2012.2, terá início no dia 26 de novembro e prosseguirá até o dia 10 de abril de 2013. O calendário traz também o recesso de final de ano no período de 23 de dezembro de 2012 a 6 de janeiro de 2013.

Fonte: O Mossoroense

Justiça do RN condena Air France a indenizar família de vítima do voo 447



O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte condenou a Compagnie Nationale Air France a pagar R$ 1.492.800 à família de Soluwellington Vieira de Sá, natural de Mossoró, que morreu no acidente do voo 447 no dia 31 de maio de 2009. A empresa foi condenada ainda a pagar uma pensão mensal de R$ 4.098,13, valor correspondente a dois terços do salário que o comandante de embarcação ganhava na época do acidente, até o dia em que ele completaria 65 anos de idade. Soluwellington era potiguar de Mossoró e morreu aos 40 anos .
De acordo com a decisão da Justiça potiguar, o montante da pensão deve ser reajustado de acordo com a variação do salário mínimo e o da indenização deve ser acrescido conforme a atualização monetária e juros de mora de 6% ao ano a contar da data da publicação da sentença. A decisão foi tomada em 2ª instância e teve como relatora juíza convocada Welma Maria Ferreira de Menezes. A magistrada diminuiu a quantia estipulada no 1º grau para a indenização de danos morais, que era de R$ 545 mil, mas manteve o restante da sentença judicial.

A partir deste sábado (22) candidato só pode ser preso em flagrante


Cadeia prisão
 A democracia vai falar mais alto nestas últimas semanas antes das eleições. Afinal, a partir deste sábado, nenhum candidato, membro de mesa receptora e fiscal de partido poderão ser detidos ou presos, salvo em flagrante delito, segundo o calendário das Eleições 2012. 
 
Os partidos políticos e coligações têm até este sábado para indicar, perante os juízos eleitorais, os nomes dos fiscais que estarão habilitados a fiscalizar os trabalhos de votação durante as eleições de outubro. Este sábado também é a data final para a Justiça Eleitoral requerer funcionários e instalações destinados aos serviços de transporte e alimentação de eleitores no primeiro e eventual segundo turno das eleições municipais.