i

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

VEREADORES DE IPANGUAÇU VÃO AO REGIStrando AMANHÃ




Neste sábado á partir do meio-dia no programa REGIStrando, os convidados especiais serão os vereadores de Ipanguaçu, que virão acompanhados do presidente da câmara, Tuneifes Morais.

Voce poderá ouvir atraves do site: www.radioprincesadovale.com.br

REGIStrando

Prefeito do Assu Ivan Júnior garante que vota em Iberê se Ronaldo Soares for indicado como vice


Prefeito Ivan Junior pode não votar em Rosalba se Ronaldo for o vice

Depois de tomar conhecimento da notícia de que o ex-prefeito Ronaldo Soares poderia ser indicado como candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Iberê Ferreira, do PSB, o prefeito do Assu Ivan Júnior, do PP, garantiu agora há pouco tempo em contato com o blog que se Ronaldo for o escolhido, ele não votará mais na senadora e pré-candidata do DEM, Rosalba Ciarlini.

Apesar de ter garantido apoio a senadora dos Democratas Rosalba Ciarlini, o prefeito Ivan Júnior afirmou que a única possibilidade dele deixar de votar em Rosalba é se Ronaldo for indicado o companheiro de chapa do pré-candidato a governador pelo PSB Iberê Ferreira.

Blog de Valderi Tavares (Link ao lado)

INVESTIMENTOS EM TERMINAIS PORTUÁRIOS PARA A COPA PODEM CHEGAR A R$ 677 MILHÕES

 A Secretaria Especial de Portos espera liberar em torno de R$ 677 milhões ao longo deste ano para adequar ou construir terminais turísticos portuários de sete dos 12 estados que sediarão os jogos da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. Além da construção de novos terminais, reforma ou ampliação dos já existentes, os recursos serão destinados a obras de melhoria nas vias de acesso terrestre e na infraestrutura portuária, como a ampliação de cais e a implantação de defensas para atracação de navios. A dragagem para aprofundamento dos canais (necessária para permitir a movimentação de embarcações de grande porte) desses e de outros portos já fazia parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) desde 2008 e deverá consumir outros R$ 1,6 bilhão até o fim de 2010. Segundo a secretaria, o valor a ser investido nos terminais de passageiros foi calculado com base nos projetos elaborados pelos administradores dos portos de Salvador (BA), Recife (PE), Natal (RN), Fortaleza (CE), Santos (SP), do Rio de Janeiro (RJ) e de Manaus (AM). De acordo com a secretaria, a proposta de investimentos está sendo analisada pela Casa Civil e aguarda aprovação presidencial.O projeto destina a maior parte dos recursos, cerca de R$ 299 milhões, para o Rio de Janeiro, onde serão construídos três novos piers. No Porto de Natal, onde também não há terminal turístico e os navios atracam em um berço destinado à movimentação de cargas, a adaptação de um galpão frigorífico desativado, a ampliação do cais, a pavimentação das vias de acesso e do estacionamento custarão R$ 46,5 milhões.

GOVERNO LIBERA R$ 3 BILHÕES PARA CONSTRUÇÃO DE MORADIAS POPULARES.

O governo federal anunciou nesta semana a liberação de R$ 3 bilhões para ações de moradia popular do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Deste total, R$ 1 bilhão será destinado exclusivamente para o programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida” em municípios com menos de 50 mil habitantes. Os recursos são do Orçamento Geral da União e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Com os recursos do Minha Casa, Minha Vida, que serão repassados a estados e prefeituras, a previsão é construir 74 mil habitações para famílias com renda de até R$1.395. Segundo o ministro das Cidades, Márcio Fortes, 2 mil propostas foram selecionadas, num total de 2.014 municípios atendidos. Cidades vítimas de calamidade pública, com as atingidas pelas enchentes em Santa Catarina, tiveram prioridade na seleção. Na avaliação do deputado Zezéu Ribeiro (PT-BA), ao anunciar os recursos, o governo Lula assegura o direito à moradia digna para milhares de brasileiros, atualmente excluídos socialmente. Ele participou da solenidade de anúncio dos recursos, em Brasília. Zezéu explicou que os recursos se antecipam à aprovação do Plano Nacional de Habitação e à Proposta de Emenda à Constituição (PEC nº 258/08) da Moradia Digna, ambas em tramitação no Congresso. Explicou que o presidente Lula, em uma demonstração de sensibilidade ao déficit habitacional do País, se antecipa e anuncia recursos recordes para o setor. E que Agora se espera transformar essas iniciativas em políticas públicas permanentes no Brasil, com a aprovação das propostas que tratam sobre habitação popular, em discussão no Congresso. Zezéu Ribeiro foi relator, em comissão especial da Câmara, da PEC 258/07, que vincula 2% das receitas da União e 1% das receitas dos estados, do Distrito Federal e dos municípios aos Fundos de Habitação de Interesse Social. A matéria aguarda apreciação do Plenário da Câmara. O Nordeste é a região que mais receberá recursos dessa fase do programa: R$ 540 milhões, seguido pelas regiões Norte e Sudeste, com R$ 161 milhões cada. Os estados do Sul receberão R$ 76,2 milhões, e os do Centro-Oeste, R$ 60 milhões. Os contratos garantirão subsídio de até R$ 16 mil no valor dos imóveis, com contrapartida de valor simbólico pelos beneficiários. Estados e municípios têm até o dia 31 de março para assinar os contratos com as instituições financeiras. Até o fim de dezembro de 2009, o número de contratos assinados no Minha Casa, Minha Vida era de 250 mil, um quarto da meta prevista no lançamento do programa, de 1 milhão de casas. Fortes disse que pelo menos 600 mil contratos estão habilitados para obtenção do financiamento de acordo com os critérios o programa. Já o programa Pró-Moradia vai receber R$ 2 bilhões para financiamento de 54 projetos em 13 estados. O dinheiro deve ser aplicado em ações de urbanização de assentamentos precários e áreas de risco, construção de casas populares e desenvolvimento institucional.

COMISSÃO FISCALIZA QUATRO BARRAGENS NO PRIMEIRO DIA DE INSPEÇÃO

Uma comissão de técnicos e engenheiros começou nesta quarta-feira (13) a fiscalização preventiva integrada dos maiores reservatórios hídricos do Rio Grande do Norte. Ao todo, 22 reservatórios serão inspecionados. Hoje, primeiro dia da vistoria, a comissão esteve em quatro barragens. O engenheiro do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do RN (Crea), Eunélio Silva explicou que as barragens que estão sendo vistoriadas são aquelas que têm capacidade de armazenamento de mais de 15 milhões de metros cúbicos. Segundo o engenheiro, os membros da comissão vistoriaram nesta quarta-feira as barragens de Boqueirão, em Angicos, MenDubim, em Assu, Armando Ribeiro Gonçalves, em Itajá e Umari, em Ipanema. Além do Crea, integram a comissão de fiscalização preventiva, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e o Departamento de Estradas de Rodagens (DER).

CONFIRMADAS ATRAÇÕES DO CARNAVAL DE MACAU

Já estão definidas todas as atrações musicais que participarão este ano do carnaval no município salineiro de Macau, litoral do Vale do Açu. Considerado um dos mais expressivos eventos do gênero em todo o Estado, o carnaval macauense começará sua programação a partir do dia 12 de fevereiro, uma sexta-feira, e se prolongará até a quarta-feira de Cinzas, 17 de fevereiro, de acordo com a comissão organizadora constituída pelo prefeito Flávio Vieira Veras (PMDB). A movimentação carnavalesca se verificará em diversos pontos da cidade. Um dos locais que deverão ser mais visitados, a exemplo do que observa anualmente, é a praia de Camapum, um dos principais cartões postais do município. Outro destaque do evento momesco é o tradicional mela-mela no corredor da folia, nos blocos e na praça da Conceição. Estimativas não-oficiais indicam que o investimento do poder público extrapola os R$ 2 milhões nas contratações musicais e infraestrutura. No elenco de nomes do meio musical do Estado e do país já confirmados para o carnaval de 2010 em Macau, constam: Bonde do Maluco, Garota Safada, Chicana, Pimenta Nativa, Grafith, Cavaleiros do Forró, Tribala (BA), Lane Cardoso, Pegação Elétrico e The Frois, Inala, Bakulejo, Zuzumbaba, Axé Mais, entre outros. A infraestrutura carnavalesca disporá de palcos de grande porte, três trios elétricos (Parajós, Metrô e Xaxado), camarotes, banheiros químicos, etc. A área de segurança pública deverá ser reforçada durante todo o período festivo.