i

terça-feira, 23 de março de 2010

PROJOVEM ADOLESCENTE 2010 É LANÇADO

A Prefeitura Municipal de Ipanguaçu, através da Secretaria Municipal de Assistência e Social e o Centro de Referência de Assistência Social – CRAS - lançou oficialmente hoje (23/03/2010), às 9h, na Câmara de Vereadores o Projovem Adolescente – 2010. O Projovem adolescente integra a Política Nacional de Jovens como modalidade única e exclusiva destinada à faixa etária da juventude compreendida entre 15 e os 17 anos.
 
 

O referido programa insere-se no contexto das políticas públicas voltadas à redução da pobreza e ao enfrentamento das desigualdades sociais, metas que concorre para alcançar, ao investir na formação social e humana do jovem e incentiva o aumento da sua escolaridade, gerando melhores oportunidades de integração social e de ingresso futuro em melhores condições no mundo do trabalho.
 
Omunicípio de Ipanguaçu foi beneficiado com 03 coletivos, que irão atender 90 jovens, sendo 02 coletivos na sede do município e 01 na comunidade de Arapuá.

Além dos jovens beneficiados pelo programa e a comunidade em geral, a solenidade teve as presenças ilustres do prefeito Leonardo Oliveira, da Secretária de Assistência Social, Cristina Oliveira, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maria das Graças de Medeiros e Souza, da coordenadora de Centro de Referência de Assistência Social, Maria Célia da Silva, do Coordenador do Conselho Tutelar, George das Neves, da vice-prefeita Vera Lúcia Barbalho, do vereador Juan Montenegro, do Padre José Moreira e Karen Sthefany Novo, representante dos adolescentes, que compuseram a mesa.

Após os pronunciamentos e o lançamento oficial feito pelo prefeito a técnica de referência do CRAS, a assistente social Emanuelle Oliveira fez uma explanação do projovem adolescente – Serviço Socioeducativo. Em seguida as jovens Simone Rodrigues e Iriscélia Pereira fizeram seus depoimentos emocionados de como foi o projovem nos anos anteriores, do qual foram participantes. Houve a apresentação de um documentário através de fotos, expressando momentos vivenciados durante o ano passado e por fim os jovens fizeram uma apresentação da dança reflexiva intitulada “Projovem Adolescente – uma oportunidade de conhecimentos para todos”.

Poliana Rocha
Assessoria de Comunicação
Prefeitura Municipal de Ipanguaçu 
 
PUBLICIDADE:

PREFEITURA MUNICIPAL LANÇA EM CERIMÔNIA OFICIAL O PROJETO ESPERANÇA QUE ATENDERÁ 220 CRIANÇAS DO MUNICIPIO DE IPANGUAÇU


Projeto Esperança que tem como parceria Petrobras e Prefeitura Municipal de Ipanguaçu foi lançado oficialmente nesta segunda.

Foi lançado oficialmente nesta segunda 22, em uma solenidade na Câmara Municipal, as 19 horas o Projeto Esperança, que terá como objetivo implementar iniciativas e estratégias  de promoção social e de desenvolvimento pessoal e coletivo com enfoque na educação, esporte, cultura, lazer e cidadania, proporcionando o fortalecimeto dos laços familiares e uma melhor qualidade de vida para as crianças e adolescentes e respecivas familias.

Cerva de 220 crianças e adolescentes participarão do projeto, sendo 100 na zona urbana e 120 na zona rual, Sítio Picada e comunidade de Arapuá, compreendidos entre 7 e 17 anos, do município de Ipanguaçu, em situação de risco pessoal e social, exclusão e vulnerabilidade.

O Projeto Esperança é financiado pela Petrobras em parceria com a Prefeitura Municipal de Ipanguaçu. O projeto terá contra partida da prefeitura municipal no valor de R$ 12.000,00 e de R$ 92.874,47 pela Petrobrás, tendo um total de R$ 104.874,47 que será desenvolvido neste ano de 2010. 

A cerimônia de lançamento foi aberta pelo Coral Sacramento onde iniciaram cantando o hino do municipio, seguido de sementes do amanhã.
No lançamento esteve presente o Prefeito Leonardo Oliveira e a primeira dama Cristina Oliviera, que falaram da importancia do projeto para o municipio, e que a comunidade possam participar dos projetos sociais da cidade, e que agora um projeto social de grande porte será desenvolvido em  comunidades rurais como  Arapuá e Picada, e que qualquer pessoa pode ser voluntario neste projeto. Esteve também presente em uma mesa que foi formada a presidente do Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), o Conselheiro Tutelar George Varela, a coordenadora do projeto esperança, Maria de Lourdes, Marcos Pedro, que representou as crianças e adolescente do projeto, em suas palaras, Marcos Pedro de 13 anos, agradeceu as entidades pela aprovação do projeto que beneficiará muitas crianças e adolescente do municipio.

Também quem fez o uso da palavra foi a representante Jaqueline Freire enviada pelo gerente de comunicação e segurança de informações da Petrobras do Alto do Rodrigues, Luiz Gonzaga do Nascimento. Segundo Jaqueline Freire o projeto é de grande importancia não só para a Petrobras que tem um grande interesse em projetos sociais como esse, mais também a grande importancia para o municipio onde centenas de crianças e adolescentes participarão de atividades entre elas de esporte, teatro e música.


Algumas crianças que fazem parte do projeto fizeram uma apresentação com cartazers, onde em cada um diziam pequenas frases como; “Eu não vou ser bandido, abaixo a violencia sexual, eu quero ser atriz, eu quero ser modelo”, entre outras. O sonhos de viver bem é o objetivo de milhares de crianças não só do municipio mais do Brasíl, de poder ser educadas, serem acompanhadas  por um medico entre outros é um dos sonhos básicos de uma criança, para isso o Projeto Esperança cuidará para que o sonhos dessas crianças não acabem e que elas possam se sentir mais feliz.

O projeto social que tem como titulo ESPERANÇA, será desenvolvido durante todo o ano de 2010, e terá como equipe duas Asistentes Sociais, uma oficineira de música, uma oficineiro de teatro, uma oficineira de esporte, uma recepcionista, uma ASG,  a sede oficial do projeto localiza-se no centro de Ipanguaçu na Rua 15 de novembro, vizinho a Secretaria de Esporte e Lazer. 





PUBLICIDADE:

PRF apreende mais 41 m³ de madeira ilegal em Assu

Após menos de uma semana desde a última ocorrência, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais dois caminhões com carregamento de madeira sem a devida autorização ambiental. Desta vez, a apreensão de 41 m³ de madeira nativa da região de caatinga ocorreu em Assu, na madrugada da última sexta-feira (19).
A primeira apreensão – que ocorreu às 4h30, foi de 20m³, que estavam num GM/Chevrolet D60 sem placa. Nele, foram detidos dois homens: Antônio Josenilson Batista Ferreira Alves, 18 anos e Aldo Matias Vieira, 21 anos, que estavam no KM 114 da BR 304.
A segunda apreensão aconteceu no KM 120 da BR 304, às 05h15 do mesmo dia. Nela, foram apreendidos mais 21m³ de madeira nativa, também sem autorização do Ibama. O material estava no veículo GM/Chevrolet D60, dirigido por José Maria da Silva, 51 anos, que foi detido por crime ambiental.
Ao todo, foram apreendidos 67 m³ de madeira nativa em Assu na semana passada, o que corresponde a cinco caminhões carregados.
Tanto a madeira quanto os veículos foram encaminhados ao Ibama, em Mossoró.
Fonte: Daniele Lisboa – Nominuto.

PUBLICIDADE: