i

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Prefeitura de Ipanguaçu atenderá a recomendação do MP para retirar nomes de pessoas vivas de prédios públicos



O Ministério Público Federal (MPF) em Ipanguaçu recomendou nesta quarta-feira (06) que a Prefeitura Municipal de Ipanguaçu altere a denominação das ruas, avenidas, escolas e demais prédios públicos que tenham nomes de pessoas vivas. Para isso, estabeleceu um prazo de 60 dias a contar do recebimento da recomendação, sob pena de ação judicial. 

Segundo o prefeito Leonardo Oliveira o município atendera a recomendação do MP e fará o levantamento completo de todos os bens públicos que tenham seus nomes atribuídos a pessoas vivas, “o município não poderá se omitir nestas circunstâncias, faremos o levantamento para atender a recomendação e mandaremos para a câmara de vereadores o projeto de lei para que revogue os itens que atribui o nome de pessoas vivas” explicou o prefeito, que durante sua gestão não atribuiu homenagens de pessoas vivas nos prédios públicos. 

Assinada pela promotora titular, Kaline Almeida, a recomendação nº003/2013 toma como base o artigo 37, § 1º, da Constituição que diz: “a publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridade ou servidores públicos”. 

De acordo com a Lei nº 6.454/77, é proibido, em todo território nacional, atribuir nome de pessoa viva a bem público, de qualquer natureza, bem como a inscrição de nomes de autoridades ou administradores em placas indicadoras de obras ou veículo de propriedade ou a serviço da Administração Pública.

‘Saberes e fazeres na Educação’ será tema da 17º Jornada Pedagógica em Ipanguaçu





Este ano a Prefeitura de Ipanguaçu, através da Secretaria Municipal de Educação (SME), estará investindo em políticas de formação dos professores da rede municipal de ensino de diversas formas, aliando inovação pedagógica às práticas de sala de aula em cada uma das dez unidades escolares de Ipanguaçu, do campo à cidade. Um dos diferenciais neste ano é a “Semana dos Gestores”, que teve inicio no dia 04 e segue até a sexta-feira (08). Essa semana tem como intuito esclarecer e orientar os dirigentes escolares e coordenadores/supervisores pedagógicos a respeito das demandas educacionais de que são responsáveis, entre outros temas de formação, como a gestão escolar em contextos participativos e democráticos. 

A Jornada Pedagógica que acontece de 18 a 22 chega a sua 17 ª edição do evento que enfocará seus trabalhos de formação e discussão em torno do tema: “Saberes e fazeres na Educação Contemporânea: Interface da Formação de Professores”. O tema foi escolhido a partir das respostas dos professores da rede quando foram consultados sobre os assuntos que gostariam de discutir e que sentiam necessidade de aprofundar-se cientificamente. 

Para a secretária de educação, Profª Jeane Dantas, o objetivo da semana pedagógica é “desenvolver e investir na política de formação docente do nosso município, aliando a teoria científica aos fazeres cotidianos dos nossos educadores em sala de aula, bem como dos nossos gestores educacionais, aliando todas as escolas aos debates mais contemporâneos sobre educação”, destaca a secretária. 

De 18 a 22 de fevereiro, a semana de estudos e reflexão pedagógicos será aberta oficialmente no auditório do IFRN – Campus Ipanguaçu a partir das 18h30 do dia 18/02, que contará com a presença da escritora e educadora natalense Salizete Freire. A noite também será marcada por uma mesa redonda formada por crianças e adolescentes ipanguaçuenses, cujo tema é “As crianças nos falam sobre educação” e presentação pela secretária Jeane Dantas da equipe pedagógica e multidisciplinar da SME. No dia seguinte, 19/02, os professores estarão participando de uma bateria de minicursos com propostas inerentes à agenda temática contemporânea da educação básica, que será realizada na Escola Municipal Francisco Soares da Costa (Pedrinhas) durante os turnos matutino e vespertino. De 20 a 22 de fevereiro, as equipes estarão reunidas em cada unidade escolar no desenvolvimento dos seus Planos de Ação Pedagógica, bem como nos estudos e produção de materiais solicitados pela Coordenação Municipal de Gestão, Pesquisa e Ensino da Secretaria. 

Ano letivo 

Segundo a Secretaria de Educação o ano letivo está previsto para ter inicio no dia 04 de Março, as dez instituições escolares municipais seguem abertas para a renovação e novas matriculas. No ano passado 2.675 alunos foram matriculados regulamente.

Estudantes que fizeram o Enem 2012 podem ver correção das redações


A partir de hoje (6), os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio 2012 (Enem) terão acesso à correção das redações. O estudante deverá acessar o site do Enem com o CPF ou o número de inscrição e a senha.
As correções terão apenas finalidade pedagógica, ou seja, não serão passíveis de recurso. Ao todo, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) foram corrigidas 4.113.558 redações, das quais 1,82% estavam em branco e 1,76% obtiveram nota zero. Os candidatos já tiveram acesso às notas, divulgadas no dia 28 de dezembro do ano passado.

Prejuízos econômicos no RN com a seca não chegam a R$ 1 bilhão, diz IBGE


seca UOLA conta feita pelo Governo do Estado acerca do prejuízo econômico no Rio Grande do Norte devido à seca, não bate com os cálculos feitos por especialistas e representantes do setor agropecuário. Eles afirmam que em um cenário muito pessimista o prejuízo não chega a R$ 1 bilhão. Já os números oficiais divulgados em reunião do Comitê Estadual de Combate aos Efeitos da Seca, na segunda-feira (04), dão conta de que esse valor ficaria na casa dos R$ 5 bilhões.
“Mesmo que o RN tivesse perdido todo a sua safra e todo o seu rebanho não daria esse valor de R$5 bilhões. Mas nem todas as culturas foram afetadas, uma série de indústrias também não”, contestou o economista do IBGE, Aldemir Freire.
A pedido da TRIBUNA DO NORTE, o economista apresentou uma  aproximação do tamanho da perda. Ele levou em consideração apenas a produção agrícola afetada pela seca (algodão, arroz, feijão, milho, mandioca e castanha de caju) e a produção de leite e tomou por base o ano de 2009 (considerado normal no quesito chuva) e uma estimativa perda de 90% da safra. O valor encontrado foi inferior a R$250 mil em perdas diretas.
“Pois bem, o valor a que cheguei foi algo próximo da R$ 250 milhões de perdas diretas. Agora vamos pegar os efeitos indiretos e, exagerando muito, multiplicar o número que encontrei por 4. Teremos com isso, no máximo, uma perda de R$ 1 bilhão. Porém, nem mesmo esse número eu acho que esteja correto. Acho que não passará dos R$ 750 milhões. Algo como 2% do PIB estadual”, disse Aldemir Freire.
Outra justificativa apresentada pelo economista é que o principal produto de exportação do RN vem da fruticultura irrigada, que não foi atingida pela seca. Segundo ele, a exportação de frutas é praticamente a mesmo de 2011.  Algumas, como o caso do melão, tiveram aumento. Passou de US$50.557.900, em 2011, para US$54.056.370, em 2012. A exportação de melancia também ficou em alta. Foram US$6.042.420, em 2011, contra US$7.779.416, em 2012. A maior queda ficou por conta da castanha de caju que registrou exportação de US$50.177.836, em 2011, contra US$36.660.025, em2012.

Festa de Nossa senhora de Lourdes


DIA-06/02/2013-(quarta-feira)
MARIA: MULHER DE CORAÇÃO ACOLHEDOR DA PALAVRA.
5 h- Caminhada Penitencial, santa missa, Bairro Presidente Lula e café comunitário.
12 h- Oficio da Imaculada Conceição.
19 h- Recitação do Santo Terço.
19:30 h- SANTA MISSA
Celebrante: Pe. Marcelo Coutinho (Alto do Rodrigues)
Noiteiros: Pastoral da Criança,  Pascom, Lagoa de Pedra, Pau de jucá, japiaçu e Sacramentinho, Comunicadores do rádio.
Padrinhos dos fogos: Josimar Lopes e Lindembergue Alexandre Faustino.
Madrinhas do Altar: Mara Carmelita Lopes e Lopes e Fernanda Cristina de Oliveira Faustino.
Responsáveis pela liturgia- Pastoral da Criança e PASCOM

PROGRAMAÇÃO DA FESTA DE NOSSA SENHORA DE LOURDES. (AQUI)

Brasil vai ampliar campanha de combate à violência e ao tráfico de mulheres

imagesO Brasil prepara o anúncio de ampliação de uma campanha internacional contra a violência e o tráfico de mulheres. A ideia é anunciar a iniciativa no Dia Internacional da Mulher, em 8 de março. A proposta é que a ação interministerial seja firmada por meio de parcerias com autoridades de dez países na América do Norte, Europa, Ásia e no Oriente Médio. A escolha dos países foi definida a partir de denúncias que indicam maior incidência de casos.
A diretora do Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior, a diplomata Maria Luiza Ribeiro Lopes da Silva, disse que o objetivo é promover ações que vão além do combate ao tráfico e à violência contra as mulheres, como garantir apoio às necessidades das brasileiras que estão fora do país. “Queremos expandir o nosso trabalho para todos os países em que há mulheres em situação de risco. Além do tráfico de pessoas, queremos garantir o apoio às mulheres e impedir que os casos de violência continuem”, ressaltou Luiza Lopes.
A diplomata disse que o trabalho da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 Internacional promoveu uma mudança de comportamento das vítimas de violência e tráfico no exterior. Segundo ela, com profissionalismo e paciência, as atendentes conquistam a confiança das mulheres que, em geral, sentem medo de denunciar