i

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Prefeitura de Ipanguaçu promoveu semana em discussão para a sustentabilidade do meio ambiente

Durante está semana de 04 a 06 de junho a Prefeitura Municipal de Ipanguaçu, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e da Secretaria Municipal de Educação e em parceria da PETROBRAS e o IFRN, executaram atividades educativas e práticas com o tema: “Sustentabilidade, responsabilidade de todos”, dirigindo à atenção para uma causa nobre, o meio ambiente.

Segundo o prefeito Leonardo Oliveira as atividades proporcionaram a população de Ipanguaçu, a oportunidade de ampliarem seus conhecimentos de como agir em favor do meio ambiente, “temos buscado esforços em todas as áreas visando um município saudável para todos. Cuidar do meio ambiente, e cuidar do nosso planeta” disse o prefeito destacando ainda que com o município é hoje privilegiado com um solo fértil, e por ter tão próximos água em abundancia com a presença dos reservatórios visinhos da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves e do Açude Pataxó.

“Nossa terra é rica e é responsáveis pelo grande crescimento das atividades agrícolas, que cedem oportunidade para que a produção de alguns gêneros como a banana torne o município maior produtor. Todas estas características naturais mostradas exigem de cada cidadão ipanguaçuense e de nos como gestores um comprometimento na garantia da proteção e preservação dos recursos vegetais, animais, do solo, e das águas” destaca.

A semana de meio ambiente contou com atividades importantes como o “Corredor e Palco Ecológico” ocorrido na noite cultural da última, terça dia 05, com diversas apresentações teatrais e de dança, além de premiações por cartazes e poemas com o tema do evento. Outro importante momento foi a Audiência Pública que envolveu mais uma vez os parceiros e a população local para discutir o tema da sustentabilidade ambiental, que contou com a presença do gerente geral do SEBRAE no Vale do Açu, Fernando de Sá leitão, que abordou o tema “A sustentabilidade no Negocio Rural”, e de Carlos Abraham, analista ambiental e biólogo da Petrobras, que falou sobre “Questões Ambientais no Sistema Petrobras”.

Durante a semana o evento contou com a participação do Gerente Décio Peixoto da PETROBRAS, Rômulo Targino Assessor Técnico do Município, Suelda Varela Coordenadora de Meio Ambiente, o diretor do IFRN Evandro Firmino, assessor juridico e presidente da OAB/Vale do Açu, Secretários entre outras autoridades.

EXTENSÃO

Em parceria com prefeituras UFERSA prepara cursinho pré-universitário popular

Depois de Angicos, as cidades de Mossoró, Ipanguaçu e Caraúbas são as próximas a ser beneficiadas com o Cursinho Pré-Universitário Popular, realizado pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido. As aulas vão começar no próximo dia 16 de junho em Mossoró e Ipanguaçu, sempre aos sábados, nos horários da manhã e tarde. Já em caraúbas no dia 23. O projeto é coordenado pelo professor Eder Jofre Marinho Araújo, da UFERSA Angicos, tendo como coordenadora adjunta e pedagógica, a professora Rita Diana de Freitas Gurgel.


A experiência, realizada no ano passado dentro das atividades do Programa Conexões de Saberes, foi institucionalizada como ação de extensão da UFERSA com a proposta de preparar os estudantes concluintes secundaristas para o Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM. O projeto foi pensado para atender não apenas as escolas das sedes dos campi da UFERSA, mas também, em outros municípios. A viabilização do projeto vem acontecendo com assinatura de convênio entre a UFERSA e as prefeituras.

“Tivemos reunião com o secretário de educação de Afonso Bezerra na tentativa de levarmos o pré-universitário também para aquele município. O secretário se mostrou receptível a proposta e estamos aguardando uma resposta quanto à assinatura do convênio”, adiantou o professor Eder Jofre.

As aulas do pré-universitário popular serão ministradas por universitários monitores da UFERSA, sendo 25 de Mossoró, 09 de Ipanguaçu e, 11 de Angicos. O trabalho dos monitores em sala de aula é acompanhado por professores da Universidade. Em Mossoró, o pré-universitário é coordenado pelo professor Walter Martins.

Em Angicos as aulas estão acontecendo desde o dia 21 de abril, na Escola Estadual Francisco Veras, com 11 monitores voluntários e duas turmas com 35 estudantes do ensino médio em cada uma. Em Mossoró, o Pré-Universitário popular vai beneficiar 160 estudantes concluintes do ensino médio que serão distribuídos em três turmas, sendo duas de 60 alunos pela manhã e uma de 60 alunos à tarde. As aulas vão acontecer nas dependências da UFERSA Mossoró, no prédio Central.

Já em Ipanguaçu, serão 80 estudantes beneficiados, distribuídos em duas turmas. Em Caraúbas serão 60 estudantes também distribuídos em duas turmas. O cursinho prosseguirá até o dia 27 de outubro.

FORMAÇÃO – O professor Eder Jofre adianta que para começar as aulas os acadêmicos monitores da UFERSA passam por um curso de formação pedagógica para alinhar as atividades de ensino dos monitores às matrizes do ENEM, conheçam a filosofia do pré-universitário popular e conheçam toda a equipe envolvida no projeto. “Essa formação será uma constante durante o período das aulas”, frisa a coordenadora pedagógica, professora Rita Diana.

O curso de formação aconteceu nessa quarta-feira, 6 de junho, na UFERSA Mossoró, no prédio do Departamento de Ciências Exatas e Naturais, o DCEN e, na UFERSA Angicos, às 19:30h, para os monitores de Ipanguaçu. A formação dos 11 monitores da UFERSA Caraúbas vai acontece no próximo dia 13 de junho.

*ASECOM/UFERSA

Audiência encerra semana do meio ambiente

Nesta quarta-feira (06) a Prefeitura de Ipanguaçu através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com a Petrobras e o IFRN promoveram na Câmara Municipal uma audiência pública onde foi discutidas políticas de incentivo ao Desenvolvimento Socioambiental do município.

Que contou com a presença do gerente geral do SEBRAE no Vale do Açu, Fernando de Sá leitão, que abordou o tema “A sustentabilidade no Negocio Rural”, e de Carlos Abraham, analista ambiental e biólogo da Petrobras, que falou sobre “Questões Ambientais no Sistema Petrobras”.

Ao final da audiência ocorreu a solenidade de posse de novo secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Mario Silvério.

Veja as fotos(AQUI)


Apresentações das escolas marcam dia do meio ambiente

Ontem na praça de eventos José Medeiros foi dada a continuidade da programação da Iª Semana de Meio Ambiente, onde ocorreram a exposições de trabalhos desenvolvidos nas escolares, “Corredor verde”, como também a apresentação da filarmônica Elizaldo Rodrigeus dos Santos. Além da entrega da premiação do I Concurso de Produção Textual da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente.


Veja as fotos do evento (AQUI)

Profissão Repórter mostra o caos nos hospitais públicos do RN e destaca Caicó

O retrato do caos no sistema de saúde pública do RN, mostrado pelo programa Profissão Repórter, da Rede Globo de Televisão, não deve ter pego nenhum potiguar de surpresa nem tampouco os caicoenses e moradores de mais de 20 cidades que gravitam em torno da capital do Seridó. Esse filme é antigo, mas logicamente, quando é levado ao ar em rede nacional, por uma TV com a audiência da Rede Globo, a repercussão é imediata e instantânea. O assunto dominou as redes sociais na noite deste dia 05 de junho.Os repórteres Paula Akemi, Eliane Scardovelli e Rafael Batista foram os profissionais que viajaram para Pau dos Ferros e Caicó
Caicó
Com uma câmera na mão e algumas roupas na mochila, a repórter Paula Akemi passou três dias no hospital de Caicó (RN). A situação por lá não é muito diferente da de Pau dos Ferros. O doutor Irami Araújo, ex-prefeito de Caicó, foi chamado de herói pelo repórter Caco Barcelos, e não foi a toa. Mesmo com um lado do corpo paralisado, por conta de um AVC, Irami atendeu cerca de 200 pessoas em um único dia.
UTI em Caicó é eufemismo
A repórter entrou naquela que seria a UTI do HRC. De cara, o médico a alertou que o local não tem respirador. Ele disse também que se o paciente precisar desse equipamento vai morrer. Tal situação, segundo o Ministério da Saúde, não caracteriza uma UTI, porém em uma sala ao lado, três equipamentos novos e modernos estavam parados por falta da capacitação técnica de profissionais para operá-los, além de faltar peças periféricas. O médico desabafou. “Por falta de condições básicas de funcionamento, muitas Marias, Joãos e Pedros já morreram e vão morrer a míngua no Hospital Regional de Caicó”. Apesar de ter sido exibida nesta terça, a reportagem foi gravada no início de maio.
Por V&C Artigos e Notícias – CLIQUE AQUI para rever a reportagem
Robson Pires

Quase 70% desaprovam a governadora Rosalba Ciarlini


A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) é desaprovada por 68,62% dos entrevistados na recente pesquisa Certus/Nominuto. Outros 20,68% aprovam a gestora do Democratas.
Não soube responder somou 9,99% e nenhuma resposta 0,71%.
A avaliação da administração da governadora Rosalba Ciarlini é a seguinte: 1,71% consideram ótima; 11,13% acham boa; 35,81% de regular; 16,41% de ruim; 30,67% opinam como péssima. Não soube responder somou 4,14% e nenhuma resposta 0,14%.